1. Spirit Fanfics >
  2. Adolescente em crise - Vondy >
  3. Capitulo 124 segunda temporada

História Adolescente em crise - Vondy - Capítulo 124


Escrita por:


Capítulo 124 - Capitulo 124 segunda temporada


O olhar acusatório dela estava acabando comigo, em suas mãos ainda estava o caderno que ela me presenteou. Por um segundo eu considerei contar toda a verdade mas, o que isso me custaria ? Ela poderia ficar agoniada tentar se lembrar  então ter sérios problemas de saúde.

 

Engulo a seco e desvio o olhar, quando minto não sou capaz de olhar em seus olhos " eu não sabia que era seu " comento

 

Ela me olha descrente " tem minhas iniciais atrás dele, como você não sabia ? " insisti

 

Suspiro " Dulce, qualquer um pode ser DM, eu juro que nunca pensei que fosse você " coço a nuca

 

" certo, e como meu caderno foi parar nas suas mãos ? "

 

Abaixo a cabeça " eu achei na rua " sério Christopher ? Eu sou um belo covarde

 

" na rua ? O que meu caderno fazia na rua Christopher ? "

 

" não sei, você deve ter perdido, deixado cair, algo assim,  sabemos como você é desastrada " ela acena com a cabeça " eu só sei que estava vindo da escola e vi ele assim no cantinho do meio fio, então, eu peguei " digo

 

Ela volta a abrir o caderno e olha atenta " e essas músicas ? " pergunta

 

" bom, se o caderno é seu acho que você que escreveu não ? " dou de ombros " a verdade é que o que me chamou atenção foram justamente as músicas, elas são muito boas "

 

Dulce se senta ao meu lado ainda olhando atenta as folhas de seu caderno " é impressionante, todas elas me são muito familiares " comenta

 

" então, você deve ter escrito elas " insisto

 

" sim, pode ser " sussurra " você me disse que encontrou quando vinha da escola .... " assinto " então, está com meu caderno a muito tempo " conclui

 

" eu realmente não sabia que era seu, me desculpa, se soubesse teria te devolvido logo  " me sinto um otário por mentir assim pra ela, mas, é pro seu próprio bem

 

Ela sorri, e abraça o caderno " não precisa se desculpar, obrigado por ter cuidado tão bem dele, esse caderno é muito importante pra mim, foi um presente do meu pai  "

 

Aceno com a cabeça " não precisa agradecer, eu realmente achei as músicas muito boas "

 

" é tão estranho " ela diz meio inerte

 

Estreito os olhos " o que ? "

 

" é que eu sei que fui eu que escrevi as músicas, é minha letra e além de tudo elas são super familiares, só que, não consigo imaginar o que tenha me inspirado a escrever letras tão lindas assim " ela suspira, e passa  a mão no rosto " é tão horrível ter um pedaço da suas lembranças faltando "

 

" eu imagino, deve ser difícil mesmo " comento com a voz entrecortada

 

Ela ri amarga " muito, quer dizer, e se tiver algo que me interessa  ? E se eu tiver esquecido algo que realmente era importante pra mim ? " pergunta, ela ergue os olhos e olha em meus olhos " algo me diz que estou deixando algo passar, só que ninguém tem coragem o suficiente pra me dizer o que é "

 

Engulo a seco, desvio o olhar " fazem isso pelo seu bem Dulce, você sabe o que pode acontecer se tentar se lembrar de algo a força "

 

Ela nega com a cabeça " isso não interessa, eu prometi não tentar lembrar de nada, só queria saber o que fiz durante esse tempo "

 

Abaixo a cabeça " eu te entendo "

 

Dulce coloca sua mão sobre a minha, e eu a olho " você me contaria se soubesse de algo não contaria ? " pergunta

 

É o que preciso pra me sentir o pior dos homens, fecho os olhos com força " Dul ... "

 

" Maninho eu ... Ah, não sabia que estava com visitas " Mai sorri ao vê Dulce " olá amiga "

 

Dulce se levanta e vai até ela, a abraça rápido " oi amiga, eu vim assistir um filme com Christopher mas, já acabou e eu já estou de saída "

 

" já ? Mas, eu mal cheguei " Mai faz um bico

 

" prometo vim outra hora com mais calma, eu tenho que ir por que minha mãe já já chega em casa e eu tenho que arrumar tudo por lá " minha irmã assente, Dulce se vira e me dá um sorriso " nos falamos depois ? "

 

Forço um sorriso " sim, sim claro, eu te acompanho até lá em baixo "

 

Eu me levanto e ela me dá um abraço " não precisa, eu sei o caminho " ri " até Christopher " acena com a mão e sai carregando consigo seu caderno

 

Assim que a porta se fecha eu nego com a cabeça tampando meu rosto com as mãos " o que houve ? Você está pálido como se tivesse visto um fantasma " minha irmã comenta

 

" Dulce achou o caderno dela aqui e o reconheceu " explico

 

Minha irmã arregala os olhos " ela recuperou a memória ? "

 

" não, não Mai " pego o travesseiro e jogo longe " eu não passo de um bastardo mentiroso " digo com raiva

 

" ei ei Hulk  se acalma, e me explica o que realmente aconteceu aqui  " ela pede

 

Suspiro, e a encaro " Dulce achou seu caderno e o reconheceu, parece que o tio Fernando a deu quando fez 14 anos, ela me perguntou o que eu fazia com ele e eu menti " bufo " eu menti tem noção Mai ? Nosso relacionamento sempre foi baseado na confiança e eu menti pra ela, eu sou um merda " me jogo na cama

 

Ela se senta ao meu lado " ei, você não é um merda Christopher, só mentiu pra protege-la "

 

" não, isso não me deixa melhor Mai, eu deveria ter sido sincero, eu tive a chance de contar toda a verdade, ela saberia que nos amamos, que somos namorados e que ela mesma me presenteou o caderno com as músicas "

 

" e depois ? Ela ia ficar atordoada e faria de tudo pra se lembrar e então isso poderia acabar mal, você sabe disso e conhece Dulce o suficiente pra saber que ela não iria ficar parada, ela ia tentar lembrar " minha irmã argumenta

 

Bufo " ainda me sinto mal " comento

 

Ela se deita e me abraça " não fica assim, por favor, você fez o certo " sussurra

 

" mentir nunca pode ser o certo Mai " rebato, me sinto muito culpado

 

Ela nega com a cabeça " não mesmo, mas, protege-la é. Você sabe disso, sabe bem ai no fundo que esconder tudo isso é o melhor pra saúde dela " ela aconselha

 

" até quando, até quando vou conseguir esconder nossa história dela ? " pergunto também sussurrando, Mai não diz nada apenas me aperta mais em seu abraço, o que é o suficiente pra me confortar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...