1. Spirit Fanfics >
  2. Adolescente em crise - Vondy >
  3. Capitulo 134 segunda temporada

História Adolescente em crise - Vondy - Capítulo 134


Escrita por:


Capítulo 134 - Capitulo 134 segunda temporada


Saiu do banho apenas com uma toalha enrolada na cintura, vou até meu armário e o abro procurando por alguma peça de roupa, é quando meu celular toca me aproximo da cômoda e o pego, Belinda me ligava. Revirei os olhos, era a quinta vez que ela me ligava pra falar de algo totalmente idiota, essa era a Belinda que eu conhecia, estou de certa forma feliz por ela estar de volta.

 

Atendo " alo ? " vou pra frente do armário e volto a procurar uma roupa

 

" advinha " ela diz animada

 

Estreito os olhos " não sou bom nesse jogo Bel "

 

Ouço ela bufar " advinha logo idiota "

 

" nossa, como você esta de mau humor, não estava assim nas primeiras ligações que me fez hoje " digo bem humorado

 

" sério Uckermann, se continuar de gracinha eu vou baixar na sua frente e vou dar umas bofetadas nesse seu rostinho lindo " ela ameaça

 

Dou uma risada, pego uma bermuda e jogo na cama " esta bem, hum, você ganhou na loteria ? "

 

" não " a resposta dela é curta

 

" hum, você ... Você ganhou um cachorrinho ? "

 

Ela ri " não Christopher, tenta mais " pede

 

" hum, você ganhou alguma rifa ?"

 

" céus, você é péssimo nisso "

 

" eu avisei " dou uma risada " anda me diz, o que houve ? "

 

" advinha quem irá cantar na festa de aniversário do Joaquim ? " ela pergunta empolgada

 

Bufo " de novo isso de advinha Bel ? Não ficou claro pra você que eu sou péssimo nisso ? "

 

Se bem a conheço, ela esta revirando os olhos nesse momento " é você seu imbecil, eu conversei com a Carla e ela o convenceu a chamar você pra cantar, o que acha ? "

 

Sorrio " é, vou gostar disso "

 

" ótimo, você tem até sábado pra escrever uma música nova e apresentar pra galera "

 

 Arregalo os olhos " o que ? Até sábado ? "

 

" claro Christopher, a festa é no sábado " diz como se fosse óbvio

 

Coloco a cueca e a bermuda e saio do quarto com o celular " não dá, eu não posso escrever uma música nova até sábado"

 

" termine alguma inacabada então, só por favor que seja nova, talvez esteja lá algum produtor musical isso vai ser super importante pra você e sua futura carreira " pela sua voz ela estava super animada por mim

 

Riu " esta bem, vou terminar uma que tenho, só falta algumas coisas, tenho certeza que vai dar tempo"

 

" ótimo " ela berra e eu faço uma careta " então combinamos assim, estou sentindo que essa festa vai dar o que falar "

 

" sabe que eu também estou ? " falo rindo, meu sorriso morre quando entro no quarto de Mai e vejo Dulce, ela se levanta e me olha meio surpresa" escuta Bel, tenho que desligar, conversamos depois ? "

 

" sim sim claro, tchau, beijinhos e juízo, você sabe que gosto mais de você do que mim "

 

Dou uma risada " eu também gosto mais de você do que de mim " respondo, vejo o olhar curioso de Dulce " tchau, beijos " desligo " então, oi "

 

Ela desvia o olhar " oi " responde " Mai desceu rapidinho, foi preparar um lanche pra gente "

 

"de boa, eu só vim pegar meus fones, Mai os pega emprestado e não devolve " comento, indo até o armário da minha irmã, o abro e procuro meus fones " achei, pronto, já vou " fecho o armário e sigo até a porta

 

" Christopher " a voz dela me faz parar, eu me viro a encarando " precisamos conversar "

 

Passo a mão no meu cabelo " não tenho nada pra falar com você Dulce " respondo seco

 

Ela engole a seco " se não quer falar eu te respeito mas, pode pelo menos me escutar ? "

 

" não " dou a volta e vou até a porta

 

" Christopher por favor, eu quero esclarecer as coisas "

 

Fecho os olhos com força e me viro a encarando " o que você quer esclarecer ? Pra mim tudo esta muito claro Dulce, só me deixa em paz por favor " peço

 

" não, não esta nada claro, você esta pensando coisas absurdas sobre mim e por causa de um mal entendido " ela diz erguendo o queixo

 

Dou um grunhido, e me aproximo dela bruscamente, ela arregala os olhos completamente surpresa pela minha aproximação " um mal entendido ? Eu vi muito bem você com essa língua enfiada na garganta daquele babaca, não teste minha inteligência Dulce muito menos minha paciência " digo entre os dentes

 

" ele que me beijou " ela rebate

 

" eu não vi você achar ruim, eu não vi você o afastar muito pelo contrário eu vi você corresponder a droga do beijo " falo irritado

 

Ela suspira " ele me pegou de surpresa, eu não tive tempo de reagir "

 

Dou uma risada amarga " a claro, você contou pra ele sobre nós, isso também foi um mau entendido ? "

 

" ele é meu amigo Christopher, eu precisei desabafar com alguém " argumenta

 

" desabafar ? Pra isso você tem minha irmã " rebato

 

" eu precisava falar com alguém que não tivesse nenhuma ligação com a história "

 

Nego com a cabeça " eu não vou cair mais na sua Dulce, você beijou aquele cara e pra mim é único que interessa "

 

" eu já disse por que o beijo aconteceu " suspira novamente " ele  entendeu tudo errado achou que eu queria algo a mais que a amizade, foi só isso , eu juro"

 

Cruzo os braços e estreito os olhos " e você não quer ? " pergunto

 

" o que ? Claro que não Christopher, Pablo é apenas um amigo e mesmo se eu quisesse algo com ele eu contaria a você antes " ela mexe em sua franja " por mais que eu não lembre da nossa história, nunca te magoaria desse jeito, não sou esse tipo de pessoa e você deveria saber disso "

 

Dou uma risada amarga " ai que esta Dulce, não sei mais que tipo de pessoa você é "

 

Ela coloca a mão sobre o peito " como pode dizer isso ? "

 

Dou de ombros " é a verdade, a Dulce que eu conheço não é do tipo que pede um tempo pra um e depois beija outro " rebato, estou sendo cruel ? Não me importo, estou magoado pra cacete.

 

" eu já disse o que houve, já disse como aconteceu, foi tudo um terrível mau entendido " ela insisti

 

" se foi ou não já não me interessa mais " decreto

 

Ela passa a mão no rosto, parecia cansada " Christopher pelo o amor de deus, tenta entender "

 

" você que tem que entender, eu não mereço isso Dulce, eu não mereço essa merda " digo entre os dentes " suas lembranças de mim são te ignorando não é ? Parece que essas vão ser seu presente também " abro a porta

 

" não tenho nada com ele, por favor acredita em mim " ela sussurra

 

Viro o rosto, ela estava com os olhos marejados, isso não me abala " não preciso acreditar, já não somos namorados " digo sério, meu olhar pousa em sua pulseira " deveria parar de usar isso, não significa mais nada nem pra você, nem pra mim " dito isso sai batendo a porta com força, chega, esse beijo foi o limite, não vou mais correr atrás dela, nunca mais.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...