1. Spirit Fanfics >
  2. Adolescente em crise - Vondy >
  3. Capitulo 155 segunda temporada

História Adolescente em crise - Vondy - Capítulo 155


Escrita por:


Capítulo 155 - Capitulo 155 segunda temporada


 “ o que vocês acharam do filme ? foi lindo não ? “ Christian pergunta assim que saímos da sala de cinema

 

Hoje era sábado, nós 6 combinamos de ir assistir um filme no cinema, filme esse que estávamos super animados pra vê. Só que os choros exagerados do Christian não nos deixou vê quase nada, quando digo quase estou sendo bonzinho, a verdade é que não vimos nada !

 

“ e você acha que conseguimos vê alguma coisa Christian ? você ficou chorando feito um idiota o filme inteiro “ Annie diz revirando os olhos

 

“ o que ? que exagero, eu chorei só na parte em que o cachorro morreu “ protesta

 

Dou uma risada “ estavam no trailer, o filme nem tinha começado e você estava chorando cara “

 

“ quantas calúnias, diz pra eles que eu não fiz isso Mai “ ele diz encarando minha irmã

 

Mai força um sorriso “ desculpa amor, eles estão certos, não deu pra vê quase nada. Você ficou o filme todo choramingando e fungando do nosso lado “

 

“ claro, era óbvio que você ia ficar do lado deles, sua traíra “ ele diz entre os dentes

 

Poncho revira os olhos “ por que não esquecemos essa história de filme e vamos todos comer um bom BK ? “ pergunta

 

“ é, agora sim você falou minha língua amigo “ Christian sorri

 

“ é seu primeiro sorriso hoje e você o destinou a um lanche, em vez de ser pra mim ? “ Mai diz indignada

 

Christian bufa “ será que é por que o lanche não é um linguarudo ? “ pergunta, e então sai mais na frente

 

“ Christian, Christian Chavez, volte já aqui “ diz durona, então suspira “ amor, foi sem querer “ corre atrás dele

 

Annie bate as mãos animada “ eu quero Milk-shake meu tchutchuco “ diz animada

 

Poncho dá um selinho nela “ então terá minha Barbie “

 

Mai e Christian vão na frente discutindo, Annie e Poncho vão logo atrás bem abraçados e sorridentes, abraço Dulce de lado “ o que houve com Christian e Mai ? eles não pararam de brigar um segundo se quer “  

 

“ ah, é que Mai contou o segredinho sujo do Christian pra Bel no jogo da conseqüência e ele ficou bem chateado por isso “ respondo

 

Dulce me olha surpresa “ nossa, esse segredo deve ser bem cabeludo pra ele agir assim “

 

“ é, e isso só aumenta ainda mais minha curiosidade “ falo entre os dentes

 

Ela sorri meio maliciosa “ o que acha de tentarmos descobrirmos o que é ? podemos enganar ele “

 

Já estou gostando disso, estreito os olhos “ como assim ? “

 

“ falamos com  ele e damos a entender que já sabemos do tal segredo, ele vai acabar soltando se achar que já sabemos “ ela explica

 

Fico boquiaberto e depois dou um selinho nela “ você é uma gênia, é uma gênia e eu te amo “

 

Ela ri “ eu também te amo seu bobo “

 

Nosso lanche poderia ter sido melhor se não fosse as alfinetadas de Mai e Christian, sério, eles poderiam parar logo com essa picuinha idiota. Sobre meu plano com Dulce, resolvemos deixar pra por em prática quando Christian estiver a sós com nós, assim ele vai achar que um dos outros nos disse e vai acabar soltando seu segredo sujo pra gente. Ah, como minha mulher é inteligente, é por isso que a amo !

 

“ bom, eu vou deixar os pombinhos a sós “ Mai sorri “ amiga vê se passa mais tarde lá em casa, poderíamos assistir a maratona toda e Supernatural e eu ainda faço uns brigadeiros pra gente “ ela oferece

 

Dulce ri “ esta na fossa amiga ? “ pergunta

 

“ super, essa história do meu Christian ainda estar chateado me deixou mal, e me ajudaria se você fosse minha companhia “

 

“ claro, eu vou sim, se quiser eu até durmo com você “ ela dá um abraço rápido na minha irmã

 

Mai abre um enorme sorriso “ eu vou amar, estarei esperando “ ela acena enquanto se afastava de nós

 

Coloco as mãos no bolso “ então, você vai dormi com minha irmã hoje “ comento

 

Ela sorri, mexendo em sua franja “ é o que parece “

 

“ isso quer dizer que o ventinho não vai entrar no seu quarto hoje “  faço um bico

 

Ela agarra minha camisa e me puxa contra ela “ não, talvez eu seja a que vou fazer uma visita ao ventinho “ diz de modo sedutor

 

Oh deus, se ela soubesse como me deixou, dou um sorriso malicioso “ ele adoraria “

 

Ela me dá um selinho “ vou falar com minha mãe e pegar uma muda de roupa, nos vemos daqui a pouco “

 

Estou sorrindo feito um idiota “ sim, nos vemos, eu te amo “

 

Dulce me beija, ela passa os braços em volta do meu pescoço, e aprofunda nosso beijo, quando se afasta suspiro “ eu também te amo “ ela se vira e passa por seu portão.

 

Fico ali até ela chegar a porta, ela se vira e joga um beijo no ar, eu sorriu e então devolvo o beijo no ar, ela sorri de volta e entra em casa. Coloco novamente as mãos sobre o bolso e me viro pra ir até minha casa, é quando vejo dois caras saindo de trás das sombras, olho confuso pros dois por que ambos vinham até mim, mas, minha confusão logo some quando um terceiro aparece.

 

Pablo caminha até mim e para em minha frente, os dois caras param ao seu lado “ você não achou que depois de ter feito o que fez comigo eu deixaria você ileso, achou ? “ pergunta sério

 

Reviro os olhos " o que você quer Pablo ? " pergunto 

 

Ele aponta pros dois ao seu lado " não esta na cara ? " pergunta irônico

 

Cruzo os braços, ele queria briga  “ 3 contra 1 ? que grande covarde você é Pablo “ rebato

 

Ele gargalha “ e você acha que eu ligo pra isso ou qualquer merda do tipo ? “ seu olhar escurece, ele dá um passo em minha direção e fica cara  a cara comigo “  esta na hora de pagar pelo o que me fez Uckermann e pode acreditar a continha é bem cara  “ declara. Olho pros dois armários ao seu lado e Pablo faz sinal mandando os dois se aproximarem de mim . Oh maldito Pablo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...