1. Spirit Fanfics >
  2. Adolescente em crise - Vondy >
  3. Capitulo 83

História Adolescente em crise - Vondy - Capítulo 83


Escrita por:


Capítulo 83 - Capitulo 83


Caminho pelos corredores sentindo uma certa nostalgia, enquanto passava a mão pelos armário. Qualquer pessoa normal acharia que estou exagerando, afinal, estarei nesses mesmos corredores ano que vem mas, há uma diferença. Estarei aqui sem ele, não poderei correr pelos corredores ansiosa por vê-lo no intervalo por que, infelizmente, ele não estará mais lá.

 

Paro em frente ao armário dele, era o único que era totalmente preto, estava escrito " se afasta " em inglês, com letras grandes e bastante coloridas. Coloco a mão sobre a pichação, e me recordo do meu primeiro dia de escola, assim que cruzei as portas, a primeira pessoa que vi foi ele.

 

Lembrança on *

 

Estava nervosa, era meu primeiro dia e eu não conhecia ninguém nesse novo colégio a não ser Mai, pior é que eu não tinha a encontrado. Eu estava com medo, antes parecia tudo melhor, por que eu estava no fundamental e poderia lidar com os meninos já aqui, era o ginásio, todos pareciam maiores e extremamente assustadores.

 

Cruzei as portas e olhei amedrontada, haviam tantas pessoas indo e vindo, apertei os livros contra meu corpo e caminhei acanhada, foi quando vi um armário diferente, não deu pra vê o rosto do menino, então parei e respirei fundo, essa era a hora de tentar me enturmar.

 

" com licença, eu sou nova aqui e gostaria de saber se você pode me ajudar a achar minha sala " perguntei, merda, minha voz saiu muito baixa, estou corando, oh droga.

 

O menino continuava atrás do armário, ele nem se dignou a me olhar, continuava a futucar dentro do armário, até que o fechou e se virou pra mim, tremi dos pés a cabeça, era Christopher " Dulce " me surpreendo por ele ainda saber meu nome, fazia anos que não nos falávamos mesmo ele sendo meu vizinho e mesmo eu sendo melhor amiga da irmã dele, ele nunca falava comigo.

 

Sorrio forçado "   olá Christopher, me desculpe eu não .. Não sabia que era você " por que eu gaguejei ? Sou patética

 

Ele dá de ombros, colocando a mochila nas costas " agora sabe "

 

" espera, pode me ajudar ? " pergunto, ele ia mesmo sair sem me ajudar.

 

Christopher ergue os olhos " segue esse corredor, você vai chegar na diretoria lá você pede ajuda a senhora Peine, Mai deve estar lá também, ela teve um chilique e não conseguiu entrar na sala " ele responde dando de ombros

 

" certo, obrigado, eu realmente agradeço " digo dando um sorriso

 

Ele me encara sério por uns segundos e quando ia falar se cala, uma menina loira se aproxima acompanhada de outro garoto " Christopher, estávamos te procurando, conte a ele Poncho, conte que ficamos numa das salas de cima " ela diz animada

 

O menino que ela chamou de Poncho ri " ficamos na sala lá de cima cara " ele repete

 

Christopher ri " não brinca cara, finalmente nos colocaram onde merecemos estar " ele diz parecendo feliz " temos uma vista bonita lá de cima Bel ? " ele abraça a menina de lado e segue com ela ao lado do amigo

 

" totalmente ignorada " sussurro, ergo os olhos pro armário dele " ousado " comento

 

" Dulce " ele estava me chamando, ergo os olhos e o encontro, ele estava no fim do corredor " boa sorte no seu primeiro dia " ele acena com as mãos e depois some da minha vista. Dou um sorriso involuntário, pelo menos ele havia sido um pouco legal, fui atrás da diretoria com um enorme sorriso no rosto, graças ao meu vizinho Christopher Uckermann.

 

Lembrança off

 

Dou um sorriso ao me lembrar daquele dia " ah meu amor " sussurro, ouço passos ergo os olhos e o vejo, ele caminhava em minha direção com dois copos na mão e um sorriso no rosto, tão lindo " oi meu bebê  "

 

" oi meu pundizinho " ele me dá um selinho " olha aqui, trouxe seu suco, é de morango seu preferido "  ele estende um dos copos pra mim

 

Mordo o lábios " com quantas pedras de açúcar ? " pergunto 

 

" meu deus, você parece aquelas ricaças, metidas " lhe dou um tapa no braço, e ele ri " estou brincando,  pedi que colocassem 3 pedras de açúcar, satisfeita ? "

 

Lhe dou outro selinho " você me conhece também "

 

" o que estava fazendo ? " ele olha pro lado e vê seu armário " admirando essa obra de arte ? "

 

Dou uma risada "sim, exatamente, estava pensando no meu primeiro dia de aula , se bem me lembro você foi até que legal comigo naquele dia, me desejo boa sorte e tudo " comento

 

Ele estreita os olhos " sério? Eu não me lembro " fecho a cara e ele dá uma risadinha " estou brincando sua emburradinha, claro que lembro e sabe por que ? Naquele dia na hora de intervalo você derramou seu lanche em cima de mim " ele retruca

 

Tento reprimi a minha vontade de ri " desculpa por aquilo "

 

" tudo bem, esta desculpada, é passado " dá de ombros, tomando um gole de seu suco " acho que já gostava de você sabia ? Só não tinha percebido ainda "

 

Reviro os olhos " ah claro, gostava de mim e vivia grudado na Belinda "

 

" ei, todo mundo tem um passado escuro, não me culpe pelo o meu " ele rebate, e eu acabo rindo " estou muito feliz pelo meu presente ser cheio de cor, ele só é assim graças a você " ele declara

 

Meu coração se enche de amor " o meu também é meu amor " o abraço esquecendo completamente que segurava o suco, molho sua camisa e me afasto boquiaberta " juro que foi sem querer "

 

Ele joga a cabeça pra trás " é, parece que tem coisas que nunca mudam " diz ofegante por causa da risada

 

" é, parece que sim, me desculpa "peço

 

" claro que te desculpo amor " ele joga o seu suco sobre mim, eu dou um pulo por causa do susto " pronto, agora estamos quites " ele sorri

 

Nego com a cabeça " não acredito que fez isso Christopher " resmungo, estava toda molhada

 

" eu dei o troco, só isso, agora seremos o casal mais doce daqui " ele me puxa pela cintura, eu sorrio " mi mundo solo gira por ti " ele cantarola com sua voz sexy e rouca

 

" estoy tan conectada a ti "cantarolo de volta

 

Ele sorri, e acaricia meu rosto com carinho " eu te amo pundizinho "

 

Passo minha mão em seu rosto, e o encaro de modo intenso " eu também te amo bebê, muito, muito mesmo " ele abaixa a cabeça em direção ao meu rosto e seus lábios tocam os meus iniciando um beijo delicioso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...