1. Spirit Fanfics >
  2. Adolescente em crise - Vondy >
  3. Capitulo 94

História Adolescente em crise - Vondy - Capítulo 94


Escrita por:


Capítulo 94 - Capitulo 94


Me espreguiço, a luz do sol estava bastante forte. Passo o mão na cama e não encontro ninguém, abro os olhos e nada de Christopher, com certeza ele foi embora bem cedo com medo da minha mãe o pegar aqui. Me sento na cama e bocejo é quando a porta se abre e meu bebê aparece com uma bandeja de café da manhã nas mãos.

 

" bom dia flor do dia " ele coloca a bandeja sobre a cama e se senta com cuidado " como dormiu ? "

 

Dou um sorriso " com você do meu lado ? Não poderia ter dormido melhor, e você ? " pergunto

 

Ele abaixa a cabeça e me dá um selinho " não dormi nadinha "

 

" não ? " pergunto

 

" não, o sono simplesmente não veio mas, sabe o bom disso ? " nego com a cabeça " eu velei seu sono, e foi lindo vê você dormi tão serena do meu lado " ele sussurra

 

Meu coração se derrete " eu te amo " digo

 

Christopher sorri de modo carinhoso " eu também te amo meu amor " ele me beija, eu o puxo pra deitar em cima de mim, e dão um leve puxão em seus cabelos profundando o beijo, ele se afasta " amor, amor. Eu trouxe seu café da manhã "

 

Faço um bico" sim amor, eu vi, agora vem aqui " o puxo de volta, o beijando.

 

" não mocinha, você tem que se alimentar " ele diz após apartar o beijo de novo " olha o que eu preparei " ele coloca a bandeja mais perto " tem pão, torrada, suco natural, geleia de morango que eu sei que você ama, e queijo " ele diz apontando pra cada coisa sobre a bandeja

 

Me sento na cama olhando tudo surpresa " como conseguiu fazer tudo isso sem que minha mãe te visse ? "

 

" ela saiu bem cedo, acho que foi pro hospital " ele dá de ombros

 

" ela não veio me vê antes de sair ? " pergunto confusa, mamãe sempre passava no meu quarto antes de sair

 

Ele nega com a cabeça " ela só deixou um bilhete na geladeira escrito, filha estou saindo, você sabe onde vou então se eu não chegar cedo não se preocupe " ele diz

 

Abro um sorriso, minha mãe havia ido atrás de Luís, ela seguiu meu conselho " ela esta bem, foi atrás do Luís  " digo, Christopher assente " nossa, tudo parece estar delicioso "

 

" sirva-se, é tudo pra você " ele diz sorridente

 

Me animo, então, começo a comer, em todo momento Christopher me olhava parecendo querer perguntar algo " algum problema  ? " pergunto depois de tomar mais um gole do suco

 

" o que ? "

 

" perguntei se tem algum problema, você esta ai me olhando como se quisesse perguntar algo " coloco o copo sobre a bandeja e pego uma torrada

 

" não, não é nada, esta tudo bem " ele desvia o olhar e passa a mão no cabelo, dou uma risada " que foi ? "

 

Reviro os olhos " você esta mentindo pra mim amor "

 

" que ? Não, não estou " ele rebate

 

" esta sim, quando você mente desvia o olhar e passa a mão no cabelo, bem como esta fazendo agora, de novo, olha ai " aponto pra mão que ele mais uma vez passava no cabelo " o que foi ? Seja o que for, pode me dizer ou, perguntar se for o caso " garanto

 

Ele suspira, seu olhar para no canto do quarto " já esta arrumando suas malas " comenta meio inerte

 

" ah isso. Eu peguei pra limpar só isso " garanto

 

Ele ergue os olhos, e me perco em seu olhar lindo " como vai ser Dul ? Como vamos lidar com a distância ? "

 

" já conversamos sobre isso amor " relembro 

 

" eu sei eu sei mas, se eu te dizer que estou bem com isso vou estar mentindo. A verdade é que essa viagem e toda essa mudança esta me deixando muito assustado " ele comenta

 

Abaixo o olhar " não fica pensando nisso, vamos tirar de letra, eu te prometo, vai dar tudo certo Christopher "

 

Ele nega com a cabeça, e tampa o rosto com as mãos " não consigo entender como você pode estar tão calma, vamos ficar um bom tempo longe, muita coisa pode acontecer nesse tempo "

 

" e vai acontecer, sabe o que ? Você vai se especializar no que gosta de fazer, e eu vou seguir meus estudos, além do mais não precisamos ficar 2 ou 3 anos sem nos vê, você pode vim pra cá nas férias "

 

" isso seria dentro de 6 meses " ele comenta desanimado

 

" é melhor 6 meses do que 1 ano não acha ? " acaricio seu rosto " quero que me prometa uma coisa, prometa que enquanto estiver lá não vai pensar em mais nada, apenas na sua música "

 

Ele faz uma leve careta " amor ... "

 

" por favor " peço o interrompendo " a sua música é o que te faz feliz, é o que você é, se concentre nela e você vai ganhar o mundo amor, o mundo "

 

Christopher sorri " eu prometo "

 

" obrigado " agradeço sorrindo

 

" eu te amo, sabe disso não é ? " ele diz de modo fofo

 

" sim, eu sabia. Também te amo meu bebê " ergo o corpo pra abraça-lo e logo sinto um liquido correr em minha perna " isso foi meu suco não é ? " digo

 

Ele se afasta e dá uma risada " com certeza foi o suco, meu deus, você molhou tudo amor " ele se levanta

 

Faço uma careta ao vê a mancha na minha cama " minha mãe vai me matar "

 

" qual é o seu problema com camas ? Se lembra quando você fez o mesmo com a minha ? " ele pergunta ainda entre risos

 

" você deveria me perguntar qual é meu problema com a vida " resmungo, pego o travesseiro e jogo nele " para de ri de mim " peço fazendo um bico



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...