História Adolescente, escola e blábláblá - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigos, Colégio, Romance
Visualizações 9
Palavras 521
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Iae colegas, tiveram uma segunda feliz? Provavelmente não ;-; tamo junto então...

Capítulo 21 - Sem compromissos


  Eu quero vê-lo mas tenho medo, vai que ele não queira sei lá ficar comigo, será que ele gosta de mim? Eu não quero ficar pensando nisso, eu não quero ter uma decepção, mas ele foi tão fofo o tempo todo, mas vai que ele só ficou comigo por que eu estava bêbada, eu vou ficar paranóica e eu preciso ir pro colégio.

Eu me arrumei, minha mãe apareceu, disse que ficou na casa de uma amiga - Deus é bom- Rafael está meio gripado então não vai a aula hoje, eu e Amanda fomos, ela está com uma ressaca feia, mas nada que uma maquiagem não disfarce, eu sinceramente acho que estou ótima, mesmo assim um corretivo é bom, ninguém é obrigado a ver um zumbi em plena manhã, chegando no colégio foi meio tenso -pra mim, já que ninguém sabia de nada- nos encontramos com Mathias e Luís e foi super "normal" fora os beijos e abraços do mais novo casal, depois de um tempo o climão passou, eu só queria poder falar com Mathias, mas como? O mais descontraída e despreocupada possível.

— É tão bom ficar de vela, devia ser um passa-tempo —Eu digo pra Mathias

— Deviam nos pagar pra isso. — Ele diz e nós rimos, porém eu estou meio nervosa como será que nós vamos ficar? Eu não quero nenhum compromisso, mas também não quero ser ignorada, aí que vida complicada a minha — Ei, Carol, pode dar uma volta comigo? Eu quero conversar com você.

— Agora? — Eu perguntei e ele assentiu.

Nós fomos andando pela escola até chegar em um corredor sem ninguém.

— Oque você quer falar comigo? — Eu perguntei, antes de Mathias me beijar, foi um beijo apressado, ele não precisou falar nada, pareceu que estava necessitado deste beijo.

— Boa aula, Carolinny — Assim que disse virou o corredor e eu fiquei parada, me virei e ouvi o sinal tocar, fui pra sala de aula e me sentei em meu lugar... Eu queria ter prestado atenção em algo que o professor disse, mas eu estava com a cabeça em outra coisa, ou pessoa.

— Carol, oque Mathias queria com você? — Perguntou Amanda.

— Ele... queria saber como nós ficamos ontem, ele que levou a gente pra casa.

— Só isso? — Não

— Sim.

[...dias depois...]

  Realmente não passou de beijos, de vez enquando quando estávamos junto com outras pessoas ele foi bem discreto, é, não temos nada definido, só uma amizade, embora eu não sei o porquê mas isso está me incomodando, eu não quero compromisso, mas quando alguma garota da encima do Mathias sobe uma raiva, aí pelo amor, eu to ficando paranoica... E agora eu sou emancipada, uhuu, independência, responsabilidade... Não tenho nada disso, mas tudo bem, finge que tem, sem minha mãe em casa eu tenho que limpar e Amanda cozinhar, era so oque faltava né, virei empregada, mas nós releva, agora baladas e bebida, não eu também não tenho, não por que eu não quero, é por preguiça mesmo, prefiro ligar o modo Otaku e virar a noite nos Anime. Carolinny, até uma porta é mais  responsável que tu


Notas Finais


Otakus por aqui? ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...