1. Spirit Fanfics >
  2. Adorável - (Yoonmin) >
  3. O que eu não sou

História Adorável - (Yoonmin) - Capítulo 13



Notas do Autor


.
.
.
Desculpem a demora.
.
.
.

Capítulo 13 - O que eu não sou




Yoongi pov's:



Estranho.

Acordei. Me arrumei para a escola. Tomei café. Peguei meu material… E nada. 

Nenhuma mensagem de bom dia cheia de emojis de coração. Nenhuma ligação dizendo que vem me buscar em dez minutos. Nenhuma das coisas que ele sempre faz quando dorme longe de mim. 

Mando eu uma mensagem de bom dia, pergunto se ele se atrasou, se vai passar aqui... E nada.

Espero por mais vinte minutos que ele responda ou apareça para me buscar como sempre faz. Mas isso não acontece. Eu ligo para ele algumas vezes e ele não atende. Começo a me preocupar, mas também estou super atrasado para a escola então me apresso para ver se pego um ônibus.

O percurso não demora mais que 15 minutos, e vou o tempo inteiro com uma ansiedade crescente na boca do estômago.

Será que ele apenas se atrasou? Será que o celular está descarregado? E se ele foi a minha casa e nos desencontramos? Será que aconteceu algo com o meu Jiminie? Pior que isso... Será que eu fiz algo e ele apenas não quer falar comigo?

Respiro fundo tentando me acalmar. Eu não tinha percebido o quando estava acostumado e dependente de sua presença constante, a ponto de estar surtando porque ele apenas não me mandou um bom dia cheio de corações.

Estou tão ferrado… só fazem dois meses que estamos juntos e já não consigo imaginar minha vida sem aquele ômega atrevido. 


Ao chegar a escola minha ansiedade cresce mais e mais a medida que o tempo passa e não tenho notícias do Jimin. Pergunto aos nossos amigos se alguém sabe dele e quando recebo apenas respostas negativas, me sinto cair cada vez mais em um buraco sem fim de ansiedade.

Quando o sinal toca, saio rápido da escola decidido a ver Jimin logo, caminho até o ponto de ônibus e me sento esperando uma linha que passe perto da sua  casa, logo sinto meu celular vibrar no bolso, não reconheço o número, mas extremamente esperançoso de ser Jimin, eu me apresso e atendo a ligação. 



— Alô! Jimin é você?— pergunto afobado


Oi Yoongi, é o Taemin..—  o omma de Jimin fala, e tento respirar para me acalmar, mesmo que esteja quase em pânico.


— Hyung, aconteceu algo com o Jimin? Eu estou tentando falar com ele a horas e estou muito preocupado...


Calma Yoongi, não aconteceu nada grave, desculpe por demorar a entrar em contato, eu achei que você sabia, mas ao ver suas ligações no celular do Jiminie, achei melhor entrar em contato.— ele vai falando calmamente mas isso não diminui minha inquietação. — O Jimin entrou em seu ciclo de calor, ele pediu para ser dopado e vai ficar em casa por uns 4 dias. Desculpa se o sumiço dele te preocupou Yoongi, acho que ele esqueceu sobre isso e por isso não falou com você...— ele continua falando e eu vou da extrema ansiedade ao choque num instante.


— Entendo..— respondo apenas, sem saber o que dizer nem o que fazer nesse momento.


Vejo que vocês não conversaram sobre isso, mas não se preocupe com ele, logo logo ele estará de volta. Só mais uma coisa...— ele começa meio exitante. — Ele pediu que você não viesse... Ele ainda estava lúcido e pediu apenas que você não viesse aqui... ele diz por fim e não entendo porque essas palavras parecem esmagar o meu coração. — Yoongi? Você ainda está aí?— Pergunta quando permaneço calado.


— Eu entendi Taemin Hyung, está tudo bem. Obrigado por me avisar.— consigo responder e logo encerro a chamada. 


Pego o ônibus que passa perto da minha casa. Quinze minutos, sinto que não posso respirar direito nesse tempo. A cabeça cheia. O coração apertado. Não me permito. Preciso estar sozinho quando deixar isso me machucar. Então apenas quando entro e fecho a porta de casa eu deixo tudo tomar forma, os pensamentos e a angústia são demais e me permito chorar enquanto encaro a verdade.



Jimin não quer me ver nesse momento. Nós não conversamos sobre isso, seus períodos de cio. Sei que sou inexperiente e a gente nunca foi até o final. É compreensivel, mas… 

Porque me sinto tão rejeitado? 

Não… Não é que ele tenha me rejeitado. A verdade é que... Ele não precisa de mim.

Eu não sou um alfa.

Não posso fazer sua dor sumir. Não posso dar um nó a ele. Não posso satisfazê-lo completamente nesse período. Não posso cuidá-lo. Não posso dar a ele a maior proteção, a maior prova de amor e união para um ômega. Não posso completar seu lobo... Não posso dar a ele uma marca.

Não sou capaz de nada disso porque eu sou um beta. E Jimin não precisa de um beta. É incompatível com sua natureza… 

Tomar consciência disso dói mais do que todas as surras que levei do meu pai. Do que o desprezo da minha mãe.


Dói porque eu amo o Jimin. Mas não posso ser o que ele precisa. 


Eu sou apenas um maldito beta. Eu não sou ninguém. E mesmo que eu nunca tenha desejado isso tanto quanto desejo agora…

Eu não sou um alfa. Então não posso ficar ao seu lado, Jimin.


E entender isso é o suficiente para me quebrar. Choro alto no chão que Jimin me ajudou a ter, choro abraçado a mim mesmo pensando no quanto ele fez por mim e que nunca vou poder retribuir completamente. O máximo que eu posso fazer... É deixar o meu amor ir, antes que eu o ame mais. 

Antes que não sobre nada de mim quando ele perceber que eu não sou o suficiente. 





Notas Finais


.
.
Até.
.
.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...