1. Spirit Fanfics >
  2. Adrena Z >
  3. Final

História Adrena Z - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Esse é o último capítulo desta temporada. Uau, então... Se quiser ver a próxima vai sair o 0rimeiro capítulo em breve. Adivinha que dia é hoje?ö

Capítulo 23 - Final


__Lá com a Layla/Dias atuais__

(Visão de Layla)

As tarefas estão sendo organizadas. Algumas vezes saímos para patrulhar. Ultimamente tudo tem parecido bem calmo por aqui. Rayanne e Dazai se conheceram melhor e agora estão namorando. Eles parecem bem... Apaixonados digamos. Então ele passou a dormir com ela, sim, na cama de solteiro, até porque, eu não cederia minha cama para eles.

Alguns dias atrás, matar os zumbies se tornou mais difícil. Eles não morrem mais com apenas facadas na cabeça, já que a faca nem atravessa mais. Apartir de agora, todos nós devemos aprender a atirar. Aparentemente os únicos jeitos faceis de mata-los é cortando a cabeça, no caso do Dazai, com espadas, flechas no cerebro, que é o caso do Matheus, e tiro na cabeça, nesse caso, o resto de nós terá que aprender a atirar.

(Antes da fase de decomposição de um cadaver a pessoa aumenta de tamanho, pois os gases querem sair, e temos a fase em que a pele fica rígida após soltar dos ossos e carne.)

 Eu ensinei a quem eu consegui, mas como só eu tinha uma arma, não foi muito produtivo... Bem, achamos algumas armas com policiais mortos ou zumbies, então poucas pessoas tinham a chance de sair.

Eu estou sentada com um mapa da cidade pensando numa rota segura para todas as delegácias da cidade. Imaginei que outros sobreviventes ja tivessem pensado nisso e várias delas estariam vazias. Alem de que, sabemos os caminhos pelos quais não podemos seguir, afinal estamos sem gasolina,ou seja, é a pé, e pelas patrulhas, sabemos onde há mais deles.

Com o tempo, indo a pé, as vezes acabavamos tendo imprevistos, e tinhamos que dormir fora as vezes, os zumbies ficam mais ativos a noite. Por esse motivo eu preparei mochilas de sobrevivencia para nós que saímos, e por causa delas nós conseguimos nos livrar de várias situações difíceis ou perigosas...

Eu estou quase achando o caminho perfeito, quando Matheus abre a porta do quarto, indo até mim:

-Hey Layla,- ele exclama- isso parece estranho, mas... você sabe que dia é hoje?
-Oh... Não faço ideia... Os dias estão meio que se fundindo um no outro...
-Bom...-Ele responde-Surpresa!

Ele diz isso enquanto Dazai entra com uma bandeja cheia de cup cakes de mercado e uma vela pintada de preto com tinta guache no meio. Atrás dele Ray  e Katrine entram. Eles cantam parabéns e trazem a bandeja até mim para que eu assopre as velas. Eu assopro com os olhos fechados pensando no meu desejo. Eu tenho um dessa vez.

-Bem,-Matheus diz meio envergonhado- foi tudo o que conseguimos fazer, então desculpe pela simplicidade.
-Tá tudo bem,-Eu respondo- eu gostei muito, obrigada.

Eu dou um abraço em cada um dos quatro. Eu entrego um cup cake para cada um e vou distribuir os outros para minha mãe, meus irmãos, Erick e Edward. Eles não entenderam de primeira, mas aí expliquei.

Sobraram 2... Um para mim e...

<Toc toc toc>

Eu que já estava perto da porta  esqueço que estamos no meio do apocalipse e abro a porta.

Eu abro a porta e uma pessoa que estava de costas se vira dizendo:

-Iai?

-!!!!









Continua...


Notas Finais


Sim 20/02, aniversário da Layla, e meu. Vejo vocês no próximo capítulo... Despedidas aaaaa...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...