História Adventure Time and The Damns of Grynhildr - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Árvore Tenebrosa, Ash, Bastão de Caramelo, Beemo "BMO", Bongo, Brad, Bruxa da Floresta, Cake, Canelinha, Charlie, CMO, Conde de Limãograb, Dona Tromba, Dr. Sorvete, Esposa Princesa Monstro, Ethel Iriscórnio, Executivos, Finn, Fionna, Goliad, Guntelina, Gunter, Guy, Hudson Abadder, Jake, Jake Jr., Keila, Kim Kil Whan, Lady Íris, Litch, Lord Monocromicórnio "Lormo", Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, O Lich, Personagens Originais, Princesa Abelha, Princesa Amendoim, Princesa Café da Manhã, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Frozen Yogurt, Princesa Jujuba, Princesa Laurel, Princesa Oceano, Princesa Tartaruga, Princess Beautiful, Princess Cookie (character), Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada, Rei Gelado, Sr. Porco, TV, Viola, Yeti
Tags Adventure Time, Bubbline, Finnceline, Hora De Aventura, Interativa
Visualizações 103
Palavras 834
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 33 - Arco II. - Colinas Azuis


Fanfic / Fanfiction Adventure Time and The Damns of Grynhildr - Capítulo 33 - Arco II. - Colinas Azuis

Jake: - Vai demorar? Tamo nesse rio faz 30h hora.

Nabby: - Eu levaria a gente voando, mas ainda to me recuperando. Quando o Lich me incinerou, ele queimou minha centelha também. Vou estar enfraquecida creio que até amanhã ou depois de amanhã.

Jake: - Aff!

Finn: - Cú!

Nabby: - Finn, olha a boca! 

Finn: - Eu to entediado!

Nabby: - Por que não tenta fazer uma aventura no barco?

Finn: - Como?!

Nabby: - Toma! - Pegou no mastro uma vara de pescar e jogou pra ele. - Pesque um tubarão ou sei lá e lute com ele!

Finn: - Não existem tubarões num rio! Mas eu posso conseguir pegar algum peixe, to com fome. Vai me distrair. - Sentou na beira do barco, jogando a linha com a isca na água.

Jake: - Se a vara quebrar me usa. Eu to entediado também. - Foi até ele, sentou ao lado dele e ficou lá observando.

Nabby: - Querem aventura? - Sorriu, murmurando, logo fez uma esfera de energia azul pequena na palma da mão, próximo onde passava um cardume de sardinhas, quando as sardinhas entraram em contato com a energia, elas transmutaram e se transformaram em sardinhas gigantes e carnívoras. Do tamanho de tubarões brancos e com presas iguais as de uma piranha e a agressividade de um tubarão.

Finn: - Peguei algo! - Tentando puxar, mas era muito pesado.

Nabby: - O que? - Se aproximou, com cara de inocente.

Jake: - Eu te ajudo, parceiro! - Foi ao lado dele, ajudando ele a puxar. - Ta pesado mesmo! 

Nabby: - Vou ajudar. - Com sua incrível força, num único puxão ajudou eles a puxarem não só a vara mas o peixe veio junto. Se afastou segurando o riso.

Finn: -.... AAAA!!! - Gritou ao ver a sardinha tentar atacá-lo e no desespero caiu do barco e as sardinhas pularam na direção dele e enquanto o barco velejava sem parar, o mesmo nadava rápido a gritos indo na direção do barco. - Da uma ajuda aqui!!

Jake: - Já to indo parceiro! - Segurou no mastro, e se esticou até ele, ficando no formato de uuma prancha, enquanto seus braços serviram de apoio para Finn segurar, já que os braços do mesmo estavam presos no mastro também.

Finn: - Isso vai ser divertido. - Riu, sacando sua espada, ao subir em Jake. - IHAAA!!! - Viu as sardinhas pulando na direção dele, tentando pegá-lo ou abocanhá-lo, mas ele decepava a cabeça delas, rasgada elas no meio, cortava a calda e etc.

Nabby: - Se divertindo, Finn? - Disse assistindo, sorrindo enquando olhava ele se divertir.

Finn: - É como! - Rasgou uma no meio. - Vamos ter comida de ida e volta!

Jake: - Que nojo!!! - Caíram as tripas do peixe que Finn acabara de matar.

Finn: - Foi mal! - Ria. - Jake! Impulso!

Jake logo impactou ele, e o mesmo voou na direção do barco, no trajeto, duas sardinhas pularam na direção de Finn, e foram mortas imediatamente, quando ele girou junto da espada, cortando a cabeça das mesmas quase no mesmo tempo.

Nabby: - Ihuuu!! - Ria.

Jake subiu no mastro e assumiu o volante, rindo, dirigindo o barco, com as sardinhas logo atrás, tentando atacar, enquanto Finn e Naby atacavam elas da forma que podiam.

Jake: - Terra a vista!!!

Nabby: - Vamos atracar! - Preparou suas asas, pegando eles nos braços.

Finn: - Mas e as sardinhas?

Nabby: - Quando o barco se chocar com a montanha ele vai explodir e elas vão pelos ares! - Voou, logo as sardinhas pularam no barco e realmente explodiram com ele.

Finn: - Uhuuul!!! De novo!

Jake: - DEMAIS!!!

Nabby pousou no alto da montanha, e além dela, eles puderam ver uma paisagem(a da imagem), rapazes, eu lhes apresento as Colinas Azuis.

Finn: - Por que tem esse nome? São verdes.

Jake: - Deve ser alguma superstição ou sei lá.

Nabby: - É que o cara que descobriu aqui era daltônico.

Jake: - Ata.

Finn: - Então é aqui que o Billy me incumbiu...

Nabby: - Você deve procurar Hosgbald, o Ciclope Ancião. Ele é o líder e o único que pode te guiar para dominar seus dons. Além disso, esses caras daqui sofrem bastante com os negócios que.mencionei mais cedo no livro.

Finn: - Vamos resolver todos os problemas daqui! Epa... Espera.... Aí, meleca!!! Eu deixei minha mochila e meu gorro(o chapéu) novo lá! Grrr!! Já é o quarto ou terceiro chapéu que eu perco nessa porra! Aff! 

Nabby: - Depois faço um, eu seu costurar. - Sorriu. - Vamos! - Puxou Finn, segurando em sua mão.

Jake foi logo atrás.

Jake: - O que vamos fazer primeiro? Os gigantes ciclopes daqui já nos atacaram uma vez.

Finn: - Explicamos a situação. Onde fica o vilarejo?

Nabby: - Estão vendo esse riacho aí no meio, onde a cachoeira despenca? Temos que provar não ser ameaças para esse lugar sagrado. Devemos ir no lago e refletirmos sobre a água. E quando ele ver que somos puros, o vilarejo surgirá ao redor dele, e seus moradores também, ou seja, os Ciclopes. Alí é como o centro de uma cidade. O centro do mundo deles é ali.

Finn: - Vamos nessa!


Notas Finais


Até amanhã ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...