1. Spirit Fanfics >
  2. Adventures of The Truth Untold - Kim Seokjin (spin-off) >
  3. Distrust.

História Adventures of The Truth Untold - Kim Seokjin (spin-off) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


2 capítulos em um dia, ❤️

Capítulo 10 - Distrust.


Fanfic / Fanfiction Adventures of The Truth Untold - Kim Seokjin (spin-off) - Capítulo 10 - Distrust.

Kim Seokjin. 


Não saberia como ela reagiria, minha mãe nunca falou algo considerado preconceituoso, mais nunca falou de outros países, nunca falou das pessoas de outros países. 

Então resolvi falar o mais rápido possível. 

A esperei voltar ela voltou por volta das 22:45 da noite, e já a chamei para uma conversa. 


— Então mãe, você sabe que estou namorando a um tempo já.

Mais tem uma coisa que ainda não te contei. — Ela se sentou perto de mim, desconfiada. 


— Espero que seja algo bom, estou louca para conhecer- la.


— Anna não é coreana mãe, Ela veio do Brasil. 


Ela me olhou, confusa talvez. 


— Não tenho reações a isso, só quero apenas conhecer-lá. - ela saiu. 


Notei o seu deboche ao perceber que Anna não teria olhos puxados, ou nacionalidade coreana. 

Possivelmente passaria pela mente dela uma garota horrível, que não soubesse falar uma frase em coreano, mais estaria errada caso estivesse pensando isso de Anna. 




Dia seguinte, 06:45


Acordei em um pulo ao som daquele bendito relógio.

Então minha mãe me chamou, me arrumei rapidamente mais não deixei de estar bonito, fui até o carro em direção à escola. 



Anna


Entrei nos portões do colégio, não tive o encontro com Dae, agrade internamente por não ver ela. 

Mais vi minha amiga junto com as meninas, (S/N) corri até ela já a enchendo de perguntas sobre o dia do cinema. 

Então ela nos contou sobre oque realmente aconteceu,gritamos, surtamos, a parabenizamos. 


— Essa é minha cria! - exclamei. 


— Eu disse mulher, que você iria pegar ele...


— Aí gente, estou tão feliz! Ele disse que gosta de mim. - ela sorriu


— Casal desse, bixo - disse Keren — Gente a Hellen está bem estranha desde ontem... 


— Como assim? - (S/N) pergunta. 


— Acho que ela e o Hoseok brigaram! 




•   •   •


Jin chegou, mais muito provável de não ter me visto.

Eu estava longe, até que conheci dois asiáticos, que pareciam ser simpáticos, e não me criticarem pela minha aparência. 


— Meu nome é Cho, o dele é Chul- Moo. - eles disseram. 


— Prazer, o meu é Anna. 


— Somos do mesmo ano, mais infelizmente não da mesma sala. - Cho falou. 


— Pelo menos teria uma garota gata na sala, tirando aquelas da nossa sala. - Chul- Moo respondeu o amigo


Eles gargalharam. 


— Entendi, mais as coreanas são bem bonitas, mais é isso.

Preciso ir agora, tchau. - me despedi, e saio depressa.


A aula começou. 


A professora entrou em sala, Sentei- me no canto ainda pensando o qual desconfortável eu estava perto daqueles meninos, Jin finalmente me achou e  se aproximou de mim me dando um beijo na bochecha. 


— Princesaaa, Aonde você estava? Te procurei pelo colégio. 


— Eu estava junto com dois meninos que puxaram papo comigo, mais vamos trocar o assunto. 


— Que meninos são esses? - ele me olha seriamente. 


— Chul- Moo e Cho. 


— Não os conheço, só sei que eles existem. 


— Vamos começar a aula, silêncio. - A professora exclamou. 


Jin pegou sua mochila e colocou a do meu lado, mas antes foi até um dos meninos enquanto a professora estava distraída. 


— Namjoon, você conhece algum Chul- Moo ou Cho? 


— Conheço de vista, não tenho intimidade. - ele responde pegando seus materiais e colocando em cima de sua carteira. 


— Eles vieram falar com Anna, ela não parecia confortável falando. 


— Cuidado para eles não darem em cima dela. 


Jin pensou sobre o assunto, e voltou ao seu lugar ao lado de Anna.

Por fim, a aula acabou. 


J-hope não tinha ido a escola aquele dia, queria perguntar-lo sobre Hellen, mais não obtive sucesso.


Aquela semana estava lenta, eu me sentia cansada fisicamente. 

Eram muitos trabalhos, a maioria era grupos com meus amigos, já outros eram com pessoas que eu não tinha intimidade,

Eu não tinha notícias de Hellen, pensei em coisas horríveis.



Uma coisa boa aconteceu para mim, meu pai voltou de embarque, me buscou em meu colégio.

Mais eu estava junto com Jin, era minha mãe quem me buscava, então não me importava caso ela visse, afinal ela já tinha visto pior.

Mais não esperava meu pai me buscar, ele não me avisou, ele fez uma “surpresa”.

Reconheci o carro, me despedi de Jin e fui em direção ao carro. 


— Oi ma- vejo meu pai, antes mesmo de terminar minha frase. — Oi pai, Saudades!! - o abraço.


Ele me olhou, lembrei da possível visão que ele teria tido de mim.

Meu pai era super protetor, me dava conselhos sobre relacionamentos, me ajudava quando falava sobre gostar de algum garoto, e simplesmente ele me vê com um menino.



— Quem era aquele garoto o qual você estava abraçada? - Ele deu a partida.


— Meu melhor amigo pai, único que me tratou bem desde que cheguei ao colégio. - minto


— “Melhor amigo” - ele me imita. 


— Aish. 





(•  •  •) 



Sendo sincera, eu odiava mentir para meu pai logo ele que me ajudou tanto em questão de relacionamentos. 

Mais não sentia que fosse o momento certo, agradeço a minha mãe por não ter contato nada a ele.

Podíamos passar um momento em família, sem brigas por minha causa. 

Entrei em casa, já subindo as escadas em direção ao meu quarto, ainda sentia presente os olhares de desconfiança do meu pai.


      *mensagem on*


Príncipe 💘: Amor? Está aí? 


Princesa ❤️: Oi amor, me perdoe por ter saído daquele jeito, hoje não foi minha mãe que me buscou, e sim meu pai.



Príncipe 💘: Está tudo bem, queria te falar sobre um assunto.



Princesa ❤️: Sobre oque? 


A mensagem não tinha sido enviada, talvez uma falha na internet. 

Desci as escadas a procura da tomada onde ligava a internet, chego e já vejo meu pai retirando da tomada.


— Pai! Porque está tirando a internet? 


— Até você me contar a verdade.


Fudeu.


— Contar sobre meu amigo? 


— Quem mais seria? 


Desci o restante das escadas com o coração acelerado, minha mãe se juntou a nós. 


— Já tem um tempo pai, estou namorando com ele, não tinha te contar uma coisa dessa virtualmente, mãe já o conheceu pessoalmente, sabe como ele é. - abaixei minha cabeça.


— Foi tão difícil falar isso? Só queria explicações sobre ele, nada de ficar se pegando dentro de casa. 



Eu e minha mãe nos entreolhamos, rimos discretamente.


— Quero conhecer ele, mais não agora, muito menos hoje





•  •  • 


Mais um dia qualquer de escola, naquele dia meus pais queriam me levar pro colégio já pensava o motivo mais como eles disseram:

“Sua segurança”


— Tchau gente. - saio do carro. 



*Kim Seokjin Povs*


Avistei Anna chegar com seus pais dentro do carro, fiquei em frente aos portões da escola caso a mãe dela quisesse me ver, Anna veio até  mim fazendo as pessoas dentro do carro prestarem  atenção em nós.


— São meus pais ignora. - disse Anna.


— Eles estão olhando para a gente.


Anna olhou para trás e viu seus pais, então entramos para dentro do colégio à espera de seus pais irem embora.


— Amor, você viu Hellen Ou o Hoseok?


— Hoseok chegou, mais não falou com ninguém.


— Estou pensativa sobre Hellen, ela não respondeu minhas mensagens, não atendeu minhas ligações 

E não tenho contato com os pais dela.


— Ela deve estar doente, não se preocupe. - dei um beijinho na testa.


O sinal tocou e todos foram para sala, J-hope estava estranho, mas acharam que era sobre a briga.


(Autora: uma grande observação, estou me baseando na personalidade dos meus pais comigo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...