História Affection - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki
Tags Drama, Família, Reiji Sakamaki, Shortfic, Shu Sakamaki
Visualizações 41
Palavras 1.892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu peguei um interesse na história de Beatrix e seus filhos . Então decidi fazer minha versão com meu OC ( Aurora ) .
A história do anime ainda será a mesma , mas com algumas diferenças .

Espero que gostem !
Boa Leitura !

PS : Aviso de Spoilers . Do jogo . Eu joguei a rota de Reiji e Shu apenas para conseguir fazer uma história boa . Já que não queria escrever algo que fosse muito diferente do roteiro original do anime e do jogo . Tipo um final feliz que não existe em Diabolik Lovers .

Capítulo 1 - Capítulo 1


A segunda esposa de Karlheinz , 

Era como o próprio sol , tão radiante e sorridente .

Tão bonita que se igualou com a beleza da terceira esposa .

Pelo menos , era assim que tanto Reiji e Shu lembravam de sua doce mãe , Aurora .

.

.

.

.

Aurora .

Esse era o nome da segunda esposa de Karlheinz , e a mãe dos dois filhos mais velhos da família Sakamaki - Shu e Reiji .

Entre as quatro esposas . Aurora sempre foi a mais sorridente , com uma personalidade agradável e brilhante . Qualquer um poderia compara-la como o próprio sol em pessoa , e outros as criticavam por um vampiro chegar a parecer um humano . Uma espécie inferior a deles , não que a mulher se importou .

Shu lembrou de sua mãe assim , sendo doce e calorosa . Não importava a circunstância ela sempre estaria calma e sorridente , algo que ele sempre se acostumou a ver .

Para Shu , mesmo que sua mãe o pressionasse nos estudos e esperasse um resultado excelente dele - desde que ele era o filho mais velho e portanto o próximo chefe da família . Muitas vezes , Aurora o permitia escapar de suas tarefas . Acabando por se juntar com seu filho , para fazer o que Shu gostasse . 

Ele a adorou em tudo .

Ele não a detestou por algumas vezes ser severa . Quem ele culpou por não ser permitido a ter tanta liberdade como seus irmãos mais novos , ele culpou seu próprio pai . Karlheinz era o culpado de tudo aquilo . Ele era a principal razão de todo o fardo e falta de liberdade que ele tinha que aguentar .

- Ririe !

Shu parou em seu caminho ao ouvir a doce voz de sua mãe . Ele a olhou curioso tentando segurar um sorriso ao vela mas era impossível , ninguém poderia não sorrir quando Aurora estava indo conhece-los com uma alegria absurda mas sua personalidade animada nunca afetou sua classe .

Ela sempre conseguiu continuar sendo elegante . Mesmo correndo animadamente em sua direção com um longo kimono azul escuro com flores coloridas , ela ainda continuava bem-apresentada . Seus longos cabelos lisos de cor loira caíram em seus costas parecendo bastante bagunçados e seus olhos azuis brilharam intensamente .

Ele segurou uma risada , a felicidade radiante de sua mãe era bastante agradável e divertido de se ver .

- Mãe . - Ele a cumprimentou uma vez que ela se aproximou - Há algo que precise ?

- Onde você estava indo ?

Os ombros de Shu caíram por um momento enquanto ele segurou uma careta pensando se Aurora iria pedi-lo para ir a outra sessão de estudos . 

- Eu estava indo ver , Kuro .

Ele citou sua meia-irmã . Kurohime . A segunda pessoa mais alegre do que sua mãe , e assim como Aurora quem trazia uma alegria imensa para seu filho , sua meia-irmã trouxe uma grande felicidade para seus irmãos . 

- Oh , que bom . Ela deve estar no jardim com Subaru .

Shu assentiu - Há algo que você queira ? Eu posso brincar com eles outra hora .

- Não , está tudo bem . - Aurora o tranquilizou rapidamente - Só queria ter certeza que você não irá fugir de outro baile . Ririe , como o próximo chefe da família , sua presença é importante .

- Mas.. todas essas pessoas só querem se aproximar do meu pai e empurrarem seus filhos para serem meus amigos . - Shu resmungou um pouco - Eu realmente tenho que ir ?

- Sim . E em troca , eu posso permitir algumas pausas em seus estudos - E como se notasse os olhos de seu filho brilhando - Nada mais do que uma ou duas horas . E depois você volta a estudar .

- Tudo bem . 

Ele concordou sem hesitar por um momento , um grande sorriso apareceu em seu rosto o que fez impossível de Aurora não retornar na mesma expressão .

Para Shu , aqueles momentos com sua mãe era a única coisa que o agradavam . 

Entre sua família , sua mãe era a única pessoa com o qual se dava realmente bem . Além de suas duas irmãs - Kurohime e Shirayuki . 

Naquela vida cansativa , com a pressão de ser o filho mais velho . Aurora era realmente como o sol , quando percebia que Shu chegava ao seu próprio limite em continuar os estudos , ela o permitia descansar e muitas vezes até brincou com ele . 

Sua mãe , foi a única pessoa do qual ele realmente sentiu falta uma vez que cresceu e ela morreu . Aurora embora tenha falecido , ela ainda viveu em seu pensamento e coração .

Para Shu , o sol tinha sido engolido pela escuridão assim como as outras coisas que ele considerou importante e valioso que no final , ele também perdeu . 

[ .... ]

Reiji andou ao lado de sua mãe , pelo castelo do qual moravam .

Ele a observou , cada movimento , cada expressão , até mesmo o tom de sua voz que era irritantemente feliz . Para uma mulher que ele admirava e respeitava , ele não gostou quando sua mãe agia sentimental como um humano .

Aurora era a dama perfeita .

Sempre manteve calma e tinha uma excelente compostura . Andou com elegância em seu kimono . Era inteligente e ambiciosa . Seus únicos defeitos que ele tentou ao máximo não deixar que afetassem a imagem de sua mãe para ele , era a gentileza e o jeito quase humano de Aurora .

Assim como a sua súbita personalidade excessivamente feliz quando via Shu .

- Deixe os preparativos prontos .

A voz calma e melodiosa dela soou enquanto ela ordenava uma  das empregadas . Sua expressão era de calma e seriedade , parecendo quase vulnerável se seu filho não soubesse o quão oposto disso sua mãe era . Embora o irritou sempre que ele percebia que desde que Shu não estivesse perto , sua mãe não agia tão humana como fazia .

Era irritante pensar que o lado feliz dela , só era mostrado a presença de Shu . Não que Reiji se importasse com tal coisa , ele preferia sua mãe assim , como uma dama perfeita .

- Se houver qualquer erro ..- Ele segurou um sorriso quando notou o tom calmo dela mudando , algo que nunca foi mostrado a Shu - Eu vou tortura-la pessoalmente se estragar tal evento importante .

Esse lado , ela nunca mostrou a Shu provavelmente por saber que seu filho não entenderia como sua mãe trocava de personalidade facilmente . E Reiji se sentiu honrado ao ser confiado isso . Sua mãe mostrava o quão superior era sobre aquele servo . O quão superior era seu próprio status .

- S-Sim..senhora !

Ele observou a empregada correr o fazendo revirar os olhos . Entre todos daquele castelo , sua mãe era o único vampiro a ser admirado . Não perdendo a classe em nenhum momento , nunca esquecendo sua real natureza . E mostrando á ele , que como sempre o seu eu alegre á Shu , era apenas uma maneira dela de ainda ter controle no filho mais velho .

- Reiji .

Ele se sentiu tenso quando ela finalmente lhe deu atenção , um sorriso estando em seus lábios quase como se não tivesse acabado de ter feito uma ameaça .

Mas ele não se sentiu tenso por temer sua mãe ou qualquer coisa do tipo . Diferente de Shu , quem era ignorante as suas responsabilidades e obrigações . Reiji era diferente . Ele queria mostrar a sua mãe que poderia ser melhor do que seu irmão , quem seu pai provavelmente escolheria para liderar a família - alguém que ele não aprovou .

- Sim , mãe ?

Ele sentiu seus estômago borbulhar de ansiedade . Era sempre assim que ele se sentiu quando ela lhe deu atenção . Se Shu não existisse , Aurora obviamente daria mais atenção para ele . Não teria um obstáculo em seu caminho , e ele iria honrar o cargo de mais velho da família do que seu irmão .

- Gostaria de ir na biblioteca comigo ?

Ela o convidou com um doce sorriso nos lábios , por um momento ele quase não respondeu estando confuso e levemente irritado . Não que detestasse a companhia de sua mãe , mas ele pensou que como sempre , ela o incentivaria nos estudos .

- Para..estudar ?

Aurora riu de sua pergunta - Se você quiser , podemos fazer isso juntos , tudo bem ? Estou curiosa para saber o que você está estudando agora . Reiji , você é um menino bastante esperto .

Um sorriso queria aparecer em seus lábios mas ele segurou sabendo que deveria manter sua compostura . Assentindo , ele sentiu-se no mínimo feliz enquanto seguia sua mãe . 

Mas como sempre sua felicidade chegou e acabou tão rápido .

- Mãe ?

Ele perguntou uma vez que a notou parando no caminho , e olhando para a janela . Uma vez que ela não o respondeu , ele olhou também fazendo uma careta quando viu seus irmãos brincando lá fora . E entre eles , não que fosse uma surpresa , estava Shu . Tão livre e  ignorando como sempre seus deveres .

- Kurohime será uma boa garota .

Ele piscou ao elogio repentino de Aurora . 

Não que fosse inesperado isso , seu pai contou a todos que no futuro , Kurohime - a filha de sua 4° esposa , seria a noiva de Shu . Desde que seu irmão seria o próximo chefe da família . Karlheinz deu essa notícia uma vez que trouxe suas duas filhas para passar um tempo no castelo . 

E isso apenas irritou Reiji ainda mais . Shu tinha todo um futuro construído para ele . Sendo o único com a capacidade de liderar a família , ele continuava a ignorar suas responsabilidades . E isso o fazia detestar ainda mais seu irmão .

- Mamãe !

Notando-os , Shu acenou para cima . Aurora quem olhava com uma expressão calma , instantaneamente deu um grande sorriso caloroso enquanto acenou de volta . Com a mesma radiação , não se importando que seu filho estivesse brincando ao invés de estudar .

- Mãe , deveríamos ir .

Reiji tentou terminar aquela cena que o irritava tanto . Aurora iria passar um tempo com ele , o mesmo não queria perder tempo apenas por causa de Shu .

- Uh ? Claro .

Aurora o respondeu com um pequeno sorriso embora por um momento voltou sua atenção a Shu novamente . Mas felizmente ela começou a andar e Reiji voltou a segui-la dessa vez o sentimento de felicidade não estava presente . Sua mente se concentrou no quão ele detestou seu irmão .

No final , enquanto crescia , sua mãe ainda era um enigma para Reiji . Ele simplesmente não a entendia , assim como não entendia seu pai .

E mesmo quando a matou , ele se irritou por sentir culpa . Que culpa ele deveria sentir ? Certamente não era importante para ele matar uma mulher que um dia ele amou tanto . Mas diferente de Shu , ele não era e não queria ser tão sentimental ao ponto de se importar com isso .

Para ele , o sol precisava ser eliminado . Porque sua presença queimou-o lentamente . E ele a detestou por morrer sorrindo e sem odia-lo .

Os dois irmãos embora não se dessem bem , e agissem diferentes , tinham o mesmo sentimento por Aurora . A mãe deles foi um sol na vida de ambos . Um sol que só podia livrar um da escuridão e deixar o outro sofrer . Um sol que foi egoísta sem perceber .

 


Notas Finais


• Kurohime e Shirayuki , são ambas meus OC's . De uma próxima história minha , só decidi usa-las aqui como um tipo '' referência ''. Embora elas não tenham tanta importância uma vez que os personagens principais são Shu e Reiji .

• '' Ririe '' , é o nome real de Shu , '' ah mas ele se chama SHU '' , eu joguei o jogo e a informação é mais correta do que qualquer outra fonte . Então , Aurora muitas vezes irá chama-lo assim .

Essa história vai ser meio '' dramática '' porque vai seguir a história tensa já que eles realmente não tinham uma boa relação com Beatrix no anime . Mas vai ter momentos felizes também . Eu adorei escrever isso , porque a história de Beatrix e de seus filhos é realmente interessante . Espero que gostem da história tanto quanto eu .

Bjs ! Até o próximo capítulo !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...