História After All - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Demi Lovato, Joe Jonas, Kevin Jonas, Nick Jonas
Tags Demi, Demi Lovato, Jonas, Lovato, Nemi, Nick, Nick Jonas
Visualizações 44
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 7 - Capítulo 06 -BONUS-


Ponto de vista: Nicholas Jonas

Eu não consigo dizer ao certo o que sinto ao vela, mesmo que isso tenha acontecido ao todo quatro vezes, contando com esse exato momento, ja que não à vi mais do que isso. Ela mantinha um olhar imponente sobre mim após eu ter lhe alfinetando, mesmo que eu não seja fã de atrasos eu nunca agiria de tal maneira em uma primeira reunião, mas o fato de ela ser quem se atrasou faz com que eu sinta vontade de lhe irritar.

-Como a proporia Marissa ja havia dito, perdão pelo atraso não se repetira, com licença -- ela falou de uma forma séria dando um leve sorriso e se dirigindo a sua cadeira.

-Realmente espero que não se repita.

-Não se repetira Sr.Jonas -- falou fitando meus olhos, logo desviando.

-Bem vamos dar início -- o Sr Callahan falou um tanto desconcertado -- e mais uma vez, perdão Nicholas -- ele finalizou.

A reunião logo começou e nada ali era novo para mim, eu participava de diversas reuniões durante o dia essa não era considerada diferente por mim, exceto pelo fato de ter uma morena do outro lado da mesa que conseguia me irritar ou me cativar com tão pouco, não posso dizer que cheguei a prestar muita atenção no que os outros presentes na sala falavam, me parecia mais interessante observar o quanto ela ficava sexy enquanto colocava o lápis entre os lábios, ou a forma como mordia o lábio inferior enquanto lia os papeis que lhe eram dados, só consegui tirar o foco de sua boca quando o barulho irritante de seu celular começou a ecoar pela sala, e eu não poderia ficar calado diante disso, na realidade eu poderia, mas não queria.

-A senhorita poderia desligar o seu telefone, o barulho irritante que vem dele está nos atrapalhando -- após eu terminar de falar o celular parou de tocar por conta própria.

-Desculpe -- foi o que deu tempo dela falar para que o celular tocasse novamente -- mas eu preciso atender -- então levantou-se e foi em direção a porta passando pela mesma.

Durante os no máximo dois minutos que se seguiram, foram vários pedidos de desculpas e justificativas de que deveria ser algo importante para que a Srt.ª Lovato tenha saído daquela maneira.

E a resposta de que realmente era algo importante, que havia acontecido, se teve quando Demetria entrou as pressas na sala e foi em direção a loira, que julgo ser sua amiga, falando algo em seu ouvido, o que ela falou eu não sei ja que falou baixo o suficiente para que nenhum outro ali presente ouvisse, e então saiu as presas pela porta da sala de reuniões.

Pude ver quando a loira, que se não me engano se chama Marissa foi em direção ao Sr Callahan, e também falou algo em seu ouvido, mas que porra o que esta acontecendo.

-Perdão pelo transtorno, mas Demetria teve um contratempo, e precisou se retirar de imediato -- James falou -- sem mais delongas vamos prosseguir.

-Para onde ela teria ido? Pois um mero telefonema não é algo importante para abandonar uma reunião como essa.

-Bem, o telefonema pode não ser para você, mas o motivo pelo que ela teve que se retirar é, e perdão, mas estamos aqui para finalizar essa reunião e não para vocês saberem o por que Demetria teve que sair -- Marissa falou falou formalmente mas nitidamente irritada, e eu decidi por ficar calado, por mais que eu não queira ela está certa, o por que dela ter se retirado é algo pessoal e não me diz respeito.

Apenas decidi por prestar atenção no resto da reunião, e logo ela chegou ao fim, apenas me despedi de todos e fui rumo a meu carro, antes de todos os acontecimentos meu destino seria a Jonas enterprise, mas ja se passavam das cinco da tarde e eu apenas me contentei em ir para casa, não estava com paciência para voltar para la, de qualquer forma.


              °*°*°*°*°


Cheguei em meu apartamento e coloquei a chave do carro em cima do criado mudo juntamente com meu celular, e subi as escadas, eu só preciso de um banho o dia foi stressante diferente dos outros que eram tão monótonos. 

Aquela mulher consegue me irritar com tão pouco, mas não posso negar que ela é uma bela mulher, tem belas curvas e pelo pouco que me lembro é muita boa na cama, não reclamaria se pudesse provar novamente, mas também não podemos negar que é uma bela mentirosa, uma bela golpista, mesmo que não pareça, pois parece bem eficiente no trabalho e ter chego onde chegou por conta própria, ou apenas chegou até ali pois alguém acreditou na sua farsa, posso estar errado, mas prefiro achar que não. 

Terminei meu banho e sai com a toalha enrolada em minha cintura, apenas vesti uma cueca e uma calça de moletom como de acostume

Cheguei na sala com o intuito de pegar o notebook para ver alguns e-mails, mas meu celular começou a tocar e de início eu ignorei mas então ele voltou a tocar e eu me obriguei a levantar e ir atendê-lo, só então vi que se tratava de uma ligação de minha mãe, o que era estranho, ja que não nos falávamos a semanas por conta de um discussão boba, onde ela dizia que eu deveria arrumar uma namorada, casar, ter filhos e construir uma família pois eu não teria 28 anos para sempre, que eu deveria deixar o passado no passado e seguir, e eu apenas disse que ela deveria cuidar da vida dela que da minha cuido eu, e a deixei falando sozinha, reconheço que estava errado em ser grosseiro mas nem tudo vai ser como ela quer.

-Oi? -- falei com uma voz de tédio esperando uma resposta. 

-Nicholas meu filho, quanto mal humor, isso é jeito de falar comigo? -- falou com uma falsa voz dei irritação. 

-Ok, mãe, o que você quer?

-Preciso da sua ajuda, agora.

-Não posso, tenho muitas coisas para fazer em ralação ao meu trabalho -- não é muito, mas o suficiente para ocupar um bom tempo do meu fim de tarde e início de noite. 

-Eu não estou pedindo Nicholas, apenas venha, você sabe onde estou -- falou e encerrou a ligação. 

Por mais que eu não queira, eu irei, ela sempre faz isso e eu não tenho como argumentar, apenas obedecer, posso ser quem sou mas ela é minha mãe, uma das poucas mulheres que merece meu respeito. Apenas troquei de roupa e peguei meu celular juntamente com as chaves do carro e segui até meu destino.





Notas Finais


Cap novo.

Até mores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...