1. Spirit Fanfics >
  2. After All This Time >
  3. Quem Disse ?

História After All This Time - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Leiam as notas finais <3

Capítulo 3 - Quem Disse ?


Fanfic / Fanfiction After All This Time - Capítulo 3 - Quem Disse ?

Vamos lá

Quem disse? Quem disse que você não é perfeita?
Quem disse que você não vale a pena?
Quem disse que você é a única que está sofrendo?

 

Los Angeles - Califórnia - EUA

11:52 PM

P.O.V. Selena Gomez

Era só o que me faltava.  

Encarei Hailey que nos observava com o cenho franzido como se duvidasse de qualquer coisa que venhamos a dizer, bufei irritada e entrei no banheiro sem dar a minima para a cena que viria a seguir. 

Depois de tudo o que passei com o Justin, o minimo que ele pode fazer por mim é me poupar de uma cena com sua esposa. Senti meus olhos arderem e logo fui para a pia me olhar no espelho obrigando ao corpo que se auto controle e não chore de raiva agora. Precisava passar a informação de que ele não me abalava mais 

Não mais. 

Fechei os olhos e contei mentalmente até dez para me recompor, ouvi um barulho na porta e logo os abri dando de cara com Hailey “Bieber” de braços cruzados e um olhar raivoso. Sério que ela vai fazer isso? Me dirigi a cabine para urinar e esperei que quando saísse a loira não estivesse mais ali, porém como não tenho nem um pouco de sorte, era obvio que estava me esperando na mesma posição. 

- Hailey eu apenas estava passando no corredor 

- Quero você DISTANTE do meu marido, ouviu bem?- Ela ta testando minha paciência, não é possível, respirei fundo, caminhei até a pia novamente e lavei as mãos - Selena eu estou falando com você 

- Não sei se você percebeu mas eu to tentando te ignorar, pois nada que diz respeito ao Bieber me interessa – De repente toda a paciência que eu já não tinha, se esgotou 

- Não é o que parece nas suas musicas 

- Ah vai se foder – Ela arregalou os olhos, provavelmente surpresa demais pela minha reação - Me deixa em paz. - Sai andando em direção a saída e esbarrei no seu ombro de proposito durante o caminho - Vocês já fizeram coisa o suficiente para mim. - Sabendo que eu estava certa, Hailey calada estava, calada ficou. 

Justin ainda estava no corredor e seu olhar se prendeu no meu assim que sai do banheiro, lhe mandei o dedo do meio demonstrando que se eu fosse ele não tentava nem uma aproximação e o mesmo teve o bom senso de permanecer afastado, desci as escadas em direção ao salão principal e estava quase chegando no mesmo porém uma mulher baixinha se colocou a frente. 

- Selenaaaaa! - Sorri assim que reconheci sua voz, lhe encarei e depositei o abraço mais apertado que consegui nela. - Você viu o Justin por ai? 

- Ele está lá em cima, Pattie – Ela assentiu e estava prestes a sair andando mas de repente parou, segurou em meu braço e me encarou profundamente 

- Eu gostaria de saber o que aconteceu com vocês, querida 

- Acho que não era pra ser – Sorri tentando transmitir confiança  

- Justin não é feliz sem você, Selena – Se ela não fosse quem é, eu gargalharia na sua cara 

- Foi seu filho quem terminou, Pattie – A mulher arregalou os olhos – Pois é - Sai andando sem esperar que ela prolongasse o assunto. Em meio a multidão do salão, procurei por um rosto amigável e logo encontrei Taylor  

- Aonde você estava? -  Ela quis saber 

- Na novela que virou a minha vida – A puxei pelo braço para voltarmos a mesa e assim que chegamos na mesma, servi um copo para mim 

- Ta tudo bem? - Demi me questionou, apenas sentei numa cadeira e sorri 

- Sim. 

Tentei entrar no assunto deles e fui bem sucedida quando percebi que falavam do casamento da Rihanna, com toda certeza tinha sido um acontecimento marcante na vida da morena e do mundo em que vivemos. 

Afinal, ela é um ícone. 

Mudamos de assunto logo depois falando do palco montado no meio do salão, Demi se recusava a cantar e eu logo me ofereci para a tarefa pensando que a musica poderia aliviar o peso nas minhas costas. Lovato concordou então rapidamente me levantei e dirigi meu corpo ao local, para começar a pequena apresentação. 

Conferi com a banda a musica que tocaríamos e pretendendo ser nostálgica hoje, deixei que “who says” inundasse o salão, aos poucos as pessoas em volta começaram a balbuciar a letra tão conhecida, sorri quando ao chegar no refrão percebi que todos já cantavam, Taylor ao longe praticamente berrava a melodia e em meio aquele clima, minha cabeça voou em uma lembrança 

 

Flashback Onn

Rio de Janeiro, Brasil, 2011 

- Suas fãs ME ODEIAM e você quer que eu vá lá fora cantar who says?- Perguntei indignada para Justin que se segurava para não rir de mim - Vou te derrubar dessa cadeira,Justin Bieber. - Cruzei os braços, mais do que puta da vida  

- Você fica tão linda quando está irritada - Se segura Selena, você ainda tá puta. - Amor - O garoto se levantou e começou a caminhar até mim - Algumas fãs gostam de você- Arqueei a sobrancelha não botando muita fé nisso  

- Elas acham que eu estou contigo pela grana ou até mesmo por sua fama - Um bolo se formou na minha garganta quando lembrei das ameaças diárias que recebo  

- Isso não faz nenhum sentido - Justin agora estava próximo demais e seu hálito de menta chocou-se contra meu rosto - Você é famosa também  

- Não vou cantar hoje.  

- Até quando você pretende se esconder ? A maioria delas te odeia porque sonha em casar comigo - Ele sorriu convencido - Tem Justin pra todo mundo - Estapeei seu braço vendo o mesmo gargalhar pelo meu ato  

Em seguida, Bieber segurou em minha cintura e logo colou nossos lábios sem cerimônias em um beijo necessitado e devastador. Meu coração automaticamente se aqueceu com tal ato da parte do loiro. Estar em seus braços é como finalmente voltar pra casa depois de um dia cheio de trabalho, incrível e único. 

Deixei que nossas línguas brincassem uma com a outra enquanto nós nos abraçávamos na intenção de ficar mais próximos, gemi entre o beijo quando Bieber sugou meu lábio superior e isso só fez com que o garoto me apertasse ainda mais 

Entendo porque milhões de garotas querem estar no meu lugar. 

Justin começou a me guiar pelo camarim, soube o que ele queria fazer antes mesmo de chegarmos ao destino então não cortei o beijo. Quando meu corpo sentiu a maciez do sofá atras de si, Bieber infelizmente parou o contato com vários selinhos seguidos. O encarei com um olhar questionador e o garoto retribuiu com um sorriso malicioso, suas mãos que ainda estavam na minha cintura ajudaram –me a sentar no estofado, e seu corpo ficou em pé na frente do meu. 

Levantei um pouco a sua blusa para beijar aquela região da sua barriga, senti o garoto ficar tenso cada vez que abaixava mais a cabeça para ir em direção ao seu pau, estava prestes a tirar o cinto que ele usa desnecessariamente pois suas calças vivem caindo quando a porta do camarim foi aberta e um Scooter claramente surpreso se pôs a minha frente. Afastei Justin o mais rápido que pude e o loiro quase se desequilibrou  

- Vocês dois e essa chuva de hormônios – Justin tossiu um pouco e tentou em vão arrumar o seu membro dentro da calça mas devido a ereção já aparente, não conseguiu – Ai pelo amor de deus Bieber, vai arrumar isso no banheiro – Tive de rir do desespero do Justin enquanto caminhava em direção ao local 

- Eu vou pros bastidores!- Bieber me encarou antes de entrar no banheiro 

- Tem certeza de que não quer subir no palco, comigo? - Neguei lentamente mas vendo sua expressão devastada tratei de reformular 

- Se eu mudar de ideia, te aviso pelo micro, ta bom ?- O sorriso dele fez a mentira valer apena.  

Obvio que eu não mudaria de ideia. 

Sai do camarim me despedindo do Scooter com um aceno de cabeça, comecei a caminhar em direção ao local em que ficaria durante o show quando uma aglomeração na porta de entrada da parte privada chamou minha atenção 

Duas garotas, vestidas de funcionárias de limpeza choravam parecendo que alguém da família tinha morrido, na hora, sem precisar de explicações eu sabia o que tinha acontecido. Elas fizeram uma loucura para conhecer o ídolo (aliás um plano genial, tenho que admitir) e foram pegas antes mesmo de conseguir concluir 

Por um momento vi a loira abraçar a morena enquanto o segurança gritava com ambas por tamanha irresponsabilidade. Vi ali, dois sonhos serem destruídos por um cara que infelizmente só estava fazendo o seu trabalho. Ponderei em como poderia ajudá-las e assim que o bruta montes iria colocá-las para fora de vez, resolvi interferir. Em passos rápidos fui até eles, e quando cheguei perto dos mesmos, as garotas abriram a boca em um perfeito O e começaram a chorar mais ainda 

Imagino como elas devem ficar ao conhecer meu namorado 

- Elas vão entrar – Afirmei com todas as letras vendo as duas se entreolharem animadas 

- Me desculpa mas o meu trabalho é n...- O cortei meio ríspida 

- Elas vão entrar e se eu fosse você não tentava discutir comigo. - A loira deu inclusive um pulo de felicidade 

- Quem é você ? - Ele ta testando uma paciência que eu NÃO TENHO 

- A namorada do Justin – A morena respondeu por mim, e o segurança que até então estava com uma expressão petulante no rosto, rapidamente deu espaço para as garotas passarem  

- Ai meu deus, Selena – O inglês delas era perfeito. As abracei separadamente e depois fiz um contato triplo – Obrigada, obrigada, obrigada – A loirinha chorava em felicidade - Você não faz ideia do quanto esta realizando um sonho pra gente agora. - É, eu fazia 

- Vocês querem assistir ao show comigo? Depois eu levo as duas para conhecerem o Justin – Elas deram um grito – Meninas, falem baixo por favor – Eu disse rindo  

- Você não tem ideia em como a gente ta se controlando ainda – A morena se pronunciou- Minha vontade é de te agarrar e não soltar nunca mais 

- Gostam tanto de mim assim ? - Começamos a caminhar em direção ao local que ficaríamos no show 

- Claro que sim! Você faz o nosso ídolo feliz e tipo, o que mais a gente poderia querer? - Senti meus olhos marejarem 

- Nem todas pensam igual vocês - 

- A maioria vive lendo Fanfic demais – Elas ainda choravam, e quando chegamos de trás do palco que ao longe avistaram o Scooter, deram um grito tao alto que o próprio empresario, mesmo distante, acabou ouvindo 

- Agora vocês foderam a situação - Braun me olhou como se pudesse colocar fogo em mim com a força do pensamento, eu dei um sorriso falso e quando ele começou a caminhar em nossa direção, confesso que o primeiro impulso que tive foi o de sair correndo. Mas me controlei. 

- AI MEU DEUS SCOOOTEEER – As duas acabaram com a pouca distancia do homem até nós pulando em cima do mesmo, e antes que ele começasse a falar no meu ouvido fui em direção a escuta instalada em mim e a liguei 

- Justin? Ta ai ? - Ouvi um “humhum” em resposta – Vou entrar com você no palco. - E mesmo não o vendo, sabia que ele estava sorrindo. 

#Flasback Off 

12:57 AM

P.O.V. Justin Bieber 

Who Says. 

Tantas lembranças me vieram a mente que a única coisa que consegui fazer foi encher um copo de whisky e virar sem pensar duas vezes. Ao redor da mesa, todos cantavam a melodia com animação, exceto Hailey que tinha uma cara de cu maior do que o seu próprio anus. Veja bem, esse ciumes dela é desnecessário. Eu jamais voltaria com a Selena. 

Aliás, fui eu que terminei tudo. 

A musica enfim acabou e o DJ voltou a tocar uma melodia qualquer. A morena voltava a mesa e isso fez com que Hailey entrelaçasse nossas mãos. Revirei os olhos para tamanha criancice da loira. 

- Hein, Justin? Você viu? - Depositei a atenção no Harry – A ideia do reality show ? - Assenti bebericando um pouco do champanhe de Hailey 

- Não sei se eu participaria de uma coisa dessas 

- Por que não ? - Miley questionou num tom divertido – Achei que tivesse certeza do poder das Beliebers – Soltei um riso alto 

- Elas não me decepcionariam – Cyrus não pareceu convencida 

- Se tem tanta certeza, por que não se inscreve ? - Lhe mandei o dedo do meio 

Veja bem, Ellen está criando um Reality com a intenção de colocar 10 famosos em uma casa durante um mês, para disputarem o premio de três bilhões de dólares. Claro que a grana é alta, mas a questão nem é essa em si. O vencedor provaria que tem o maior numero de fãs no Mundo todo, pois seriam o próprio publico que nos colocaria para fora do programa.  

E é obvio que o fandom queria que seu Ídolo participasse, afinal, poder ter a oportunidade de passar 24 horas por dia sabendo tudo o que seu cantor favorito esta fazendo é tentador e único. Já cansei de ler mensagens que imploravam para eu me inscrever. 

A ideia de passar trinta dias ao lado de pessoas que eu não sou tão próximo é agoniante, mas confesso que estava tentado a fazer a inscrição. Seria uma oportunidade de alavancar ainda mais a minha carreira, e lá dentro, daria a chance das Beliebers me conhecerem pelo que realmente sou e não por invenções da mídia.  Peguei meu celular e abri o link do programa, quer saber, por que não ? 


Notas Finais


Oiiii meus amores, primeiramente queria pedir desculpas se mandei mensagem repetida de divulgação a um mesmo usuário.
Depois, quero convidá-las a entrar no meu grupo de fanfics no wpp :

https://chat.whatsapp.com/BuPSnSuaBKu08jcEUK2YkW



VOU FICAR FELIZONA SE ENTRAREM

Me digam o que estão achando

É isso

Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...