História After (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias After, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags After, Bangtanafter, Liakook
Visualizações 7
Palavras 3.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie, voltei com mais um capítulo de After!
Espero que gostem e me desculpem qualquer erro.

Capítulo 2 - 2 - Festa!


Fanfic / Fanfiction After (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 2 - 2 - Festa!

O resto das semanas foi tranquilo, passei meu tempo indo a biblioteca lendo livros por causa dos professores.
Me aproximei de Taehyung, posso dizer que viramos grandes amigos e colegas de classe.
Stef? Bom eu só via ela de madrugada já dormindo. Ela ficava em festas mais do que no campus, eu fui convidada a semana inteira mas eu sempre dava uma desculpa que tinha que estudar ou sair com Taehyung.
De noite eu conversava com Jimin, pra contar como foi meu dia e desabafar um pouco.

Meus estudos estavam começando a ficar puxado e isso me fazia passar praticamente meu tempo todo com livros em mãos. Se não era pra estudar era um outro gênero de livro.
Aquele amiguinho da Stef que por azar eu acabei descobrindo seu nome, Jeon Jungkook felizmente não vi o mais, só uma única vez com dois caras no campus mas depois disso não mais.

Nesse momento eu estou na cafeteria do lado da faculdade. Eu passava bastante tempo aqui, era meu lugar de paz.
Eu tinha pegado um livro ontem na biblioteca, chamado "orgulho e preconceito", o professor de literatura ia começar a analisar o livro. Eu precisava entender esse livro em menos de uma semana.

Eu estava concentra anotando as coisas de importante no livro e tomava um café com leite. Tinha sentado em uma das mesinhas que tinha ali. Eu estava sozinho já que Taehyung teve que ir pra casa dos pais, pra ajudar os mesmos na mudança.
Escutei o sininho da porta pela décima vez e risadas altas se fizeram presente no local. Levantei minha cabeça só por curiosidade, mas eu deveria ter continuando a ler.
Jungkook, uma garota e os dois caras que eu vi com ele semana passada.
A garota era coreana assim como todos eles, ela tinha mechas rosa pelo cabelo e usava a roupas um pouco vulgar. Os garotos tinham o mesmo estilo de Jungkook, um tinha o cabelo meio esverdeado e o outro meio branco.

Eles entraram fazendo um pouco de bagulho é foram até uma das mesinhas pra fazer o pedindo. Acabei percebendo que a garota e Jungkook provavelmente tinham algo, ela estava grudada nele e dizia algo em seu ouvido o fazendo sorrir.
Tento me concentrar no livro novamente, mas as risadas me tiram totalmente o foco, percebo pelo canto do olho que estou sendo observada.
Olho pra frente e encontro os olhos dele sobre mim. Jungkook parece estar me analisando,estranho seu olhar pra mim, sinto um arrepio se passar pelo meu corpo como uma carga elétrica. Ele não tem expressão e isso me deixa aibda mais curiosa.

Um dos funcionários do estabelecimento apareceu e ele finalmente desvia seu olhar do meu. Eu realmente me senti desconfortável mas fico na minha.
Cada um deles faz a o seu pedido, volto minha atenção pro livro e escrevo mais algumas anotações. Mas é estranho algo me diz, me pede pra olhar pra ele é... estranho. Eu realmente me nego a olha-lo mas acabo levantando a cabeça mais uma vez.

Seu olhar não está mais cruzando com o meu. Mas por algum motivo eu me pego observado ele por total. Hoje ele usava uma blusa branca, que apareciam as tatuagens que eu não tinha visto da última vez. Uma calça de couro e uma bota marrom. Ele estava...sexy? Não sei bem, não sou do tipo que usa esse tipo de linguagem.
Seus cabelos estavam bagunçados, mas não o deixava feio mas sim ainda mais descolado.
Logo vejo a atendente voltar com os pedidos dos mesmos. Eles brincam entre si enquanto vão indo até a porta, mas Jungkook novamente antes de sair olha pra mim e abre um sorriso bem de leve e vai embora com os outros.

Ainda intrigada com toda essa troca de olhares resolvo ir pra biblioteca. Lá eu provavelmente irei voltar e me concentrar mais. Pago o café que estava tomando e saio do estabelecimento indo em direção da biblioteca.
Assim que chego lá, me sento em uma das mesas de estudo. Fico ali pelo resto da tarde, faltavam poucas páginas do livro pra terminar e eu agradeço por isso. Mal comei a estudar e já estou cansada.

Já no final da tarde vejo Stef entrar pela porta da biblioteca toda saltitante.

- Advinha... - ela se abaixa perto de mim - A gente vai numa festa - diz soltando um gritinho de felicidade.

Os alunos olham feio pra ela e pedem silêncio. Stef mostra o dedo do meio pra eles e volta a me olhar.

- Eu não sei não! - susuro indecisa. Ela revira os olhos.

- Vai ser divertido, você passou as semanas todas estudando. Precisa descansar um pouco. - meu geito de descansar não é bem assim. Mas acho que uma vez não tem problema de eu ir.

- Tudo bem. - digo por fim ela sorri grande.

Ela pega minha bolsa e sai andando em direção da saida. Olho pra pra mesma e solto uma risada e pego meu livro e estojo e saio da biblioteca. Stef está me esperando do lado de fora com um sorriso enorme no rosto. Ela realmente ficou animada com isso.

Fomos juntas até o dormitório, quando chegamos lá, eu disse que ela poderia ir tomar banho primeiro,enquanto eu terminava de fazer o trabalho de Literatura. Em minha cabeça eu me perguntava se Jungkook iria, não que eu tivesse interessada em saber mas ele realmente é um cara diferente, parece gostar de briga e ser bem calado mas também tem sempre a resposta na ponta das língua. Saio dos meus pensamentos com Stef entrando no quarto de toalha.
Me levanto e pego a toalha e meu shampo e creme e saio indo para o banheiro. Tomo meu banho rapidamente pra não atrasar as outras que querem entrar.

Vou até o quato com a tolha enrolada em meu corpo. Assim que entro vejo Stef já vertida, vamos dizer que seu gosto e bem... peculiar. Ela usava uma blusinha cinza e uma calça quadriculada cintura alta, tinha algumas puseiras e uma bota branca. Pode até parecer estranho mas nela fica muito bom. Abri o guarda roupa e olho minhas roupas, resolvo usar o único vestido decente que eu tenho, nunca fui de usar roupa curtas de mais, sempre fui meio casual. Pego o vestido no cabide e olho para o espelho me imaginando nele. Ele é todo vermelho até o joelho, tinha renda nos onbros e as mangas dos braços iam até o cutuvelo. É muiti bonito, e o único que eu tinha nessa ocasião.

- Pode ir com algo que se sinta bem não precisa ser algo muito chamativo! - Ela avisa sem me olhar.

- O que acha desse? - me viro pra ela que estava passando maquiagem.

Ela me olha e encara o vestido. Seu rosto fica meio incerto e eu me viro pra olhar novamente no espelho.

- Você não acha...chique de mais pra uma festa? - pergunta e aparece através do espelho.

Me viro pra ela e respiro fundo.

- Você disse que eu podia usar algo que eu me sinta bem! - dou um sorriso e ela da alguns passo pra trás pra analizalo.

- Quer saber...ficou ótimo - levanto a sonbrancelha - Tô falando sério.

Ela da uma risada e volta e se maquiar.
Coloco o vestido e ponho uma sapatilha. Deixo meu cabelo em um rabo de cavalo, passo um batom já que não curto muito maquiagem. Assim que Stef termina ela aviza que vamos a pé, por ser perto a fraternidade.
Saímos nós duas do quarto, tinham algumas pessoas andando pelo corredor. Quando saímos lá fora vejo que já está bem escuro. Seguimos conversando até a fraternidade.

Assim que chegamos, percebo que já está lotada. Na frente da casa tinha uma mesa de ping-ping que as pessoas jogavam e bebiam algo, na casa dava pra escutar a música alta e as luzes coloridas saindo dela. Comcertesa tem gente bêbada e drogada aqui.
Entramos na casa e ela vai me arrastando pelo lugar. Stef comprimenta algumas pessoas enquanto passamos. Vejo que ela está me lavando pra sala da casa, lá eatavam o Jungkook os garotos que estavam com ele da última vez e a garota de cabelo rosa. Todos espalhados pelos sofás que tinham ali.

- Oi gente! - Stef diz e se senta ao lado do garoto de cabelo verde. Eu fico de pé meio sem graça.

- Não vai apresentar sua amiga Stef? - A garota de cabelo rosa pergunta.

- Claro. Bom aquele ali você já conhece, e o Jungkook, o de cabelo branco e o Namjoon, o verdinho aqui e o Yoongi e ela e a Joy. - olho pra todos eles e abro um pequeno sorriso - Ela é a Liz, minha colega de quarto.

Todos dão um aceno menos Jungkook e a tal da Joy. Os dois estão ocupados de mais se pagando pra falarem algo. Mas é até bom, assim esse garoto não enche minhas pciencias novamente.

- Vem sentar aqui.

Namjoon me chama e aponta pro seu lado do sofá, eu vou em direção dele é me sento entre o Yoongi e ele. Fico meio desconfortável quando fuma um cigarro e bufa em meu rosto. Olho tudo em volta tentando não ligar os olhares de Joy em mim.

- Stef, onde achou essa garota? - ela diz me olhando de cima abaixo. Vadia.

- Fica quieta Joy! - o garoto de cabelo verde diz pra ela. Ele parece ser bem tranquilo apesar de beber.

Ela é Jungkook soltam uma risada, ela sobe em cima do mesmo o beijando. Viro o roto imediatamente, não é uma cena legal de se ver.

- Quer um pouco de bebida Liz? - Namjoon pergunta pra mim e eu nego com a cabeça.

- Você acha mesmo que ela vai beber? Olha só pra ela! - Joy se entromete na conversa debochando de mim.

Por impulso pego a garrafa da mão dele e tomo um gole. Sinto o líquido decer queimando pela garganta. Eu realmente não queria ter feito isso mas eu não vou ser humilhada desse geito.

Todos soltam um gritinho em comemoração e eu dou um meio sorriso a Joy. Olha pra Jungkook que olhava diretamente pra mim sem expressão no risto. Desvio de seu olhar e me levanto e sento no braço da poltrona. Todos conversão entre si, menos Jungkook que continua calado. Será que ele é sempre assim?

- Que tal brincar de Verdade ou consequência? - Joy se senta em uma das pernas de Jungkook olhando pra todos.

- Essa brincadeira e pra criança!

- Não como a gente joga! - Ela retruca e eu dou de ombros já não queria jogar.

- Beleza então, Lia verdade ou Consequência? - Yoongi pergunta pra mim e o olho espantada. Nego com a cabeça.

- Qual é Lia, só uma rodada. - diz Stef, respiro fundo e me dou por vencida.

- Tudo bem. Verdade. - digo pra Yoongi.

Ele da um sorrisinho e diz:

- Qual foi o lugar mais radical que você já Transou?

Eu fico espantada por sua pergunta. Eu nunca tinha feito esse tipo se coisa, eu e Jimin prometemos só depois do casamento. Pra ser sincera eu nunca tive problema em dizer isso.

- Qual é essa é fácil! - Joy olha pra mim atentamente - pera aí... você é virgem?

Fico em silêncio em quanto todos me olham.

- Consequência! - digo pra Yoongi pra mudar de assunto.

- Tá então... eu desafio você a beijar o Jungkook! - Ele sorri maliciosamente pra mim.

Olho espantada pra ele sem saber o que falar. Olho pra Jungkook que me encara ainda deitado, Joy não gostou muito mas olha pra ele e faz um aceno com a cabeça pra fazê-lo levantar. Fico tensa quando ele vem em minha direção se abaixando em minha altura.

- Você quer fazer isso? - ele pergunta com a voz rouca.

Eu não posso fazer isso, não com o Jimin.

Respiro fundo e me levanto ficando cara cara com ele. Ele é um cara bonito, isso é fato, mas ele realmente não parece ser uma pessoa boa. É eu namoro Jimin, amo ele, não trairia ele desse geito.

- Cansei desse Joguinho!

Digo já de saco cheio e saio da sala indo em direção a saída da casa. Era muita coisa pra uma noite só. Eu sabia que não seria uma ideio boa vir aqui, só tem drogado e bêbados espalhados nesse lugar.

Assim que saio par fora resolvo ligar pra Jimin, já que não conversamos muito ultimamente.
Pego meu celular ligo pra ele, no terceiro toque ele me atende.

- Oi - digo e tampo o outro ouvido pra escuta-lo melhor.

- Oi, a gente não ia se falar pelo FaceTime? - Ele pergunta é eu respiro fundo.

- Ia, desculpa.

- Onde é que você tá agora em? Tá o maior barulho!

- Eu tô com a Stef e as amigas dela, mas elas tão muito...sei lá! - acho melhor não dizer que estão bêbadas.

- Ah entendi, se tá numa festa e tá bebendo?

- Foi só um drink - respondo frustrada.

- Beleza,você vai pra faculdade é ja bebê - pergunta indignado - Legal Liz, muiti legal.

- Jimin, será que você não podia ser tão... - mal consigo terminar a frase, se eu falasse eu iria me arrependeria depois.

- Tão o que Liz? Não sou eu que to curtindo agora! - ele me repeende. Eu bufo em resposta.

- Tá esquece! - digo e desligo antes que ele possa dizer algo.

Volto pra dentro e resolvo dar uma olhada nos quartos lá em cima. Subo as escadas onde alguns se pegam ou bebem. Olho pros lados e vejo a porta de um dos quartos aberto. Por curiosidade me apriximo e abro a porta entrando no quarto.
Ele era grande, tinha uma cama de casal, uma estante cheia de livros uma escrivaninha com postites calados e alguns poster de Rock.

Chego perto da estante de livros e passo o olho por todos, um me chama a atenção em si. Era O morro dos ventos Uivantes, tinha posti-ts por ele todo. Abro ele é começo a ler um dos que têm um postite da cor azul.

- O que tá fazendo? - escuto uma voz atrás se min e me viro vendo Jungkook no quarto.

- Nada. - respondo rapidamente.

- Procurando alguma coisa? - Ele pergunta de novo e olha pros lados.

Me pergunto se ele está bêbado ou sobrio. Eu não o vi encostar em nenhuma bebida des de que eu cheguei.

- Você tá bêbado? - pergunto desconfiada e ele abre um sorriso de lado.

- Eu não bebo - Ele chega mais perto - igualzinho a você! - Respiro fundo nervosa.

Ele começa a me encarar, já e a segunda vez que ele me encara tão intensamente desse geito e eu não ser que reação exatamente ter.
Ele desvia seu olhar do meu olhando pro livro em minhas mãos.

- Ele é mais eu do que eu mesmo - Ele diz de repente - seja lá do que nossas almas são feitas, a dele e a minha são iguais. - Ele fala sem desviar o olhar do seu - é de Bronte Eliza. - de onde ele tirou esse nome? Eu em que garoto doido.

- Eu sei que é de Bronte - digo óbvia - E meu nome é Liz - o repreendo.

- O que tá fazendo no meu quarto Liz? - ele pregunta.

Olho indignada em volta.

- Seu quarto?

- É...

Ele apenas diz isso é volta a me encarar novamente. Sinto suas mãos perto da minha, tirando o livro de mim. Ele começa a chegar mais perto me fazendo sentir um frio na barriga. Olho pra sua boca, agora reparando melhor, ela é muito chamativa, e tem uma pintinha bem em baixo dela. Quando nossos rostos ficam extremamente perto, sinto o cheiro de menta me contaminar por inteiro, antes que ele de o último passo pra me beijar. Seu olhar parecia com o de Jimin... espera Jimin??

- Eu não posso! - me afasto dele com certa confusão - Eu...tenho que ir! - nos encaramos uma última vez e eu saio do quarto o deixando sozinha.

Desso as escadas correndo, não me importando com quem tinha na frente. Como eu pude esquecer de Jimin, ele é meu namorado.
Saio da casa e começo a ir de volta pra faculdade. Já no meio da rua sinto meu celular vibrar e uma mensagem de Jimin.

ChimChim♡
Tô decepcionado com você!
Sua mãe disse que você não deveria ir a festas com essa colega de quarto.

Ele contou pra ela? Eu não acredito nisso, qual o problema dele?
Bufo com raiva e anda mais rápido na rua. Ela estava vazia, sem ninguém por ali.
Quando eu chego na faculdade vou em direção dos dormitórios, eu me sentia cansada e frustrada com tudo isso acontecendo. Tinha algumas pessoas andando pelo campos, eu nem sabia exatamente que horas eram. Fiquei tão tensa nas coisas que me aconteceram que não liguei mais pra nada.

Entro no dormitório iguinorando os olhares sobre mim. Vou em direção do corredor pra ir pro quarto. Entro nele e fecho a porta a trancando, Stef tinha sua chave não tinha problema que eu fechasse.
Eu precisava dormir, amanhã começa meu primeiro final de semana aqui, vou sair com Taehyung e ler algun livro.
Me troco e coloco um pijama confortável e me deito na cama. Fecho os olhos e deixo o cansaço me levar.

Quando eu estava prestes a dormir escuto meu celular vibrar em baixo do meu travisero. Bufo e pego ele vendo uma outra mensagem de Jimin.

ChimChim♡
Desculpa eu só tô fazendo o que eu acho que é melhor pra você!

Começou a escrever pra responde-lo mas as cenas de mim e Jungkook no quarto vem átona em minha mente. Nego com a cabeça e apago o que escrevi e guardo o celular de volta. Acho melhor eu não conversar com ele agora.

Adormeci pensando em Jungkook e todos os amigos de Stef.










Notas Finais


Música do capítulo: https://youtu.be/09Jg9V8jniE.

Obrigado por ler, e espero que gostem...
Até o próximo beijinhos ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...