História After Rain (Dream! Sans X Leitora) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Frisk, Grillby, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, W. D. Gaster
Tags Dream!sans X Leitora, Sans X Leitor
Visualizações 31
Palavras 3.945
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amores, me desculpem se eu demorei, espero que gostem!!

Nos vemos lá em baixo ^^
Boa leitura♡

Capítulo 3 - Novos Amigos?


Você abre seus olhos lentamente, e olha em volta de seu quarto, logo você se levanta cambaleando e vai em direção ao banheiro, que ficava em seu próprio quarto, fez suas higienes matinais e foi tomar um banho para começar mais um dia.

Você termina e coloca uma roupa casual e sai de seu quarto, quando fechou a porta, conseguiu sentir o cheiro de torta invadir o local, você dá um pequeno sorriso com isso. Logo você escuta passos rápidos irem em sua direção, quando estava virando sua cabeça em direção aquele som, não teve tempo.


Yyyaaahh - Frisk correu em sua direção, para um grande abraço, fazendo você ir um pouco para trás e se assustar.


F-Frisk! - você diz um pouco surpresa pela a atitude da morena, fazendo você soltar algumas risadas e retribuir o Abraço.


- porquê está tão animada? - você diz desfazendo o Abraço - hoje vou começar meu primeiro dia de trabalho! - a morena diz radiante.


É verdade - você diz batendo de leve em sua testa - Eu me esqueci, se você quiser posso te acompanhar - você termina com um sorriso


Frisk tinha te contado isso uns dias atrás, mais você estava com sua cabeça em outro lugar.


Vamos comer? - você diz indo até o pé da escada - Claro! - a morena responde te acompanhando até a cozinha.


O cheio de torta passeava pelo cômodo, fazendo seu estômago roncar. - Bom dia, Toriel! - você diz dando um abraço na de vestes roxas, que estava de costas para vocês - Bom dia, mãe! - Frisk diz se juntando o Abraço de vocês duas, e Toriel retribuí o mesmo.

- vejo que dormiram bem, meninas - a de orelhas brancas murmura com um sorriso divertido para vocês duas. - logo vocês terminam o Abraço quentinho e vão até a mesa, Toriel já tinha comido pois a torta já estava cortada.

Você e Frisk começam a comer a torta, depois você tomou aquele delicioso chá dourado enquanto olhava as flores da mesma cor que ficavam sobre a mesa, Elas eram realmente lindas, você se encantava com elas.

- Estou tão animada para hoje - a de cabelos castanhos diz em meio a grandes sorrisos.

- Que bom, Frisk - murmurou Toriel com sua voz doce. Você se sentiu constrangida, você estava morando aqui a um tempo e queria ajudar com as despesas da casa, você procurou trabalho, mais todas as vagas estavam esgotadas.

- Eu quero arranjar um trabalho, para ajudar com a casa e o que mais precisar - você diz com um sorriso fraco.

- oow, minha criança - Toriel diz com um sorriso compreensivo e preocupante - muito obrigada sabemos que você quer ajudar, mas você é da família agora, não precisa se esforçar tanto assim.

- mas…. - você dá um pequena pausa enquanto olhava para as duas - Eu quero retribuír tudo que vocês fizeram por mim.

- tudo bem, S/n - Frisk coloca sua mão em cima da sua - se você quiser, pode nos ajudar, mais não se esforce tanto, okay? - ela termina com um sorriso, fazendo você retribuir para a mesma.

- Frisk querida, você não vai se atrasar? - diz Toriel olhando para o relógio da cozinha - AAAH MEU DEUS - a morena olha para o mesmo, fazendo você levar um pequeno susto - NÃO POSSO CHEGAR ATRASADA!

- então vamos! - você diz colocando o último pedaço da torta na boca e se levantando.

- Okay, só vou pegar minha bolsa - a de vestes listradas sobe apressadamente para o cômodo de cima, logo ela retorna.

- Tchau, mãe - a morena diz dando um abraço e um beijo em sua mãe - Obrigada pelo café! - ela diz abrindo a porta de entrada, na sua espera.

- Tomem cuidado, meninas! - Toriel diz com um sorriso, mais com uma voz um pouco preocupante.

- Até mais, Toriel! - você diz indo até Frisk - Eu não demoro! - você murmura fechando a porta atrás de si, com a imagem de Toriel acenando para vocês duas.

         


                      ° \\♢// °



Você e Frisk caminhavam pelas ruas com pouco movimento, esta manhã estava nevando fraco, Frisk iria trabalhar em uma grande biblioteca que acabou de ser inaugurada na cidade, ela estava muito animada, não conseguia tirar o sorriso do rosto, vocês andaram mais um pouco e chegaram ao grande edifício de tonalidade branca e preta, tinha cerca de uns treze andares, você ficou admirada, era lindo.


- uuuhh - a voz abafada da morena tirou você de seus pensamentos - o que foi, Frisk? - você diz preocupada.


- E-eu não sei, de repente eu fiquei muito nervosa e com medo - ela diz olhando para suas botas de couro - e se eu não for bem no primeira dia? E se me demitirem? - você automaticamente abraçava a baixinha enquanto afagava seus cabelos castanhos.


- Tudo bem, Frisk - você diz com uma voz confortante - Eu sei que você vai conseguir, você é DETERMINADA, vai deixar eles no chinelo! - você termina com uma risadinha, desfazendo o Abraço.


- Obrigada S/n você é a melhor amiga que qualquer um poderia ter - ela diz com seu lindo sorriso - até mais tarde! E tome cuidado na volta - ela diz entrando no prédio.


Você dá um pequeno suspiro quando vê que a morena não estava mais a vista - ah Frisk… tenha DETERMINAÇÃO - você diz enquanto dava meia volta, para retornar à sua residência.

Você caminhava lentamente pelas ruas da cidade, você estava calma, apenas relaxando com a brisa do vento que acariciava seu rosto enquanto sentia a neve cair do céu azul.

Passavam ao seu lado humanos e monstros, haviam duas crianças brincando lado a lado com uma bola em meio a largos sorrisos, um pequeno monstro amarelo e uma garotinha humana, você achou aquilo encantador, ficou feliz de saber que pelo menos entre esses dois pequenos seres, não existia discriminação. Logo você percebe que a bola que eles estavam usando veio rolando até seus pés.

Hey - o monstrinho amarelo grita para você - com licença, mais você poderia nos devolver a bola? - ele diz com um sorriso fofo e inocente - mais é claro - você responde em meio a um sorriso largo enquanto pegou a bola e jogava para as duas crianças.

- Muito obrigada - O monstro amarelo agradece com um lindo sorriso, se retirando do local enquanto puxava delicadamente a mão da garotinha - de nada - você diz com um olhar de ternura para os dois.

Você continua sua caminhada, você quiz cortar caminho, então pegou uma rua com vários pinheiros, a rua era escura, por um momento você sentiu estar sendo observada, ficou um pouco incomodada com isso e acelerou o passo, você começou a pensar que foi uma péssima idéia ir por esse caminho.

De repente você ouve um instalo vindo do alto, você levanta seu olhar e percebe que um galho grande está prestes a cair, suas pernas travaram no mesmo lugar por conta do medo, a velocidade do mesmo acelerou fazendo o medo penetrar em seu corpo, você queria correr por mais que tentasse, não conseguia, parecia que o tempo estava em camera lenta, ou era apenas o medo que te consumia? Você apertou seus olhos e se abraçou, apenas esperando que o pior acontecesse…...o fim!

Por um curto momento, você não sentiu nada, apenas o vento passando em sua volta, o seu som fino e agoniante. Você percebe que já deveria ter acontecido algo, já deveria ter se machucado por esse galho enorme.

Você abre os olhos lentamente, ainda permanecendo o corpo imóvel, coberto pelo medo, levantando o olhar para cima pode ver que uma barreira de cor amarelada estava em sua volta, o galho enorme havia sido quebrado ao meio, seja lá o que isso fosse, te protegeu. Mas o que te chamou mais atenção, foi o ser que estava bem a sua frente, ele estava bem perto, o mesmo segurava um bastão com uma estrela no topo, que estava apontado em direção a barreira.

Você não conseguia ver o rosto da suposta criatura que acabou de salvar sua vida, por conta da falta de claridade que havia na rua e a sombra da árvore, logo a criatura desfaz está misteriosa barreira, com seu bastão e o guarda.

- a senhorita está bem?! - a criatura diz em um tom doce e preocupante, enquanto estendia suas mãos.

Você estava quase conseguindo ver sua face, ele vai um pouco mais perto de você, finalmente revelando seu rosto.

Você estava em choque, era um esqueleto! Tambem estava assustada por ele ter a mesma face que Sans.

- A-aaaahh - você finalmente saiu de seus pensamentos e percebeu que este outro Sans estava bem perto de você com as mãos ainda estendidas, fazendo com que você de um pequeno pulo para trás.

- oow meu Deus! - ele leva suas duas mãos ósseas até sua boca - M-me Desculpe senhorita, não foi minha intenção assusta- lá! - ele diz preocupado.

- N-não tudo b-bem - você diz com um pouco de constrangimento e medo, fazendo negação com as duas mãos.

- Espero que a senhorita esteja bem - ele diz indo em sua direção com um sorriso - desculpe, eu nem me apresentei - ele estende novamente suas mãos ósseas para você - meu nome é Dream Sans - ele murmura pegando em sua mão e dando um beijo nela - mais pode me chamar apenas de Dream - ele termina levantando seu rosto para olhar o seu. Você sente seu rosto esquentar com a atitude do esqueleto, não imaginou que ele seria tão cavaleiro com você.

O esqueleto usava uma Capa longa e dourada, que chega até os tornozelos, atada por uma joia rosa-claro com a insígnia de uma estrela branca.


Possuia uma tiara feita de ouro com voltas em suas ambas junções.Camiseta verde-marinho de mangas curtas com uma listra branca na parte central, por onde pode ser aberta.Luvas que vão até o pulso com duas pequenas plataformas de ferro em cada.Cinto de ouro com a escrita "DS" no meio, o que aparentemente significa seu nome.Calça da cor azul cobalto, sendo tão longa ao ponto de chegar até para baixo dos tornozelos. As botas douradas cobrem a sua extremidade inferior, quase chegando aos joelhos. E seus olhos da coloração dourada.


- O prazer é meu, eu me chamo S/n - você o retribui com um sorriso tímido, ele solta sua mãos gentilmente.


- oown - você leva uma das mãos até a frente de sua boca, com uma expressão de surpresa - Eu esqueci de te agradecer, muito obrigada, se não fosse por você, teria morrido - você murmura meio sem graça - deveria ter sido mais cuidadosa - você termina babisbaixa.


- não se preocupe - ele manda um sorriso compreensivo - só fiz o meu trabalho


- a senhorita poderia me disser, se por acaso viu dois esqueletos parecidos comigo? - ele diz com um sorriso - Eu estava procurando eles, são meus melhores amigos! - ele murmura enquanto apareciam estrelas em seus olhos, você achou isso bonito no esqueleto, logo você balança sua cabeça para tirar esses pensamentos de sua mente.

- sinto muito, eu não os vi - você diz com um sorriso fraco

- tubo bem, acho que vou continuar procurando por eles - o de olhos estrelados diz acenado para você e dando meia volta - foi um prazer te conhec- antes que Dream pudesse completar sua frase uma poça de tinta preta é formada no chão, saindo de dentro dela mas dois outros esqueletos, pulando em cima de Dream.

- DREAM!! - um esqueleto baixinho pulou em cima de Dream, com um sorriso animado - FINALMENTE TE ACHAMOS, NÓS ESTÁVAMOS PREOCUPADOS COM VOCÊ!! - o baixinho diz ainda em cima de Dream o Abraçando

- B-blue, se acalma eu tô bem! - o de olhos dourados diz com um sorriso simples

- finalmente! - um esqueleto alto diz com uma cara relaxada - agora temos que ir, Dream!

Você estava mais confusa do que antes, logo o esqueleto alto percebeu a sua presença.

- a droga! - ele olha para você com os olhos franzidos - você não deveria nós ver!


O esqueleto alto tinha uma mancha de tinta preta na bochecha esquerda. Uma jaqueta pendurada em torno de seus quadris, usava mangas compridas pretas com linhas azuis nas mesmas. Um protetor na camisa, preso ao seu peito. Usava um cachecol marrom grande que é quase tão grande como a si mesmo. Ele tem um cinto de trabalho cruzando o peito, com frascos de pintura do arco-íris. Calças que têm o mesmo esquema de cores como as mangas. Em suas costas, carregava um pincel e cada hora que ele piscava, seus olhos mudavam de cor.

- ah….Me desculpe, Ink - Dream murmura se levantando do chão - a culpa foi minha, eu meio que salvei ela - ele diz com um sorriso sem graça, enquanto coçava a parte de trás de seu crânio

- oque?? - o esqueleto que era chamado de Ink diz meio irritado - Dream você sabe sobre isso! - ele da uma pausa - aah tudo bem, já que é assim - ele estende a sua mão óssea para você - como você já deve saber, eu me chamo Ink Sans, mais…pode me chamar apenas de Ink.

- prazer…eu me chamo S/n - você diz com um pouco de constrangimento

- OLÁ!! - o outro esqueleto baixo entra na sua frente com um lindo sorriso estampado em sua face óssea - MUITO PRAZER S/N, EU ME CHAMO BLUBERRY SANS, SINTO QUE SEREMOS GRANDES AMIGOS!! - ele pega sua mão e a balançar rapidamente

O esqueleto de baixa estatura vestia oque aparentava um "traje de batalha", que é composto de uma peça cinza com mangas acolchoadas, uma bandana azul ao redor do pescoço e luvas azuis e calças azul escuro, além de usar botas azul claro também. E seus olhos eram azuis cintilantes.

- O p-prazer é m-meu - você diz meio assustada pela a atitude dos três esqueletos, finamente ele solta sua mão.

- É…. - você dá uma pausa meio constrangida - alguém poderia me dizer o que está acontecendo?

- Bom…. Isso é meio complicado - Ink diz com um sorriso sem graça - se quiser podemos contar sobre as AU's, mais vai demorar um pouco - ele termina

Você olha para os três esqueletos pensativa - tudo bem- você é cortada por ouvir um som estranho, fazendo você se assustar um pouco.

- bleegh!!! - o pintor vomitou uma grande quantidade de tinta, fazendo com que Dream fosse ver o amigo - oow, Ink! Você está bem? - o de olhos dourados murmurou preoculpado enquanto colocava sua mão no ombro do pintor

- sim, Dream - ele limpa a tinta que escorria de seu queixo com as costas das mãos - fiquei apenas animado.

Depois de um bom tempo os três guardiões contaram para você sobre as AU's, e seus "amigos" Error e Nightmare, você ficou bem curiosa com isso, estava vidrada.

- uauu - você diz com um meigo sorriso para os três esqueletos - Bom é isso - o pintor termina a frase enquanto soltava um sorriso.

- Ink…. - Dream chama o amigo - nós temos que ir, precisamos achar o Error e o Nightmare, infelizmente temos que ir, S/n - ele diz com um sorriso fraco - até a próxima - ele termina com um sorriso doce.

- até logo…e obrigada mais uma vez! - você acena com um lindo sorriso

Os três guardiões se despedem de você e entram em um portal de tinta que o pintor fez no chão com seu pincel, Ink e Blueberry pularam, mas Dream te olhou mais uma vez e retribuiu um sorriso sincero.

Você ficou olhando a poça com uma feição confusa e assustada, não por conta dos esqueletos ou suas ações, mais o fato de existir várias versões alternativas de Sans, você estava tentando montar este quebra- cabeça

- Meu Deus!!!! - você coloca a mão em sua cabeça - o-oque aconteceu?? Será que Frisk sabe disso? E Sans? Devo contar a eles? - você dizia essas palavras rapidamente, não sabia o que fazer.

             


              - - \\\\\\ ○● ////// - -



Você percebeu que estava quase na hora do almoço e havia dito a Toriel que chegaria logo, ela deve achar que algo ruim aconteceu, então você acelera os passos saindo da rua coberta pela neve, logo chegando em sua residência.

- Toriel me desculpe pela demora - você diz abrindo a porta de madeira com a respiração ofegante - huum? - você fecha a porta e olha em volta - Toriel?

O silêncio caiu sobre a casa, te deixando mais preocupada, você anda devagar até a cozinha, logo percebendo que em cima da mesa havia uma folha de papel, você o pega e começa a ler.




Saudações S/n, eu fui resolver uns problemas no banco, não sei que horas irei retornar, mais acho que será tarde, se deseja, Tem comida na geladeira.

                                          Ass: Toriel




Você sorriu aliviada, então se dirigiu a o seu quarto e trocou de roupa, logo se jogando de costas na cama enquanto fitava o teto pensando oque acabou de acontecer hoje. De quase ter morrido, mais por sorte foi salva e o principal de tudo…..os três esqueletos!

- quando a Frisk chegar, eu conto a ela - você diz se levantando da cama, e indo em direção a cozinha pegar algo para beber.

    


                  ____ ♢ ♢ ♢ ____




Você não estava sentindo fome, apenas sede, abriu a geladeira e pegou uma garrafinha de água logo se dirigindo até a sala e sentando no sofá confortável, estava fazendo de tudo para esquecer o que ocorreu está manhã, no final….Sem sucesso. A única coisa que permanecia em sua cabeça era o guardião que salvou a sua vida.

Você olhou o relógio na cozinha e viu que já era 17 57. Então se dirigiu ao seu quarto e foi tomar um banho da temperatura ideal para tirar o peso da mente, terminando você se troca e deita na cama enquanto pega seu celular, e indo até a galeria, vendo as lindas fotos de sua nova família e amigos.

Depois de uns minutos vocês fica entediada e levanta da cama um pouco tonta, você vai até a sua escrivaninha e senta em uma cadeira para observar a sua linda flor dourada que havia sobre ela, o céu já havia se tornado um coberto de estrelas, enquanto a lua iluminava seu quarto. Logo você se tocou!

Ela te lembrava uma pessoa, ou melhor…….Um esqueleto! Suas cores douradas e cintilantes faziam você refletir a imagem do esqueleto que salvou sua vida, fazendo você corar e desviar o olhar da flor ainda com o rosto quente.

- não, não, não S/n!! - você diz cruzando os braços - você pode parar de pensar neste monstro, por um momento?! - você murmura se levantando da cadeira - ele apenas salvou sua vida, apenas isso!! - você diz se afastando da mesa - aah! Preciso que que a Frisk chegue, preciso contar isso para ela - você termina saindo de seu quarto e indo até a cozinha.

- acho que vou comer alguma coisa - você diz indo até a geladeira para pegar um pedaço de torta.

- cheguei!!!!! - você ouve uma voz família se instalando na casa, fazendo você correr até o som.

- Frisk! - você corre até a morena e a abraça - finalmente você chegou!

- haha! Por que tanta animação S/n?? - ela diz retribuindo o Abraço.

- E-eu preciso te contar uma coisa que aconteceu hoje - você diz com um olhar preocupado para a baixinha.

- okay, S/n…pode me dizer - ela diz desfazendo o Abraço e indo até o sofá

Você contou tudo do que aconteceu hoje de manhã para Frisk, ela estava vidrada, nem piscou os olhos.

- aaaaaoooow - a morena diz ainda te olhando nos olhos - você edta falando dos Star sanses!! - ela murmura com um sorriso divertido.

- o-oque!? Você os conhece? - você diz com uma voz de surpresa para a morena.

- digamos que sim, foi a muito tempo atrás - ela olha para o lado - eles são muito divertidos! - ela te manda sorriso fofo

- porque você não me contou? - você diz confusa.

- desculpa S/n - ela diz cabisbaixa - Eu achei que você não ia acreditar em mim.

- oow, Frisk! - você coloca sua mão na dela - Eu sempre vou acreditar em você - vocês murmura dando um sorriso compreensivo para a baixinha

- Obrigada S/n - ela retribuí o sorriso - Eu vou te contar tudo.

Ela diz para você tudo que ela sabe sobre os guardiões, desta vez foi você que não piscou os olhos.

- uuau - você diz com brilho nos olhos - eles são incríveis!

- hhuumm sei não, em!! - a morena diz enquanto te cutucava com o cotovelo - Eu percebi que quando eu disse sobre o Dream, você estava meio vermelha e não piscava um olho - ela diz com uma cara maliciosa

- o-oque??? - você sente seu rosto esquentar - sua louca, oque você pensou??! - você murmura ainda sentindo seu rosto quente - e-ele apenas me salvou e nada mais!!

- hahahah - a morena cai na gargalhada - isso é o troco por você ter me shippado com Sans! - ela murmura apontando o dedo para você

- para Frisk - você diz com uma carrinha brava, porém fofa - aaaaahh eu vou te matar! - avançado na morena e começa a fazer cosquinhas nela.

- Não S/n p-para eu me r-rendo - ela pede por misericórdia.

- fala que não vai mais falar isso - você diz fazendo mais cosquinhas na baixinha

- okay, okay e-eu paro eu paro - ela diz apertando os olhos

- Okay - você sai de cima da morena e deixa ela recuperar o ar.

- mais ainda shippo você é o Dream! - ela diz enquanto corria até o banheiro e se fechar nele.

- aaah Frisk!! - você sai correndo atrás dela

- hahahah - você ouve a morena rir de dentro do banheiro - Boa noite S/n!!!

- aargh Boa noite - você diz se retirando da frente da porta, logo você ouve novamente a porta de entrada ser aberta

- oow minhas crianças - Toriel diz fechando a porta - tive muitos problemas, desculpem pela demora - ela olha em volta para ver se havia alguém na casa

- Toriel!! - você diz com um sorriso radiante para a albina - que bom que você chegou - você desce as escadas e Abraça a de vestes roxas

- não queria ter demorado tanto, vocês devem estar com fome - ela murmura retribuindo o Abraço

- Obrigada Toriel - você olha para a albina - mas eu já comi, mais Frisk ainda não ela está no banho.

- todo bem, minha criança - Toriel desfaz o Abraço - Eu vou preparar algo para Frisk comer - a de orelhas peludas diz indo até a cozinha. Você foi até seu quarto e deitou novamente na cama.

Antes de fechar os olhos, você olha uma última vez para a flor dourada que estava em cima da escrivaninha e vira para o lado oposto tentando esquecer o guardião que não saia de sua cabeça, logo fechando os olhos para o próximo dia.











Notas Finais


Eu estou muito animada com essa fic, desculpem por erros ortográficos.

Espero que tenham gostado amores! ♡♡

~ o Dream é muito fofuuh socorro!

Até a próxima! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...