1. Spirit Fanfics >
  2. After That Summer (TaeKook) >
  3. Chapter Nineteen

História After That Summer (TaeKook) - Capítulo 19


Escrita por: e Min_Ludy


Capítulo 19 - Chapter Nineteen


Jungkook POV

Acordei e notei que Taehyung não estava mais ao meu lado. Sentei na cama e olhei para baixo, vendo um corpo deitado no chão.

-Tae, o que você tá fazendo aí? - Perguntei já me levantando.

-Você me derrubou durante a noite, mas eu fiquei com preguiça de voltar pra cama e continuei deitado aqui. - Riu soprado.

-Desculpa - Eu ri e o ajudei a se levantar. - Tenho que fazer umas compras lá pra casa, pode me ajudar?

-Claro. Podemos ir depois que tomarmos café da manhã.

Fui ao banheiro e fiz minhas necessidades básicas. Assim que terminei, Taehyung entrou no cômodo para fazer o mesmo, e logo em seguida, nós descemos e fomos para a cozinha.

Fizemos umas torradas com geléia de morango e as comemos com café. Fui em direção à porta e saí da casa de Taehyung, indo para a minha.

Subi as escadas e entrei no meu quarto, e depois no banheiro. Tomei um banho rápido e vesti uma roupa confortável. Antes de sair, fiz uma lista de tudo o que eu precisaria comprar. Peguei minha carteira, celular e as chaves de casa.

Assim que saí, me encontrei com Taehyung do lado de fora e nós entramos em um dos carros da garagem de minha casa. Coloquei uma das minhas playlists favoritas - pra tentar me animar um pouco - e dirigi até o supermercado.

Ao chegarmos, saímos do carro e fomos rapidamente até a entrada do lugar. Pegamos um carrinho e começamos a entrar nos corredores à procura dos produtos da lista.

[...]

Depois de quase duas horas caminhando pelo supermercado, finalmente terminamos e fomos em direção ao caixa, pagando e saindo do estabelecimento com as coisas dentro do carrinho mesmo, já que não daria para levar tudo nas mãos.

Colocamos as compras no porta-malas do carro e eu deixei o carrinho junto aos outros no estacionamento. Entramos no carro, eu comecei a dirigir e em poucos minutos já havíamos chegado.

Saímos do veículo e fomos até o porta-malas, o abrindo e tirando tudo de lá. Abri a porta e nós entramos colocando todas as compras em cima da bancada da cozinha. Como estávamos muito cansados, decidimos guardar depois.

Fomos para a sala e pegamos os controles do videogame, já ligando o aparelho e iniciando uma partida de Final Fight. Já havia um tempo que eu e Taehyung não jogávamos juntos. Eu precisava distrair um pouco a minha cabeça, já que eu ainda estava entristecido.

Uma semana depois...

Essa semana passou rapidamente e na próxima semana já seriam as provas do primeiro bimestre. Eu estava com um pouco de dificuldade em algumas matérias, mas posso pedir ajuda à Taehyung.

Era umas 17h e eu estava à toa em minha casa, então achei que seria um ótimo momento para chamar Taehyung para vir aqui me ajudar com os estudos. Mandei uma mensagem para o mesmo e depois de alguns minutos ele chegou, com sua mochila nas costas. Nós fomos para o meu quarto e nos sentamos em minha cama.

Ele explicava uma matéria de matemática para mim, mas a única coisa que prendia minha atenção era seus lábios macios e avermelhados. Eu fiquei ali por um tempo apenas admirando cada detalhe dele e pensando no quanto eu sou sortudo de tê-lo como namorado. Era como se eu tivesse entrado em transe. Sua beleza era como a de um deus grego.

-Jungkook? - Balançou uma de suas mãos em minha frente na tentativa de me fazer "acordar". - Presta atenção, não quero que você tire nota baixa. Não pode reprovar no seu último ano. - Ele disse sério. Apesar de Taehyung ser brincalhão, ele consegue ser uma pessoa séria e é muito responsável, principalmente quando se trata de estudos. 

Dessa vez, realmente foquei no assunto e finalmente consegui entender a matéria. Taehyung passou uns exercícios para fixar melhor e eu respondi tudo corretamente. Agradeci a ele por ter me ajudado e por ter tido paciência pra explicar aquilo para mim.

Assim que guardei minhas coisas, voltei para a cama e fui na direção de Taehyung. Me aproximei dele e colei nossos lábios em um beijo calmo, me inclinando devagar e fazendo com que ele se deitasse. Quando nos separamos, ficamos olhando um para o outro e logo o vi mostrando aquele seu sorriso contagiante, o que me fez sorrir também. 

Eu estava feliz por estar ali com ele naquele momento. Eu agradeci mentalmente por tê-lo em minha vida. Era tão bom estar ao lado dele que recentemente, mesmo com o que aconteceu, eu não deixei de sorrir, porque ele estava aqui o tempo todo, tentando fazer eu sobreviver àquela fase.

Ficamos trocando carícias enquanto estávamos deitados em minha cama. De repente, vi Taehyung se levantar rapidamente e ir correndo em direção ao meu banheiro. Eu considero o Tae uma pessoa extremamente forte por estar aguentando isso. O enjôo, mudança de humor repentina; sem contar o fato de carregar outro ser humano dentro de si.

Ele voltou e se sentou do meu lado. 

-Tae, você tomou o remédio hoje? - Perguntei e um silêncio se fez presente. Eu já sabia a resposta. 

-Eu não gosto de tomar remédio, Jungkook. - Falou manhoso. 

-Taehyung, não é questão de gostar. Você tem que tomar, querendo ou não. - Eu falei e ele me olhava com carta de tédio. - Ou quer que eu ligue pra sua obstetra? - Ele negou com a cabeça, enquanto me olhava com os olhos arregalados.

Toda vez que ele teimava em não tomar o remédio, sua obstetra dava a maior bronca nele, então eu usava isso como ameaça, já que ele odiava quando alguém brigava com ele.

-Tá bom, eu vou tomar essa droga! - Revirou os olhos. Ele saiu do quarto, voltando em pouco tempo com um copo com água em uma de suas mãos. Rapidamente ele engoliu o comprimido e voltamos a nos deitar. 

Dessa vez, liguei a TV que tinha em meu quarto e coloquei em um filme qualquer que estava passando. Ficamos o assistindo por um tempo em silêncio, até que Taehyung decidiu quebrá-lo. 

-Jungkook. - Me chamou e eu me virei para olhá-lo. - Tô com vontade de comer cachorro-quente. - Assim que ele falou isso, já imaginei o que estava por vir. Ele iria insistir naquilo até que eu conseguisse o cachorro-quente pra ele, então resolvi não discutir e apenas pedir a comida no delivery. - Tá demorando muito. - Ele disse impaciente.

-Eu acabei de fazer o pedido. Não vai demorar pra chegar. 

-Mas eu tô com muita fome. - Ficou emburrado, fazendo um bico fofo se formar em seus lábios. - Já sei. - Ele falou pegando sua mochila, a abrindo e tirando lá de dentro um pacote de biscoito recheado. 

Em questão de alguns minutos, o pacote já estava vazio. Vi sua expressão facial ficar mais calma quando ele terminou de comer.

-Acho que vou cancelar a... 

-Não! - Fui interrompido por um grito do mais velho. - Você não vai cancelar a entrega.

-Mas você acabou de comer um pacote inteiro de biscoito. 

-Não interessa. Eu ainda quero o cachorro-quente. - Falou com uma de suas sobrancelhas arqueadas. De repente, ouvimos um barulho de buzina. Taehyung pegou o dinheiro e foi correndo para o andar de baixo.

Assim que ele adentrou no cômodo novamente, pude ver um sorriso em seu rosto enquanto ele olhava para o alimento em suas mãos. Antes de começar a comer, ele me ofereceu um pedaço e eu aceitei, dando uma mordida na comida. 

Minutos depois, ele terminou de comer e vi sua expressão se tornar calma, como se tivesse atingido um objetivo. Ouvi um barulho de celular tocando e percebi que era o meu quando senti o mesmo vibrar em meu bolso. Era Heejin, a mãe de Taehyung.

JK: Boa noite, Sra. Kim.

HJ: Boa noite, meu filho. Olha, o Taehyung tá aí?

JK: Tá sim, quer falar com ele?

HJ: Sim, por favor.

Avisei ao Taehyung e passei o aparelho pra ele. Depois de um tempo, ele encerrou a chamada e me devolveu o celular.

-Kook, tenho que voltar pra casa agora. - Falou com o semblante entristecido. - Minha mãe falou que precisa conversar comigo. Amanhã nos vemos novamente. - Ele se aproximou de mim e selou nossos lábios em um beijo demorado. Descemos juntos e eu o levei até a porta, me despedindo dele e logo depois voltando para meu quarto.

O que será que a mãe do Tae falou pra ele ficar triste? Ele mudou de humor tão rápido depois da ligação. Por mais que eu estivesse preocupado e com esses questionamentos em minha mente, eu ainda estava com sono, então resolvi me deitar em minha cama. Com isso, acabei adormecendo rapidamente. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...