História After The Complicated - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Personagens Originais, Rosalya, Violette
Tags Amizade, Amor Doce, Familiar, Fanfic, Musica, Reencontro, Rivalidade, Romance, Vida Adulta
Visualizações 15
Palavras 1.637
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora to passando por um pequeno bloqueio criativo

Capítulo 8 - Capítulo 7- To Ferrada


Fanfic / Fanfiction After The Complicated - Capítulo 8 - Capítulo 7- To Ferrada

Logo depois que Castiel foi embora eu termino com as roupas de Mark, e subo para o meu quarto e me deito na cama de vestido e tudo.

Acordo na manhã seguinte, hoje era sábado, estava de folga me levanto e ando direto para o banheiro, me visto depois de um bom banho e desço para fazer o café da manhã.

Assim que termino de comer faço as coisas em casa, tomo meu banho e vou direto para o meu computador terminar um relatório que Mark tinha me pedido, esculto passos ser aproximar falando dele.

- Logo cedo trabalhando? - Ele perguntou.

- Só terminando o relatório. - Eu respondo sem tirar os olhos da tela. - Seu kit ressaca esta no balcão da cozinha.

Mark não diz mais nada apenas anda até a cozinha e não demora para volta e me ajuda com o resto do relatório.

- Agora que você terminou vamos ser diverti. - Ele sugeriu. - Uma atividade recriativa séria bom.

- Achei que suas atividades recreativas eram balada, bebidas e sexo. - Eu respondo fechando o computador.

- Também são. - Mark respondeu com um sorriso malicioso.

- Idiota. - Disse me levantando, Mark me puxa pela cintura acabo perdendo o meu equilíbrio e caio em seu colo.

- Mas você também gosta dessas atividades. - Mark disse eu me mantenho calada olhando em seu olhos abro a boca para falar mas não sei o que dizer nesse momento apenas me levanto. - Que tal um passeio de bicicleta?

- Agora sim chegamos em um acordo. - Disse e subo para me trocar, antes de irmos passamos perto da casa de Mark para ele trocar de roupa e seguimos para o Central Park.

Alugamos duas bicicletas e andamos quase todo o parque paramos perto do lago e sentamos no gramado.

- Sabe a ultima vez que vim aqui com um cara acabei cantando junto em um show, claro que naquela época era tudo diferente. - Eu disse pensativa.

- E o que mudou? - Mark perguntou.

- Eu mudei. - Disse em um tom calmo e sereno, apenas me mantenho olhando para o lago onde alguns patos nadavam.

***

Mas uma segunda feira começo, entro na gravadora tomando um cappuccino de chocolate e canela, comprimento todos os funcionários que passavam por mim, hoje iria conhece o mais novo cliente da gravadora, a essa hora estão todos na sala do pai do Mark, pego o elevado e vou até o anda onde ser encontrava a sala do mesmo.

Bato na porta e entro em seguida.

- Morgan que finalmente chegou. - Disse sorrindo e me guia até a mesa de seu pai. - Como eu estava dizendo pai, primeiro vamos grava o novo álbum e logo depois anunciar os shows.

Eu reconheço aquela cabeleira ruiva em qualquer lugar NÃO, isso não podia estar acontecendo e ele ser vira é agora eu posso me jogar da ponte do brooklyn, não seria melhor da estátua da liberdade.
Era castigo não é por ter dormindo com o meu chefe? O meu ex namorado, no qual tinha beijado e quase rolando uma loucura no meu apartamento e que ainda tinha uma forte atração ia trabalha com a gravadora.

-Keyla?

Volto para realidade com Mark me chamando.

- Oi?

- Estar tudo bem? - Ele perguntou.

- Sim, sim estar tudo ótimo e mau posso espera para trabalhar nesse novo projeto. - Disse com um sorriso forçando no rosto e olhando para Castiel.

- Fico feliz com essa animação.

- Ainda precisa de mim? - Eu perguntei.

- Não pode ir. - Respondeu Mark.

Eu saio da sala e volto o mais rápido possível para a minha fico andando de um lado para o outro.
Acabo não vendo Mark entrar na sala.

- Morgan tem certeza que estar bem?

- Claro que estou. - Respondo na lata.

- Keyla você estar andando de um lado para o outro, e estar branca parecendo que viu um fantasma e seu cabelo estar todo bagunçado. - Disse Mark.

- Isso é uma maneira de pensar em novas composições e trabalhos. - Respondi me recompondo.

- Tá né, não pergunto mais. - Ele disse indo em direção da sainda. - Quase ia me esquecendo depois de amanha começamos a trabalha com Castiel e sua banda.

- Ótimo mau posso esperar. - Disse.

Mau posso esperar para surtar aqui dentro.

Por fim eu consigo me acalma, e precisava ficar assim calma não queria explodir no trabalho por causa de um namoro de adolescência. Ainda recebo uma ligação de Alex, ele vira para New York para um desfile e seu namorado viria junto dele, uma boa notícia no meio desse furacão.

***

Estava na sala de gravação precisava separar 3 músicas pra hoje os meninos gravarem isso era o que estavam fazendo acompanhava tudo de longe.

- Keyla de longe da confusão. - Disse Chris.

- Não eu só estou, como posso dizer evitar ao máximo da minha opinião agora. - Eu disse com um sorriso forçado.

- Tá bom, qualquer coisa sabe que pode conversar. - Ele disse em um tom amigável e volta para os garotos que conversavam com Mark, por um momento me pego olhando para Castiel, ele percebe e desvio o olha voltando para a folha com os nomes das músicas que eram.

- Crazy
-Heathens
-Demons
-Levitate
-I'm so Sorry
-Where no One Goes
- All of me
- Vamos seguir

Uma eu me lembro muito bem, era composição de Castiel, quando estavamos no último ano lembro que ele dedicou para mim mas agora eu queria sabe que o fazia levitar agora.

- Keyla você tá um pouco avoada hoje. - Disse Mark, ser sentando do meu lado.

- Acho que fiquei bem chocada com a surpresa.  - Comento.

- Quer almoça comigo hoje?

- Acho que seria bom. - Disse não sei o que dar em mim mas eu abraço Mark, me toco que estava fazendo e o solto. - Me desculpe.

- Não tudo bem Morgan. - Disse Mark e voltamos para gravação.

# Pov Castiel

Sabia que Keyla trabalhava com Mark,  mas não ia deixa um romance de adolescente vim a frente da minha carreira, era uma grande única oportunidade e não podia perder isso.

Quando cheguei em New York estava determinado, fui em uma reunião de planejamento com Mark e decidimos apresenta as ideias para o pai dele na segunda. Confesso que depois disso fiquei um pouco sem rumo nessa enorme cidade e barulhenta, não sei como Keyla adora esse lugar.

Foi a primeira vez que me peguei pensando nela desde que tinha chegado, sabia que Lys tinha me passado o endereço da onde ela morava antes de pegar o avião caso eu precisa-se de uma amiga aqui, resumindo acabei indo parar em seu prédio.

Conversamos mas não tive coragem de lhe contar que era o tal cliente que Mark tinha comentado com ela, mas por um momento me senti aquele adolecente que jurou nunca mais entregar seu coração, até conhece a garota de olhos violetas que mudou isso.

Sim eu sei que ela estava lá em algum lugar, protegida por uma mulher forte e madura que Keyla tinha ser tornado, acabei beijando novamente e foi tão bom quanto antes.

Desde que Keyla descobriu sobre o meu contrato com a gravadora ela vem ser mantendo distante, só consigo pegar ela me olhando destante, sigo para a cabine para grava a primeira música, coloco o fone e começo.

#There's so much on my mind
I don't know where to start
There's that light in your eye filling up the dark
Though, I lost myself
I know it's not the end
You're my shooting star
You make my heart ascend

La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate

I know that we're far from where we need to be
But the world wasn't made in just one day
Though our journey's long, I know our love is strong
You're my shooting star
We're flying higher above

La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la
Just levitate, just levitate

When I'm stuck in the middle of hell and faith
And I don't know where to turn
To bend my mind as the silver gate
You lead me on my way

(Oohh)
(Oohh)
(Oohh)
(Oohh)

(Oohh)
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
(Oohh)
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
(Oohh)
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
(Oohh)
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la, la, la
Just levitate, just levitate
(Oohh)
(Oohh)
(Oohh)

Just levitate, just levitate
(Oohh)
Just levitate, just levitate

Quando a Keyla vai percebe que é ela que ainda me faz levitar depois de muito tempo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...