História After the Storm - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Cristiano Ronaldo, Marcelo Vieira, Sergio Ramos, Toni Kroos
Personagens Toni Kroos
Tags Real Madrid, Romance, Toni Kroos
Visualizações 482
Palavras 1.460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, gente! Capítulo de hoje está um pouco curto, mas pretendo postar mais um até o final de semana.

Boa leitura!!

Capítulo 23 - Mykonos


Fanfic / Fanfiction After the Storm - Capítulo 23 - Mykonos

 Assim que entrei no nosso “quarto” de hotel em Mykonos fiquei impressionada, aquele era o hotel mais lindo que eu já tinha visto em toda a minha vida. Nosso “quarto” possuía uma sala ampla, uma pequena cozinha, uma varanda com piscina e duas suítes, uma delas com hidromassagem no quarto.

 Luca e Toni não esperaram nem dois minutos e já foram colocar sunga para entrar na piscina. Fui com o Luca para o quarto que ele dormiria para ajudá-lo a passar protetor, coloquei um boné nele e logo já fomos para a varanda.

 - Você não vai entrar? - Toni, que já estava na piscina, perguntou assim que chegamos.

 - Agora não, vou organizar nossas malas e depois que almoçarmos eu entro com vocês. Toma cuidado com o Luca! 

 - Ok! - Jogou um pouco de água em mim e eu fiz uma cara de brava que arrancou risada dos dois.

 Deixei eles brincando lá e fui organizar as malas. Encontrei no meu quarto um papelzinho de atividades recreativas para crianças e achei que talvez fosse uma boa ideia deixar o Luca se divertindo com outras crianças do hotel enquanto eu e Toni namoramos um pouquinho. Seria bom para ele fazer novos amigos e para eu ter alguns momentos sozinha com o Toni.

 Quando terminei de arrumar as coisas, fui para a sacada do meu quarto, peguei um livro e comecei a ler com a vista incrível do mar mais lindo que já vi na vida, Grécia é com certeza o paraíso na Terra. Fiquei perdida naquela imensidão azul, eu mal conseguia me concentrar no meu livro.

 - Bu! - Toni chegou do nada e me deu um susto.

 - Você quer me matar do coração? - Empurrei de leve seu ombro.

 - Desculpa, você estava tão distraída, não queria perder a chance. - Me deu um selinho. - Vamos sair para comer? Já são quase três horas da tarde, Luca e eu estamos com fome.

 - Já? Eu perdi completamente a noção do tempo. Vai se trocar e já vamos.

 Coloquei um vestidinho confortável, peguei um chinelo e um óculos de sol, e já estava pronta. Fui ver como o Luca estava e ele já tinha colocado uma camiseta fresquinha, um short e um boné do Real Madrid. Toni não demorou para ficar pronto e logo já fomos para um restaurante próximo ao hotel com vista para a praia.

 Toni e Luca preferiram não arriscar e pediram frutos do mar, mas eu amava experimentar novas culinárias, então pedi um Moussaka, que era um prato típico com beringela, carne moída, tomate, molho branco e alguns temperos, e um Uzo, a bebida alcoólica mais famosa da Grécia.

 - Luca, eu estava lendo um papelzinho no hotel, que diz que tem varias atividades recreativas para crianças lá. - Falei enquanto esperávamos nossos pedidos.

 - Sério? Tipo o que? - Perguntou animado. 

 - Hoje 16:00 tem caça ao tesouro na praia do hotel e amanhã tem gincana na piscina 9:00.

 - Posso ir?

 - Só se você comer toda a salada.

 - Ok!

 Não demorou muito para que nossos pedidos chegassem e como o combinado o Luca comeu toda a salada para poder ir na caça ao tesouro. Quando fui comer a refeição que eu pedi, Toni e Luca ficaram me encarando.

 - O que foi? - Perguntei.

 - Queremos ver qual vai ser a sua reação, isso deve ser muito ruim. - Toni falou e meu irmão concordou.

 - Vocês são dois bobos que não querem conhecer a cultura do lugar. - Dei a primeira garfada na minha comida e aquilo estava extremamente saboroso. - Isso está incrível, sério! - Dei outra garfada e até fechei os olhos suspirando com aquela comida.

 - Eu quero experimentar! - Luca ficou curioso e eu dei um pouco para ele, que amou e me fez pedir um para ele.

 - Você tem certeza que não quer nem um pouquinho? - Perguntei ao Toni que já estava comendo seus frutos do mar.

 - Acho que vou querer, mas só para não me arrepender depois. - Falou e pegou um pouco do meu prato. Assim como o Luca, ele amou e também pediu um.

 Não demorou muito para que fôssemos embora, porque o Luca estava animado para a caça ao tesouro e não queria se atrasar. Deixamos ele com as outras crianças no local marcado, falei com uma das monitoras do local e logo fui para o quarto com o Toni.

 - Temos duas horas sozinhos para fazermos o que quisermos. - Falei entrelaçando meus dois braços no pescoço do Toni.

 - Que coisa feia, Lena, você queria se livrar do seu irmão para poder transar com o seu namorado maravilhoso. - Falou rindo e levou suas mãos para a minha cintura para me aproximar mais de seu corpo, apenas revirei os olhos.

 - Você falando desse jeito até parece que eu sou uma pessoa ruim, mas a verdade é que todos saíram ganhando nessa história. O Luca vai se divertir com as crianças e eu vou me divertir com você. - Beijei seu pescoço.

 - O que você acha de um banho bem relaxante na hidromassagem do nosso quarto? - Perguntou.

 - Acho uma ótima ideia!

 - Então já vai indo para lá enquanto eu pego um vinho para nós. - Me deu um selinho e logo nos separamos.

 Fui para o nosso quarto, tomei uma ducha rápida e logo entrei na hidromassagem. Não demorou muito para que o Toni chegasse e se juntasse a mim. Me aconcheguei em seus braços, ele começou a jogar água no meu ombro enquanto distribuía alguns beijos e fazia um carinho no local, eu apenas fechei o olho e fiquei aproveitando o momento. Eu estava precisando de algo assim para relaxar um pouco e tirar toda a tensão do meu corpo. 

 - Eu te amo! - Toni falou bem próximo ao meu ouvido e eu fiquei arrepiada.

 Virei de frente para ele, entrelacei minhas duas pernas em volta do seu corpo e o beijei.

 - Eu também te amo! Essa viagem mal começou, mas já está perfeita e eu não quero ir embora nunca mais, queria poder ficar aqui para sempre com você e esquecer do mundo lá fora. 

 - Acredite, isso é tudo o que eu mais queria também. - Sorriu. - Eu aluguei uma lancha para nós andarmos amanhã depois do almoço e um jetski para nós andarmos enquanto o Luca estiver na gincana. Deixei o jetski só para nós, porque sei que você é super protetora e falaria que é muito perigoso para ele.

 - Você me conhece muito bem. - Rimos.

 

 Aproveitamos bastante o resto do nosso tempo sozinhos, logo Luca voltou extremamente feliz e começou a contar tudo o que aconteceu na caça ao tesouro. O time dele tinha ganhado e ele fez amizade com uma menina inglesa da idade dele.

 Depois que jantamos e fui colocá-lo para dormir, ele voltou a falar da menina que tinha conhecido mais cedo.

 - Lena, a Mary tem o cabelo vermelho e um sotaque muito bonito, eu quero ser o namorado dela. - Luca falou e eu tive vontade de rir, mas me segurei para não constrangê-lo.

 - Amanhã você me apresenta a ela? 

 - Sim. Ela também gosta muito de futebol, sabia? Mas disse que não tem um time definido, porque o pai dela torce para o Liverpool e a mãe para o Tottenham, eu falei para ela assistir um jogo do Real Madrid, porque é o melhor time do mundo, e ela disse que vai fazer isso.

 - Que legal, meu amor! Mal posso esperar para conhecê-la. - Deitei ao lado dele na cama. - Boa noite! 

 Luca logo pegou no sono e eu pude voltar  para o meu quarto com o Toni. Ele estava passando os canais da TV e eu deitei em seu peito.

 - Meu irmão de apenas 7 anos está “apaixonado” pela primeira vez. - Falei e ele me olhou com o cenho franzido.

 - Como assim? 

 - Quando fui colocá-lo para dormir, ele me falou mais sobre a Mary e me disse que ela tem cabelo vermelho, um sotaque muito bonito e que quer ser o namorado dela.

 - Nossa! Mas já?

 - Eu estou com um pouco de ciúmes, meu neném tá crescendo. - Fiz drama com a precocidade do meu irmão.

 - Para com isso, seu irmão está crescendo, daqui a pouco ele já vai estar se escondendo de você para bater a primeira punheta. - Ele falou e eu dei um tapa de leve no seu peito.

 - Toni Kroos, eu preferiria não ter ouvido isso. - Falei chocada.

 - Desculpa, amor! Tomei muito vinho no jantar, estou meio perdido. - Ele riu e me deu um selinho.


Notas Finais


Comecei uma fic nova com o Harry Kane, se alguém quiser ler: https://spiritfanfics.com/historia/one-night-10939808

Espero que tenham gostado x


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...