1. Spirit Fanfics >
  2. After The Storm...-Heisenberg >
  3. Capítulo 9

História After The Storm...-Heisenberg - Capítulo 9


Escrita por: MeyWinchesterr

Capítulo 9 - Capítulo 9


Mey

Já fazia quase duas horas...DUAS HORAS... que ele não saía daquela sala...

-Eu vou ir atrás dele...-Falei andando em direção a porta mas parando na hora.

-Você ficou maluca Mey?? não você não vai você vai ficar aqui...-Falei cruzando os braços.

Por que eu queria tanto ir atrás dele??... e aquela cena ou visão... o que significava??...

-Ai eu estou tão confusa...-Falei bufando e dando as costas e indo em direção ao elevador.

Assim que eu cheguei no elevador dou de cara com o Duque que parecia concentrado no livro....

(Gordo safado... poderia ter me salvado... mas tava aí lendo esse livro... vem cá esse livro não termina nunca??...)-Pensei olhando pra ele e indo em direção a parede do elevador e sentando no chão.

O mesmo percebeu a minha presença e largou o livro imediatamente...

-Olá pequenina como vai??..-Falou olhando pra mim.

-Eu ainda tô irritada com você....-Falei olhando pra ele e depois pro chão.

-Bem eu sinto muito por não ter te socorrido naquele momento...-Falou com uma normal mais um pouco triste.

(Do que adiantaria ficar brava com ele??...afinal eu estou mais brava comigo do que com ele...)-Pensei bufando e falei sem olhar pra ele.

-Desculpa Duque é que eu só estou irritada...-Falei colocando minha cabeça apoiada no meu joelho.

-O quê tanto te incomoda??..-Falou ele numa voz calma.

-Nada de mais...-Falei ainda sem olhar pra ele.

-Sei que quer desabafar... conte...-Falou ele insistindo.

(Esse gordinho é bom em convencer em...)-Pensei respirando fundo levantando a cabeça e olhando pra ele.

-A única coisa que eu tenho feito foi correr... mesmo se eu tivesse com alguma arma eu tenho certeza de que eu não mataria ninguém... eu sou uma fraca mesmo.. -Falei olhando pro lado e depois colocando minha cabeça de volta no meu joelho tentando segurar o choro.

-Você não é fraca...-Falou uma voz grossa entrando no elevador.

Levantei a cabeça e vi o Heisenberg descosta ajeitando seu sobretudo...

-Como se eu fosse acreditar nisso...-Falei olhando pra ele e levantando do chão limpando minha calça.

-Eu concordo com ele...-Falou Duque tentando aliviar o clima.

-Olha a única coisa que eu tenho feito foi correr... me diz uma coisa de bom que eu fiz??Me diz....-Falei olhando pros dois e vendo o Heisenberg apertar o botão do elevador.

E como resposta dos dois eu recebi o silêncio....

-Foi o que eu pensei....-Falei vendo o elevador chegar no primeiro andar.

Sai correndo do elevador e fui pro lado de fora....

Percebi que estava de noite mais eu nem liguei....

Vi que tinha um pedaço deitado de um tronco...

Fui em sua direção e sentei no mesmo fechando os olhos e sentindo o vento bater em rosto....

Senti alguém sentar do meu lado fazendo o tronco mecher um pouco pra frente...

-O quê você quer..-Falei abrindo os olhos e abaixando a cabeça.

O mesmo ficou em silêncio e eu percebi que ele só estava ali pra aproveitar o vento...

Olhei pro seu rosto e o mesmo estáva sem seus óculos...

Eu realmente queria um silêncio um pouco de paz... mas com ele... eu queria conversar sei lá ouvir a sua voz... e aquele silêncio estava me matando...

(Eu devo estar com algum problema só pode ..)-Pensei virando meu rosto pra frente.

-Olha...-Falei mas fui interrompida pelo mesmo.

-Não diga nada...-Falou ainda sem olhar pra mim.

-Mas...-Falei e vi o mesmo me olhar de canto.

-Amanhã você irá sair comigo...-Falou ele me cortando.

-E-espera amanhã?? pra onde??...-Perguntei olhando pra ele.

-A puta da Dimitrescu quer te ver...-Falou ele trincando os dentes.

-Dimitrescu??...-Falei engolindo o seco.

-Não se preocupe ela não irá te machucar...-Falou ele olhando pro céu.

-E como você tem certeza disso??...-Falei olhando pro seu rosto.

-Por que eu vou estar lá...-Falou finalmente olhando pra mim.

Nossos olhos se encontraram e meu coração começou a acelerar...

Minha respiração ficou pesada e parece que a dele também....

O mesmo sem dizer nada tirou sua luva e  agarrou a minha cintura me jogou no chão jogando pra longe o tronco com o pé e começou a fazer cócegas em mim...

-N-não hahahah para hahahaa...-Falei rindo.

Parecia que o mesmo não estava me ouvindo...como se ele tivesse em outro mundo....

-Heisen.. hahaha para hahaha...-Falei não aguentando e chorado de tanto rir.

Senti suas mãos pararem de fazer cócegas em mim...

Limpei meus olhos rindo um pouco e depois eu os abri....

Assim que eu abri os olhos eu percebi que ele estava no meio das minhas pernas...

Senti meu rosto esquenta de uma forma inexplicável....

Sua mão ainda estava na minha barriga...eu podia sentir isso...

Senti sua mão descer até a minha cintura e aperta a mesma fazendo eu soltar gemido baixo.....

(Por que eu estava assim??... Será que eu estou me apaixonado por ele?? não Mey isso seria impossível....Mas por que tenho vontade de estar com ele??....)-Pensei olhando pros seus olhos que não saiam dos meus.

Meu coração estava acelerado de mais... e eu não sabia o que fazer...

Ele aproximou seu rosto ficando alguns milímetros longe do meu....

Nossos olhos não se descolaram nem por um minuto... parecia que ele estava vendo tudo por dentro....

Antes que ele fizesse alguma coisa escutamos outro barulho vindo da fábrica só que esse era igual a barulho de motor..

-Fala sério..-Falou ele trincando os dentes e saindo de cima de mim e estendendo a mão pra me ajudar.

Peguei em sua mão e levantei olhando pra baixo...

(D-droga se for o Duque de novo....)-Pensei vendo o mesmo entrar trincando os dentes mais uma vez.

-O quê acabou de acontecer??...-Falei colocando a mão no coração e sentindo o mesmo bater forte.

Se aquele barulho não estivesse nos atrapalhado.... agente taria...

-Aaaaaa...-Falei sentindo um vento forte passar por mim.

Eu estou muito confusa...por que ele fez isso??... ele tem emoções??...

Balancei a cabeça pro lado e pro outro e escutei alguém falar...

-Deveria entra pequenina logo logo irá Chover...-Falou alguém na minha frente.

Olhei pra frente e vi o Duque sentando em sua carroça....

-E-espera como você chegou até aí??..-Falei sem entender.

-Você estava tão perdida em pensamentos que nem viu eu passar haha...-Falou rindo.

(Além de não me ajudar ainda é um grande mentiroso....)-Pensei bufando e entrando pra dentro da fábrica.

Assim que entrei pra dentro da fábrica fui correndo até a janela e o mesmo tinha sumido...

-Que gordinho safado...-Falei procurando ele mas não o vendo.

Sai de perto da janela e fui em direção ao elevador pensativa...

(O que tinha acabado de acontecer lá fora??... Meu coração acelera só de lembrar... Como vou olhar pra ele agora???...)-Pensei lembrando da cena de alguns minutos atrás.

Assim que eu cheguei no elevador eu percebi que tinha uma carta enrolada bem no centro do elevador...

-Mas o que é isso??..-Falei pegando o mesmo no chão.

Abri ele e no mesmo não tinha nada.... estava vazio... sem letras... sem frases... só um papel jogado no meio do nada...

-Que estranho...-Falei enrolado o papel de novo e apertei o botão do elevador pra descer.

Eu estava me sentindo esquisita... meu corpo todo parecia dolorido e aquilo não era normal...

Uma dor incontrolável veio do meu braço...

Assim que eu olhei pra ele o mesmo estava com todas as minhas veias a mostra mais so tinha um detalhe....

Elas estavam amarelas... um amarelo brilhante...

-O quê estava acontecendo comigo??...-Pensei esfregando a mão no meu braço pra ver se o amarelo saia mais não adiantava.

A dor era tão forte que eu não aguentei e cai de joelho no chão...

Eu sentia que era alguma coisa que queria se libertar... mais o que era??...

Eu não aguentei e desmaiei ali mesmo no chão frio escutando uma voz dizer...


-Acorde.... Mey Cooper....









~~~~~~~~~~~~~x~~~~~~~~~~~~~



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...