1. Spirit Fanfics >
  2. Again - Taekook-Vkook >
  3. Não era pra acabar assim

História Again - Taekook-Vkook - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Alguns avisos para melhor compreensão da fanfic:

•P/Y = Pai do Yoongi

•P/J = Pai do Jimin

•° Mas porquê a fic é de Taekook mas o primeiro casal que aparece é Yoonmin?

-- Bom, essa fanfic é baseada num dorama e a história se passa sobre um fato de reencarnação. Yoongi e Jimin foram um casal no passado e retornarão no futuro como Taekook ou Vkook, como preferir. Não vou dar muitos detalhes, com o tempo a compreensão sobre os fatos será melhor pra vocês, se prestarem bastante atenção.

É isso, espero que tenham uma boa leitura.

❤️✨

Capítulo 1 - Não era pra acabar assim


Fanfic / Fanfiction Again - Taekook-Vkook - Capítulo 1 - Não era pra acabar assim

⬫ᜓ 𝅋⃝݊ꥎ#Narradora on 


Depois de sair correndo daquele restaurante, embaixo de uma chuva forte, Yoongi e Jimin foram ao seu apartamento, o qual compraram afim de passar todo o seu futuro juntos e felizes, porém nada saia como era tão planejado pelos dois. 


Os pais de ambos é contra esse relacionamento. Os pai de Yoongi, é chefe da Máfia de Seul e não quer que seu filho se meta com um "gayzinho" pois isso pode atrapalhar nos negócios da família.


A mãe de Jimin apoia o filho, contanto que ele esteja feliz. Mas seu pai, não quer que seu filho se meta com um "criminoso" , quando descobre os supostos encontros do filho com Yoongi, arma uma briga e ainda bate no garoto.


Ao entrarem no imóvel, ainda com poucos móveis, Yoongi levou Jimin pro sofá e se sentaram ali. O mais novo se desabava em choro, o seu tão sonhado futuro talvez não seja tão bom quanto espera.


Yoon: Jimin, está tudo bem… Eu te amo.


Jimin: Não, não fale dessa maneira. Não fale como se fosse me deixar.


Os olhos vermelhos, o rosto inchado, as lágrimas escorrendo sem parar, os soluços, a falta de ar, a insegurança. Tudo aquilo era tão doloroso, mas porque tinha que ser assim? Porque não poderia acontecer tudo como em um conto de fadas?


Yoon: Eu não vou te deixar.


Yoongi segurou o rosto de seu amado e o beijou calmamente, por alguns segundos a paz se instalou no local, como se realmente tudo fosse ficar bem. 


Até que a porta do apartamento se abriu e Jimin foi tirado a força dos braços de Yoongi, aí foi que perceberam que o pai do mais novo havia os seguido.


P/J: Eu já te disse pra não se meter com esse cara! Porque continua me desobedecendo? Você é surdo Jimin!?


Yoon: A culpa é minha, me desculpa…


P/J : Cale a boca, não fale comigo e nem com ele, seu vagabundo!


Foi aí que o pesadelo se tornou pior, o pai de Yoongi chegou. Logo puxando o filho pela gola da camisa.


P/Y: Mas você continua se encontrando com ele?


Yoongi ficou calado, enquanto lágrimas pesadas escorriam por seu rosto e pingavam no chão. O silêncio se fez presente no local, um silêncio amargo,ruim, amendrontador .


P/Y: Então você é o pai dele né? Trate de deixar esse garoto longe do meu filho.


P/J: Minha vida não lhe diz respeito.


O clima tenso, apenas as respirações pesadas eram audíveis no momento. Foi então que Yoongi tomou uma atitude e se ajoelhou, juntando suas mãos.


Yoon: Me desculpa, é tudo culpa minha, eu não queria causar isso.


Ele implora pelo perdão, mas o pai de Jimin nem sequer deu atenção. O menor se debatia nos braços do pai, seu único desejo era que aquilo fosse um pesadelo e que ele acabasse logo, que ele pudesse acordar envolvido pelos braços do seu grande amor e ser feliz.


Mas não,a dor era real, o choro era real, o sofrimento era real,tudo era real, tudo de ruim - infelizmente - .


Os pais de ambos ficaram se encarando por alguns segundos, até mesmo esquecendo de que seus filhos estavam presentes no local.


Yoongi olhou para o pai e lembrou que o mesmo andava armado, levou suas mãos até a cintura do pai e puxou um revólver - estava carregado - . Se levantou e deu alguns passos para trás, enquanto apontava o revólver pra sua cabeça.


P/Y: Yoongi, me devolve isso agora!


O garoto não deu atenção,apenas olhou para o seu amado que implorava para o mesmo não fazer bobagem.


Jimin: Não,por favor… Yoongi…


P/J: Oque você viu nele, em?


Jimin: Eu o amo !


Yoon: Me desculpa Jimin, eu te amo.


Um disparo foi ouvido e de imediato Yoongi foi ao chão, já sem vida. Jimin se soltou dos braços do pai e foi até o corpo de seu amado, o abraçando enquanto terminava de se acabar no choro.


Todos ficaram chocados com aquilo e com um grande peso de culpa na consciência. Se não tivessem sido tão rígidos e machistas, nada teria acabado de tal forma, mas já é tarde demais pra lamentar ou voltar atrás.


Jimin: Yoongi, você prometeu não me deixar… você disse que iríamos ser felizes juntos… Yoongi, você me prometeu...


Não suportando a dor Jimin pegou o revólver também e apontou pra sua cabeça, se fosse pra ter um fim, que fosse junto a pessoa que mais amou no mundo.


P/J: JIMIN NÃ…


Tarde demais, antes de terminar a frase, outro disparo foi ouvido. Uma segunda vida jogada pelo ralo. 


O corpo de Jimin caiu por cima do corpo de Yoongi, fazendo uma poça de sangue no chão. Uma cena triste, não era pra ser assim, mas nem tudo sai como pensamos, não é mesmo?









Notas Finais


Então é isso, obrigado por ler e até o próximo capítulo ❤️✨ onde nosso querido Taekook entra em ação.

Espero que tenham gostado.♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...