História Against All Risks (AAR) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Diário, Drama, Romance
Visualizações 11
Palavras 582
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, LGBT, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 28 - A despedida do adeus


Fanfic / Fanfiction Against All Risks (AAR) - Capítulo 28 - A despedida do adeus

30/12/2018, após de uma viagem a Moçambique apanho uma virose que mais se identificava como malária, Perdendo 5Kg em menos de uma semana. Estava pálida, fraca, doente, mas mesmo assim planeava o fim do ano, contactando a minha cunhada para confirmar a minha presença na grande festa que iria decorrer na casa da tia de Tadashi.

31/12/2018, a minha pessoa acorda indisposta, porém tenta dispersar indo á janela respirar.

Num dia inverno visto-me agasalhadamente passando o dia encostada nas minhas almofadas como finalidade de melhorar.

20 Horas em ponto, começo a vestir-me elegantemente para a festa, puxo o macacão calção para cima fechando-o no fecho, ponho uma saia de chedres vermelha e preta, e por fim, calço-me com uns sapatos Oxford.

20h30min, desço as escadas e com a mesa pronta para o jantar, janto em família. Minutos depois a minha boleia chega, era o meu irmão, a minha cunhada e as minhas duas sobrinhas. Entro no carro, aperto os cintos daquelas pestes e pelo caminho Nonó, a minha sobrinha mais velha, aperta-me a mão.

21h10min, chagamos ao destino, reparando na casa de Tadashi, estava sem iluminação, sem movimento, já não poderia dizer o mesmo da casa do lado, a casa da sua tia. Entrando pelo portão, os primos de Tadashi me aguardavam. Revejo muitas caras e já não era tratada como a namorada de Tadashi e sim por Mrs. M.

A festa estava a decorrer na cave onde duas mesas estavam cheias de petiscos, as crianças corriam malucamente e Tadashi continuava no seu mundo fechado.

22h20min, decido ir á wc, sinto-me do avesso, o vírus toma conta de mim fazendo-me vomitar.

Tadashi decide subir as escadas e ao reparar que a minha pessoa não está lá muito bem, bate á porta perguntando o que se passava. Saindo da wc, digo-lhe que estou melhor e abraço-o.

23 Horas, a música fluía, as luzes led estavam por toda a parte e as minha sobrinhas estavam a fazer um karaoke com Mada.

Estou eu sentada ao lado do dito, enquanto toda a gente pedia-nos uma dança a dois. Com tanto pedido, levanto-me e seguro na sua mão dizendo:

-Olha-me nos olhos e vê-me, sente-me, viaja no tempo e segue-me nos passos.

Tadashi ao ouvir-me segura-me, os seus braços envolvem a minha cintura, a cada batida sinto-me livre, alegre, resiliente como se estivesse a dançar com ele pela primeira vez.

23h50min, o ano está a acabar, faltam 10 minutos, visto o meu casaco e acompanho o pessoal da festa até ao jardim onde se viria o fogo-de-artifício e os fetiches.

Durante esses últimos minutos, reflito no longo ano que tive e estando ao lado de Tadashi agradeço os grandes momentos que passei com ele e com a sua família.

Ao olhar para o relógio, o pessoal demonstra-se empolgante, ouço a multidão:

-10… 9… 8… 7… 6… 5… 4… 3… 2… 1… 0. Feliz ano novo!

Ao acompanhar a contagem, vejo os papelinhos a caírem por cima de mim e os foguetes já se avistavam. Tadashi ao me ver beija os meus lábios carnudos avermelhados. O momento para, o tempo também e o meu desejo realiza-se. Mas rapidamente regresso á realidade crua e nua onde a grande luta contínua, a jornada só vai a meio, a jornada de encontrar o meu próprio eu no meio desta vida invulgar onde vivo muito sem ordem, sem contexto, sem raciocínio.

Após este ano, Mrs. M. nunca mais regressará ao ser que era. Irá se surpreender porém também irá se arrepender.


Notas Finais


Aqui vos envio o último capítulo do meu primeiro livro (primeiro volume).
Em 2020 irei começar a escrever o segundo livro (a continuação).
¡Aguardem-me!
Cumprimentos,
Mrs. M.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...