1. Spirit Fanfics >
  2. Agora e para sempre...Drarry >
  3. Casamento ( parte 2)

História Agora e para sempre...Drarry - Capítulo 48


Escrita por: Bad-Girl--

Notas do Autor


Boa leitura ❤💚

( Se quiserem ouvir a musica " A Thousand Years -Christina" para o capítulo,ai escutar a música seria por livre escolha)

Capítulo 48 - Casamento ( parte 2)


Fanfic / Fanfiction Agora e para sempre...Drarry - Capítulo 48 - Casamento ( parte 2)

Logo quando lodos apostam....Lúcios se levanta e vai ate o meio do salão, para brindar os recém casados.....

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Uma boa noite a todos e eu realmente espero que estejam gostando da festa de casamento, pois me custou uma fortuna...mentira – O loiro diz descontraído fazendo todos rirem, já que era apenas uma piada – Antes de tudo, quero pedir desculpas a todos aqui presentes, eu fui um completo idiota se me permitem dizer e tenho consciência de que um simples pedido de desculpas, não vai curar as férias causadas por mim, porem espero que com o tempo elas possam se cicatrizar, eu fiz muitas escolhas erradas na minha vida, além de agir feito um idiota, eu realmente feri pessoas que amava só para ter o poder em minhas mãos – O loiro assume e todo o salão se mantem quieto – Dentre várias decisões erradas nada me machuca mais em saber que eu quase prejudiquei o futuro do meu filho, Draco sei que eu nunca fui um pai muito bom ou dedicado, porem eu te amo e estou feliz por você ter encontrado Harry em sua vida

Havia um garçom passando por ali, Lúcios pegou uma taça com champanhe.

Eu estou feliz que vocês tenham encontrado a felicidade e o amor, assim como eu encontrei com Narcisa, espero do fundo do meu coração que vocês sejam muito felizes, com muita saúde, paz e muito amor. Nunca se esqueçam que ninguém é forte o suficiente para separar o que o mundo uniu, as brigas serão completamente normais porém espero que se lembrem do amor que uniu vocês, do amor que sentem um pelo outro, isso é o essencial – Lúcios ergue a taça – Então seja bem-vindo para a família Malfoy Harry, espero que goste...um brinde aos recém casados – Deu um gole na bebida acompanhado de todo o salão, após isso aplaudiram

Agora seria a vez de Draco, bom o que Draco poderia falar sobre Harry ? Ele só deixaria as coisas fluírem, o loiro da um beijo nos cabelos de Harry e se levanta da mesa se aproximando do meio do salão

Boa noite – ele diz sorridente – Antes de tudo queria dizer que não sou muito bom com discursos, porem eu vou tentar ser muito romântico – o loiro fala fazendo todos rirem – Quando eu conheci Harry James Potter Malfoy, ele era apenas um garoto e normal era a única qualidade que ele não tinha, seus cabelos eram muito bagunçados e os óculos estavam quebrados, seus olhos verdes estavam bem atentos em algo que não conseguia decifrar, tinha um lindo sorriso no rosto e vestia roupas muito grandes para aquele pequeno corpo, foi no dia 1 de setembro de 1991 que eu te vi pela primeira vez, eu me apresentei de forma grossa e rude e entendo completamente você ter me dado um fora, porem a partir dali eu não conseguia tirar você da cabeça, não conseguia te esquecer e isso estava me deixando louco, ate ter uma grande ideia de gênio, te irritar, eu amava irritar as pessoas era campeão nisso, então se eu te irritasse você me amaria certo? Bom errado, quanto mais as minhas tentativas de planos infalíveis para você me notar falhavam miseravelmente, eu ia desistindo aos poucos, normalmente na minha vida, fui considerado como um garoto mimado por querer o que eu quero, o que não poderia ter e é, isso é completamente verdade

O salão soltou um sorriso e Harry encarava o loiro com toda a atenção do mundo, aqueles detalhes faziam do discurso único, Draco estava nervoso e com aos mãos soando, alguns fios de seu lindo topete estavam em seu rosto fazendo ele ficar mais lindo ainda, ele havia afrouxado um pouco a gravata e soltado o paletó.

Anos se passaram e eu ficava abalado por não te ter em meus braços – Draco admitiu – Porem mesmo assim querido, nunca parei de te amar – Ele virou para Harry e piscou com um sorriso no rosto - E aqui estamos nós depois de anos, oficialmente um casal, consegue imaginar isso? No primeiro momento que meus olhos cruzaram com os seus, já estava apaixonado. Pode parecer clichê, mas o amor à primeira vista realmente existe, eu sou a prova viva disso. Posso dizer que causa uma sensação indescritivelmente forte que explode o mundo atual para criar outro, um só para você. À paixão não conhece tempo, por isso sei que os dias que faltam nada dizem sobre a eternidade de bons momentos que passaremos juntos. Seja como e para onde for, sempre estarei a seu lado.- Draco sorri meio envergonhado – Eu te amo meu pequeno leãozinho e espero que a nossa felicidade seja infinita, eu estou muito feliz em ter você como marido e mulher ao mesmo tempo – Draco fala para fazer todos rirem, inclusive Harry que naquele momento estava com os olhos cheios de lagrimas que caiam sobre seu rosto – Eu te amo Hazz e nunca estive mais feliz em toda a minha vida, seja bem-vindo a vida de casado meu querido

Draco falou recendo vários aplausos e se sentou ao lado do moreno, os dois se olharam acompanhados de vários olhares

Eu também t amo meu dragãozinho – Harry sorriu e deu um beijo de esquimó em Draco que sorriu e seu um selinho em Harry

Ótimo, Ótimo pombinhos, agora é a vez dos padrinhos – Blásio falou sorrindo e caminhava ate o meio do salão – Boa noite a todos, sou Blásio Zabini, Padrinho de Draco. Bom antes de tudo eu gostaria de falar que eu sempre soube que esse cabelo de agua oxigenada era gay ...

E você não é né? – Draco gritou fazendo todos rirem, inclusive Blásio.

È bem tenho que concordar que Hogwarts é uma fabrica de gays e um ótimo lugar para fazer sexo – Os professores ali presentes olharam indignados com as palavras do moreno – desculpem professores porem é verdade... Voltando ao meu assunto, eu sempre soube que Draco era gay, já que convivi com ele deis de pequeno, era sempre eu, ele e Pansy a única menina do grupo porém com toda certeza era mais valente que eu e que o Draco, éramos o trio que assustava todos...do parquinho, Draco deis de pequeno sempre mostrou um certo interesse por Harry e não pensem que ele era o único, pois Harry também sempre sentia esse mesmo interesse, na minha visão e de muitos Sonserinos, Draco e Harry tinham muita tensão sexual muito grande e não é que estávamos certos – Blásio riu fazendo a plateia rir, menos é claro Lupin e Lúcios que continuavam com caras fechadas- Me desculpem era uma brincadeirinha – Blásio riu – Draco é um menino incrível e o Harry tem sorte em tê-lo e se o Potter não tomar cuidado eu pego ele para mim – Blásio falou fazendo todos rirem

Nem vem que não tem – Harry riu – Draco é meu

Vai sonhando – Blásio riu – Pessoal é brincadeira, gays também brincam, porem de verdade agora em só um aviso Harry James Potter Malfoy, nunca quebre o coração do meu amigo, pois caso isso acontecer eu e a Pansy vamos te quebrar na porrada, bom mais a Pansy que eu – Blásio riu e Harry bateu continência sorrindo – Continuando, deis de pequenos éramos bem grudados, eu nunca tive um irmão, porem posso afirmar que Draco é um irmão para mim, ele é um menino incrível, porem bem durão, ele é o melhor tipo de amigo que existe...

Ah lá vem historia – Draco riu

Cala a boca, deixa ele contar – Pansy riu fazendo todos rirem

Obrigado fiel escudeira – Blásio riu e Pansy lhe mandou ir a merda – Ele me ajudou em varias ocasiões, me deu apoio, quero dizer ele e a família Malfoy, pois se fosse pela minha mãe eu não seria quem sou hoje...- Blásio deu um pequeno sorriso, a historia sobre sua mãe lhe doía, mesmo que anos já houvessem se passado – Ele junto de Pansy e da família Malfoy, me deram apoio e um lar aonde eu me sentia bem, por esse motivo eu falo que Draco é da minha família, eu amo muito esse menino e fico feliz que ele tenha encontrado o amor e que esteja feliz, então um grande brinde ao melhor casal, parabéns Draco e Harry amo vocês cara

Minha vez agora – Ron apareceu rindo no meio do salão e Blásio cedeu seu lugar para o próximo padrinho – Boa noite a todos obrigado por decidirem dar atenção a mim antes dos seus garfos, pois juro se fosse eu já teria devorado tudo em cerca de 5 minutos – Todos riram era bem a cara de Ron fazer isso - Para quem não me conhece, sou Ronald Weasley, padrinho do Harry .Agora, a maioria de vocês não se importarão com minha opinião sobre o casamento, e eu só vim aqui pela torta de Carne e Rins e pelas tortinhas de abóbora grátis mesmo, mas preciso dizer algumas palavras – Harry caiu na gargalhada e Hermione lhe lançou um olhar de morte, porem o ruivo continuou a rir e a fazer as piadas sobre comida que era bem a cara dele - . Prometo que serei breve. Já pedi para o Harry instruí-lo a não fazer uma cena. Sim, falo com você Arthur e Lupin, dois ciumentos e amam uma cena – ambos riram - Vi o Harry Potter pela primeira vez no trem a caminho de Hogwarts, mas eu realmente pude conhecê-lo quando ele começou a falar a língua das cobras e bem...podemos dizer que ele ficou prendado nisso – Ron riu e Harry ficou como um tomate e Draco ria como nunca - Então, como ia dizendo quando eu vi Harry o encantador de brasílicos pude realmente ver que ele era igual a mim, muito lerdo e foi ai que percebi que ele seria um grande amigo e um irmão, hoje aqui eu vejo duas famílias muito felizes se unindo, e todos nós sabemos como as relações familiares podem ser delicadas especialmente quando temos muitas politicas no mundo magico porem esses dois não se importaram, enfrentaram todos os medos e só mostraram para o mundo o que o amor é capaz de fazer. Então vamos todos erguer nossas taças para o casal feliz Harry e Draco, que agora pararam com a tensão sexual e agora estão perfeitamente compatíveis. Saúde!

Todos riram e Ron voltou ao seu lugar, logo Hermione se direcionou para o meio do salão, um tanto quanto nervosa.

Boa noite a todos – Hermione limpou a garganta - Eu quero começar agradecendo ao Harry e ao Draco por me convidarem para fazer parte de seu dia especial, Para quem não me conhece, sou Hermione Granger, madrinha de Harry. Conheço Harry Potter a 7 anos, porem sabemos mais sobre nós mesmos do que imaginamos. Nós rimos, choramos, bebemos, rimos até chorar e temos piadas internas, que só nós achamos engraçadas. Estivemos juntos nos momentos mais difíceis de nossas vidas, e sou grata por experimentar alguns dos melhores anos de minha vida com ele. Eu tive a oportunidade de vê-lo crescer, mudar e evoluir para esse homem maravilhoso que está sentado ali hoje, e tenho a honra de chamá-lo testa rachada – Hermione ri – mentira, tenho a honra de chama-lo de meu melhor amigo, ele é inteligente, bom nem tanto quanto eu é claro – ela fez todos rirem - Generoso e solidário, ele tem um coração de ouro e é um home bom. Draco, não tenho agradecimentos suficientes por você fazer o Harry tão feliz, porem juro que se você magoa-lo eu quebro a sua cara igual no terceiro ano – Draco bateu continência e riu, pois aquele soco realmente teria doído muito - Antes deste momento vocês foram muitas coisas um para o outro, conhecidos, inimigos, companheiros, amantes, pares de dança e agora finalmente são um casal, marido e marido , vocês riram, choraram, amadureceram e tornaram-se mais fortes com ajuda um do outro, hoje não celebramos apenas o seu casamento mas tudo o que percorreram até aqui.....John Lennon disse uma vez : “um sonho que você sonha sozinho é um sonho. Um sonho que você sonha em conjunto, é a realidade, e a realidade começa agora “ Eu amo vocês e contem comigo para tudo que precisarem eu estou muito orgulhosa de você Harry, por ter amadurecido e muito orgulhosa de você Draco, por ter se tornado um homem maravilhoso, tanto fisicamente tanto mentalmente, agora todos, por favor, levantem seus copos para brindar comigo aos novos Senhores Malfoy....Parabéns.

Hermione se retirou do meio do salão e foi abraçar os noivos, Harry estava com lagrimas nos olhos e um sorriso enorme no rosto, ele finalmente esta completo e ele amava isso.

Boa noite a todos e boa noite aos meus queridos noivos - Pansy falou, ela estava radiante como sempre – Para quem não me conhece o que acho muito difícil, sou Pansy Parkinson, madrinha do Draco, eu não sou muito boa com discursos só que eu vou tentar... Encontrar as melhores palavras para as melhores pessoas pode parecer algo fácil, mas só parece, porem é uma honra e uma grande responsabilidade falar em nome da amizade e do amor, para um casal tão lindo e especial. Não sabemos ao certo o que nos leva a encontrar o grande amor, alguns acreditam que seja simples obra do acaso, para mim, essa visão é simplista demais. O acaso tem lá sua importância, a vida é um acaso, porem o amor não, o amor é muito especial para ser só ao acaso. Esta cerimônia, este casamento, esta reunião de familiares e amigos, vocês dois juntos. Draco meu irmãozinho loiro, quero falar um pouco do passado, deis de quando eu abri os olhos, eu sempre tive você comigo Draco e Blásio, dois irmãos que eu nunca vou esquecer, eles me protegiam de tudo e quando crescemos não foi diferente, era sempre o nosso lindo trio, eu, Draco e Blásio e se tem uma coisa que posso dizer é que Harry mudou o nosso loirinho, antes de Harry, Draco era bem fechado, não sabia o verdadeira significado do amor e quando o cicatriz chegou, bom ele mudou para melhor e tornando quem é hoje. Foi muita coisa boa que passamos juntos! Mas nem tudo é perfeito. Tivemos crises na nossa amizade. E pela falta de diálogo e maturidade, mas a verdade é que nenhum de nós nunca agiu mal por maldade. Éramos simplesmente imaturos e enquanto distantes, refletimos, evoluímos e aprendemos a ser o que somos. E como aprendemos...Pois é, fi, você está casando, perdi o meu fiel escudeiro para as putarias, porem eu vou te convidar do mesmo jeito - Pansy riu – Mentira Harry, vou manter Draco na linha

Me lembre de nunca deixar Draco sair para beber só com você – Harry riu

Que isso Harry, eu sou símbolo de responsabilidade – Pansy riu - Vocês nasceram um para o outro e, já que me escolheram como madrinha, tem a minha bênção. Contem comigo para tudo nessa vida. Serei amizade. Serei família. Serei o que vocês precisarem, para sempre e só mais uma coisinha, Harry James Potter Malfoy, se você machucar o Draco eu juro por Merlin que acabo com você, porem tirando isso tem a minha total benção....amo vocês e peço a todos que brindem pela união desses dois, que antes por conta da tensão sexual eram inimigos e depois do sexo são casados, um brinde ao sexo...mentira, um brinde ao meu lindo casal, um brinde a Drarry.

Drarry? – Harry riu – da onde ela tirou isso ?

Depois de algumas vodcas ninguém sabe da onde Pansy Parkinson tira as coisas - Draco riu e aplaudiu a amiga que correu para dar um abraço me Draco

Boa noite – Uma voz bem calma havia falado, levanto toda a atenção para ela, era Narcisa, estava linda como sempre e com um sorriso único no rosto, aparentemente bem nervosa com tudo – Juro que os discursos estão acabando e a princípio, pensei em discursar por uma hora, mas pensei bem e acho que não é uma boa ideia, então serão duas horas… Estou brincando! Tomarei apenas alguns minutos, eu prometo – ela riu com aquela risada calma e linda – Em primeiro lugar eu gostaria de agradecer pela presença de todos, sinceramente essa casa nunca esteve tão lotada e isso é ótimo, em segundo lugar eu gostaria de falar um pouco sobre o passado de Draco...ele era um pequeno garoto, lembro-me dele correndo pela casa quando eu e Lúcios chegamos do trabalho, Draco é o meu garoto de ouro o meu pequeno dragão, ele é bom como aluno, como amigo, como filho e tenho certeza que ele será bom como marido, querido Harry....eu fico muito feliz que tenha trazido a felicidade para o mundo do meu pequeno, pois deis de muitos anos eu não via o meu loirinho sorrir assim , obrigada Harry por entrar em nossas vidas e tenho que lhe confessar que quando Draco me falou que estava com alguém eu fiquei um pouco receosa, porem assim que lhe conheci vi que Draco estava em boas mãos, amo vocês dois meus queridos e se precisarem de qualquer coisa, podem contar comigo, parabéns por esse dia tão especial e desejo a vocês toda a felicidade do mundo, um brinde ao mais novo casal do mundo bruxo, seja bem vindo a família Malfoy querido Harry.

Harry sorriu imensamente, se sentia completo, para quem não tinha família alguma a sete anos atrás, agora ele tinha duas, a dos Weasley e a família Malfoy.

E oficialmente os discursos estão encerados – Fred gritou de um canto do salão

Senhorita Pansy e Luna foram as ganhadoras, esses lindos discursos duraram cerca de uma hora e quarenta e cinco – George gritou também fazendo todos rirem .

Antes de tudo, temos uma coisa especial para fazer – Fred falou se aproximando do meio do salão, aonde tinha uma pista de dança

Os noivos nos dão a honra ? – George aparece atrás do casal os trazendo para perto da pista de dança

Draco segura na mãos de Harry e caminha ate o meio da pista de dança, com um enorme sorriso no rosto ele puxa Harry para perto, colocando uma de suas mãos na cintura do moreno, assim que preparados para a dança uma musica começa a tocar bem lá no fundo e ambos se olham, aquela sem duvidas era a musica deles.

Com A Thousand years tocando no fundo o casal dançava, para eles só havia os dois, ninguém estava ali, apenas eles, com rodopios e com muita valsa a dança acabou, foi um momento único e intenso, pois essa musica trazia muitas lembranças da vida de ambos e era bom lembrar de lembranças as vezes.

Após a dança do casal, puderam se soltar mais, havia acabado os discursos, o jantar e a primeira dança, agora só restava curtir a festa, além de disputar o buque que Harry queria fazer, mesmo ele nem entrado com buque no casamento.

Draco havia tirado o paletó e agora estava com a gravata bem larga e alguns botões da sua camiseta social abertos, Harry estava quase na mesma, porem não tinha a gravata, os cabelos de ambos estavam molhados de suor de tanto dançar.

Um tempo depois Fred chamou Draco para o jardim, aonde todos os amigos deles começaram a tacar cerveja amanteigada e tinta vermelha no garoto, já que era uma tradição isso ser feito, Harry se divertia imensamente com tudo e ria, ainda mais com o loiro se reclamando de estar sujo e fedido. Após um tempo de diversão, Draco chacoalhou a varinha e estava arrumado novamente.

Harry comunicou a todos que iria tacar o buque e que todos os solteiros que quisessem participar era para irem ao jardim e pegarem suas vassouras, dito e feito quase todas as meninas foram para o jardim, inclusive Hermione que estava bem ansiosa, Theo também estava querendo pegar o buque.

Assim que Harry o jogou, o que antes era um buque de flores, se tornou um pomo de ouro, e todas as garotas e Theo levantaram voo, Harry e todos os convidados riam das garotas disputando pelo “pomo”.

No final de tudo, quem pegou foi Hermione, Theo e Gina, como isso foi possível? Nem Merlin sabe, porem ambos fecharam as mãos no pomo no mesmo instante. O que se sabe é que Blásio, Ron e Pansy ficaram vermelhos de vergonha e era bom já irem preparando os pedidos de casamento.

A festa durou mais algumas horas e no final da noite ninguém aguentava mais nada, os convidados foram embora, menos os amigos bem próximos ao casal que dormiram na mansão Malfoy.

O dia foi bem cansativo e quando todos foram se deitar já era quase seis horas da manha, o outro dia seria um dia perdido porem nem ligaram.

Harry e Draco subiram e arrumaram as malas para a lua de mel, logo após tomaram um banho quente e se prepararam para o dia de amanhã que seria cheio para os dois.

Deitaram na cama, com os olhos pesados, Draco abraçou Harry e deu vários beijinhos em seus cabelos que agora cheiravam a morango.

Boa noite Senhor Malfoy – Draco falou no ouvido de Harry e seu um pequeno beijo em seus cabelos.

Boa noite Senhor Potter – Harry sorriu e se aconchegou no abraço quente do loiro

Assim ,todos naquela casa dormiram, muito cansados e com muita felicidade, afinal o casamento teria corrido bem e tudo ia bem.


Notas Finais


Sim, esse capítulo foi lotado de discurso, eu amei sinceramente escreve-los
Geral se ameaçando de morte ksksksks e ainda se amam

Para onde será que o nosso lindo Drarry vai passar a lua de mel ?quem tenta a sorte ?

Draco nervoso para fazer o discurso é tão....Aaaa
Narcisa e Lúcius mostrando que realmente amadureceram para a vida.

Desculpem não colocar a Molly para falar ou o Arthur,ou até mesmo o Lupin ou o Hagrid,porém eu não tinha mais inspirações para discursos,então me desculpem mesmo.

Peço desculpas pela demora para postar o capítulo,fiquei sem criatividade e sem tempo,além de meu Pc (lugar aonde eu escrevo) ficou com defeito e tive que levá-lo para concertar.

Muito obrigada por lerem e pelo apoio que vocês estão me dando é muito importante para mim, como eu sempre digo sem vocês eu não seria nada e não tenho palavras para agradecer, fico realmente muito feliz que tenha pessoas que realmente gostam do meu trabalho e isso me deixa super feliz,novamente muito obrigada para todos que gostam da minha fanfic e me apoiam,amo vocês ❤💚

Até o próximo capítulo
E um beijo para quem quiser
💚.❤.🍏.⚡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...