1. Spirit Fanfics >
  2. AGORA EU SOU UM JOGADOR - Drarry >
  3. CAPÍTULO SESSENTA E SETE

História AGORA EU SOU UM JOGADOR - Drarry - Capítulo 68


Escrita por:


Capítulo 68 - CAPÍTULO SESSENTA E SETE


Fanfic / Fanfiction AGORA EU SOU UM JOGADOR - Drarry - Capítulo 68 - CAPÍTULO SESSENTA E SETE

Capítulo 67


O céu estava escuro, e o vento estava forte por todo o campo de quadribol


Eu, como novo capitão do time, estava iniciando os testes com os alunos mais novos para decidir quem seriam os novos jogadores


As arquibancadas estavam cheias, e eu já encontrava dificuldade em iniciar uma frase sem escutar gritinhos e torcidas de algumas meninas mais animadas


-Atenção!!!! Só por que estavam no time no ano passado não significa que vão continuar esse ano -Falei diretamente para a antiga equipe -Eu vou selecionar os melhores dentre todos vocês. Para aqueles que acham que quadribol é apenas uma brincadeira é melhor que se retirem, pois agora eu sou o capitão, e não vou permitir corpo mole no meu time!!!! ENTENDIDO?!?!


-SIM CAPITÃO!! -As vozes soaram em coro, tão altas que puderam ser ouvidas de cada canto daquele campo, mesmo com a ventania


Passei meus olhos pela fileira de bruxos que estava bem na minha frente vendo alguns rostos desconhecidos


-Vocês acham que isso é uma brincadeira?!? -Gritei-


-NÃO CAPITÃO!!


-ENTÃO POR QUE EU ESTOU VENDO BRUXOS DE OUTRAS CASAS NO MEU CAMPO?!?! -Todos se calaram e passaram a olhar para os lados procurando os invasores -Aqueles que não são da Sonserina, retirem-se agora!!!


Logo um grupo de Lufanos saiu correndo e tropeçando pelo campo dando risadinhas, só consegui revirar os olhos. Em seguida algumas garotas e garotos da Corvinal também saíram timidamente pela lateral. E por fim duas Grifinórias correram tentando esconder seus rostos.... Mas eu reconhecia muito bem aqueles cabelos castanhos cheios, e aquela cabeleira ruiva


Ignorei a cena vergonhosa de agora a pouco e voltei minha atenção para os jogadores. Quase a sonserina inteira estava aqui, e os que não estavam para jogar assistiam tudo das arquibancadas


Comecei me decepcionando vendo que a maioria dos alunos do primeiro ano não conseguiram dar mais de três voltas no campo, acabei mandando todos embora. Do segundo ano apenas salvou-se um, que voava com confiança, mas acho difícil que fique até o final. Do terceiro ano selecionei três garotas que voavam com muita agilidade, e um garoto com porte físico bom para ser um batedor


E assim seguiram-se os testes, que já haviam tomado a manhã inteira e prometiam também levar minha tarde


Acabei escolhendo como artilheiros uma garota do quinto ano, e dois garotos do sexto


Os testes para batedores começaram, e Draco era o favorito para ganhar, como sempre. Imagino que em campo não haja ninguém melhor do que ele para impedir que uma bola assassina me acerte na cabeça


-Não vai fazer os testes para Batedor Blaise?? -Cochichei para ele


-Eu quero fazer para goleiro


-Sério?!?.... Legal cara....  Mas acho que não vai fazer mal tentar, você tem mais opções dessa forma -Argumentei-


-É, você tem razão. Acho que vou fazer o teste mesmo -Ele me lança um sorriso e corre para o meio de campo buscando participar também


Dos batedores os melhores eram sem dúvidas Draco e Blaise, mas caso o moreno passasse no teste para goleiro eu daria seu lugar para um garoto do quinto ano, ele parecia uma muralha, tinha um físico forte que era perfeito para um batedor.... Sua mira deixava um pouco a desejar, mas nada que não possa ser melhorado com treino


Finalmente estávamos no último teste, iríamos decidir quem seria o novo goleiro do time. Passei meus olhos pelas arquibancadas, estavam cheias. Vi de canto de olho Pansy se inclinar para prestar atenção no teste do namorado, e mais ao longe via Lilá Brown assistindo com o mesmo entusiasmo...... "Merlin, já até sei onde isso vai dar" não pude evitar de levar minha mão à testa


Três testes já haviam se passado e nenhum deles era bom o bastante. Vi apenas uma garota do quarto ano pegar 4 das 6 tentativas, mas ainda não era o que eu queria


-Muito bem, vamos ver qual de vocês dois vai levar o posto -Dei batidinhas nos ombros de Blaise e do outro garoto que faltava


O garoto era Miles Bletchley, ele era alto, tinha ombros largos e uma cabeleira ruiva que me doía a vista, penso que ele seria mais produtivo jogando como batedor


Mas Blaise também não ficava pra trás, eu sabia que ele tinha talento, mas com toda essa multidão nas arquibancadas eu pude perceber que ele estava ficando muito nervoso


-Vocês três vão jogar as bolas nos aros e o Bletchley aqui vai defender -Dei um empurrãozinho nele -Joguem pra acertar entenderam?!? Não quero ninguém facilitando aqui!!


Todos os três artilheiros assentiram e pegaram as vassouras subindo no ar. Cada um deles lançaria duas vezes a bola, o objetivo do Bletchley é pegar o máximo que conseguir


-Comecem!!!!

Com o meu aviso o jogo começou. Vi o ruivo pegar um, dois, três, quatro e cinco bolas. Estava ficando inquieto, meus artilheiros eram ruins demais ou esse Miles é bom mesmo?!?

-Blaise está ficando nervoso... -Pulei de susto quando ouvi alguém falar atrás de mim

Me virei constatando que era Draco, ainda com as roupas do time, andando calmamente até mim com uma toalha nos ombros

-Ele está mesmo nervoso, mas o que eu posso fazer? Esse Miles é realmente bom -Fui obrigado a admitir

Logo o loiro se juntou a mim, apenas para ver Terence Higgs Marcar um gol após Bletchley voar com a vassoura para o lado errado, virando-se para as arquibancadas

A plateia vaiou a gafe do ruivo, que pousou no gramado distribiindo xingamentos para o vento

-O que foi aquilo?!? -Até o loiro havia achado estranho

-Eu não sei, mas parece suspeito -Falei-

Agora era a vez de Blaise. O moreno subiu em pleno ar e fechou os olhos respirando fundo antes de começar o jogo. Ele rebateu um, dois, três, e quatro com certa facilidade, Terence Jogou o quinto e ele quase não pegou, mas o sexto foi uma bela defesa, pegando a bola com a cabeça pendurado na vassoura. A plateia explodiu em aplausos e comemorações

Parecia que havia um ímã que não permitia que ele perdesse nenhuma bola...... Não pude deixar de olhar as arquibancadas e ver Pansy animada batendo palmas para o namorado, que agora era o novo goleiro do time

-Isso foi estranho -Eu e Draco falamos ao mesmo tempo, o que rendeu uma troca de olhares e uma série de Risadas

-Black!! -Me chamaram- O Terence Facilitou pro Zabini!!! -Miles chegava atrás de nós resmungando e pisando forte

-Facilitou?? Os lances dele foram os que ele quase perdeu -Falei rindo

-Qual é Cara...... Me dá mais uma chance, eu sei que posso pegar todos os lances

-Blechley, você já teve sua chance..... Blaise defendeu mais, ele é o novo goleiro -Dei um tapinha em seu ombro

O ruivo saiu de lá xingando e falando sozinho enquanto amaldiçoava Blaise e todas as suas futuras gerações

Acabei ignorando a cena patética e andei junto com Draco até o meio do campo juntando todo o time

-Parabéns aos novos jogadores, nos vemos amanhã para o treino -Cumprimentei cada um deles sob os aplausos da platéia -E lembrem-se, Não se atrasem!!!!

-SIM CAPITÃO!!! -E todos se dispersaram, saindo do campo até o vestiário para trocar seus uniformes

Mas algo ainda me deixava com uma pulga atrás da orelha

(...)

-Pansy!! -Gritei correndo até ela após sair do vestiário

-Harry!! Blaise e Draco ainda estão lá?? -Perguntou -Vamos esperar eles

-Sim...... Ei, você não achou engraçado aquela hora em que o Miles virou pro lado errado?..... Foi muito estranho, até pareceu que ele tinha sido confundido

As bochechas de Pansy adquiriram uma cor avermelhada enquanto ela dava algumas risadas nervosas

-Sim, haha, ele é um idiota -Ela não me olha nos olhos

-Pansy..... -Falei em tom de advertência

-Sim?? Harryzinho.... -Ela dá um sorriso forçado enquanto uma gota se suor escorria pela sua testa

-Você o enfeitiçou né

-Enfeitiçei..... -A garota abaixou a cabeça envergonhada, mas logo se assustou quando eu coloquei a mão em seus cabelos bagunçando-os

-Não tem problema, eu não fui com a cara do Bletchley de qualquer forma. Ele não sabe trabalhar em equipe e só quer aparecer.... Em resumo, pior tipo de goleiro possível

-Eu pensei a mesma coisa!! Ele é insuportável!!! -Pansy reclama aos risos

Continuamos conversando até Draco e Blaise chegarem

(...)

-Conte-me Miles, tem visto seu tio ultimamente? -Slughorn pergunta para o garoto sentado ao seu lado naquela enorme mesa redonda

-Sim, inclusive vou passar o natal com ele -O garoto responde sem olhá-lo nos olhos, pois os mesmos estavam grudados em Pansy

Eu tinha uma enorme taça cheia de sorvete de creme com calda de chocolate na minha frente, assim como Pansy e Draco. Nós três conversávamos entre nós mesmos tentando ignorar a bajulação de Slughorn com os alunos ali presentes

O jantar do clube do Slugue até que foi legal, mais do que eu foi na minha vida passada. Tirando os olhares carregados de ódio que Hermione lançava sobre nós três e Miles Bletchley que não parava de encarar Pansy, foi muito satisfatório

Nós já estávamos aproveitando a sobremesa quando a porta se abriu revelando uma garota ruiva, com um vestido preto brilhante e maquiagem em excesso no rosto

"Chegou pra estragar a festa" pensei revirando os olhos

-Oho!! Senhorita Weasley!! -O velho chamou -Venha, ainda chegou a tempo para a sobremesa

-Desculpe professor, eu não costumo me atrasar -Ela se senta

-Não precisa se desculpar Gina, com esse tanto de maquiagem é compreensível ter se atrasado -Pansy finge simpatia enquanto eu e Draco tivemos que virar o rosto para não cair na gargalhada ali mesmo

-Pansy, não fique irritada só por que eu estou mais bonita que você -A ruiva retruca cínica

-Eu discordo -A mesa inteira virou os olhares para o dono da voz, vendo Miles levar uma colher de sorvete à boca -Pra mim a Senhorita Parkinson é a mais bonita de todas -Ele lança um último olhar à mencionada

-O que foi?? Não sabe se defender sozinha Parkinson?? Por isso precisa da ajuda do namoradinho?!?! -Gina falou áspera

-Chega!!!! -Interrompi -Gina você está sendo rude e mal educada. O professor Slughorn me disse que esse era um encontro amigável, então guarde esses seus pensamentos ridículos pra você mesma -Cuspi as palavras e vi a Weasley perder a postura na hora

Não houveram mais insultos, mas agora um clima desagradável havia se instalado na mesa, sem que ninguém quisesse quebrar a tensão que havia se instalado

-Então..... Senhorita Granger?? O que seus pais fazem no mundo dos Trouxas?? -Ele perguntou à Grifinória com um sorriso sem graça tentando melhorar o ambiente

Eu, Pansy e Draco tivemos que conter o riso

-São dentistas Senhor.... -Respondeu constrangida -Cuidam dos dentes das pessoas -Ela completou notando que a maioria não sabia o que era aquilo

-Fascinante...... E isso é uma profissão perigosa?? -Slughorn arqueou uma sobrancelha

-Não..... Embora um menino tenha mordido meu pai uma vez -Ela ri sem graça

-Não parece muito interessante..... -Falei indiferente e ela me olhou indignada

-Pelo menos meus pais estão vivos!!!

Um silêncio avassalador tomou conta do lugar de imediato......

Meu sangue ferveu.... Eu não conseguia conter a raiva em minha expressão olhando para seu rosto cheio de deboche

Apertei a mão de Draco por baixo da mesa enquanto o loiro olhava para a garota como se fosse um pedaço de lixo...... Não que estivesse muito longe disso

A mesa caiu em um silêncio mortal, nem o professor se atreveu a falar nada, apenas olhava tudo com a boca aberta e sem reação

-Não faça nada, isso só vai te fazer ser punido -Ouvi Draco sussurrar olhando para meu bolso, só então eu havia notado que estava prestes a pegar minha varinha para azará-la

Respirei fundo e contive minhas emoções, colocando uma perfeita máscara de indiferença. Minha atitude fez o rosto de Hermione se contorcer e logo adquirir um aspecto amedrontado

-Esqueceu a educação em casa Granger? Ou melhor, seus pais trouxas não devem ter te dado né? -Draco interveio

-Crianças vamos nos acalmar -Slughorn criou coragem para falar

-Não fizemos nada de errado professor, o problema é que essa Sangue-Ruim não sabe ficar quieta quando o assunto não lhe convém -Draco praticamente cuspiu as palavras

Passei meus olhos por todos Na mesa, a maioria eram sonserinos e nenhum deles parecia estar do lado da garota

-Ele está certo professor..... Eu vim aqui..... Querendo me divertir com o senhor -Falei fungando, fingindo que estava prestes a chorar -Achei que iria ser um encontro legal, mas...... Me desculpe, eu preciso ir embora -Passei minhas mãos pelo rosto me levantando da cadeira

-Não Harry, espere!! -O professor tentou me impedir, mas eu saí da sala rapidamente cobrindo o rosto como se de fato estivesse chorando

Não pude deixar de sorrir diabolicamente ao fechar a porta atrás de mim

-Garota idiota...... Precisa aprender a segurar sua língua

Pude dar apenas alguns passos no corredor quando senti uma mão no meu ombro, me dando um baita susto

-Harry! -Era Draco, ele parecia ter corrido atrás de mim

-Não se preocupe, eu só estava fingindo -Me adiantei, sabendo que ele devia estar preocupado

-Ah... Que bom -Fui puxado para um abraço -Que susto você me deu

-Eu estou bem..... -Sorri fraco -E a Pansy?? Ela ainda está lá??

-Quando você saiu todos da mesa fecharam a cara na hora, Pansy foi a primeira a apontar o dedo pra Sangue-Ruim..... Depois disso os outros começaram a acusá-la também. Merlin você tinha que ter visto a cara dela!! -Ele conta rindo -Aproveitei a confusão pra vir atrás de você....

-Droga! Perdi a melhor parte -Lamentei-

-Na verdade..... A melhor parte vem já já -Draco segurou meu rosto com as duas mãos e me beijou

-O que você está planejando?? -Levantei uma sobrancelha

-O que você acha....? -Mais um beijo -Desde quando você deixa as coisas passarem em branco assim Harry?? -Ele sorri de lado e eu imediatamente entendi o que ele queria dizer

-Você está pensando em.....

-Pode deixar que eu cuido disso Mon Amour....

(...)

Draco On

Me encostei na parede do corredor ao lado da porta da sala em que estávamos, de modo que eu ainda conseguia escutar a agitação lá dentro

Não demorou muito até todos saírem da sala batendo os pés e bufando de raiva pelo encontro mal sucedido de agora a pouco

Cada um foi para um lado, rumo aos próprios dormitórios..... Mas a Sangue-Ruim ainda estava lá dentro, provavelmente o professor slughorn deve estar lhe dando uma bronca daquelas, ele odeia esse tipo de coisa

-Arg!!! Por que todo mundo sempre fica do lado dele?!?! -Ouvi a voz irritante da garota logo após a porta bater

-Já parou pra pensar que pode ser por que você é a errada da história?!? -Puxei seu braço até a primeira sala que achei antes que ela pudesse ter alguma reação

Fechei a porta e apliquei um feitiço anti-som para que ninguém nos interrompesse

-O que quer Malfoy?!? -Ela tenta parecer firme, mas não conseguia esconder o medo

-Sério que não sabe?? Merlin, achei que você era inteligente...... Mas parece ser bem burrinha viu -Provoquei-

-Cala a boca seu pedaço de merda!! -Ela gritou em plenos pulmões, tudo o que eu consegui fazer foi abrir um largo sorriso

-Você é bem boca suja não é Granger?? -Me aproximei -Você devia segurar essa língua..... Ou eu vou acabar cortando ela fora

-AAAAAHHHH -Ela gritou quando eu agarrei seu pescoço, prendendo-na contra a parede

-O que foi Sangue-Ruim?!? Cadê a coragem Grifinória que vocês idiotas tanto se orgulham?!? -Provoquei mais uma vez soltando seu pescoço e dando apenas um passo para trás

A primeira reação dela foi levar a mão até o bolso e sacar a varinha apontando-a para mim

-Estupe-

-Expeliarmus!! -Lancei o feitiço antes que sequer um ponto de luz aparecesse na ponta de sua varinha fazendo o objeto voar longe

~Paff~

O som da minha mão no seu rosto ecoou pela sala fazendo a garota cair no chão, logo levando a mão ao local do tapa

-S-Seu..... Seu covarde!!! -Ela grita ainda no chão

-Por que?? Por que eu bati em uma mulher?? -Dei uma breve risada -Me poupe Granger..... Isso é coisa de Trouxa!!

-V-V-Você não pode fazer nada comigo!!! S-Se não eu.....

-Se não o que?? -Desafiei erguendo o queixo -Vai contar pro velhote?!?

-I-Isso!! Isso mesmo -Um brilho de confiança surgiu em seus olhos

-E onde ele está Granger?? -Falei cínico olhando para os lados -Acho que ele não está aqui pra te proteger agora né...?

-CRUCIO!!

Seus gritos se espalharam pela sala mais uma vez, só que agora mais altos, mais agudos..... E mais agonizantes do que antes....

Eu via a garota se contorcer de dor no chão enquanto grossas lagrimas escorriam pelo seu rosto, adornando a expressão de pura dor estampada em seu rosto

Me sentei em uma poltrona da sala e via a Grifinória rolar no chão agonizando pela dor enquanto gritava em desespero. Sua voz quase não saia mais, estava rouca, e seu fôlego era quase inexistente

Após longos 20 minutos de tortura eu me aproximei do corpo estirado no chão, já sem forças, dela e me abaixei vendo seus olhos abrirem e fecharem cansados, acompanhados de sua respiração ofegante

-Por... favor para..... Eu te.... imploro..... Me.... Deixa ir..... -Sua voz saiu em um sussurro, pausada pelo fôlego que a garota tentava recuperar

-Te deixar ir....? Haha...... Não Granger...... Vou fazer você implorar pra que eu te mate......




Notas Finais


Sim, a foto da capa é por causa dessa última cena

😈 Draco dlç


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...