1. Spirit Fanfics >
  2. Ah, como eu te odeio!(Meu ódio por você) >
  3. Warm like love...

História Ah, como eu te odeio!(Meu ódio por você) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


HOWDY NEKOS!!!

Tradução do Cap- "Morno como o amor..."

BOA LEITURA!!!💙💙💙🌹🌹🌹

Capítulo 8 - Warm like love...


Fanfic / Fanfiction Ah, como eu te odeio!(Meu ódio por você) - Capítulo 8 - Warm like love...

                        Anteriormente...


Acabou...Agora tudo acabou!



                    Agora...


"Você...Você mesmo! Você sabe exatamente oque fez! Sim, baka! Você me deixa fodidamente irritado! Com esse seu jeito perfeito, e esse sorriso, esses olhos...Arg! Que ódio!! Você tinha que demorar tanto pra me beijar?!"

                                   Light Yagami~ 01:44


               

                × Cookie on ×


Bom...Todos saíram para poder ajudar o Light...Eu sinto que algo está errado! Muito errado! Eles saíram em dessespero, armados e seu irmão chorava como nunca.

Como não tinha ninguém pra cuidar da casa, eu fiquei encarregado.

Faz um tempinho que não fico em minha forma animal, eu estou virando muito humano recentemente.

Eu costumo ficar no quarto secreto que eu criei. Ele fica perto do sótão, que pra minha sorte é um lugar que Lawli-Kun não vai muito! Amém!

Então, quando fico muito no meu quarto, Lawlliet não suspeita pois eu passeio muito então.

E eu compro minhas coisas com o dinheiro dele, ele nota mas pensa que foi Mello e fica quieto, mas dinheiro é algo que não lhe falta!

Voltando...

Lá estava eu, em plena noite com um taco de Baseball na mão sentado olhando atentamente a casa.

Minhas mãos estavam doloridas pois eu treino boxer, então tinha algumas faixas ao redor da Palma de minha mão.

Logo, eu ouvi um barulho e um vulto rápido passou por trás de mim.

Arregalei os olhos e apertei o taco me levantando.

Cookie- Cadê você...? Apareça! Eu não mordo!- Eu sorri malicioso.

O vulto se aproximou e com meus reflexos eu bati o taco no seu estômago oque fez a pessoa gemer de dor.

Ela caiu com tudo no chão, liguei a luz e subi emcima da mesma.

Tirei seu capuz e lhe encarei.


...- C...C-Cookie?!- Eu puxei a gola do seu casaco preto.

Cookie- Como sabe meu nome?!

...- Co-Cookie sou eu!!

Cookie- Fale seu nome!!- Falei bravo quase apertando seu pescoço.



...- S-S...Shadow!- Eu arregalei os olhos.

Cookie- Mentiro-- Eu olhei pros seus olhos vendo aquele roxo tentador com estrelas me encararam marejados- Shadow!- Lhe soltei e ele recuperou o ar no chão.

Ele estava diferente...

A sua pele esbranquiçou mais, ele cresceu acho que...5 centímetros.

Suas bochechas eram rosadas e na maçã do seu rosto direito tinha uma estrela preta desenhada.

Outra coisa. Seus cabelos negros cresceram muito, estavam amarrados num rabo de cavalo bagunçado e as suas pontas estavam azul Marinho.

Cookie- Merda! M-Me desculpa! Eu levo a segurança muito a sério!!- Lhe ajudei a levantar.

Shadow- Notei!

Cookie- Desculpa. Acontece quando você é treinado por um policial!- Limpei seu rosto melado e ele corou- Você voltou...- Eu sorri.

Shadow- Cookie...Me perdoa!-Se ajoelhou- Eu não devia ter te abandonado!- Ele solucou em meio ao choro onde suas lágrimas pingavam na cerâmica branca do chão- Eu sou sou um babaca que não notou que eu te amo muito!!

Cookie- Por Merlin! Shadow, por favor levante!- Ele levantou de cabeça baixa- Olha pra mim.- Ele obedeceu- Você teve seus motivos...Você teve medo...Shadow está tudo bem...- Limpei seu rosto- Eu estou é aliviado de que você está bem! Muito!- Ele sorriu- Eu te amo Shadow...- Ele ficou todo vermelhinho e ficou na Ponta dos pés me dando um selinho- Agora, não chore, ok?- Ele concordou e eu lhe abracei- Que tal um banho? Hun?

Shadow- Seria ótimo!-Sorriu.

Cookie- Vem.- Guiei ele até a banheira- Água quente?

Shadow- Gelada.- Eu liguei a água gelada e coloquei bombas de uva na banheira que ganhou sua espuma.

Cookie- Prontinho. Eu vou pegar uma toalha e roupa e aproveito pra procurar algo pra você comer.

Shadow- Você sabe cozinhar?

Cookie- Um pouquinho. Mas minha comida é Boa, relaxa! Pode ficar avontade.- Saí do cômodo e fui procurar algo pra ele comer.

Eu fiz apenas uma macarronada simples e um suco de uva.

Cookie- Shadow! Sua comida está pronta!- Ele desceu as escadas com os cabelos molhados e soltos, muito cheiroso e só com a camisa do meu pijama.

Shadow- A calsa ficou muito folgada e eu vi que você não tem outras menores, então fiquei só a camisa mesmo.

Cookie- Ok! ^^- sexy, sexy, sexy, sexy, sexy sexy, sexy, sexy, sexy, sexy, sexy, sexy, sexy, sexy sexy, sexy, sexy, sexy!!!- Aqui sua comida, espero que esteja boa!- Ele sentou na banqueta e logo deu uma longa garfada comendo- E então...?

Shadow- Está uma delícia!- Sorriu e deu um gole no suco. Sua língua passou nos cantos de sua boca limpando o molho e o líquido.

Isso me deixou...Fodidamente excitado! Porra Shadow! Você tinha que ser tão sexy?!

Agora eu sei como Lawli-Kun se sente!

Tudo bem que o Light é outro pedaço de mau caminho, se me entenderam.

Digo...Ah, qual é! Alguém já viu o tamanho daquela bunda?! Não tem como não olhar!!

Shadow- Cookie!- Eu saí de meus pensamentos e lhe olhei- Você tá bem?

Cookie- Ah, tô sim! Só um pouco pensativo.

Shadow- Ah. Você quer também?- Ergueu o garfo com macarrão.

Cookie- Ah, não obrigado, eu fiz pra você e comi recentemente.-Sorri.

Shadow- Nem o suco?

Cookie- Não, não. Estou bem.- Sorri.

Shadow- Ook.- Comeu.

Ao terminar, eu peguei seu prato e fui lavar pra ele.

Shadow estava girando na banqueta pensativo até que ele deu o bocejo mais fofinho do mundo e coçou os olhos cansado.

Meu-Deus-Do-Céu! Uma Loli na vida real!!

Cookie- Se quiser dormir, pode ir pra minha cama e descansar um pouco.

Shadow- Não precisa, é a sua cama e--

Cookie- Shadow, vai logo, eu sei que você quer. Pode ir, eu vou ficar por aqui em baixo e vou tomar um banho também- Falei sacando seu prato.

Shadow- Ok.- Ele puxou meu rosto e ficou na ponta dos pés pra me dar um beijinho na bochecha. Eu retribui o beijo em sua cabeça.

Ele subiu as escadas e eu pude ver aquela bundinha empinada aparecer por d'baixo da camiseta.

Quando terminei de limpar a pia, eu fui direto pro banheiro. Me despi e entrei no chuveiro gelado arfando, eu estou bem cansado!

Me sequei e deixei o cabelo molhado mesmo.

Coloquei apenas uma calsa jeans com a toalha rodeando o pescoço e fui ver Shadow.

Cookie- Shadow?- Falei colocando minha cabeça no cômodo.

Lá estava ele dormindo todo desajeitado com a mão próximo ao rosto.

Ele estava todo coradinho e ele arfava lentamente.

Ele está com calor ao algo do tipo?

Fui até ele e vi que ele tremia de frio mas suava, e não era suor frio.

Cookie- Mas oque-- Eu arregalei os olhos.


F-Feromônios! 

Merda!!

Eu corei e coloquei a mão na boca ficando duro como pedra.


Shadow está no cio...


Mas que porra!!!

Eu rosnei e mordi meus próprios lábios me controlando ao máximo para não atacá-lo.

Lhe cobri e saí correndo do quarto.

Era cheiro de chocolate...Jesus, logo agora?!

Eu lavei meu rosto com água gelada e me joguei no sofá cansado com o braço sobre os olhos.

Suspirei e fui apagando aos poucos.


                _Shadow on_


Eu fui acordando com um leve encomodo e meu calor corporal estava muito alto.

Maldito seja meu cio! Ele nunca mais veio!

Eu suspirei e me levantei da cama me espreguiçando.

Desci as escadas a procura de Cookie mas eu não conseguia achar o mesmo.

Shadow- Cookie?- Chamei por ele.

Logo, eu ouvi alguém roncar meio baixo. Eu fui me aproximando do sofá e vi Cookie lá dormindo.

Sorri e passei a mão por seu rosto.

Ele lentamente foi acordando, mas assim que me viu, arregalou os olhos e se afastou rápido.

Shadow- Cookie?!

Cookie- F-Fica longe! P-Pro seu bem!

Shadow- C-Cookie, como assim?!- Eu me aproximei dele tocando seu rosto- Co-- Num movimento brusco, ele pegou meus pulsos e colocou-os sobre minha cabeça.

Sua língua quente penetrou minha boca com força explorando cada cantinho saboreando.

Eu retribuiu seu beijo fazendo a saliva escorrer pelo canto. Mordi seu lábio e ele chupou e mordiscou minha língua.

Nossas línguas estavam em guerras, em busca de mais contato fazendo aquele dança ficar cada vez mais excitante e cheia de luxúria.

Suas mãos agarraram minha cintura colocando nossos corpos trazendo uma recarga elétrica de calor à mim.

Ele esfregou nossos troncos e apertou minha cintura fazendo-me rebolar lentamente contra si.

Ele pegou minha perna esquerda e colocou em sua mão acariciandominha coxa e dando facilidade para esfregarmos mais nossos corpos e principalmente, nossas ereções.

Eu gemi arrastado em meio o beijo e ele apenas apronfudou mais sua língua em mim.

Eu esfreguei meu corpo ao seu me deliciando com aquela sensação.

Cookie pegou minhas pernas e colocou-as em seu quadril com minhas costas na parede.

Eu apertei seus fios de cabelo castanhos e beijei seus lábios ferozmente retirando a sua camisa ao poucos, cujo a mesma logo estava no chão.

Passei minhas mãos por seus ombros e beijei seus lábios lentamente.

Cookie desceu a sua língua por meus pescoço e chupou o mesmo deixando enormes chupões.

Eu mordi sua orelha e chupei seu lóbulo enquanto ele sugava minha clavícula deixando outro chupão.

Eu gemi arfado e ele logo apertou minhas coxas com vontade.

Eu implorava por mais, pois isso, levei minha mão a sua calsa e coloquei seu membro pra fora deixando meu Daddy "Livre".

Ele gemeu e eu comecei a massagear seu membro coberto pelo pré-gozo lhe encarando gemendo também.

Ele me largou e se afastou.

Cookie- N-Não! Shadow! A gente não pode! Você está no cio, está sensível e pode engravidar facilme-- Eu derrubei ele no chão e fiquei emcima do seu membro me apoiando em seus joelhos- S-Shadow! A-Ah~

Eu comecei a esfregar minha bunda em seu membro todo molhado e as vezes colocando só a cabeça dentro provocando-o.

Cookie- A-Ah~ Hum~ Puta merda...Ah~ S-Shadow~

Eu tirei minha roupa íntima e joguei longe e comecei a rebolar mais sobre seu colo.

Logo, eu não aguentei e fiquei de quatro pra ele corado e suado. Meu cio me fazia esquecer do meu juízo e minha sanidade estava batendo no inferno.

Shadow- P-P-Please Daddy, f-fuck me!~ (Por favor papai, me foda.)

Cookie corou.

Cookie- Espere aqui, eu já volto.- Se levantou e subiu as escadas rápido.

Porra Shadow, você deve ter prensado-o muito.

Droga...Meu cio me deixa muito sensível! Mer--

Shadow- Ah!~Gemi após sentir uma forte ardência mas muito boa bater próximo ao meu pescoço.

Eu caí no chão e olhei pra frente vendo Cookie sorrir malicioso com algemas, uma mordaça e um chicote nas mãos.

Cookie- Pro sofá, agora!- Chicoteou minhas pernas.

Eu deitei no sofá e ele tirou aquela camiseta em um segundo deixando-me totalmente nu.

Eu corei após minha pele branca como papel e meu corpo magro como um palito estar amostra para Cookie.

Ele algemou minhas pernas deixando-as abertas e depois algemou minhas mãos com força.

Ele tampou minha visão com uma venda cor vinho e logo, chicoteou meus mamilos que estavam duros de excitação.

Shadow- A-Ahhh!!~Gemi.

Cookie logo, tampou a minha boca com aquela mordaça e beijou todo o meu tórax mordendo e chupando minha pele com força a ponta de sangrar, sim, alguns sangraram, mas eu estava adorando aquilo e eu implorava por mais representando meus desejos por meio de gemidos abafados por causa da mordaça.

Cookie- Que masoquista você é Baby~ Chicoteou minha virilha me fazendo berrar.

Ele largou aquele chicote e logo, seu rosto parou no meio de minhas pernas.

Diferente do que eu achei que ele faria, eu só senti sua língua circular e lubirificar Minha entrada lentamente.

Shadow- Hunf! Hummm~ haaa!!~ Gemi abafado.

Cookie sorriu sacana e começou a penetrar sua língua ali me fazendo berrar e remexer minhas pernas.

Após ele terminar a lubrificação, ele foi até mim e tirou a mordaça toda cheia de saliva e eu arfei com o suor descendo de minhas curvas.

Assim que eu recuperei meu ar, eu abri minha boca lentamente e acho que Cookie entendeu o recado pois ouvi ele abrindo seu zíper.

Logo, seu membro invadiu minha boca quente. Eu chupei e as vezes mordia seu membro. Lambi a sua glande e logo voltei com a sucção.

Cookie, com o membro pulsando e as veias saltando, puxou meus cabelos  fazendo com que se membro tocasse minha garganta e lá, ele socou seu membro e eu chupei mais rápido sentindo Cookie apertar minhas nádegas com força, bater e introduzir 3 dedos sem dó em mim.

Shadow- Hummm~ Gemi com dificuldade por causa do seu membro.

Cookie- A-A-Ah! S-Shadow! Ahhh!!!~Ele gozou na minha boca quase me engasgando e eu também me desfiz melando meu peitoral.

Ele tirou seu membro da minha boca onde o sêmen escorria mas mesmo assim, eu engoli tudo e arfei.

Cookie- Bom trabalho baby, merece um prêmio~ Ele abriu um pacote de camisinha pelo som e eu senti ele entrar no meio de minhas pernas- Eu só quero ouvir seus gemidos~

Colocou minhas pernas em seu ombro e sem dó, colocou todo o seu membro em mim me fazendo berrar.

Ele começou as estocadas doloridas mas muito boas ao mesmo tempo. Fundas, rápidas e fortes levando-me a loucura fazendo saliva escorrer pelos meus lábios.

Shadow- Owh! Ah, ah, ahh ah~ C-Cookie! Ah!~ Humm!!~ Oh~ O-Ohw!~

Até que ele acertou aquele pontinho mágico que me trouxe uma onda e prazer me arrepiando até a nuca e gemer alto.

Shadow- Ahhhwww!!!~ Gemi manhoso.

Logo, meu ventre formigou e minha entrada começou a espremer.

Eu gemi repetidamente e agarrei o pescoço do Cookie que gemia alto.

Eu mordi seu ombro fazendo o sangue escorrer e arranhei suas costas, nisso, nós dois gememos em coro e chegamos no nosso clímax.

Eu me joguei emcima dele arfado tentando recuperar meu ar.

Cookie tirou a venda toda molhada de suor e eu lhe encarei sobre seu corpo nu e suado.

Shadow- Eu te amo...- Ele puxou meu queixo selando nossos lábios com calma.

Cookie- Eu também te amo.-Sorriu.

Nós ficamos jogados no sofá por um curto tempo, mas nós nos levantamos, limpamos tudo e escondemos as evidências de que alguém esteve em casa.

Logo, fomos pra banheira e lá ficamos deitados molhando-nos, conversando, rindo um pouco e trocando carícias.

As vezes rolava uma mão boba e alguns selares e lábios.

Eu estava no meio das pernas de Cookie com a cabeça em seu ombro relaxando.


Shadow- Cookie...?

Cookie- Sim?- Olhou pra mim.

Shadow- Você se lembra de...Nós antes?

Cookie- Como assim?

Shadow- Nossa vida passada Cookie...Seu verdadeiro nome...Sua história?- Ele coçou a cabeça.

Cookie- Ah, não...Eu tento lembrar mas eu só consigo me lembrar de uma Árvore...

Shadow- Uma cerejeira?

Cookie- Exato. Como sabe?

Shadow- Eu lembro de quem nós éramos Cookie...

Cookie- Sério? Como nós éramos? Eu era bonito?- Eu ri fraco.

Shadow- Você tinha a mesma aparência Cookie.

Cookie- Ata, então eu era lindo!- Eu ri- Mas então...Como era?

Shadow- Não se assuste, mas...Era no ano de 1867!- Ele arregalou os olhos.

Cookie- Oi?!

Shadow- 14 e Setembro de 1867, início da crítica da economia política. O Rei ele estava nos caçando por nós conseguíamos falar com os animais. Então, como meio de ódio...Ele matou nossas famílias e a sua...Ele queimou vivo...-Cookie se calou passando passando mão em meus ombros- Você tinha 6 irmãs e e tinha um irmãozinho...

Cookie- E então...?- Eu respirei fundo abraçando meus joelhos.

Shadow- Nós cansamos de fugir e de sermos caçados como animais...Então naquela árvore, aquela cerejeira...Nós nos beijamos e nos matamos...- Ele arregalou os olhos- Nós morremos de mãos dadas e sorrindo e então...Reencarnamos com uma Almas animais...Você é um Lobo vermelho e eu...Uma Pantera.

Cookie- Wow...Mas por que--

Shadow- Os humanos nos vêm como animais domésticos, gatos & Cachorros. Mas se um dia você se olhar no espelho ou no reflexo de Rio, você verá que é um Lobo, um muito bonito, aliás.- Ele soltou um risinho.

Cookie- Você se lembra dos nossos nomes?

Shadow- O meu era Sidney e o seu era...-Pensei- Elijah. E-L-I-J-A-H.

Cookie- Esqueça isso, apenas aproveite o presente. O passado está no passado-Shadow sorriu.

Nós terminaram o banho e ficamos nas escadas trocando carícias e conversando.

Mas do nada, nós escutamos um barulho vindo da garagem.

Shadow- O-Oque foi isso?!




ČØŇŤÏŇŮĂ....


                ~Explicação~


Gente, eu tenho certeza que o cap está curto. Mas me entendam...

EU TÔ FAZENDO ESSA MERDA A TRÊS DIAS!!!

Por que?!

Porque o spirit travava e meu capítulo voltava todo pro início.

Sério...

Agora mesmo, o capítulo estava ótimo, eu ia postar, mas travou e...Voltou pra metade.

Sim, eu estou chorando por causa disso porque eu me esforço e parece parece meu esforço é jogado no lixo...

Eu tento escrever muito, fazer lindas capas, colocar músicas, deixar tudo bonitinho.

Mas...O spirit trava do nada!

Eu só espero que me entendam...

E se eu sumir, honestamente, eu estou me cansando...

Eu estou duvidando de mim mesma e o app não ajuda.

Mas prometo tentar me manter forte...

É isso...

Tchau....











Notas Finais


Tchau gente...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...