1. Spirit Fanfics >
  2. Ainda aqui -Bakudeku >
  3. Apenas eu e você

História Ainda aqui -Bakudeku - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Primeiramente
Desculpa se e o capítulo está ruim
Me empolguei um pouco
Desculpa mesmo

Capítulo 4 - Apenas eu e você



8:00 Hospital U.A

Se encontrava naquele instante folheando diversos documentos,e até mesmo exames afim de checar se tudo estava em seus devidos lugares


Suspirou pesadamente,andava preocupado fazia horas,sua cabeça estava a mil devido aos últimos acontecimentos,sem sombras de dúvidas ser médico decididamente não era fácil


Exatamente as 3:00 da manhã Izuku começou a passar por maus bocados,não conseguia respirar e tremia mais do que tudo,os médicos que estavam naquele momento presente rapidamente procuraram acalmar o paciente e ligar imediatamente para a casa de Katsuki,que quando soube veio correndo para acudir seu paciente


Então,depois de tanto caos ele continuou ali,Izuku neste momento se encontrava dormindo profundamente com a serenidade presente em seu rosto,era estranho pensar que por mais que tivesse acontecido isso ele não entrara em pânico,o que sem dúvidas fora algo se sensato a se fazer na situação que ele estava


Izuku...era alguém deveras interessante,era encantador pensar que alguém podia ter um sorriso tão cativante e um olhar tão alegre,não podia mentir,ele parecia um anjo aos seus olhos,uma personalidade única,um jeito único,uma forma de amar o próximo única

Balançou a cabeça em forma de negação,não ,estava pensando demais,não podia...não podia pensar nesse tipo,era um profissional da medicina tinha que agir como tal

Mas o sorriso...a gentileza...tudo era muito lindo,perfeito...mágico

Não! Uma voz falou em sua mente

"Não pode amar alguém que mal conhece"

Se bem que já fazia quase 1 mês que tinham se conhecido

"Ainda sim é pouco tempo,tenha o bom senso!"

Era verdade,qual era seu problema? Ele era seu paciente,além de que nesse exato, momento ele se localiza em uma cama dormindo profundamente depois de uma madrugada conturbada .


Seus pensamentos foram interrompido pelo próprio Midoriya que resmungava baixinho e logo se levantou piscando lentamente para se acostumar com a claridade


-Hum? Kacchan?-Ele chamou-Por quanto tempo eu dormir?

-Só por duas horas Deku-Sinceramente durma mais um pouco-Sorriu

-Humm melhor não-Estou com uma dor nas costas horrível-riu-Minha nossa, minha posição estava péssima !

O loiro não resistiu e acabou rindo baixo vendo a cara de frustrado que o esverdeado,às vezes ele podia ser bem aleatório quando queria

-Ei! É feio ficar rindo das desgraças dos outros,sou um paciente-Fez bico

-Sinto muito-falou em meio ao riso-Mas a sua cara estava épica

-Vou reclamar pro hospital viu?-Absurdo isso aqui-Brincou

-Enfim,está se sentindo melhor? Já chequei sua pressão e parece que teve uma melhora

-Eu não sinto nada-Disse-Parei de tremer e minha respiração está menos descontrolada

-Mesmo assim eu ainda me preocupo,vamos fazer mais alguns exames e depois tomar seu remédio

-De novo não...-Gemeu de decepção

-De novo sim Deku
.
.
.
Ele não entendia o que tinha acontecido,tinha acordado no meio da noite suando frio e percebeu logo de cara de tremia muito,sua respiração estava presa dentro de si e por mais que tentasse as palavras não saiam de jeito nenhum

Mesmo assim os médicos tinha visto e logo a agitação se fez presente no local contudo, o som fora abafado e quando percebeu apagou de uma só vez
.
.
.

Naquele momento ele estava novamente na sala de música,após ter feito os exames e até mesmo consumir o remédio,o mais alto o liberou para manter sua rotina em dia,o que fora um alívio para si já que estava cansando de ficar olhando para o teto e as paredes da pequena sala que ocupava


Continuou a tocar suavemente o piano a sua frente,poderia confessar que amava cantar junto e se sentia totalmente livre fazendo tal ato,tocar trazia emoções incríveis e ele sabia que podia colocar todos seus sentimentos ali

"Put your head on my shoulder"



"Whisper in my ear, baby"



"Words I want to hear, baby"



"Put your head on my shoulder"


Finalizou com um longo toque dando um efeito teatral,logo podia-se ouvir o som de Palmas ecoando pelo local,Katsuki lançara um sorriso para si,o que por algum motivo desconhecido deixou o menor um pouco desconectado e bobo,mas logo se recompôs e fez um joinha para o loiro sorrindo

-Incrível! Parecia que eu estava no próprio show do Paul anka!

-Pare com isso estou me sentido bajulado-Riu

-Hora mas é verdade! Deku você tem um talento incrível-Ele olhou para o piano-queria aprender a tocar,já tentei e não conseguir-Suspirou mas logo soltou um sorriso nos lábios

-Humm tive uma idéia,vem-Ele apontou para o espaço que restava no banquinho-Senta aqui,vou te ensinar


-Mas....eu sou médico

-Hora vamos Kacchan!-Pare com isso,vem senta

-Você sempre consegue me convencer que droga-Ele falou enquanto andava em direção a si logo se acomodando ao seu lado

-Vamos lá-Vou te mostrar primeiro e logo você tenta ok?-Ele fez que sim com a cabeça-Então....

Começou a tocar lentamente,duas a três notas foram tocadas de forma calma e suave,deixando o local confortável,logo em seguida a 6 tecla se fez presente seguido por um leve estrondo

-Tente agora-Ele se virou em sua direção-Tudo bem se errar

E assim ele observou o loiro ir com receios para a tecla e pressiona-lá de forma insegura e desajeitada lançando um olhar de dúvida para as esmeraldas a sua frente

-Você é bem inseguro quando se trata de certos assuntos-gargalhou-É assim

E surpreendentemente ele segurou ambas as mãos do mais velho e começou a guia-ló para as devidas notas,ato que fez Bakugou ficar um pouco desnorteado e um pouco constrangido,mesmo assim deixou que ele continuasse e começou a prestar atenção com calma para onde ele tocava


Não demorou muito para o mais alto pegar o jeito e logo tocar,mesmo sendo simples notas,certos trechos de músicas e cantarolar divertidamente com Izuku partes e mais partes de músicas,era divertido,pensou, ter alguém com quem se divertir ao mesmo tempo que aprendia algo,parecia que só existiam eles dois no meio de tudo,foi como se todos ao redor tivessem sumido,era ele e Midoriya apenas, e enfim percebeu que aquele momento era somente deles e que não poderia ter uma interrupção,sem sombras de dúvidas ambos os dois estavam confortáveis um com o outro e para eles,só isso bastava


E naquela instante sem nem mesmo saber como pararam em tal música,se encontravam,cada um cantando seu refrão,Make you mine,uma música que fugia um pouco dos toques do piano,mas nenhum dos dois ligavam tanto para esse fato

"Well, I will call you darlin' and everything will be okay"

'Cause I know that I am yours and you are mine

Doesn't matter anyway


In the night, we'll take a walk, it's nothing funny


Just to talk-Cantaram juntos




"Put your hand in mine"



Izuku sorria alegremente enquanto tocava olhando para Katsuki



You know that I want to be with you all the time


Bakugou retribuia o olhar do garoto com divertimento e algo a mais


You know that I won't stop until I make you mine


You know that I won't stop until I make you mine



"Until I make you mine"


Nesse momento ambos os dois pararam e se encararam de forma intensa logo soltando uma risada nasal e alta


-Oh meu Deus isso foi tão ridículo Kacchan!


-Pode-se dizer que sim,mas pelo menos foi divertido vai

-Ah nisso não posso negar,mas e ai?

-E ai o quê?


-Morreu ? Você próprio tava dizendo que era médico e agora tá aqui sentando do meu lado,rindo


-Engraçadinho você é em?-Ele Zombou

-Ui grosso - Não gosto mais de você por isso -Mostrou a língua para o mesmo

-Ohhh estou magoado! Você partiu meu coração Izuku- Ele pôs as mãos no peito e fez uma cara fingida olhando para Izuku


Riram abertamente enquanto lá fora aos poucos o sol ia se pondo, deixando mais uma vez a noite habitar o local, sendo clareanda pela lua junto as estrelas e com um vento leve e calmo que balançava as pequenas folhas que descansavam no chão
.
.
.

"Pequenos gestos fazem parte para o desenvolvimento e conexão de almas,assim como a folha que é levada pela corrente de vento,o amor pode ser levado de forma suave e lenta assim nascendo tal conexão de forma natural "





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...