História Ainda bem que a gente terminou - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias DAY6
Personagens Jae, Young K
Tags Jaehyung, Jaehyungparkian, Jaek, Younghyun
Visualizações 187
Palavras 300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi

Boa leitura!

Capítulo 4 - IV. Eu não aguentava mais... Bem, você sabe


Fanfic / Fanfiction Ainda bem que a gente terminou - Capítulo 4 - IV. Eu não aguentava mais... Bem, você sabe

Sabe, Jaehyung, não nego o quanto você foi gentil comigo naqueles momentos. Nossa primeira vez aconteceu da melhor maneira e eu me apaixonei ainda mais. Seu toque, carinho, atenção...

E sua péssima mania de capotar logo depois de chegar ao limite.

Lembro muito da primeira vez em que isso aconteceu. Lá estava eu, completamente bobo e me sentindo feito gelatina, pronto para olhar em direção ao meu namorado e dar um beijinho nele, mas...

Ele - ou melhor, você - tinha dormido.

Na moral, não tinha se passado nem um mísero minuto. Evitando me irritar ou simplesmente lhe dar um tapa, me convenci de que o dia havia sido cansativo e era compressível seu estado.

Até isso se repetir na segunda vez e eu sentir vontade de te empurrar da janela. Você não me dava tempo de falar nada, Jaehyung! Às vezes eu só queria te abraçar, mas você se jogava pro lado e hibernava, assemelhava-se a uma pedra.

Um dia imaginei que isso acontecia por causa do silêncio, então inventei um assunto na esperança de te ter acordado ao meu lado, mas... Pois é.

E sabe o mais engraçado? É que não raramente você acordava excitado e agia como se não tivesse simplesmente desmaiado na noite passada e me deixado falando sozinho.

Não tinha jeito. Era terrível! A sensação que eu tinha era de ter marcado sexo por telefone com horário para começar e terminar e nada mais.

E não era só à noite.

Lembra de quando você dormiu na minha casa pela primeira vez? Cara, eu jurava que ia ser diferente. Você estava elétrico, cheio de energia e, quando me jogou contra a parede, meu amigo, jurei que naquela noite ninguém dormia.

Ledo engano.

Duas vezes seguidas e você só não cochilou durante o intervalo entre elas porque ele realmente foi muito curto.

Sinceramente, Jaehyung... Ainda bem que a gente terminou.


Notas Finais


#vacilo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...