História Ainda existe amor?! - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Bra, Bulma, Trunks, Vegeta
Tags Bulma, Dragon Ball, Vegeta
Visualizações 89
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!
Boa leitura!

Capítulo 5 - Seguindo o Vegeta e descobrindo coisas nada agradáveis!


Anteriormente:

Yamcha foi até a C.C para se desculpar e pedir uma segunda chance a Bulma.Ela não aceitou e Yamcha ficou insatisfeito com a resposta.Ele a beijou a força,mas Vegeta chegou e o expulsou.

Vegeta voltou a sala de gravidade deixando Bulma no jardim refletindo sobre o que acabará de acontecer.

Agora:

                              Bulma on

Vegeta voltou a sala de gravidade e eu fiquei no jardim tentando processar o que tinha acabado de acontecer.Eu não perdoei totalmente o Yamcha,mas tínhamos virado amigos só que depois disso eu nem quero mais olhar na cara dele.

Sai do meu tranze e fui pro meu laboratório,já estava na hora de começar a planejar como irei construir minha nova invenção.Entrei no meu laboratório,peguei meu jaleco que estava dependurado na porta e me sentei em minha cadeira.Peguei uma cartolina e comecei a desenhar como a máquina vai ser,isso vai demora!

A noite

Passei quase o dia todo no meu laboratório,mas,pelo menos já tenho o desenho de como a máquina vai ser.Me levantei da cadeira toda dolorida e tirei meu jaleco,coloquei de volta onde estava e fui até o meu quarto tomar banho,as empregadas já devem ter alimentado a Bra então não preciso me preocupar.

Entrei no quarto,peguei minha toalha e fui direto para o banho.Enchi a banheira e coloquei bastante espuma,entrei dentro dela e fiquei por um bom tempo.Estava quase dormindo de tão relachada,mas tudo que é bom dura pouco,Vegeta tinha acabado de treinar e queria tomar banho.

Vegeta:And logo mulher!-ele bate na porta.-Vai morar aí dentro?

Bulma:Agora eu estou muito relachada e nem você vai tirar essa paz de mim!

Vegeta:Eu quebrei a câmara de gravidade!

Na hora que as palavras dele entraram no meu ouvido eu dei um pulo,me enrolei na toalha e abri a porta pronta para dar uma bronca nele.Ele sempre faz isso,quebra e eu tenho que consertar.

Bulma:O QUE?!

Vegeta:Você não acabou de dizer que "agora esta muito relachada" e nem eu ia tirar a sua paz?-ele olha olha desafiadoramente para mim.-Parece que estava blefando!

Bulma:Ok!-dou um suspiro.-Pode tomar seu banho "majestade"!-me curvo ironicamente para ele.

Ele não me responde nada,apenas entra no banheiro,fecha a porta e liga o chuveiro.Vou até meu closet e visto uma roupa confortável,uma camisa azul turquesa e uma saia da mesma cor.u

Eu vou até a minha pequena cômoda que fica ao lado da minha cama pego um livro e me sento.

Alguns minutos depois Vegeta sai do banho e vai as pressas ao closet se arruma.Ele pega uma camisa social preta,uma calça também social no mesmo tom e veste os sapatos.Ele pega uma casaco e passa perfume,estranho,ele nunca é de passar perfume.

Bulma:Vai sair?

Vegeta:Sim!E não me espere para jantar!

Bulma:E vai sair sem comer nada?

Vegeta:Eu passo na cozinha antes de ir!

Bulma:Ta bom!

Ele sai do quarto sem falar nada.Nesses últimos dias ele tem andado meio estranho sai,não fala pra onde vai e só volta tarde da noite.Sei que não devia fazer isso,que devo confiar nele mas...Vou segui-lo!

Pego minha bolsa,meu celular e um casaco.Vou até o quarto de Trunks para pedir pra ele vigiar a Bra já que meus pais sairam.Abri a porta e ele estava deitado na cama mechendo no celular.

Bulma:Filho?

Trunks:Oi?-ele desligou a tela do celular e voltou a atenção a mim.

Bulma:Você vigia a Bra para mim?...eu preciso sair e seus avós foram viajar e seu pai saiu!

Trunks:Vigio!

Bulma:Obrigada!

Ele não me responde e volta a mecher no celular.Eu vou até a sala e vejo pela janela que Vegeta tomou certas distância e vou atrás dele.Aproveitei que ele não ta voando então vestido meu casaco com o capuz e fui andando atrás dele.O caminho todo ele foi mechendo no celular,até que ele entra num restaurante,se senta em uma mesa e pede o cardápio.

Enquanto ele está distraído lendo o cardápio eu aproveito para entrar e se sentar em uma mesa próxima a dele,pedi o cardápio e usei para cobrir meu rosto para ele não me reconhecer.

Depois de uns 5 minutos uma mulher da minha altura,com cabelos pretos pegando até o ombro chega e o cumprimenta com um beijo na bochecha.Eles ficaram conversando por um bom tempo,uma vez ou outra um dos dois soltava um risada.

Eu já estava fervendo de raiva por causa do Vegeta esta me enganando,mas na hora que ela pegou na mão dele não me seguerei e fui até a mesa onde eles estavam.

Bulma:Que bonito!-eu olho no fundo dos olhos de Vegeta e ele aparenta estar surpreso em me ver ali.-ENTÃO ESSA É A SUA SAÍDA?!-nesse momento todos que estavam no restaurante nos olham.

Vegeta:Bulma!Calma,se senta e a gente conversa!Ta todo mundo olhando!

Bulma:EU QUERO QUE TODO MUNDO SE FODA!-todos que estavam nos olhando fingiram que não estava acontecendo nada.

-Bulma!-ela segura meu braço.-Senta e nós tem explicamos!

Bulma:Já vi o suficiente!

Tirei a mão dela do meu braço e sai do restaurante com os olhos lacrimejando.Continuo andando até que ouço passos atrás de mim,quando me viro vejo Vegeta correndo para me acompanhar.Apresso o passo,mas,acabamos chegando em casa juntos.

Vegeta:Eu posso explicar!

Bulma:Explica o que?Eu já vi o suficiente!-começo a chorar.

Ia subindo as escadas quando ele tenta mais uma vez me pedir a chance de deixa-lo explica.

Vegeta:Bul...-eu o interrompo.

Bulma:CHEGA!

Contínuo subindo as escadas e vou para o meu quarto.Tranco a porta e me jogo na cama abraçada a um travesseiro e começo a chorar.Nunca achei que o Vegeta seria capaz de fazer isso comigo,ele pode não ser de demonstrar muitos sentimentos mas da pra ver nos olhos dele que ele ama a família que tem,só que infelizmente caiu na tentação assim como muitos homens acabam fazendo.Será que todo homem que eu amo decide me trair?Isso só pode ser uma maldição.

Na noite em que eu voltei da boate quando descobri que o Yamcha estava me traindo eu o Vegeta passamos nossa primeira noite juntos e foi a partir daquele dia que eu não consegui mas tirar ele da cabeça,a cada 10 coisas que eu pensava 11 eram ele.Nosso amor era como um conto de fadas,não com fadas e duendes mágicos,e sim com um alienígena que se apaixonou por uma terráquea.Era tudo tão fácil.

Mas agora esse conto de fadas terminou,aquela cena de um segurando a mão do outro fica indo e voltando repetidamente na minha cabeça.Por que ele fez isso comigo?Pelo jeito vou dormir lembrando daquela cena,se eu consegui dormir,do jeito que estou é capaz de eu passar a noite toda chorando.

E quando pensei nisso voltei a chorar!


Notas Finais


Como ficou?Continuo?
Comente sua opinião pois assim saberei o que eu tenho que melhorar e me incentiva a continua também!
É isso!Até o próximo,Bjs😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...