História Ainda que eu pague com a vida. - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Death Note
Personagens Beyond Birthday, Kanzo Mogi, L Lawliet, Light Yagami, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Misa Amane, Nate "Near" River, Personagens Originais, Rem, Ryuuku, Sachiko Yagami, Sayu Yagami, Shuichi Aizawa, Soichiro Yagami, Touta Matsuda, Watari
Tags Death Note
Visualizações 4
Palavras 8.295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei povo!!!! Depois de boas férias -w- espero que gostem.

Capítulo 19 - A liberdade


Fanfic / Fanfiction Ainda que eu pague com a vida. - Capítulo 19 - A liberdade

Pov's Annie Sunset.

Aproveitava o calor da água relaxando meu corpo, por onde o detetive havia passado suas mãos eu sentia a pele arrepiar e podia até imaginar sua voz naquele silêncio. Minha região inferior estava dolorida, desde a parte interna das coxas, minha intimidade e nádegas mas era um dolorido prazeroso. 

A porta se abriu no silêncio, L entrou fechando a porta atrás de si e com rosto baixo como se algo tivesse acontecido.

Annie:-Vai se juntar a mim?

L:-Se incomoda? 

Annie:-Não, fique a vontade.

L:-Por que não me acordou?

Annie:-Apesar de constrangedor, fiquei grata por Watari me avisar que você precisa dormir mais.-Adentrou de frente para mim.-O que foi? Parece cabisbaixo, não gostou de ontem?

L:-Não é isso, ontem foi ótimo mas.. aquilo é verdade?

Annie:-Que Kira mata usando um simples pedaço de papel? Sim é, não fique paranóico com qualquer folha por favor.

L:-Por que me contou? Numa situação como aquela e arriscando sua vida dessa forma?

Annie:-Você é muito inteligente, mas também consegue ser bem burro. Amo você, não me importo de arriscar a vida por você e não precisa se preocupar só te contei porque não vou morrer enquanto Kira estiver distante.

L:-Está disposta a tanto para conseguir minhas confiança?

Annie:-Estou disposta até mais se for para você ser recíproco aos meus sentimentos, não preciso saber ser nome ou que confie totalmente em mim apenas quero que aceite.

L:-Vou aceitar, desde que me dê a arma.

Annie:-Quem me dera ter ela, teria matado Kira há tempos, mas podemos conseguir juntos.

L:-Então para isso vou precisar de quê?

Annie:-Engolir seu orgulho e encarar seu medo.-Continuei meu banho.


Pov's L Lawliet

{Cinquenta dias de confinamento}

L(efeito):-Senhor Yagami, está tudo bem? Não há motivo para continuar fazendo isso consigo mesmo.

Soichiro(câmera):-Faz quase um mês que Kira começou a matar criminosos de novo e até onde eu sei essa é a prova de que preciso para ter certeza que meu filho não é o Kira. Só falta você ter certeza, de um jeito ou de outro quando eu sair daqui vai ser com o meu filho.

Matsuda:-Nossa o chefe é bastante teimoso.

Liguei o microfone de light.

L(efeito):-Light como está se sentindo agora?

Light (câmera):-O que você acha? Mesmo sabendo que depois que eu fui preso nenhum criminoso novo foi morto, mas isso só sugere que o Kira só pode ser alguém ligado intimamente a minha situação.

L(efeito):-Não light! O motivo dos criminosos pararem de morrer é porque você é o Kira.

Light (efeito):-Não! Eu já disse! Eu não sou o Kira!Quantas vezes eu tenho que repetir?!

Se Light Yagami fosse o Kira saberia que eu estou blefando, então por que está tão perturbado? É como se não soubesse mesmo de nada .

Aizawa:-Não sei o que Ryuzaki está esperando mas é muito cruel, não importa se ele é um suspeito ele ainda tem o direito de saber que criminosos estão sendo mortos de novo.

Aquele comentário me irritou e bati no botão do microfone..

L(efeito):-Amane.

Misa(câmera):-Oi…

L(efeito):-Você está bem? Parece cansada.

Misa(câmera):-Isso é alguma piada? Como você espera que eu esteja depois de ser amarrada e interrogada por tantos dias?

L(efeito):-É verdade.

Misa(câmera):-Por favor me solta...Eu quero ver o Light, por favor...quero saber como Annie está... Light...me beija…

Olhei para Annie que parecia tristonha com a situação, seus olhos pareciam nebulosos em alguns momentos e seu sorriso habitual fraco. Enfrentar meu orgulho e medo?

Matsuda:-Eu não sei quanto mais os três vão conseguir aguentar!

Aizawa:-Ryuzaki! Você não tem mais motivos para manter o Light preso! Faça a coisa certa e solte ele.

Annie:-Aizawa! A coisa certa é não colocar um criminoso de volta na rua ser for o caso, Kira pode controlar a data, horário e ações da vítima antes de morrer. Se Kira usasse uma vítima dele como laranja para matar as próximas? 

Aizawa:-Eu … mas o que mais precisa?

L:-Só o que sabemos até agora é que Amane tem uma devoção não natural quanto a Light Yagami.

Aizawa:-Ryuzaki, desculpe e com o devido respeito está começando a parecer que você só faz isso porque não quer admitir que estava errado sobre o Light.

L:-É, eu imaginei que fosse dizer isso.

Aizawa:-Tá bom, sabemos que Kira matou Lind L. Taylor e aqueles agentes do FBI! Como Light disse se Kira pode matar sob vigilância e sem acesso a informação pode não adiantar. E se não fosse a ameaça dele por que não se importaria em matá-los, Kira não mata sem um bom motivo eu ouvi você mesmo dizer isso mais de uma vez.

Matsuda:-Ah entendi, se ele pudesse matar nessas circunstâncias não estaria preocupado com aqueles agente do FBI.

Passei o dedo no Sunday e lambi. Annie parecia irritada, ela se levantou e foi na direção de Matsuda e Aizawa.

Annie:-O L não está com medo de estar errado, e sim de estar certo! Se Light estiver manipulando isso de alguma forma vai custar a vida de L, além de todo nosso trabalho ser perdido. É isso que quer Aizawa? Deixar Kira impune?

Aizawa:-Não, eu … mas já fazem mais de cinquenta dias, não há mais porquê fazer isso, Ryuzaki é hora de começar a procurar o verdadeiro Kira.

Annie:-Aizawa!-Ela bateu na mesa fazendo aizawa recuar.-De todos os casos de L não houve um que deixou de resolve não é só porque ainda não temos  provas concretas que ele vai errar agora!

Observando Light daquela forma ...parece inocente, mas eu sei que ele é culpado. Se eu os mantivesse eles por mais algum tempo... não.

Eles tem razão. Annie tocou minha mão e olhei para ela que tinha um semblante calmo e sério, engolir meu orgulho e enfrentar meu medo.

L:-É, eu entendo.- apertei o botão do microfone.-Senhor Yagami, pode vir ao quartel general por favor? Preciso falar com o senhor pessoalmente e além de tudo preciso falar com o senhor como pai do Light.

Soichiro (câmera):-Tudo bem, eu vou.

[...]

Pedi para que Annie fosse levada para a sala de vigilância enquanto conversava com Soichiro, ela aceitou tranquilamente e seguiu com Watari para lá.

[...]

Cerca de quatro horas depois ela retornou para sala, estávamos sós e ela fez proveito disso abraçando meu torço por trás beijando lentamente meu pescoço me fazendo arrepiar.

L:-Senhorita Annie, este não é o momento ideal para isso….humph...

Annie:-Tudo bem, o que está fazendo?-Estendeu o pulsos para que a prendesse novamente e assim o fiz.

L:-Venha, sente-se.-Ela se sentou ao meu lado.

Annie:-Onde está Misa, Light e os demais?

L:-A caminho da execução.

Annie:-Como??Ficou maluco? Execução?

L:-Eu já estava certo de que Light Yagami e Misa Amane eram Kira, com sua confirmação o governo apenas quer se livrar da possibilidade do poder de Kira voltar a eles de alguma forma se eles já eram Kira além de servir para amedrontar o atual Kira.

Annie:-Você não pode fazer isso!-Ela me segurou pela camisa.

L:-Posso, e já fiz. O senhor Yagami e os demais também concordaram com isso e eu estou assistindo a trajetória para garantir que eles não fugirão.

Annie:-Você está se ouvindo? Não posso deixar executar inocentes assim!-Ela tentou correr dando um solavanco na corrente que machucou nossos pulsos.

L:-Estamos presos, não vai a lugar algum.

Annie:-Impeça isso!

L:-Não! Kira só vai parar com a morte deles.

Annie:-Eles são inocentes! Você não tem provas os suficientes!

L:-Tenho o suficiente.

Annie:-Então você não é tão diferente de Kira.-Um estalo alto com um "crack!" Ecoou na sala, Annie mordeu a boca com força que fez seu lábio inferior sangrar e seus olhos se encheram de água.- V-você não é a justiça…

Ela deslocou o polegar…para soltar a algema… Jogou as correntes no chão e tentou correr para fora.

Pulei da poltrona para pegá-la.

L:-NÃO!-Puxei ela pelo pulso direito.-sua mão…

Ela virou bruscamente depositando toda força do giro de seu corpo em um soco no meu rosto.

Annie:-Me solta!!!Seu maluco!-Ela puxou o braço e seu dei uma rasteira a derrubando no chão.

L:-Não tem nada que você possa fazer, aproveite que nada te ligou a eles e você não está na lista de execução.-Rodou o quadril,com força meteu um dos pés do meu peito e outro no meu rosto me jogando para longe.

Annie:-Não.-Pegou na maçaneta.

L:-Não se deve bater em uma dama, mas você não é uma.-Fui para cima dela, desferi um chute aberto em meia lua na altura do ombro e logicamente ela desviou dando as costas. 

Isso! Peguei o braço machucado segurando nas costas e colocando força para que fazer doer.

Annie:-Aí... está me machucando.

L:-Vai se acalmar?

Annie:-Eu n-! ARGH!-Coloquei peso, resposta errada.

L:-Se não se acalmar não vai sair daí.

Annie:-V-você prometeu…-Ela começou a chorar e eu me senti culpado.-Que não machucaria a Misa…

Ela parou de se debater, relaxando o corpo  e ficando apenas chorando no chão.

L:-Annie, entenda... não há nada que eu possa fazer por eles agora e nem você…compreende isso? Tive sorte de você não estar com eles.-Alivei o peso e a força apenas segurando ela.

Annie:-Eu...ela…é  a última família que me restou…-Soltei seu pulso, ela ficou na mesma posição e assim prendi seu pulso novamente  um pouco mais apertado para que não deslocasse o polegar para se soltar novamente.

Levantei de cima dela e me virei para a câmera observando Misa agir como uma idiota,como sempre, quando ouvi o som da corrente não tive tempo de reagir.

A corrente passou rapidamente pelo meu pescoço forçando minha traquéia e me derrubando de costas.

L:-An..arrgh! An.. arrgh!-Tentava respirar e era quase impossível. Acertei o cotovelo em suas costelas com força e ela gemeu de dor, tentava me desvincular dela mas era quase impossível.

Annie:-Você não vai me impedir, se Misa morrer eu não conseguirei viver e se eu vou morrer vou te levar junto.

Tentava puxar o máximo de ar possível e puxar a corrente do pescoço quando Watari chegou. A corrente afrouxou e se soltou rapidamente, quando olhei Annie estava desmaiada nos braços de Watari depois de 10 ml de um calmante forte.

Watari:-Ryuzaki, você está bem?

L:-Estou, muito obrigado, Watari.-Olhei para ela desacordada, me sinto culpado por isso.-Deixe-a comigo, por favor pegue a maleta de primeiros socorros.

Watari:-Sim, com licença.- A peguei nos braços e carreguei para o sofá, acariciei seu rosto secando as lágrimas que caiam mesmo enquanto estava apagada.

Passei a mão no pescoço sentindo a marca das correntes, com toda certeza ficarei com o pescoço roxo por isso, não esperava essa reação dela… achei que no mínimo que tentasse fugir e no máximo usaria a arma de Kira para salvar Misa...fico melhor em saber que ela realmente não tem a arma e não é Kira.

Amar essa garota me trará complicações, mas…

Watari entrou com a maleta.

Watari:-Ryuzaki, está confuso, o que houve?

L:-Ela não é Kira, mas ainda sim…

Watari:-Posso compreender.-Começou a tratar da mão de Annie.

L:-Ela está muito machucada?

Watari:-Ryuzaki.-Me olhou sério.-Você foi estrangulado por uma corrente de aço e pergunta se ela está muito machucada?

L:-Sim, eu…

Watari:-Está amando, Ryuzaki.-Continuou a cuidar dela.

L:-Não, eu... Não seja tolo, isso é  apenas para contribuir na investigação.

Watari:-Entendo.-Terminou de cuidar dela e veio em direção ao meu pescoço.

Me afastei.

L:-Estou bem, cuide dela, lutamos quando tentou fugir então deve estar com machucados pelo corpo.-Abaixei a cabeça.

Watari:-Hum…-Levantou a blusa dela e analisou.-Só alguns roxos, já posso prendê-la na sala se quiser.

L:-Não vou prendê-la, apenas coloque gesso na mão machucada dela...assim não fugirá mais.

Watari:-Como quiser, Ryuzaki.

L:-Pode ligar a câmera do carro.-Coloquei Annie deitada ao meu lado no sofá.

Estou...interessado por ela.


Pov's Misa Amane

Fui liberada daquela prisão terrível, acho que vão buscar Annie também.

Misa:-Sinceramente, todo esse tempo nunca imaginei você como um velho, senhor tarado.

????:-Não sou um tarado, sou detetive da agência de polícia.

Misa:-Ei, espera aí. Eu lembrei agora, me disseram que eu estava sendo presa por ser o segundo Kira. Quer dizer que isso era verdade? Não, você é um tarado, não tem como a polícia me vendar e me amarrar assim parecendo coisa de fetiche. Eu acho muito estranha você ter minhas mãos e meus pés amarrados mesmo planejando me soltar.

????:-Fica quieta, por favor.

O carro entrou em uma garagem escura, abriu a porta para que eu saísse e lá eu vi o Light.

Misa:-Light!! Light, senti tanto a sua falta.

Estou com medo, o que houve com Annie? Será que a mataram? 

Light:-Pai, pode explicar o que está acontecendo aqui?

Misa:-Ah, é seu pai? Eu chamei seu pai de tarado, disse que ele é velho e mais um monte de grosseirias! Ah prazer em conhecê-lo, meu nome é Misa Amane sou namorada do light e eu…

????:-São todos seus chefe.

Yagami:-Andem entrem no carro.


Pov's Light Yagami

Light:-Ei já estava começando a pensar que nunca sairia de lá, mas é muito bom finalmente estar livre.

Soichiro:-Não, vocês dois estão sendo levados para a execução.

O quê?! Não! Eu sou inocente! Pai…

Soichiro:-Eu mesmo quis levá-los a execução, Ela foi marcada em segredo em um lugar subterrâneo.

Light:-Execução, como assim?

Misa:-Você vai nos matar?

Soichiro:-L está convencido de que você é o Kira, Light. Misa Amane segundo Kira e Annie Sunset sua ajudante. O único jeito de impedir os assassinatos era executando todos vocês.

Misa:-Annie também será levada?

Soichiro:-Annie já foi executada, levada ao local dois dias antes após confessar ser ajudante de vocês.

Light:-Eu não estou entendendo, as mortes já pararam!

Soichiro:-Não Light … elas nunca pararam…

Light:-Não foi o que ele me disse, então ele mentiu?

Soichiro:-L estava tentando tirar um confissão de você assim como fez com Annie, ele diria qualquer coisa mas a essa altura o problema não é esse. O problema é político agora, sabe a teoria de que se vocês fossem executados as mortes parariam? Foi aceito unanimemente pelas mais altos oficiais das nações unidas e do governo japonês, eles querem que Kira desapareça sem julgamento e sem publicidade.

Light:-isso é loucura pai, me escuta! Eu não sou o kira!!!

Misa:-Isso mesmo! Que tipo de pai é você? tá falando do seu filho!

Soichiro:-L já tomou a decisão, não eu e a palavra dele é absoluta. Durante anos ele pegou os casos mais difíceis e resolveu, ele nunca se engana.

Light:-Perai pai, você acredita mais no L do que no próprio filho?

Soichiro:-L chegou ao cúmulo de apostar a vida nessa teoria, se as mortes não pararem ele e watari serão executados.

Light:-Hein?L disse isso? Mas o que deu na cabeça dele? Com a prova material é a única solução, mas ele está cometendo um erro! Como ele pôde chegar a isso? Tem algo muito errado aqui, o L que eu conheço se basearia em evidências. Eu não acredito nisso pai!

Soichiro:-Pois é, estamos quase lá.

O carro fez um desvio brusco por um caminho pedregoso e chegamos em baixo de uma ponte.

Light:-Onde estamos agora e por que nos trouxe para meio de ligar nenhum pai?

Misa:-Calma, eu aposto que ele nos trouxe aqui para nós soltar.

Soichiro:-Esse lugar aqui serve, parece que não vai ter ninguém aqui para nós ver,eu decidi que seria melhor para nós se trouxesse vocês aqui ao invés do local de execução. Escutem por favor, eu vou matar vocês e depois eu me mato.

Light:-O QUÊ? DO QUE VOCÊ ESTÁ FALANDO PAI? 

MIsa:-ESTÁ LOUCO ? VAI NOS MATAR E DEPOIS SE MATAR POR NADA?QUAL É O SEU PROBLEMA? MATARIA SEU PRÓPRIO FILHO POR L? SE QUER TANTO MORRER POR QUE NÃO SE MATA? SE FIZER ISSO NÃO É DIFERENTE DO KIRA!

Soichiro:-Eu não sou como Kira! Eu tenho responsabilidades como pai e como chefe de polícia.

Light:-Perai pai! Ela tem razão! Pensa bem! Se morrermos aqui a verdade nunca será revelada! Pai deixar eu tentar….

Soichiro:-Tarde demais, vocês serão executados de qualquer forma e pelo menos assim eu mesmo faço isso.-Aponto a arma perto da minha cabeça.

Comecei a me debater, puxando as correntes e tentando me soltar.

Light:-Pai, por favor nos faz isso! Não sou Kira! E se eu morrer aqui Kira vai vencer!

Soichiro:-Amane, eu vou morrer aqui com o meu filho mas não há motivo para matar você entendeu? É só uma questão de tempo até a polícia encontrar esse carro, depois a transportaram para o local certo e te execução lá.

O som da trava.

Soichiro:-Light, meu filho, de um assassino para o outro vejo você no inferno!

Light:-Não! NÃO! Não pai! NÃO!

Misa:-NÃO!!PARA!!!

O estrondo som de tiro.


Pov's Annie Sunset

Meu corpo pesava, custei para abrir os olhos, ouvia a voz de Misa e Light… abri os olhos sentindo me drogada, com os olhos pesados...o que houve…?

Light(câmera):-Pai, por favor nos faz isso! Não sou Kira! E se eu morrer aqui Kira vai vencer!

Soichiro(câmera):-Amane, eu vou morrer aqui com o meu filho mas não há motivo para matar você entendeu? É só uma questão de tempo até a polícia encontrar esse carro, depois a transportaram para o local certo e te execução lá.

MISA!

Annie:-Mis...a…-Estiquei a mão em direção a tela e acabei caindo do sofá.

L:-Annie? Está tudo bem?

Todo carro estava sendo filmado, incluindo o engatilhamento da arma, isso é….a execução de Light...em primeira mão…Bye bye Light.

Soichiro:-Light, meu filho, de um assassino para o outro vejo você no inferno!

Light:-Não! NÃO! Não pai! NÃO!

Misa:-NÃO!!PARA!!!

O estouro do disparo e….

Nada.

Era armação para saber nossas reações…

Annie:-Esperto…L…-Ele me pegou no colo e colocou de volta no sofá encostada nele para me apoiar.

L:-Nem tanto. Apesar de ser o resultado esperado não era o que eu queria, sem contar que eu ainda fui enforcado.

Light(câmera):-Você usou bala de festim…

Soichiro (câmera):-Graças a deus, me desculpa...sei que foi difícil mas foi o único jeito de eu sair da prisão. Vocês tem que entender que eu só concordei em fazer isso porque acredito na sua inocência Light, estava assistindo Ryuzaki? Eu fiz exatamente o que pediu e como pode ver ainda estou vivo.

L:-É, foi uma performance convincente. Se Misa Amane fosse o segundo Kira que só precisa do rosto para matar não há dúvida que ela teria o matado antes que tivesse a chance de disparar e se light fosse Kira...bem o Kira que eu conheço não hesitaria em matar o próprio pai para se livrar, com o Light em particular não posso excluir a possibilidade de ele ter notado nossa encenação algum momento, no entanto, como combinado eu vou acabar com o confinamento deles hoje.

Annie:-A-acabou…?-disse baixo.

Misa(câmera):-Annie! O que esse tarado está fazendo com você?

Light (câmera):-Que bom que você está bem, Annie!-Light sorriu, um riso tão... inocente.

L:-E como discutimos Amane vai continuar sob vigilância até Kira ser capturado, apesar de insistir que as fitas que encontramos eram de ocultismo, a evidência física que temos ainda sugere que é ela.

Misa(câmera):-Isso não é justo, você ainda suspeita de mim?

Soichiro (câmera):- Se eu fosse você não oreclamaria, você vai voltar a sua vida normal. Se você for inocente a vigilância não é nenhuma ameaça, pense nisso como uma proteção policial.

Misa(câmera):- Eu já entendi, já que eu não sou o segundo Kira vai ser como ter meus próprios guarda costas particulares.

L:-Quanto a sua parte no acordo Light. Annie, você e eu estaremos juntos vinte e quatro horas por dia e assim vamos ficar até levarmos Kira a justiça.

Light (câmera):-Por mim tudo bem, vamos pegar o Kira juntos, Ryuzaki.

Esse não é o Light Yagami que eu conheço…

L:-É, estou ansioso para trabalhar com vocês.-Ele me olhou nos olhos.

[...]

Light:-Tem certeza de que isso é necessário, Ryuzaki?-Chacoalhando a corrente.

Annie:-Estou presa com ele a mais tempo que você.- Além de tomar banho com L vou tomar banho com Light também...aí que horror.

L:-Olha isso tem sido tão difícil para mim quanto para vocês.

Misa:-Então ficar juntos vinte quatro horas por dia era isso?Isso é bom para você? Eu não imaginaria, você gosta mesmo disso?-Se afastou de L.

L:-Eu já disse que não faço isso porque eu quero, tá bem?

Misa:-Mas o Light me pertence, não quero dividir ele com você, se está com ele vinte quatro horas por dia como vamos ter nossos encontros?

L:-Vocês ainda podem ter encontros, mas tem que ser nos quatro.

Misa:-Nem pensar, está dizendo que temos que nos beijar na sua frente?

L:-Eu não estou dizendo para vocês fazerem nada, mas acho que vou ficar olhando sim.

Annie:-Se te serve de consolo vou estar lá também e posso distrair ele para vocês ficarem mais tranquilos.

Misa:-Que nojento você é mesmo um pervertido, Annie ele vai abusar de você, olha qui se você abusar da Annie eu vou te processar.

L:-Light, por favor faz a Misa parar de falar.

Light:-Escuta Misa, para já chega, a polícia estabeleceu que você que mandou as fitas então tem sorte de estar aqui agora. Eles tem todo o direito de manter você presa na cadeia.

Misa:-Como você pode dizer isso Light? Caso você tenha se esquecido eu sou sua namorada, você não confia na sua alma gêmea?

Light:-Alma gêmea? Você quem disse que se apaixonou por mim a primeira vista.

Misa:-Então por que você me beijou se não tinha sentimentos por mim? Você se aproveitou de mim, aí idiota! Idiota!-Deu soquinhos leves nele.

Misa burra como sempre, L vai perceber.

L:-Esse amor a primeira vista, aconteceu em Aoiyama em 22 de maio não foi?

Bingo.

Misa:-E daí?

L:-Por que você escolheu ir a Aoiyama nesse dia e lembra do que estava vestindo?

Misa:-Escuta aqui, eu fui lá, não sei o que estava vestindo e não lembro do que sentia. Enfim, desde quando eu preciso de motivo para ir até lá hein? 

L:-Se algum modo, quando você voltou de Aoiyama sabia que estava apaixonada por um cara e que o nome dele era Light.

Misa:-É.

L:-É mesmo assim, você não tem ideia de como soube o nome dele.

Misa:-É, e daí? Devo ter ouvido Annie o chamar ou algo assim, para ser franca...eu achei que ele era namorado de Annie...afinal eles estavam juntos em Aoiyama.

L:-Me diz e se o Light fosse Kira? Como você se sentiria?

Misa:-Como eu me sentiria? Seria maravilhoso, eu sempre fui grata ao Kira por ter punido o homem que matou meus pais, então se eu descobrisse que Light é o Kira isso seria bônus para mim.-Abraçou o braço dele e ficou se esfregando.

L:-Mas é o Kira, você amaria ainda mais ele? Você não teria medo? E se ele tentasse te matar?

Misa:-Você está falando do Light ser o Kira, eu sou fã do Kira então se eu descobrisse que o meu Light é ele eu ia querer ser útil.

Ryuzaki mantinha um cenho fechado, provavelmente Misa está o estressando.

L:-Muita generosidade a sua, mas eu tenho certeza de que Kira não precisa da sua ajuda.

Aizawa parece irritado com a situação como se fosse explodir… me afastei um pouco e fui para trás de L.

L:-Bom Misa, pelo o que me disse você é o segundo Kira mas deixou isso tão óbvio que eu não quero acreditar.

Misa:-Problema seu, você não acredita porque eu não sou o segundo Kira.

L:-Enfim por enquanto você continua sob vigilância,quando  sair e se necessário vai poder nos contactar usando a extensão dessa sala. Sua vida vai voltar ao normal, mas para todas suas questões privadas e de trabalho o senhor Matsuda vai te acompanhar como seu novo agente.

Matsuda:-Matsuy ao seu dispôr.

L:-Sua agência foi paga para ficar quieta para ninguém descobrir o disfarce dele.

Misa:-Esse coroa é meu agente? Se tá brincando comigo.

L:-:-Annie por que está encolhida atrás de mim?

Matsuda:-O que há de errado comigo Misa-Misa? É a gravata? Eu posso trocar.

Ferveu.

O senhor Aizawa bateu na mesa com  força e se levantou em nossa direção chamando.

Aizawa:-Vocês querem parar como esse namorinho, beijinhos e o papo de Misa-Misa!-Ele gritou.-Essa é a investigação do Kira, parem de brincadeira!!

L:-Ah. Foi por isso.

Annie:-Me perdoe, Senhor Aizawa.-Me curvei.

Aizawa:-N-não se curve, não estava falando de você.

Matsuda:-Nossa...me desculpa, Aizawa.

Aizawa:-Não, tudo bem, eu só descobri qual é o problema.- Ser levantou.-Misa Amane, é hora de você ir para o quarto.

Misa:-Por quê? E esse roxo no pescoço do Ryuzaki? Eu quero saber!-Aizawa a colocou para fora e fechou a porta, ela entrou novamente.-Hein?

Todos pararam para olhar para ele.

L:-Bem...isso…-Ele colocou a mão na nuca.

Misa:-É algum fetiche?

Vi o ódio de Aizawa começar a borbulhar.

Annie:-Fui eu.

Misa:-Então você está namorando com esse cara? Você não tem um bom gosto para homens,mas o amor você não escolhe.-Colocou a mão na frente da boca debochando, apontou o indicador para o L.-Bom, acho melhor você não magoar a Annie viu?

Aizawa:-Já chega Amane!!!-Empurrou ela para fora.

Misa:-Light! Vamos sair! Mesmo se for nós quatro! Vamos num encontro de casais!- a empurrou novamente.-Quando a Annie for tomar banho com vocês não encarem! Ela é tímida!

Annie:-Misa!!!

Aizawa trancou a porta.

Aizawa:-Enfim… e esse roxo no pescoço Ryuzaki?

Annie:-Bem eu …-Fui interrompida.

L:-Annie e eu tivemos uma briga quando ela ficou sabendo da execução, acabei com o pescoço roxo e ela com o polegar deslocado.

Matsuda:-Como você pode bater em uma garota assim? Assim você está bem?

Annie:-Estou sim, Matsu.-Por que ele me protegeu? Por que não contou que tentei fugir dele?

L:-Então Light, é sério com ela?

Light:-Sem chance, como eu já disse q coisa toda só parte dela.

L:-Então poderia fingir que é sério pelo bem da investigação? Há duas coisas que sei sobre Amane, uma é que está envolvida nisso e a outra é que está apaixonada por você.

Light:-Quer que eu me torne íntimo dela só para juntar informações do segundo Kira?

L:-É, eu acho que pode fazer isso sem levantar as suspeitas dela e Amane pode ser uma fonte valiosa de informação para nós, sem falar que foi motivo principal de eu concordar em liberar vocês dois.

Light:-Ryuzaki, por mais que eu queira te ajudar e importante que o caso Kira seja eu não posso manipular os sentimentos de uma mulher assim.

Quanta gentileza e cavalheirismo tem o Light Yagami sem os poderes de Kira, o bom realmente se corrompe com o poder.


Pov's L Lawliet

Light:-Espero que entenda que manipular alguém para ganho pessoal é imperdoável, eu não vou me rebaixar a esse nível.

Tem alguma coisa errada nessa situação, é como se ele fosse uma pessoa diferente agora... será que é mentira? Se for verdade então quer dizer que Misa Amane estava sendo controlada por Kira e Light Yagami também. A teoria de Annie se tornaria válida, ou talvez não seja uma teoria e ela realmente saiba como funcionam os tais "papéis assassinos" e eu esteja sendo usado mas ela não parece culpada também além de nada além do fato de saber muito a ligam ao caso.

Light:-Tá tudo bem, Ryuzaki?

L:-Tá sim, eu acho que você tem razão afinal ,no entanto,contando que Misa tem muito contato com o público seria bom se você pudesse cuidar para que ela não base informações.

Light:-É entre vocês? O lance é sério?

O que eu respondo agora? Deixei com que ela se aproximasse de mim muito para negar agora e além do mais isso pode me prejudicar de alguma forma já que ela tem sido de grande valia na investigação, seu silêncio quanto informações que só ela tem não me agradaria logo agora e além do mais... já estamos correndo risco de qualquer forma.

Puxei-a pela cintura.

L:-Sim, para todos os efeitos e principalmente na frente de Misa Amane somos um casal afinal isso a deixará mais confortável quando tiver que contar algo importante.-Olhei para Annie e vi seu rosto corar.

Matsuda:-Como assim? Um relacionamento falso para convencer a Misa-Misa a falar?

L:-Isso, mas tirando isso nosso relacionamento é totalmente profissional, não é mesmo senhorita Annie?

Annie:-Claro.

Light:-Entendi, aliás gostaria de saber se podemos dar um jeito nesse negócio de ficar migrando de hotel em hotel.

L:-É, na verdade tive a mesma ideia a um tempo atrás maentão....-Caminnhei em frente puxando Light com o braço esquerdo e Annie com o direito pelas correntes.

Light:-Ai, aí.

Annie:-Ai, minha mão.

L:-Eu consegui uma construção, a construção começou logo depois da primeira reunião com o Senhor Yagami e os outros…-Sentei na poltrona e Annie se apoiou em minhas costas para ver enquanto eu digitava.-Ela deve terminar em alguns dias, onde é que tá?Ah, está aqui.

Annie:-Um prédio?

L:-Vinte e três andares acima do chão e dois abaixo, apesar de ser impossível ver de fora há dois helicópteros no telhado.

Matsuda:-O quê?

Light:-Isso é incrível.

L:-O ideal seria passarmos a maior parte do tempo possível aqui, se a equipe crescer podemos acomodar até sessenta pessoas e Misa não deve reclamar já que vai ter o seu próprio andar.

Light:-Isso é impressionante, mas chegando a isso você…

Matsuda:-Espera aí, como você conseguiu recursos para construir isso?

L:-Como podem ver é minha intenção resolver esse caso, custe o que custar.

Annie:-E pelo visto custou caro, pelos meus cálculos foram cerca de 1,16 milhões de dólares.

L:-E é isso, vou resolver esse caso de qualquer forma.

Aizawa:-Como licença, mas como isso ajuda a resolver o caso?

Light:-Ele tem razão, os assassinatos são bem ruins e pessoalmente nunca vou perdoar Kira por fazer eu e meu pai passarmos por isso. Quero resolver o caso custe o que custar.

L:-Se está falando sério deveria tentar se aproximar de Misa e descobrir sobre o segundo…

Light:-Não posso, vai contra os meus princípios.

L:-Aé, você disse isso, puxa que pena.

Aizawa começou a rir.

Soichiro:-O que foi isso?

Aizawa:-Nada, eu só estou me sentindo motivado agora. Ryuzaki, chefe Yagami, Light e Annie vamos sair daqui e trazer Kira a justiça.

Matsuda:-Como licença, mas eu não pude deixar de perceber que você não disse meu nome.


Pov's Tohru Matsuda

Aizawa chegou cheio de curativos e só de cuecas…

Soichiro:-Bom dia, o que houve? Está machucado?

Aizawa:-Ah isso? Bobagem, eu tive uma briguinha com a minha mulher e...é que a minha filha ainda é novinha e quase não fico em casa... então...

Soichiro:-Ah sei, é melhor mesmo que vá dormir em casa.

Matsuda:-Ah mas vai sair perdendo, os quartos desse lugar são incríveis, se eu fosse você traria a família inteira pra cá.

Aizawa:-É,é fácil para você dizer isso porque é solteiro. Onde estão eles?

Matsuda:-Estão juntos, quando vimos todos estavam no quarto da Misa-Misa.-Digitei o código e e liguei a câmera.


Pov's Annie Sunset

Misa:-Cara, vocês estão mesmo juntos? É inacreditável, cada um se apaixona por quem quer mas eu acho que esse é o pior encontro de casal que eu já tive na minha vida.

L:-Não se incomode conosco, aliás você vai comer esse pedaço de bolo?

Eu já estava comendo e encarando a situação.

Misa:-Eu não vou comer, bolo engorda.

Não tô nem aí, vou continuar comendo.

L:-Não verdade eu descobri que você não ganha peso se queimar calorias usando o cérebro.

Loira burra hehehe.

Misa:-Perai! Tá me chamando de burra agora? Annie!

Annie:-Eu…-Coloquei o garfo na boca.

Misa:-Tá legal, eu te dou o pedaço de bolo se me deixar sozinha com o Light.

L:-Mesmo deixando vocês sozinhos eu ainda vou observar pelas câmeras então nem faz diferença.

Terminei de comer meu bolo, mas ainda não me sinto feliz...vou comer o bolo deles já que vão ficar discutindo mesmo.

Misa:-Deu tarado, dá para parar com esse Hobbies sinistro?

L:-Pode me xingar do que quiser, vai querer o bolo ou não vai?-Levantou e pegou o bolo…Esse tem morango... droga...poderia acontecer um milagre…

Misa:-Tá bom então, eu vou fechar as cortina e apagar as luzes.

L:-Nos temos câmeras infravermelho também.

Light:-O que houve com você? Achei que nos mudar para iria ajudar a pegar o Kira, mas desde que chegamos você não me parece tão motivado.

Não é fácil acordar, tomar banho e comer ao seu lado Light Yagami...nem ao menos posso tocar em L sem levantar maiores suspeitas, se você ficasse sem as memórias para sempre...isso…

L:-Não estou motivado? Tem razão, na verdade estou deprimido.- Idem, seu ladrão de bolo.

Light:-Deprimido?

L:-Bom…-Comeu o bolo.-Eu achei esse tempo todo que você fosse o Kira e meu caso todo dependia disso, acho que deu não consigo superar o fato de que a minha dedução estava errada apesar de que ainda desconfio de você.-Levantou a corrente.-Por isso usamos isso, também sabemos que o Kira pode controlar os atos das pessoas o que faz possível que Kira controlasse seus atos para me fazer suspeitar de você.

Annie:-Se e por acaso você admitir que eles estavam sendo controlados por Kira estaria admitindo que eu estava certa e perdendo outra aposta.-Vou pegar pelo menos o morango do bolo quando ele estiver distraído.

L:-Além disso, se eu admitisse que vocês estavam sendo controlados por Kira faria muito mais sentido o que observamos até agora.

Light:-Se é isso que você pensa, Misa e eu fomos o Kira no tempo em que fomos controlados.

L:-É, eu acho que não me enganei com isso. Vocês dois são o Kira.

Misa:-Hunf!

Meu bolo…

L:-Se o que eu acho estiver correto, no início da sua prisão você era o Kira, eu não acho coincidência que assim que foi preso todas as mortes pararam até aí tudo apontava você como Kira mas depois de duas semanas os criminosos passaram a morrer de novo.-Se curvou mais na cadeira.-Baseado nessa evidência eu só posso concluir que o poder do Kira passa de pessoa a pessoa.

Afinal é um caderno que mata, tem alguma mais transferível que cadernos L?

Light:-É uma ideia interessante, mas se isso for verdade vai ser quase impossível a gente pegar o Kira.

L:-É por isso que eu estou chateado, mesmo se pegarmos ele essa pessoa vai perder os poderes e toda lembrança relacionada a eles e por fim a perseguição é inútil.-Colocou o bolo na mesa.

Minha chance.

Light:-Ryuzaki, não temos como saber se o caso é esse não é? Se anima aí.

L:-Me animar? Lamento, eu não posso. Na verdade eu devia parar de tentar, caçando o Kira tão desesperadamente só estamos colocando nossas vidas em risco desnecessário. É, é uma perda de tempo.-Abaixou a cabeça.

Tadinho dele, estiquei a mão para tocar o ombro e animar ele quando…

Light:-Oh Ryuzaki.-Levantou e…

O Ryuzaki vai levar um soco, sai de trás dele de fininho, quando ele se virou para Light…

L:-Aan?-Light desferiu um soco no lado esquerdo do rosto de L com fúria.

Misa:-Kyaaah!

Annie:-Taporra… vai ficar roxo.-Eu já estava com o bolo de L na mão e com o morango do topo na boca.

Valeu Light.

L desequilibrou, caiu derrubando  Light e eu meu bolo caiu no chão.

Caralho, Light!

O morango ainda estava na minha boca quando eu olhei minha e…

Misa:-Aah!-Deu um passo para trás e pisou no meu bolo…

NÃO!!! MISA SUA BESTA!

L:-Caramba isso dói mesmo.-Levantou o rosto já com o roxo na bochecha, mereceu.

Light:-Para com isso! Não quer fazer nada sabe por quê? Porque suas deduções geniais estavam erradas e eu não sou o Kira!

Ryuzaki limpou o rosto com a manga da blusa.

L:-Talvez eu tenha dito de maneira errada, eu disse que era inútil agir então é melhor não nos preocupar.

Meu bolo seus malditos.

Light:-Se desistirmos agora nunca pegaremos o Kira! É isso que você quer? Se era para desistir por que envolveu todas essas pessoas? E o mais importante…-Caminhou até ele e o pegou pela camisa.-Por que eu e a Misa fomos parar na cadeia?

Eu também estou aqui seu hipócrita, mordi o morango e terminei de comer no chão onde eu tinha caído mesmo.

L:-Eu entendo, mas seja qual foi o motivo…-L jogou seu corpo para trás e deu uma meia lua inversa no queixo de light.-Olho por olho meu amigo.

Kkkkkkk o golpe do Rugalo de the king of figthers hehehe… he...MERDA A CORRENTE!

Light voou pela sala levando L e me arrastando pelo ar com eles.

L:-Aaah!

Light:-Aahh!

Annie:-Ahhh! 

Caímos os três sobre o sofá derrubando ele de costas, a cadeira ao lado caiu nos meus seios e impacto me causou dor e fúria!

Aiii!

Misa:-Aí meu deus… Annie!

L:-Não que a minha deduções estivesse errada, o fato é que eu posso dizer que Light Yagami é o Kira e Misa Amane é o segundo Kira com ajuda de Annie mas isso não é o suficiente para resolver o caso. Por isso eu estou meio deprimido, isso é tão sem razão assim?

Não, mas por sua culpa perdi o bolo.

Light:-É!É sim, além do mais você devia se ouvir. Você não vão ficar satisfeito se eu não for o Kira.

L:-Eu não vou ficar satisfeito?Deve haver alguma verdade nisso quer saber, tem razão eu acho que eu queria que você fosse o Kira.-Light deu outro soco em L.

Aí.

L:-Como eu havia dito, olho por olho, eu sou bem mais forte do que pareço.-Eu sei bem, muito forte.

Ele deu um chute de corte lateral que pegou do lado direito da cabeça de Light.

Voei novamente com eles pela sala e caí arrebentando a corrente do meu colar.

CARALHO SEUS FILHOS DE UMA PUTA.

Annie:-Meu colar…-Avancei na direção deles, passei a corrente pelas pernas de L que brigava com Light e pulei nas costas de Light caindo com mata leão em cruz com puxão em cadeia que a queda de Ryuzaki gerou com a corrente quando pulei.

Caímos os três, eu apertava o pescoço de Light e L se levantava.

Light:-Solta!

L:-Muito bem Annie, mas dois contra um é covardia.-Avançou um passo.-Você disse que fazia que luta mesmo?

Annie:-Jiu-Jitsu.-Chutei o joelho de L que caiu de cóccix no chão e prendi as pernas com pescoço enforcando.-Realmente dois contra uma é covardia vocês deviam ter pedido ajuda.

Misa:-Annie, você está bem? Solte o Light!

Annie:-Meu colar.

Light:-Para com isso!-Apertei mais e ele se debateu mais.

L:-Eu não quero machucar você, Annie.-Travei ainda mais as pernas.

Misa:-Tadinha, vocês quebraram o colar dela!

O telefone tocou e L atendeu com a mão que lhe restava livre.

L:-Alô?Ah sei…-Segurava com os dois dedos, de repente soltou o telefone no gancho novamente.

Light:-Quem era?

L:-Só o senhor Matsuda falando besteiras novamente.

Soltei eles e levantei caminhando para perto de Misa que segurava o colar.

Misa:-Eu sinto muito, mas dá para consertar não é?-Me entregou o colar.

Não falei nada, estava com raiva, Watari havia acabado de arrumar o colar e ele era a única coisa que eu tinha que me lembrava de todos que participaram.

Misa:-Suas roupas estão rasgadas! Você está sangrando! Aí meu deus, vou pegar os primeiros socorros!-Ela saiu correndo para o quarto dela.


Pov's L Lawliet

Misa saiu da sala, Annie estava sentada de costas para nós e observava algo em silêncio.

Light:-O que foi Annie?-Chegou perto, saia daí Yagami.-Está machucada? O que houve? Desculpa, por um momento esqueci que você estava acorrentada conosco.

L:-...

Por que estou me omitindo? Diga algo, vamos...O colar está quebrado, ela machucada...deve estar muito chateada comigo.

Light:-Eu sinto muito pelo seu colar, está muito ferida?-Ele se ajoelhou na frente dela e puxou sua perna que estava com a meia rasgada e um corte superficial que escorria sangue.-Sinto muito, está machucada por nossa causa.

...

Não a toque…

Ele segurou a meia ⅞ que ela usava na altura da coxa e começou a puxar para baixo.

Não a toque…

Ela é minha…


Pov's Misa Amane

Miss:-Suas roupas estão rasgadas! Você está sangrando! Aí meu deus, vou pegar os primeiros socorros!-Corri até o quarto onde guardava os primeiros socorros e voltei o mais rápido possível.

Quando cheguei na sala...

Light:-O que foi Annie?-Chegou perto, faça algo Ryuzaki.-Está machucada? O que houve? Desculpa, por um momento esqueci que você estava acorrentada conosco.

Ele não deve gostar dela de verdade...coitada.

Light:-Eu sinto muito pelo seu colar, está muito ferida?-Ele se ajoelhou na frente dela e puxou sua perna que escorria sangue.-Sinto muito, está machucada por nossa causa.

Ryuzaki estava imóvel observando Light com olhar de ódio e Annie com olhar de tristeza.

Light a olhava protetor e carinhoso como nunca foi comigo…

E eu a olhava com preocupação... não pelo jeito que eles a olham ou por Light deslizar as mãos pelas coxas de Annie para tirar sua meia com a delicadeza que ele jamais me tratará...eu a olhava com preocupação por ela ser meu tesouro de vidro que por culpa da inconsequência deles estava riscado.

Agora eu entendo o que é o encanto da sereia que todos dizem que ela carrega consigo…

L:-Light, pode deixar…-Avançou na direção deles.-Eu mesmo faço isso, tira as mãos da coxa da minha namorada.

Light:-S-sinto muito se a desrespeitei, Annie.

Annie:-Não, tudo bem mas você devia se preocupar em como a Misa se sente com isso não suportaria se ela ficasse irritada comigo por isso.

Misa:-Ah não, que isso Annie? Acha mesmo que ficaria brava com você por isso?

L:-Eu ficaria.

Ah tá, falou o cara que não fez nada para impedir.

Annie:-Bem, eu sei como você é ciumenta.

Misa:-Claro que não, eu estou brava com o Light.

Light:-Comigo?

L:-Dessa vez Misa tem meu apoio.

Light:-Ryuzaki, não dê corda a ela.

Misa:-Como você pôde? Tocar em Annie na minha frente? Você também é um pervertido?

L:-Isso mesmo, Light. Isso é um absurdo, fala para ele Misa o quanto você está indignada.

Misa:-É, acho você se desculpar direito comigo e com Annie por esse encontro fiasco!-Mostrei a língua para ele.

Quando ouvi a risada de Annie e vi seu rosto alegre novamente...é, isso é o suficiente…Ver ela sorrir assim já me basta.

Ryuzaki se aproxima mais dela tomando o lugar de Light, retira a meia dela e com a caixa de primeiros socorros começa a tratar dela.

Que olhar terno, caloroso, fixo nela e apenas nela como se fosse o mundo dele. Ele realmente a ama...e se não pegar o Kira, Annie acabará só novamente. Eu prometo a você Annie, se não prendermos Kira ao menos te garanto que não ficará só.

É o mínimo que posso fazer depois de tudo que fez por mim.


Pov's Light Yagami

[...]

Achei…

Light:-Ryuzaki, eu sei que você não está muito a fim mas dá um pulinho aqui, dá uma olhada nessas informações não pode ser coincidência.

Ele deslizou com a cadeira até mim, Annie veio caminhando e o abraçou pelas costas para ver a tela do computador.

L:-Ah!

Light:-Todos eles eram executivos de empresas importantes de suas companhias, líderes de suas indústrias, em um mês só todos morreram de paradas cardíacas e suas ações caíram com isso teve a desvalorização geral do mercado com exceção da Yotsuba. Em outras palavras as mortes funcionaram a favor da Yotsuba, pesquisando houve treze mortes parecidas nos últimos três meses o que acha disso? Baseado nisso eu só posso crer que Kira está apoiando a Yotsuba.

L:-Pode ser, mas por esse ponto de vista punir criminosos não é a verdadeira intenção desse Kira.


Pov's Annie Sunset

Começou. Em breve todos estarão com suas memórias intactas de volta e L estará morto nas mãos de um Shinigami ou do próprio Light… Rem já deixou claro que mataria L para proteger Misa e assim que Ryuzaki mandar o caderno a teste... morrerá.

Light:-Parede que punir criminosos é um passatempo para ele…-Para você também era.-mas isso não muda o fato de que ele está matando inocentes em benefício da sua empresa. Eai? Está se sentindo mais animado agora?


Pov's Annie Sunset

Começou. Em breve eles irão recuperar o caderno e tanto Misa quanto Light terão suas memórias intactas. Quando L tiver o caderno Misa está em perigo e ele acabará morto por Tem assim como Light planeja.

O chefe Yagami entrou no quartel general junto a Mogi.

Matsuda:-Oi chefe, Oi Mogi. Não sei como ele percebeu, mas Light tem a teoria de que Kira está envolvido com o grupo Yotsuba de algum jeito vocês acreditam?

Soichiro:-Yotsuba?

Matsuda:-É.

Soichiro:-Desse ser isso, acabamos de falar com o diretor e parece que Kira ofereceu suborno a vários políticos… Kira disse que não vai matar nenhum política se a polícia parar de perseguí-lo, então é isso. A polícia se submeteu.

Um "Ahn?!" Soou uníssono pela sala.

Eu não estou aqui pela polícia, mas e eles? Como vão sustentar a si e suas famílias?

Soichiro:-Mogi e eu já nos decidimos, Aizawa e Matsuda se quiserem continuar trabalhando nesse caso vão ter que entregar suas cartas de demissão como eu e Mogi vamos fazer. Gostando ou não vocês não podem mais perseguir o Kira como membros da polícia.

Aizawa:-Espera um pouco...chefe é que…

Soichiro:-Eles deixaram bem claro, se continuarem a trabalhar com L serão demitidos e isso é tudo.

Me aproximei do ouvido de L e sussurrei.

Annie:-Ele tem família...e filhos muito novos...acho melhor…,

Matsuda:-Então chefe… o senhor vai…

Soichiro:-A partir de agora não serei mais seu chefe, afinal temos nossas próprias vidas então pensem com cuidado.

Matsuda:-É verdade chefe, principalmente para quem tem família para sustentar.

Annie:-Matsu…

L:-Se querem a minha opinião acho melhor continuarem como polícias, eu estava sozinho quando comecei esse caso e apesar de ser grato a todos por terem ficado comigo esse tempo todo eu sei que posso fazer isso sozinho. Eu vou visitar vocês no departamento e levar a cabeça do Kira como recompensa por tudo que vocês sacrificaram.-Senti a emoção na voz de L, apesar de não transparecer ele não quer ficar só….

Annie:-Continuarei aqui, nunca fui ligada a polícia mesmo.-Abracei ele com força.

Light:-Ryuzaki, enquanto eu estiver vivo você não trabalha sozinho.

L:-Vocês tem uma carreira e estudos.

Annie:-Eu entrei nessa investigação por você, não pela minha carreira.

Light:-Você tem a minha palavra.

Annie:-A minha também, sempre estarei com você. Eu te prometi que pegariamos Kira juntos.

L:-Isso mesmo, Light e Annie ficaram comigo até eu pegar o Kira então eu não fico sozinho mas como eu disse eu acho que vocês devem ficar na polícia.

Soichiro:-Mas quando nos contactou disse que precisaria da nossa ajuda como polícia.

L:-Isso porque a polícia como organização ainda queria pegar Kira e não tinha se curvado a ele e com todo respeito há uma grande diferença entre a polícia como organização e a ajuda de dois ou três civis.-Ele colocou uma cereja na boca.-Como eu disse a polícia mudou de posição, ela não quer pegar o Kira então vamos deixar assim.

Soichiro:-Faz sentindo, se não somos mais policiais provavelmente não temos mais utilidade mas com todo respeito arriscamos a vida por isso então acho que temos o direito de escolher se ficamos ou se voltamos para a polícia.

L:-É tem razão, fiquem a vontade para decidir.

Annie:-A lenda diz que quem dá um laço no caule da cereja tem um beijo maravilhoso ou uma habilidade fantástica com a língua.

L:-Hum…-Ele começou a tentar, queria distraí-lo da conversa ao fundo...afinal sabia que aizawa desistiria.

Annie:-Acho que vou tentar também.-Peguei uma cereja e coloquei na boca mas antes que eu pudesse tentar L já tinha feito um laço perfeito.

Ele me observava fixamente enquanto tentava, quando eu consegui fazer o laço mostrei a ele a língua com o laço e ele me deu um sorriso pervertido em resposta.

Matsuda:-Se eu ficasse na polícia ia mesmo me sentir um fracassado.

Soichiro:-Matsuda!

Aizawa:-Será que tem algum jeito de manter meu emprego na polícia e ajudar vocês no tempo livre?

L:-Não tem, se continuar na polícia por favor não volte aqui.

Aizawa:-Sabe que eu não deixo vazar informações.

Isso é triste….

L:-Eu não vou partilhar nenhum informação nossa, está livre para buscar o Kira por conta própria se quiser mas eu acho justo com as suas famílias abrir mão da convivência com elas para continuar nisso. Eu não vejo isso como boa ideia.

Annie:-Escutem o L, cuidem da família que vocês têm, eu escolheria minha família no lugar de vocês se eu tivesse uma…

Quem sabe isso facilite para eles desistirem.

Soichiro:-É como Ryuzaki diz, ninguém aqui vai culpar você por desistir.

Matsuda:-É, sabemos porque você tem que fazer isso.

Aizawa:-É, mas o chefe também tem família…

Soichiro:-Nossas situações são completamente diferentes.

Aizawa:-Droga, sair agora depois de tudo que nós passamos, eu disse que estava preparado para morrer se fosse preciso para pegar ele e estava falando sério. Que tipo de amigo eu seria pro Ukita se desistisse agora, eu virei detetive para poder pegar bandidos e não pra fugir!

Isso é doloroso de ver.

Watari bipou no notebook.

Watari:-Ryuzaki, no início da investigação você me disse que se um membro da força tarefa perdesse o emprego em qualquer circunstância eu devia cuidar para que o futuro financeiro dele e de sua família estivesse seguro. Lembra que um fundo foi preparado para isso, estou curioso do porque escondeu essa informação.

Isso foi cruel, watari provavelmente o fez de propósito.

L:-Essa não é a hora e nem o lugar Watari.

Watari:-Desculpe.

Matsuda:-Então esse tempo todo não tínhamos por que nós preocupar? Aizawa, não é uma ótima notícia?ahn?

Aizawa:-Ryuzaki, isso é algum tipo de teste para saber o quanto estou comprometido com a força tarefa.

Soichiro:-Não, não é nada do tipo Aizawa, Ryuzaki não faz o tipo que diz as coisas diretamente você sabe.

L:-Não, eu estava testando vocês. Os únicos que eu tinha certeza que ficariam sobre qualquer hipótese eram Annie e Light que tirando a vida não têm nada a perder. Eu queria ver o que vocês escolheriam.

Ele sabe bem...que a partir de agora podemos começar a morrer um por um e não quer envolver aizawa.

Aizawa:-Muito bem, se eu não tinha certeza agora eu tenho! Vamos admitir, eu não consegui decidir logo como vocês eu estava mesmo pensando em voltar para a polícia, me demito.

Matsuda:-Aizawa, pensa direito.

Aizawa:-Mas eu tenho certeza, eu sempre odiei o Ryuzaki! Odeio ele e seu jeito de fazer as coisas!-Deu as costas e saiu.

L:-É uma pena, porque eu gosto de você Aizawa.-Toquei sua mão e entrelaçando nossos dedos.

Aizawa:-Eu também odeio esse seu jeito de sempre tem a última palavra! Você me insulta e agora diz uma coisa dessas! Chega! Vou embora!-Saiu de vez.

L:-Obrigado por tudo.-Ficou calado em silêncio e mais ninguém ousou dizer nada.

Annie:-Não fique tão chateado…-Sentei ao seu lado e encostei a cabeça nele enquanto ele apertava minha mão escondendo sua tristeza.-Você sabia que isso ia acontecer, e quando mais cedo ele fosse...menos risco teria de morrer e abandonar alguém.

Ele engoliu a seco e se manteve calado.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...