História Akai Ito - Escrito pelo destino - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Hinata, Luta, Naruto, Revelaçao, Romance
Visualizações 6
Palavras 1.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi galera.
Sem enrolação aqui está mais um capitulo.

Capítulo 5 - Família Uzumaki


Fanfic / Fanfiction Akai Ito - Escrito pelo destino - Capítulo 5 - Família Uzumaki

Hinata

Como sempre estraguei tudo.

Eu andava a dois passos atrás do Naruto. Tentando em vão tampar o rasgo da calça com meu corpo.

- Hinata pelo amor de Deus vem pra frente?

- E que estou tentando esconder a sua... – ela parou piscando e ficando vermelha.

- O que?

- A su-sua...

- Minha bunda? – disse sério.

- Desculpa foi minha culpa. – pediu olhando o chão.

- E foi mesmo. Então você vai me pagar agora.

- O que você quiser. – ofereceu quase implorando.

- O que eu quiser? Tem certeza? – sorriu malicioso.

Minhas pernas viraram gelatina com esse sorriso. Mais aguentaria firme.

- Hai.

- Venha a minha casa agora.

- O que? Pra que?

- Hinata Hyuuga o que está pensando? Você ta muito vermelha. Pensou em safadeza foi.

- O que? Na-não...

- Sei...a calça. Quero que você costure.

- Não e melhor jogar fora?

- O que? Que sacrilégio, uma calça boa dessas. Não. Você vai costurar.

Decidido continuou a andar voltando pra casa.

Deus no que fui me meter? E por que ele não compra outra, eu pagava.

O bom de morar em cidade pequena e que tudo e perto. Então chegamos rápido a uma casa branca d dois andares.

Espera eu conheço essa casa.

- Você mora aqui?

- Hai. Não vai entrar? – perguntou já com o portão aberto.

- Hai. Ahh, Naruto?

- Hum.

- A quanto tempo você mora aqui?

- Não sei...dez ou doze anos, acho. Por que?

- Nada não e que...

- Naruto e você?

- Droga não era pra ela ta aqui.

- Naruto sua mãe ta chamando...

Um senhor que era a cara do Naruto para no meio do corredor.

- Você também ta aqui?

- Narutooo...

Agora era uma mulher com lindos cabelos vermelhos que parava ao lado do loiro.

- Hinata, esses são meus pais que não deveriam estar aqui. Minato e Kushina Uzumaki.

- Muito prazer sou Hinata Hyuuga.

- Hyuuga?? – perguntou a mãe do Naruto.

- Que história e essa que nos não deveríamos estar aqui? – interrompeu o loiro mais velho.

- E-eu já vou.

- O que? Nada disso, trato e trato. – Naruto segurava meu braço e não soltava por nada.

- O que está acontecendo?

- Vai Hinata explica. – debochou de braços cruzados.

Loiro maldito. Você me paga.

Mais antes você vai ter que se explicar.

- Você pode explicar Hinata? – perguntou o mais velho todo educado.

Me curvei e contei tudo bem rápido.

- Estávamos num encontro e o Naruto estava me ensinando a andar de skate quando eu cai e quando ele foi me ajudar acabou caindo e rasgando a calça ficando de bunda de fora ai ele disse que só me perdoava se eu costurasse a calça e aqui estamos. – falei tudo em um único folego.

- Meu Deus. – sussurrou os pais do loiro.

- Hinata. – gritou Naruto.

Levantei minha cabeça e vi um Naruto indignando e vermelho e os pais dele rindo sem parar.

- Eu tenho que ver.

- Sai pai. – Naruto grudou na parede tentando fugir do pai.

- Naruto eu tenho que ver. – disse quase não conseguindo de tanto ri.

- Nãooooooo...Hinata olha o que você fez.

- Desculpa.

- Ok ok já chega Minato. Deixa o Naruto se trocar. Vai sobe.

Bufando ele correu pela escada a cima.

- Venha querida fiz um bolo de milho delicioso.

Ela nem esperou a resposta e já foi arrastando e sentando a menina no sofá. Trouxe dois fatias de bolo e chá. E sentou no outro sofá em frente do lado do marido.

- Obrigada. – agradeci.

- Se comeu minha parte, termino com você. – disse sério. Mais logo correu por que a Hyuuga se engasgou. – Calma não vou terminar.

- Eu odeio você. – disse sem folego.

- Odeia nada Hina. Você me adora. – brincou jogando a calça no braço do sofá e sentou do lado da morena. – Aqui, costure. – pegou as duas fatias do bolo e comeu.

- Era meu. – exclamei zangada.

- O que e seu e meu. – disse sorrindo.

- Não e não. – reclamei.

- Calma crianças. Tem mais bolo e chá.

 

 

Naruto

Legal.

- Viu tem mais. – eu disse triunfante.

- Você vai me deixar comer?

- Talvez. Se você fizer um bom trabalho. – apontei para a calça.

- Naruto deixa a Hinata em paz. – disse minha mãe trazendo todo o bolo.

Minha mãe me conhece mesmo.

Esfreguei as mãos e parti um grande pedaço. Mais antes de colocar na boca vi a Hyuuga me olhando. – O que foi?

- E o meu? – perguntou fazendo bico.

- Ainda tá com fome? Você comeu três tigelas de ramem.

- E daí? Você também comeu.

- Só que sou homem. Uma garota não come tanto assim no primeiro encontro.

- Quer que seja o ultimo Uzumaki? – quando ele negou com a cabeça ela aproveitou e robou a fatia.

- Ei.

- Quer mesmo tirar de mim?

- Fica com ele.

 

 

Minato e Kushina

O bom de amar a sua alma gêmea e que com um olhar eles conversam.

- Ela e boa amor.

- Estou vendo. Ninguém nunca tirou comida do Naruto antes.

- Eu sei. E essa garota Minato eu sinto amor.

- Será? Será que essa menina vai trazer nosso filho de volta?

- Espero que sim. Por que gostei dela.

- Eu também.

 

 

Naruto

Que encontro...Primeiro chega atrasada e estraga minha diversão. Depois rasga minha calça favorita, rouba meu bolo... – Tudo bem eu roubei primeiro. – E meus pais ainda gostaram dela?

- Essa cara feia e por que peguei seu bolo? Você pegou o meu primeiro. – se defendeu.

- Não estou chateado.

- Serio? Você e sempre assim de bom humor? – tirou sarro.

- Muito engraçada. E depois que rasgou minha calça.

- Desculpa por isso. Mais você que não me deixou comprar outra...

- E ainda roubou meu bolo... – sussurrou.

- Viu? Eu sabia que essa cara amarrada era por causa do bolo.

- Claro, uma garota rouba meu bolo no primeiro encontro. – disse indignado.

- Você roubou dois de mim. – disse rindo.

O riso dela e gostoso. Pensei sorrindo surpreso.

- Pronto chegamos. Obrigada por me trazer. Gostei muito.

- Eu também gostei...bem, menos da parte do vento na bunda.

- Desculpa vou comprar outra.

- Esquece...você me paga de outro jeito.

- Mais eu já paguei.

- Quem disse?

- Costurei sua calça.

- Isso não vale. Você roubou meu bolo. Vai ter que me compensar.

- Mais... – suspirou vencida. – Hai, o que você quer?

- Um segundo encontro.

Ela ficou parada com suas duas pérolas saltando.

- Pensei que você não fosse mais querer sair comigo. – falou baixinho – Fiz você passar por muita coisa hoje.

- Verdade.

- Então?

- Gostei de sair com você? – disse sorrindo.

- Naruto...se isso for uma aposta, tudo bem. Você já ganhou.

- Aposta?

- Sei que alguns garotos apostaram que quem sair comigo ganha algo.

- E mesmo assim você saiu comigo? Por que?

- Por que gosto de você. – sincera. E entrou rápido.

Por que gosto de você.

Ficou ali parado olhando a porta bater.

Ela parecia sincera

Gostei de sair com você.

- Eu realmente gostei. – percebi surpreso.

Fazia tanto tempo que eu não ria de verdade. E com meus pais. Fazia muito tempo que não conversava com meu pai e via sua mãe sorrir.

Meu coração batia rápido. Levemente como se ele não funcionasse a muito tempo.

- Narutinho não caia na farsa da Hyuuga. Ela sabe usar nossas fraquezas. – lembrou das palavras da Shion.

 

 

 

 

Hinata

Encostada na porta massageou o peito.

Se ele não sabia da aposta por que o Naruto quis sair comigo?

Essa era uma pergunta que talvez não quisesse resposta.

- Mais tem algo. Meu sexto sentido está apitando. E vou descobrir.

Peguei o celular.

‘’ Você estava falando sério sobre o encontro? ‘’

 ‘’ Se eu gostei? Claro que foi verdade. ‘’

Meu coração bateu forte. Sorri.

‘’ Do novo encontro. ‘’

‘’ Ahh, aonde você quer ir? ‘’

‘’ Ao parque de diversão. Podemos chamar nossos amigos. ‘’

‘’ Ótima ideia. Vou mandar mensagem para eles e amanhã nos encontramos as 10 h na frente da escola. ‘’

‘’ Combinado. Até amanhã. ‘’

Amanhã descubro o que o Naruto realmente quer de mim.


Notas Finais


Cuidado Hinata quem tanto procura acaba encontrando.
Gente Naruto só e inocente ele não e mal.
Volto logo logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...