História AKAI ITO - Imagine Jeon Jungkook. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Akai Ito, Bts, História, Hoseok, Imagine Jungkook, Jimin, Jungkook, Namjoon, Romance, Seokjin, Taehyung, Yoongi
Visualizações 81
Palavras 2.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lírica, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite!!! Soltando esse capítulo antes de ir pro inglês. Aproveitem e espero que gostem de verdade. Boa leitura. Beijos. 🌿

Capítulo 2 - Céu estrelado e algumas garrafas vazias. PT 2.


Fanfic / Fanfiction AKAI ITO - Imagine Jeon Jungkook. - Capítulo 2 - Céu estrelado e algumas garrafas vazias. PT 2.

Estava no sofá distraída rolando a eterna timeline do twitter, quando ouço a campainha, assim suponho que seja Jimin. 

 

Dito e feito, realmente era o garoto que encontrei mais cedo e por alguma brincadeira do destino estava em minha casa agora. 

 

Eu: Até que você teve facilidade pra encontrar aqui, achei que fosse demorar mais - olhei de soslaio para o garoto, que riu de mim, e logo pude observar duas belas risquinhas que se formavam em seu rosto angelical quando o mesmo sorria. 

 

Jimin: Ah sim, eu sempre passo por aqui, adoro os cafés que tem nessa rua. Aqui é bem tranquilo e bonito, né? 

 

Eu: Sim! não sei como nunca te vi por aqui, eu sempre estou observando tudo da minha varanda. 

 

Jimin: Pois é, vai entender, as coisas acontecem quando são para acontecerem em seu exato momento, talvez o melhor momento pra que a gente se conhecesse fosse agora, não? 

 

Eu: Profundo. Afinal, você vai entrar ou vai ficar aí plantado, ein? - E mais uma vez pude apreciar seus fúlgidos olhos formando-se em risquinhas, pois o mesmo ria de mim novamente. - Eu sou bem engraçada né? você só ri de mim. Não vou negar é um dom - O acompanhei na risada enquanto ele tirava seus sapatos e entrava em casa. 

 

Jimin: Está sozinha? não tem medo de ficar sozinha com um desconhecido em sua casa, senhorita cami? 

 

Eu: Pior que estou, nem minha mãe pra me fazer uma companhia nesse fim de semana, mas graças ao Mister bichinhos não estou só - ri de sua expressão, que no momento essa realçava sua indignação - E você não é tão estranho assim mais. 

 

Ele assentiu rindo, e o chamei para que fôssemos para o meu quarto e assim seguimos o caminho das escadas. Chegando em meu quarto ele deu uma checada geral em todos os mínimos detalhes, fiquei receosa de parecer ridícula com todas aqueles luzinhas e decorações as quais eu tinha o hábito de colecionar. 

 

Jimin: Legal seu quarto, tem bastante.... hum.... como posso dizer?.... iluminação? 

 

Eu ri de seu embaraço, e assenti. Realmente, eu amo colocar essas coisas luminosas em todos os cantos. Luz é algo tão lindo, ela é responsável por tanta coisa boa, como cores e contrastes. 

 

Eu: Obrigada? Eu gosto de luzes. 

 

Jimin: Oh, você tem uma coleção de bottoms, são lindos. Alguma história por trás disso? 

 

Eu: Ah sim, eu sempre faço questão de comprar um bottom do lugar que estou viajando pra poder me lembrar e trazer um pouco do lugar comigo. Eu adoro viajar. 

 

Jimin: Entendo... pelo jeito você já viajou pra vários lugares então, da próxima me leva na mala - rimos, e fomos pra varanda. 

 

Eu: A noite está agradável, né? eu adoro dias frescos assim - Tentava ao máximo não parecer baixo astral, estava triste sim, mas se teve uma coisa que eu aprendi com o próprio Taehyung; É que não devo perder tempo com coisas fúteis. Eu deveria aproveitar aquele momento no qual estava com uma boa companhia. 

 

Jimin: Sim, estou me sentindo tão leve. Mudando de assunto, você ainda é uma estranha pra mim, afinal, eu só sei o seu endereço e nome, me fala um pouco de você. Que amizade é essa que eu nem sei se você gosta de bichinhos? não vi nenhum animal de estimação até agora, -10 pontos pra você Cami. 

 

Eu: Ahhh claro, bom... Meu nome é Camila Watanabe, tenho 19 anos. Sou mestiça, pois minha mãe é brasileira e meu pai é japonês. Eu morei no Brasil até meus 10 anos, mas depois fomos para o Japão por uma condição de vida melhor e mais segura, mas a empresa da minha mãe a transferiu pra cá e estou aqui na Coréia já fazem 4 anos. Meu pai não mora com a gente, pois ele tem uma empresa no Japão e precisou ficar lá pra cuidar dos negócios pessoalmente, mas em datas comemorativas ele vem pra cá. Eu terminei meus estudos aqui mesmo mas não faço faculdade ainda, pois acho uma escolha muito importante e não quero ser impulsiva nisso, então estou dando um tempo enquanto viajo, conheço novas culturas e tenho novas experiências, assim posso fazer uma escolha mais concreta. Eu não tenho animais de estimação não sei porquê, eu sempre morei em apartamentos então cresci sem eles, me mudei pra essa casa não faz muito tempo então nunca pensei nessa hipótese por estar acostumada a não ter um, mas eu os amo e agora que você disse é uma boa ideia - Ri, e observei sua expressão de interesse e que estava prestando atenção em cada palavra minha pronunciada. 

 

Jimin: Claro!!! Entendi, isso é realmente muito legal. Parece que cada vez que conheço mais de você, mais me interesso. Você é uma pessoa legal - Comecei a rir quando ele usou aquela típica e velha expressão “Tá Bom” com o polegar pra cima. 

 

Eu: Você é uma pessoa engraçada. - Enquanto conversávamos ouvi o barulho da campainha novamente, o garoto deu um leve pulo ao se assustar com o barulho, e logo colocou a mão no peito acompanhada com uma expressão de horror. 

 

Jimin: Meu deus do céu! que susto, essa campainha é meio escandalosa. Você tá esperando alguém? 

 

Eu: Verdade, esqueci de te avisar mas eu chamei meu melhor amigo também, o nome dele é Jungkook, você vai gostar dele, relaxa. Se quiser pode beber já, vou lá abrir pra ele, volto em um instante. 

 

E assim o fiz, desci as escadas e fui atender meu melhor amigo, meu parceiro e confidente. Abri a porta e ele sequer percebeu, estava mexendo no celular, Jeon tem essa característica de avoado. Eu conseguia ouvir a música que ele estava ouvindo em seu fone de tão alta que estava, era algo com uma batida eletrônica. Com o meu dedo indicador dei um leve empurrãozinho na testa dele, e assim ganhei atenção do maior que arregalou os olhos e não esperou pra me dar um forte “abraço sanduíche”, como costumávamos chamar. Enquanto eu aspirava a sua fragrância gostosa, não de perfume mas de amaciante das suas roupas, ele acariciava meus fios. Para abraçá-lo eu tinha de ficar nas pontas dos pés, apesar de não ser tão baixa assim, Jeon tem uma estatura bem maior que a minha, o que me faz sentir protegida e em um imenso conforto. O garoto a minha frente me soltou e me encarou profundamente, ele olhava em meus olhos como se conseguisse ler até minha alma, aquele silêncio não era bem um silêncio, queria dizer que ele estava ali independente se eu quisesse um conselho ou só desabafar, ele sempre estaria, e eu sei disso. 

 

Jeon: Hmmm, trocou o perfume? não senti aquele cheirinho de baunilha.

 

Eu: Troquei, aquele era o favorito do traste, não gostou desse? é de morango, tava guardado e resolvi testar. 

 

Jeon: Eu não gostei - entortou a boca, confesso que fiquei deslocada, ele amava fragrância de morango, EU TAVA FEDENDO? - EU AMEI! sério, combinou com você. 

 

Eu: Vai assustar sua mãe garoto! - Ele gargalhou da minha reação - Entra aí e fecha a porta, por favor. 

 

Jeon: Quer falar sobre o que houve? 

 

Eu: Na verdade não. Vamos só nos divertir e esquecer, hm?

 

Jeon: Tudo beeeeem xuxuzinho - Eu adoro esse bom humor dele, como pode uma pessoa ter uma áurea tão incrível? enquanto estava refletindo no quão sortuda eu era apenas por tê-lo, senti dois braços fortes me levantando.

 

Eu: Jeon, se eu cair você me paga! - Eu ria de nervoso, enquanto o mesmo me colocava nos ombros e subia as escadas. Até que a academia tava dando resultados, esse menino tá com uma força do cão. 

 

Jeon: Claro.... claro... pago sim, com muitos beijinhos, serve?

 

Eu: Eca, deixa quieto - Nem precisava olhar seu rosto pra saber que ele estava com um sorriso maléfico nos lábios. Ele me soltou no meio da escada e começou a dar vários beijinhos pelo meu rosto enquanto eu me debatia pra correr. Ele é realmente forte, mas qualquer fortão tem seu tendão de Aquiles, apertei seu mamilo, logo ele me soltou, nós dois parecíamos duas crianças enquanto gargalhávamos a beça. Sai correndo dali em direção ao quarto, quando vi Jimin bebendo a segunda garrafa, e ainda misturava um suco com a bebida. Até tinha me esquecido que ele estava ali. Jeon foi se aproximando e me deu um último beijo na testa. 

 

Jeon: Te amo muito!!!!!!

 

Eu: Eu também te amo, obrigada por vir me fazer companhia. Aliás, hoje temos mais um membro pra loucura, o nome dele é Jimin, ele é bem legal, conheci hoje. 

 

Jeon: Hoje????? você perdeu os parafusos ou o quê? não é possível, acho que aquela vez que a gente caiu da árvore você bateu a cabeça e ficou desmiolada. - Sim, quando éramos adolescentes nós caímos de uma árvore enquanto tentávamos salvar um gatinho que estava preso, no fim deu tudo certo... com o gatinho. O jeon saiu com os joelhos e mãos ralados e um pedaço do dente quebrado que ele teve de reparar depois e eu bati a cabeça e levei alguns dolorosos pontos. 

 

Eu: Relaxa, ele é gente boa. 

 

Jeon: Se você diz...

 

Fomos em direção a varanda, abri o vidro que separava o quarto dali e saímos, logo pude sentir a brisa daquela noite incrível balançar meus cabelos. 

 

Eu: Jimin, esse é o Jungkook. Jungkook esse é o Jimin, se apresentem e sejam amigáveis. 

 

Os dois se cumprimentaram e logo começamos a beber e jogar alguns jogos que envolviam bebidas, e colocamos música também, música sempre. 

Peguei meu celular e pude ver que já era 1 da manhã, e nós estamos super animados ainda, até que Jungkook tem a brilhante idéia.

 

Jungkook: Gente, o clima pede uma piscina, que tal? - ele indagava aquilo com tanta animação que óbvio que eu não ia recusar. Jimin topou também. Quando dei conta estávamos os três lá embaixo na área da piscina. Jeon havia emprestado um shorts para o Jimin e ele também vestia um. Eu coloquei um biquíni simples todo preto, e estávamos organizando as bebidas e a música lá, e eu fui pegar algumas toalhas. Depois de alguns shots aquele clima fresco se tornou no próprio forno, estava tão quente e tudo pedia uma piscina, realmente.  

 

Tudo estava tão incrível que a imagem daquele ser do sorriso quadrado o qual eu era apaixonada nem veio à mente, eu estava bebaça, feliz e com pessoas que eu gostava. Já estávamos ali faziam algumas horas, e nesse tempo pedimos uma pizza, em uma pizzaria qualquer 24 horas, depois de comer alguns pedaços eu fui sentar na borda da piscina, e estava lá mexendo os pés na água e olhando pra mesma pensando na morte da bezerra, quando sinto um corpo próximo a mim, ao olhar de soslaio percebo que era Jeon. 

 

Jeon: Tudo bem, princesa? 

 

Eu: Aham, tá cansado? 

 

Jeon: Um pouco só. O Jimin é muito louco né, eu gostei dele, você tinha razão ele é um cara legal - ríamos enquanto lembrávamos das pérolas que Jimin tinha aprontado naquela noite, ele teve a cara de pau de ir em plena 2 horas da manhã na casa da vizinha pedir sal e limão pra fazer um shot, o garoto estava todo molhado e só de shorts. 

 

Eu: Eu te disse cara, confia em mim que é só sucesso - rimos. - Falando na estrela (tínhamos dado esse apelido a ele naquele momento pois ele ficava dando vários mortais e piruetas descoordenados dizendo que conseguia fazer estrelinhas e era profissional nesse passo, o que nos causou boas risadas, pois ele só caía e levantava novamente) Onde está ele? tá muito quieto. 

 

Jeon: Ah, depois daquelas piruetas ele não se sentiu bem, acabou vomitando, eu fui ajudar ele a tomar banho, ele precisava descansar, ele tá dormindo na sala. 

 

Eu: Entendi... - ri imaginando a cena. 

 

Jeon: Hoje você foi incrível, te admiro tanto sabia? você tá sendo forte, você é maravilhosa e se aquele cara fez isso com você, ele não te merece, você não perdeu nada. A culpa não é sua, se você é tão incrível que se ele se sentiu pressionado com tudo isso. Não se preocupe com coisas que estão além do que você pode ter controle, certo? 

 

Eu: Obrigada de verdade, você é essencial pra mim, te amo tanto, não sei o que seria de mim sem você - O olhei com um olhar de gratidão, eu gostaria de ser metade pra ele do que ele é pra mim, ele é tão bom em tantos sentidos que eu não poderia querer alguém diferente. 

 

Jeon: Eu te amo infinitamente, conta comigo sempre, você sabe que eu estou aqui pra você. E eu sei que o Jimin é um cara legal mas se você me trocar por ele, eu faço pedacinho dos dois, ouviu bem? 

 

Rimos com esse ciuminho bobo dele. Saímos eu fui tomar banho na minha suite e ele no banheiro da minha mãe. Quando terminei meu banho, desci pra piscina pra tentar organizar um pouco mas desisti ao ver aquele tanto de garrafa vazia e embalagens no chão por todo lugar que sequer tinha espaço lá, amanhã esses mocinhos iam me ajudar a arrumar tudo isso, ah se iam. 

 

Subi pra dormir e arrumei minha cama, estava exausta, morta e qualquer outra palavra que se associe com acabada. Deitei e depois de alguns minutos senti o colchão do meu lado afundar e senti aquele cheirinho gostoso do Jeon que eu já tinha decorado de todas as formas. Ele me abraçou, deu um beijinho na minha cabeça. 

 

Jeon: Boa noite, princesa. Durma bem. - sussurrou no meu ouvido e assim dormi ali mesmo com esse fazendo aquele cafuné maravilhoso nos meus fios. 

 


Notas Finais


Não esqueçam dos comentários por favor. Até o próximo capítulo! sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...