1. Spirit Fanfics >
  2. Akali Park >
  3. Café

História Akali Park - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Gente desculpa a demora, estava com problemas pessoais. Mas agora que era resolvido posso me entregar completamente. Boa leitura 😝

Capítulo 4 - Café


Fanfic / Fanfiction Akali Park - Capítulo 4 - Café

- O que aconteceu ?

Chega Phoenix perguntando para Evelynn.

- Depois explico. Sabe para onde ela pode ter ido?

- Talvez, Provavel mente ela foi para a galeria.

- Que? Depois me explica, vem junto no meu carro.

Galeria é um lugar um pouco afastado da cidade onde Akali ia para grafitar ou quando estava triste, são varias paredes de construção abandonada ela que deu o nome de galeria para o lugar.

Os dois entram no carro e saem em direção ao local que Akali poderia estar. Chegando lá eles vem a bicicleta de Phoenix no chão.

- Fica ai. Deixa que eu falo com ela.

Evelynn fala abrindo a porta do carro.

Evelynn sai do carro e começa a procurar por Akali, ela observa os grafites na paredes um mais bonito que o outro, com cores e expreções que a deixa maravilhada. Evellyn escuta um barulho e vai verificar. Ela encontra Akali grafitando toda suja de tinta.

- Kali.

Evelynn chama a atenção delicadamente com uma voz suave.

Ela se vira para Evelynn e sai andando em sua direção com a cabeça baixa e com boné cobrindo seu rosto. Chegando perto de Evelynn ela a abraça.

- Desculpa por sair corrrendo assim. Não sei oque deu em mim.

- Olha eu já mandeie ele apagar a foto, não vai acontecer nada.

- Se não fose voce eu teria dado um soco nele e apagado eu mesma.

- Como assim eu kali ?

- Nada.

Akali fala desviando o olhar e ficando vermelha.

- Fala para mim Pimentinha.

Eve insiste puxando a cara de Akali de volta.

- É que você... Você mexe comigo. Eu gosto de você Eve eu realmente gosto muito de você.

- Você tabem me faz me sentir diferente. Em pouco tempo que passei com você, me esqueci completamente dos meus problemas.

Evelynn coloca a mão na nuca de Akali e a puxa para beijala, as duas começam um beijo suave e delicado. Evelynn coloca as mãos na cintura de Akali. a mais nova se assusta arregalando seus olhos.

- Humhum.

Phoenix chama atenção das duas.

- Ta quanto tempo parado olhando a gente ?

- A sla 5 minutos. Relaxa eu não gosto disso.

Ele fala apontando para as duas.

Evelynn olha para Akali e ela confirma balançando sua cabeça.

- Vamos, vou deixar vocês em casa.

Após deixar Phoenix, Evelynn chega na casa de Akali. Quando a mais nova estava saido do carro Evelynn a puxa pelos braços dando um beijo. Akali levanta e sai do carro envergonhada.

- Ei pimentinha. Que tal amanha tomarmos um café?

- Sim ! quer diser, sim claro.

- Ok então, venho te buscar as 7:00

Akali entra em sua casa sobe as escadas entra em seu quarto, tira sua roupa, coloca seu pijama e deita em sua cama.

( Pensamento Akali) Meus deus que dia louco. Eu e a Eve tamo namorando? Sla. Só sei que ela me beijou.

Domingo 7:30am

As duas garotas estão na confeitaria do Pãotheon, um luguar famoso e de muito respeito em São Francisco. Akali tem bastante entimidade com o dono ,Pantheon, pois ela já tinha trabalha alguns meses la.

- De onde você é mesmo ?

- Coreia do Sul.

Akali responde colocando sua xicara na mesa.

- E como é com aquele ditador lá ?

- Essa ai é a do Norte. Hihi.

Ela corrige com um sorriso na boca.

- Aaa. Entendi.

- E você Eve ?

- A eu vivi por bastante tempo em Nova York, mas eu me mudei para ca por causa que ela ta em divorcio com meu pai. A quele idiota.

- A, entendi.

- Desculpa jogar isso em cima de você.

- To aqui para isso.

Akali fala colocando sua mão em cima da mão de Evelynn.

As duas ficam converssando, rindo e desabafando até tarde. Quando elas se dão conta já são quase 12:00.

- Nossa já é quase hora do almoço

Evelynn fala olhando seu relogio.

- Sim. É Eve. Minha mãe vai fazer comidas tipicas do meu da Coreia.

- Sim.

Evelynn responde antes de Akali termiar.

As duas terminam o café e Evelynn paga a conta as duas entram no carro da mais velha e vão em direção a casa de Akali.

- Nossa da para sentir o cheiro da qui.

Evelynn fala abrindo a porta.

- Eve...

Akali chama atenção da mais velha.

- Oi.

- Nos estamos namorando ?

Ela fala toda envergonhada.

Evelynn se aproxima seu rosto ao de Akali sentindo sua respiração.

- Sim.

Ela responde com um sorriso no rosto.

- A, Ok .

As duas entram na casa e vão para a sala de jantar, que está com a mesa pronta cheia de comida.

- Finalmente resolveu aparecer Tuca.

Marcos fala entrando na sala com os pratos em suas mãos.

- PAi !

- Tuca ? haha.

Evelynn da uma leve risada.

- Vamos precisar de mais um prato então ? Qual o seu nome ?

- Prazer senhor Park. Me chamo Evelynn.

- Prazer é todo meu.

As duas se sentão na mesa e aguardão a familha chegar para a refeição.

- Tuca? Sério?

- Vamos mudar de assunto?

Akali fala revirando seus olhos.

Todos se sentam na mesa, Evelynn, Akali, Marcos e Akemi.

- Onde tá o shen?

Akali pergunta confusa.

- Ele falou que ia dormir na casa de um amigo.

Marcos responde.

- Amigo. Sei.

( Celular) Amiga não acredito que meu irmão dormiu ai?

- Akali sem celular na mesa.

Akemi repreende a filha

- Desculpa mãe.

- Então Evelynn. Vocês duas estão juntas?

- Sim. Senhor Park. Claro com sua permissão.

- A sim. Por mim tudo bem.

Ele responde.

- Você mora com seus pais.

Akemi pergunta.

- Com minha mãe. Eles estão em processo de divorcio.

- A sinto muito.

- Nossa esqueci do bolinho de arroz.

Marcos fala se levantando.

Ele se levanta e se sente um pouco tonto, ele se enclina para o lado mas se segura na mesa.

- Pai ?

- To bem. Foi só uma tontura.

Ele vai até a cozinha e pega os bolinhos. Na volta e se sente tonto de novo porém ele n se apoia em nem um lugar e cai no chão desacordado.

- Pai!!

Akali se levanta rapidamente e vai até seu pai que esta deitado no chão inconciente. Ela pega seu celular e liga para emergencia. Após ligar para emergencia ela liga para Shen pedindo para que ele a encontra-se no hospital.

No hospital as duas garotas estão na sala de espera do pronto socorro. Shen chega junto de Irelia preocupado procurando as duas.

- Shen aqui.

- Kali. Oque aconteceu.

Shen pergunta.

- O pai desmaiou e bateu a cabeça. Mas ele já foi atendido.

- Onde está a mãe.

- Ta com ele.

- Oi miga.

Irelia da um abraço em Akali.

Todos se sentam e aguardam. Já se passaram 3 Horas após o atendimento, todos estãos nervosos e procupados. A porta se abre e Marcos está de muleta se apoiando em Akemi.

- Pai !

Akali grita e sai correndo na direção a ele.

- Oi tuca.

Akali abraça seu pai. Em seguida vem shen tambem para o abraça-lo.

- Vamos para casa que precisamos converssar.

Akemi diz colocando a mão na cabeça de Akali.

Chegando em casa todos se sentam no sofá, menos Evelynn e Irelia que tinham ido para suas casas após sair do hospital.

- Oque foi?

Akali pergunta.

- Seu pai está doente.

- Doente do que ?

- Eu estou com um tumor no cérebro.

Nesse momento Akali não consegue escutar mais nada tudo fica abafado, sua visão fica embaçada ela sente seu coração doer e escuta seus batimentos. Akali esta tendo uma crise de ansiedade. Sua mãe percebe porque já passou por uma dessas crises.

- Filha toma bebe um pouco.

Akemi entrega um copo de agua com um calmante a sua filha.

Akali pegua o comprimido e toma. Ela sente um pouco tonta e sonolenta e dorme. O remedio que sua mãe deu era um calmante forte por isso Akali apagou na hora.

Akali acorda com sede em sua cama coberta, ela pega seu celular e ve que já são 2:00 da manhã. Akali sai de seu quarto e vai para cozinha buscar um copo d`agua, no caminho chegando na escada ela escuta seus pais converssando. Akemi estáva com uma voz mais peasada de de choro.

- Nos não podemos pagar o tratamento.

- Nos vamos dar um jeito amor.

Akali entra no quarto e abraça seus pais. Todos começam a chorar

- Não quero perder você.

Akali fala solusando.

- Não vai Tuca...


Notas Finais


N foi muito comprido pois está bem pesado o Cap. Me sigam no Twitter para saber de atualização sobre a história:

Confira Silk (@Silk40082091): https://twitter.com/Silk40082091?s=09


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...