1. Spirit Fanfics >
  2. Akatsuki >
  3. The Explosive Boy

História Akatsuki - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


OIII GENTEEE

Tudo Bom?
Então vamos ao principal
Como sabem, algum dia essa fanfic linda irá acabar (;-;)
E eu já to pensando na próxima LonfFic de Naruto

O que vocês acham de um crossover com No Game No Life?

Capítulo 9 - The Explosive Boy


Fanfic / Fanfiction Akatsuki - Capítulo 9 - The Explosive Boy

~Leia as Notas do Autor~

-Kakuzu! -Olhou o tanque vazio se perguntando aonde o parceiro estaria. QUE MERDA EU DORMI, AONDE TÁ AQUELE PUTO.

-Ta procurando alguém Hidan? -Aquela voz....

Olhou para trás o vendo ali. A aparência infantil era bem diferente dele adulto, mas ainda assim dava pra ver claramente que era ele.

-SEU PUTO!

Correu até o antigo parceiro se agachando e o abraçando.

-Senti sua falta, velho chato. -Falou rindo baixo no ouvido do velho (agora criança) e arrancando um curto e baixo suspiro do mesmo. Fazia muitas décadas que não tinha visto Hidan.

O puto continua lindo, porra! ~Ambos pensaram.

-Que cena mais linda, será que to atrapalhando o casalzinho aí? -Sasori disse entrando na sala mais uma vez com uma caixinha de suco de maça. É ruim, mas é bom ao mesmo tempo. Dá pra fazer um veneno parecido.

-Vai fuder o Deidara! -Hidan gritou arrancando risadas do ruivo e um resmungo de Kakuzu que, por estar sendo abraçado pelo albino, ouviu o grito bem próximo de seu ouvido.

O ruivo continuava rindo não se importando com a provocação do albino e sim com o moreno o xingando de todas as formas possíveis por ter gritado em seu ouvido.

-Que bom que acordou Hidan. -Shin disse entrando na sala com os outros jovens, todos estavam com suas armas a postos atraindo olhares confusos e curiosos das duas crianças e do albino.

-Vocês vão aonde? -Sasori perguntou atraindo um olhar fofo de sua sucessora. A mesma se aproximou dele dando lhe um abraço.

Ambos tinham ficado muito próximos graças a paixão anormal por marionetes, o que tinha acarretado em uma raiva enorme em Takashi .

-Desculpa Sasori, temos uma missão complicada há alguns dias de viajem daqui, temos que nos apressar se quisermos chegar a tempo. -A ruiva disse se separando do mestre. Ambos sorriram fracamente e a ruiva se levantou indo até os colegas.

-Que missão é essa? -Kakuzu perguntou logo se surpreendendo com as expressões dos jovens chunnins.

Cada um tinha uma expressão mais assustadora que a outra, todas mostrando altos níveis de Sadismo.

-Destruir uma cidade... -Jhin disse sorrindo, de longe a expressão dele era a mais assustadora.

Os três antecessores ficaram um pouco assustados, não tinham tanta força quanto antes graças ao seu estado infantil -no caso de Sasori e Kakuzu- e desuso de suas habilidades -no caso de Hidan-.

Os jovens se despediram e saindo deixando os três ali na companhia de Suigetsu e Karin que trabalhavam para acelerar o processo de Deidara. Deveria existir algum jeito e como uma cientista, Karin iria encontra-lo.

 

 

Já haviam se passado dois dias, Sasori já aparentava ter oito anos enquanto Kakuzu sete. Karin dormia poucas horas, já tinha progredido em sua busca pela aceleração da reanimação, Deidara iria voltar em menos de doze horas e os outros membros durariam apenas dois dias para serem revividos.

O mais animado de todos era Sasori, embora não demonstrasse muito. Finamente iria rever Deidara, e ainda por cima como uma criança.

A nova Akatsuki ainda não havia retornado de sua missão e digamos que a casa não estava em condições para que eles voltasse.

-COMO ASSIM VOCÊ NÃO SABE COZINHAR SASORI?! 

-VOCÊ TAMBÉM NÃO SABE KAKUZU, SOU ESPECIALISTA EM VENENOS NÃO EM COMIDA!!!

-Eu já to fazendo seus idiotas....

É, Hidan seria empregado dos antigos companheiros até eles crescerem ou até Karin acordar de seu apagão.

 

-FALTA UMA HORA! EU TENHO QUE ARRUMAR UMA ROUPA PRO DEIDARA! -Sasori corria pela base inteira completamente agitado enquanto a equipe imortal o encarava com tédio.

-Caralho Sasori, falta uma hora ainda. -Hidan dizia entendiado fazendo um cafuné nos curtos cabelos de um Kakuzu criança que estava deitado em seu colo totalmente emburrado.

Ele estava em corpo de criança só que continuava sendo décadas mais velho que o albino.

-Eu te odeio Hidan. -O moreno falou seco sendo abraçado pelo albino logo depois.

-Aaah, mas eu te amo tanto Kuzuh- O moreno ficou mega corado com a frase do companheiro se praguejando por não estar usando uma máscara no momento.

Até Sasori tinha parado para rir da cara do amigo imortal.

-Cala a boca Sasori! Você tinha mais de 30 anos quando começou a ficar afim do Deidara com 19! -Kakuzu gritou e Sasori sorriu malicioso se aproximando dele calmamente e se direcionando para o ouvido do mesmo surrando.

-E você tinha 80 quando se apaixonou pelo Hidan de 20. 

O moreno ficou corado novamente sendo abraçado mais forte pelo albino -que assim como o sucessor, ele era o maior tapado do mundo- arrancando mais risadas do ruivo.

-Ai Hidan! Sabia que eu já ouvi dizer que o Kakuzu sempre teve vontade de dormir agarradinho com você? -Novamente, Sasori foi amaldiçoado mentalmente por Kakuzu enquanto corava. 

O albino parou de abraçar Kakuzu impressionado com as palavras do ruivo e sentindo o coração palpitar olhou para Kakuzu atentamente.

-Kuzuuh! -Pulou em cima dele o abraçando fortemente murmurando coisas como: -Por que você não me disse antes Kuzuh? Eu faria se você me pedisse! Eu te amo tanto Kuzuh

O moreno apenas ficava ali, estático. Se antes de sua morte seu nariz escorria sangue só de pensar em Hidan o abraçando desse jeito, imagine agora com o albino fazendo isso murmurando varias vezes aquelas frases que foram tão almejadas por anos?

-Me agradeça depois. -Sasori falou sem usar sua voz apenas falando pela movimentação dos lábios sendo retribuído do mesmo jeito por Kakuzu com um amado "Morra" do mesmo.

Riu baixo saindo do comodo e indo preparar as coisas para quando Deidara acordasse.

Finalmente te verei, depois de tanto tempo... Dei

 

 

Acordou no tanque de água (N/A: Mais um eu sei) se debatendo fortemente com medo de se afogar. Sentia seu corpo menor do que já era começando a ficar com raiva.

ALÉM DE MORRER DE FORMA TÃO BOSTA EU VOU MORRER NANICO? 

Sentiu uma mão o puxar para cima logo se libertando daquela prisão de água sendo substituída por outro corpo rapidamente.

Roupas foram colocadas em si rapidamente. Lutou um pouco para ver quem eram logo reconhecendo a pessoa mais importante para si.

-Sasori... -Encarou atentamente os cabelos ruivos do companheiro, já o tinha visto criança por algumas fotos que o ruivo tinha... mas pessoalmente...

Ele é muito mais fofo pessoalmente.

-Oi... Dei

Pulou em cima do ruivo o abraçando com força, fazia tanto tempo que não o via...

-Aah Danna, senti tanta a sua falta. -O loiro se debulhava em lágrimas agarrado em seu Danna fortemente.

-D-Dei...! -O ruivo retribuiu o abraço na mesma intensidade sentando no chão com o loiro em seu colo. Se pudessem ambos ficariam ali para sempre.

 

 

-Então, você tá me dizendo que tem dez chunnins com as mesmas habilidades que nós e estão nos revivendo por um motivo desconhecido? -Deidara perguntou encarando o albino que estava abraçando Kakuzu fortemente.

Ele não podia provocar o albino, ele também estava agarrado em seu Danna... que para a surpresa do loiro, retribuía da mesma forma.

-Basicamente, Jhin e Mina são os líderes. Keiko e Shin são a equipe imortal. -Hidan começou listando todos eles.

-Tatsumi e sua dupla personalidade Iori fazem dupla com Riki, como os novos Zetsu e Tobi. -Kakuzu continuou o pensamento de seu parceiro ainda reclamando baixo por todo aquele grude com si.

O loiro já estava entendendo quem era quem, ainda não ouvindo os chunnins de duas duplas.

-A dupla de artistas, Saori e Hayato não se deram tão bem então se separaram se juntando com Ren- Hidan foi interrompido por Sasori que murmurou um "O novo Itachi". -E o Takashi. -"O novo Kisame"

-Ata. E aonde eles estão? -Perguntou curioso olhando para seu Danna.

-Eles trabalham em conjunto com a cúpula, ajudam em missões perigosas e de rank S e como retribuição nós não somos caçados.

O loiro assentiu ouvindo a resposta de seu danna apertando o abraço logo em seguida.

-Você é tão fofo criança Danna. -O ruivo corou vendo as expressões maliciosas da dupla imortal para cima de si mas não ligou muito logo voltando sua atenção para o parceiro.

-Você é mais Dei. -Sorriu lindamente -Na visão de Deidara, da Autora e de mais meio mundo- e o loiro não se aguentou desmaiando de fofura no colo do ruivo. -DEII!

 

 

Acordou novamente se encontrando em um quarto estranho. Tinha uma decoração meio infantil, com uma cama de criança e coisas de tamanho pequeno.

Se viu em meio a perguntas estranhas como:
"Por que estou aqui?"
"De quem é esse quarto?"

E a mais normal para sua mente.

"CADE O DANNA, UNN"

-Que bom que você acordou Dei. -Ouviu a tão amada voz (mesmo que infantil) se virando rapidamente encarando o tão amado ruivo a frente.

-Danna! -Pulou em cima do mesmo o abraçando fortemente.

Sasori odiava ser criança por ficar muito curioso com as coisas já Deidara...

Ele odiava ser criança por sempre ser tão honesto com o sentimento amor e ser muito grudento.

-D-Dei você tá me apertando muito forte. -Sasori falou em meio á leves espasmos de dor causados pelo aperto forte do loiro.

-Aah... -Soltou o ruivo rapidamente se afastando dele. -Desculpa, é que eu não consegui me segurar, estava com tantas saudades.

PUTA MERDA DEIDARA, TU É MUITO BURRO! POR QUE DISSE AQUILO? BURRO! BURRO! BURRO! ~Pensou se xingando se vendo na situação.

Deveria estar mega corado não só por ter abraçado o seu tão amado Danna, mas também por ter falado aquilo.

-Deii... -O ruivo se aproximou rapidamente do loiro o abraçando fortemente. -Não fale essas coisas, somos crianças no momento não posso fazer merda! ...eu também senti sua falta.

-Eii, pombinhos! -Os dois citados se separaram rapidamente corados encarando a outra criança ali presente. -Vamos, Hidan fez o jantar. Comam comida primeiro, ai depois vocês se comem.

Os dois coraram fortemente com a fala de Kakuzu que já corria pelos corredores.

-VAMOS FAZER ISSO DEPOIS DE VOCÊ ARREGAÇAR O CU DO HIDAN, SEU FILHA DA PUTA! -Sasori gritou correndo atrás do amigo sendo seguido por um Deidara mega corado e de passos leves e calmos.

Chegaram na sala de jantar machucados -menos o Deidara- Sasori e Kakuzu tinham brigado rapidamente fazendo os dois terem alguns hematomas.

-Vocês não se cansam de me dar trabalho? -Hidan perguntou com as mãos na cintura.

-Não mamãe. -Sasori e Deidara falaram juntos brincando com o mais velho que logo bateu na cabeça de ambos com uma colher de pau.

-Idiotas...


Notas Finais


Ficou bem curto, mas da pro gasto.
Deii voltou galerinhaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...