1. Spirit Fanfics >
  2. Akemi - a Ninja Definitiva >
  3. Bem-vindo, Itachi!

História Akemi - a Ninja Definitiva - Capítulo 53


Escrita por:


Notas do Autor


Me desculpem pelos erros de português.

Explicações nas notas finais.

Capítulo 53 - Bem-vindo, Itachi!


Fanfic / Fanfiction Akemi - a Ninja Definitiva - Capítulo 53 - Bem-vindo, Itachi!

Tobi:- Eu sinto muito Sayuri.

E agora,a casa está... destruída.

Sayuri:- Ainda bem que Itachi e eu nos prevenimos antes da luta.

Tobi olha para o corpo de Itachi:- O que faremos com ele?

Sayuri:- Vamos enterrá-lo com os pais.

Tobi:- Mas eles estão em Konoha.

Sayuri:- Não,eles estão aqui...

Tobi:- Se você diz.

Vou levar o Sasuke para uma das bases. 

Sayuri:- Obrigada Tobi...

Tobi vai até Sasuke e usa o Kamui para levá-lo para uma das bases da Akatsuki.

Estava chovendo muito naquela tarde. Sayuri tirou Akemi de lá e a levou de volta para o andar de sobrevivência.

Depois voltou para onde o corpo de Itachi se encontrava.

Sayuri:- Eu já estou com saudades,me espere aí,Hai?

Não vou deixar você ir assim... Sayuri beija a bochecha de Itachi e o pega no colo. Sayuri tentava se segurar para não chorar,mas era simplesmente impossível.

Depois Sayuri o leva para o andar de sobrevivência. Itachi não sabia,mas Sayuri havia pego uma de suas roupas para aquela ocasião.

Sayuri pega o caixão que Itachi havia feito. Era simples,mas estava como Itachi queria, então em outras palavras estava perfeito.

Sayuri limpou e trocou itachi e depois o posicionou no caixão. Ele usava sua roupa normal, porém Sayuri não colocou o manto.

Achou que seria desrespeitoso levando em consideração que ele estava lá por Konoha.

 *Akemi acorda.

Akemi:- Papai..

Sayuri:- Venha querida.

Sayuri abre os braços e Akemi a abraça.

Akemi:- Por quê ele teve que ir?

Sayuri:- Eu também não sei... Mas acho que ele queria acabar com a dor, e também queria nos poupar da dor de vê-lo sofrendo...

Eu já vi alguém que eu gostava muito sofrer,e é simplesmente horrível!

Até poucos meses atrás,eu não sabia. Ele queria nos proteger. Seu pai nos ama e acho que é por isso que ele teve que ir.

Akemi:- Pelo lado positivo,agora ele pode ficar com a vovó e o vovô!

Sayuri limpa seu rosto e ri de leve.

Sayuri:- Sim,pelos menos tem essa parte boa.

Vamos pequena,temos que nos despedir...

Sayuri e Akemi tomam banho e vestem suas roupas pretas. Por estar chovendo, Sayuri vestiu seu manto e deu o de Itachi para Akemi. Sayuri usa seu chakra para leva o caixão com Itachi e Akemi estava em seu colo.

Ambas começam a subir e vão na direção do jardim.

*Do outro lado daquele universo.

Um raio havia caído no chão,mas junto a ele vinha alma de Itachi Uchiha.

Itachi abre os olhos e acorda no meio do entulho da luta com Sasuke.

Itachi:- Mas o quê? Chuva? Dizia Itachi sentindo ao gotas de chuva cair sobre seu rosto.

Espera eu não morri? Que aconteceu comigo? E-Eu sobrevivi.

Onde está o Sasuke e... Eu tenho que achar a Sayuri e a Akemi.

Elas vão ficar tão felizes com isso! Eu tenho uma nova oportunidade e não vou desperdíçar!

Itachi se levanta e vai em direção a entrada do andar de sobrevivência. Ele estava sorrindo e até gargalhava. Estava feliz por ter "sobrevivido".

Ele entrou e desceu as escadas,mas Nem Akemi e nem Sayuri estavam lá.

Itachi:- A Sayuri deve estar no jardim preparando uma cova sem necessidade!

Itachi ri só de imaginar Sayuri e Akemi cavando e sobe para avisá-las. Ele vai até o jardim e as encontra.

Itachi:- Sayuri! Akemi!

Itachi corre até elas e abre os braços para um abraço, porém ele as atravessa e cai no chão.

Itachi:- Mas o quê...?

Sayuri:- Você quer começar?

Akemi:- Não, pode começar.

Sayuri:- certeza?

Akemi:- Aham!

Sayuri:- Bem,eu não sei por onde começar...

Eu tinha tanta coisa a dizer,mas agora não me vem nada em mente.

Itachi vê seu corpo e ri.

Itachi:- qual é Sayuri Hyuuga. Quem acha que vai enganar com esse clone?

Sayuri:- Eu sinto que deveria começar falando do dia que nos conhecemos... Foi um dia especial,lembro até hoje do cheiro daqueles sanduíches e de como você me defendeu do Sasori e do Kisame. Foi um dia engraçado.

*Olhos enche de lágrimas.

Também me lembro da primeira vez que você me colocou em um genjutsu. Você me mostrou... "aquele dia".

Mas eu me lembro do genjutsu que você me colocou no dia do casamento.

Você me fez ver nossas famílias e amigos unidos. Graças a você,eu pude ver meu pai de uma perspectiva diferente de uma simples foto! Aquela noite realmente dói mágica!

Itachi:- Eu também Lembro. Você chorou bastante com esse genjutsu. E você estava como uma princesa naquela noite. Bem, você é uma princesa...

Também me lembro da maneira que você me pediu em namoro. Foi um jogo divertido principalmente onde aquilo nos levou.

Itachi:- Eu também me lembro. Foi a nossa segunda vez, porém parecia a primeira. 

Sayuri:- E no dia eu fiz as panquecas, você havia planejado o dia inteiro para ficarmos juntos, porém o Tobi havia chegado.

Itachi:- Nesse dia,eu fiquei com raiva!

Sayuri:- Nossa vida juntos foi maravilhosa em casa segundo possível. Eu te agradeço muito por ter sido o primeiro homem que conheci depois dos 10 que me respeitou e amou como nenhum outro.

E no dia que a nossa princesinha nasceu... Nossa você tava muito desesperado!

Itachi:- O Tobi é um pouco dramático às vezes...

Sayuri:- Eu me lembro de que quando a Akemi ainda estava na minha barriga, você sempre conversava com ela antes de você dormir.

Itachi:- E-Eu também...

 Sayuri:- E-Eu não... (Sniff)

*Sayuri e Itachi começam a chorar.

E-Eu não tenho idéia do que falar... Porque eu acho que momentos como esse, é simplesmente impossível!

Eu mais que qualquer pessoa Entendo que não existe sentimento melhor,do que finalmente tirar uma dor... Principalmente do coração! 

Eu não entendo o porque,mas eu te amo e isso não vai nunca! (Sniff)

Itachi:- Aw, Sayuri...que vontade de te abraçar! Mas eu não posso...

Sayuri:- Eu, Sayuri Hyuuga prometo te prometo ser fiel,na alegria e na tristeza,na saúde e na doença,na riqueza e na pobeza,amando-o e respeitando-o em todos os dias de nossa vida, até que a morte nos separe.

Itachi:- Seus votos...

Sayuri se aproxima do corpo de Itachi,pega a mão esquerda e põe a aliança do marido em seu dedo anelar, depois beija a superfície da aliança e dá um último selinho no marido.

Itachi:- Sayuri...

Itachi limpa as lágrimas.

Sayuri:- Pode começar filha.

Akemi:- Hai...

Oi papai, eu queria dizer alguma coisa parecida com a da mamãe mas,eu sou muito pequena.

Eu sou muito pequena para te salvar...

Eu não sei porque teve que ser assim,mas eu te amo papai.

Eu sei que você é o herói da vila da folha,o tio Orochimaru me contou. Ele também me contou do tio Sasuke. Eu não sei o que você fez para ele te odiar tanto, eu sinto sua falta.

Queria que você ficasse eu queria um abraço seu agora.

E-Eu não sei o por quê você foi,eu queria que você não fosse... Me desculpa papai,mas eu sou muito pequena,para te salvar...

Itachi:- Você não tem nada haver com isso Princesinha...

Akemi:- E-Eu quero você de volta para a mamãe e para mim!

*Começa a chorar.

Por favor volta!

Sayuri:- Akemi... 

Akemi:- Bem,pelo lado positivo você vai poder ficar com a vovó e o vovô. E é por isso que estou feliz...

Itachi:- Eu te disse para não mentir!

Akemi:- Na verdade não,eu queria que você ficasse com agente para sempre! 

*Começa a chorar mais e até soluçar.

Por favor volta!

Itachi:- Eu também queria ficar com vocês para sempre Princesinha,eu também. Me desculpa por ter aberto meus olhos tarde demais...

Itachi limpa o rosto e tenta as abraçar.

Sayuri:- Espera agente,Hai?

Itachi:- Hai.

Akemi:- mamãe,eu posso ficar com a bandana? 

Sayuri:- você não quer a minha?

Akemi:- É uma lembrança para mim não me esquecer dele.

Itachi:- esquecer de mim?

Sayuri:- É,eu acho que não tem problema.

Sayuri usa o chakra para pegar a bandana e entrega para Akemi.

Akemi:- Obrigada.

Sayuri:- De nada.

Sayuri pega Akemi no colo e usa o chakra para fechar o caixão e enterrar.

Para elas, aquele foi o momento mais triste. Ver Itachi ir é realmente doloroso,principalmente para Akemi. 

Ela era pequena e nova,mas conhecia Itachi a vida inteira e até antes de nascer.

Sayuri se aproxima da "pedra lápide".

Sayuri:- Descansa querido. Eu te amo.

Akemi:- Eu te amo papai.

Itachi:- Eu também amo vocês.

Itachi fica cabisbaixo e sorridente mas deixa algumas lágrimas escaparem.

Sayuri e Akemi voltam para o andar de sobrevivência pois a chuva estava ficando mais forte.

Sayuri fez chocolate quente para ambas.

Quando acabaram de tomar o chocolate,ambas deitaram juntas e Akemi dormiu abraçada com Sayuri.

Sayuri:- Você está cada dia mais parecida com ele. Em breve provavelmente você só vai ter o Byakugan para se parecer comigo.

Me dói ter que me despedir dele,mas me dói ainda mais te ver chorando.

*Sayuri cobre Akemi.

Espero que você não fique com dor de cabeça.

Sayuri beija a testa de Akemi e dorme.

Itachi estava deitada junto com elas mas se levantou quando ouviu um choro de bebê.

Itachi:- Mas o quê?

Itachi começa a procurar a origem do choro que estava vindo fora do andar.

Depois que saiu do andar olhou sua aparência física e tinha treze anos novamente.

Itachi:- essa roupa é...

Itachi olha para frente e vê a primeira família que matou.

A família o "mata" da mesma maneira que Itachi os matou. Itachi acorda e vê a segunda família que matou e morre do mesmo jeito que os matou.

Aquele foi um castigo que Itachi recebeu. Todas as famílias que matou no dia do massacre,o matou do mesmo jeito que morreram.

Na última família,o choro começou novamente e Itachi seguiu novamente. Itachi viu que a chuva havia parado. Sentiu o vento e um perfume famíliar vinha junto ao vento.

Itachi segue o perfume e pétalas de flor de cerejeira estavam vindo junto ao vento e ao perfume.

Itachi chegou mais perto e tinha vinte e um anos.

Viu um casal sorrindo. Estavam abraçados e se beijando.

Itachi se aproxima mais e desaba em lágrimas quando vê quem são.

Itachi:- M-Mãe e P-Pai?

Mikoto e Fugaku param o beijo e vêem Itachi.

Eles sorriem e vão até Itachi e o abraça.

Itachi:- Eu senti tanta falta de vocês! Eu tenho tanta coisa para falar e-eu...

Mikoto:- Está tudo bem querido.

Itachi:- M-Mãe... P-Pai...

Itachi chorava bastante,mas foi confortado por seu pai e mãe com um abraço. 

Fugaku:- Nossa neta é linda.

Itachi:- Vocês conhecem a Akemi?

Mikoto:- Conhecemos ela graça ao Orochimaru.

Fugaku:- Se ele não tivesse mexido em nosso DNA,nunca teríamos conhecido ela e a Sayuri.

Mikoto:- Ela vê agente. Sempre viu.

Itachi:- E eu brigava com ela tantas vezes por causa disso.

Eu realmente nem imaginava que era verdade.

Fugaku:- Nós entendemos. Estou orgulhoso de você Itachi,mas você pecou em uma coisa.

Você não conseguiu se perdoar. Mas agora você pode sentir um alívio no peito, certo?

Itachi:- Não. Eu abri meus olhos tarde demais,se eu tivesse aberto antes,agora eu estaria com minha filha e minha esposa.

Eu sou muito tolo.

Mikoto:- Você finalmente entendeu.

Itachi sorri e ouve o bebê novamente.

Itachi:- Eu Preciso ir.

Mikoto e Fugaku:- Hai.

Itachi segue o choro novamente e vai para o precipício que Shisui cometeu suicídio.

Itachi:- Esse lugar...

Itachi se aproxima da beira e se assusta ao sentir alguém o abraçando.

Itachi:- Quem está aí?

Xx:- Já me esqueceu? 

Itachi reconhece a voz.

Itachi:- Izumi?

Itachi se vira e confirma a pessoa que o abraçava.

Uma antiga amiga e amor.

Itachi:- Izumi!

Izumi:- Oi Itachi.

Ambos se abraçam.

Izumi:- Sua filha é tão fofinha eu adoro a Akemi!

Itachi:- Ela também te adora Izumi.

Itachi ouve o choro novamente,estava vindo do fim do precipício.

Izumi:- Não se preocupe. É só pular!

Itachi:- Obrigado...

Itachi olha para o precipício e pula.

Ele cai de pé e segue o choro.

Itachi viu uma árvore e tinha uma pessoa lá,estava tentando acalmar o bebê.

Xx:- Seu pai está demorando demais!

Itachi:- Quem é você?

Xx:- Já me esqueceu?

Xx se vira e sorri.

Itachi:- Olá, Shisui!


Notas Finais


Sayuri refez os votos de casamento para devolver a aliança para Itachi.

"Aquele dia" mencionado por Sayuri,foi o dia do massacre do clã Uchiha explicação capítulos: 2 e 3.

Akemi queria a bandana para sentir a presença do pai, quando se sentir sozinha.
Akemi também quer a bandana de Itachi para ter uma bandana quando virar uma kunoichi.

Ser "assassinado" várias vezes da mesma forma que matou os Uchihas,foi o castigo que Itachi sentia que merecia. E foi uma forma dos outros Uchiha decretarem: "Estamos quites".


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...