1. Spirit Fanfics >
  2. Akemi e Kakashi - Laços de fogo >
  3. Mascote

História Akemi e Kakashi - Laços de fogo - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Mascote


-Que merda você tá fazendo? 

Kakashi corou por baixo de sua máscara. 

-E-eu... Não estou fazendo nada. 

-Seu tarado, solta isso -Disse puxando a roupa íntima da mão dele. 

-Eu só queria ver o que era. 

-Se fosse pra você ver eu chegava e mostrava. 

Kakashi ergueu as mãos como de estivesse se rendendo e se afastou. 

-Estou indo. 

-Indo? Pra onde? 

-Consegui uma casa. 

-Eu não autorizei você a fazer isso. 

-Meu querido -Deus uma risada sínica -Eu não preciso de autorização, principalmente vindo de você. 

Akemi pegou as malas. 

-Então... Deixe-me ajudar você pelo menos. 

Akemi o olhou pensativa. 

-Isso eu deixo. 

Kakashi ajudou ela a carregar as coisas para a nova casa, bom, o maior motivo dele ter a acompanhado foi para saber onde era, ele ficaria de olho o tempo todo, talvez Kakashi já estivesse esquecendo um pouco a missão, apenas estava sempre por perto porque... Gostava da presença dela, aquele ar misterioso, até mesmo a grosseria, se qualquer outra pessoa fosse assim com ele, provavelmente ele não gostaria e se afastaria, mas com Akemi era... Diferente. 

Eles entraram na casa e Akemi olhou para ele sorridente. 

-Bom, é aqui. 

Era um lugar não muito grande, mas era bem aconchegante.

-Bonito. 

-Vou mudar a decoração. 

-Essa é a mesa onde vamos tomar Chá? -Disse Kakashi apontando para a mesa de centro. 

-Está se convidando para minha casa? 

Kakashi colocou as mãos no bolso e se inclinou levemente para frente. 

-Pode apostar que sim. 

-Não gosto de chá -Disse tentando fazer o ninja anular sua idéia. 

-Tudo bem, podemos tomar sakê, suco, água. 

-É tão agradável assim estar na minha presença? 

Pela primeira vez ele não soube o que responder, e agradeceu por usar máscara, pois com certeza ele estava corando.

-Estou apenas fazendo minha missão. 

-Aposto que você gosta de ficar perto de mim. 

-Quem sabe. 

Akemi se lembrou do laço que havia envolvido o pulso de ambos no hospital, aquilo era extremamente raro, só acontecia quando duas pessoas tinham uma conexão super forte, algo além do normal, aquilo nunca havia acontecido com ela, nem mesmo quando estava em algum relacionamento. Aquilo por um segundo a fez reconsiderar seu plano, será que ela queria mesmo destruir aquele lugar? Aquele lugar era o lar do ninja, ela não queria fazer com ele o que fizeram com ela. 

"NÃO" -pensou Akemi.  - "NADA VAI ME IMPEDIR".

Akemi olhou para ele, desta vez com uma expressão mais séria. 

-Idiota. 

-Você gosta de implicar comigo né? 

-É, é até divertido. 

Kakashi riu meio envergonhado. 

-Bom, essa noite vou sair, talvez fazer amigos. 

" Fazer amigos" -Aquela frase ecoou na mente de Kakashi. Fazer amigos significava criar laços, isso poderia levar a sentimentos, sentimentos levariam a relacionamento. Uma parte de Kakashi, uma parte bem pequena não gostou daquilo, e ele se amaldiçoou por estar pensando em tal coisa. 

-Que? Como assim? 

-Como assim o que? Amigos Ué. 

-E-eu... Não autorizo. 

-Quantas vezes vou ter que falar que não preciso de autorização? 

-Tsc... Você que sabe. 

"Isso me parece ciúmes" -Pensou Akemi. 

-Não fique com ciúmes Hatake, você ainda é o meu mascote. -Deu tapinhas no ombro dele. 

Uma parte de Kakashi, uma parte dominadora, desejou pegar Akemi pelo pescoço e faze-la repetir aquilo, "mascote", ele queria mostrar quem era o verdadeiro mascote ali. 

-Aham. -Foi apenas o que ele respondeu. 

-Bom, já que você está ai, quero que espere e veja de a roupa que pretendo ir esta boa. 

Akemi não esperou uma resposta e foi se arrumar. Tomou um banho não muito demorado e colocou um vestido preto justo que ia até o meio de suas coxas, com um belo decote e alguns detalhes de renda. 

Kakashi esperou sentado na sala enquanto brincava com os próprios dedos. Ele perdeu totalmente a postura quando viu Akemi naquele vestido, conseguiu ver casa curva do seu corpo com a mais bela precisão, aquela mulher fez seu coração quase saltar do peito enquanto caminhava em sua direção. 

-E então? -Disse Akemi dando uma voltinha. 

Ele não conseguiu responder, estava extasiado. 

-Kakashi! 

-O-Oi. 

-O que achou? 

-Você está... -Ele se levantou enquanto tentava achar palavras, mas não conseguia. 

-Ah droga, sabia que estava feio. 

-Não, não. 

Eles se olharam nos olhos de uma maneira profunda, Akemi tinha que olhar um pouco pra cima graças a diferença de altura. 

-Você está linda. 

Ah, aquelas palavras soaram como música para Akemi, ela realmente gostou de ser elogiada, mas não deixaria isso transparecer, ela era realmente muito boa em esconder sentimentos. 

-Ah isso ficou tão gay. -Empurrou o ninja fazendo-o sentar novamente. 

-Você tem certeza que vai sair assim? 

-Tenho, por que? 

Kakashi sabia que aquilo iria atrair atenção de muitos homens, aquilo o fez sentir uma pontada de... Ciúmes. 

-Nada, você que sabe, o corpo é seu. 

-É -Disse erguendo uma sombrancelha. -O corpo é meu. 

-Eu já vou. -Se levantou de uma maneira meio bruta. -Divirta-se. 

-O que deu em você? 

-Nada, Boa noite. 

Kakashi foi até a porta e a abriu, ele ia sair quando sentiu Akemi o puxar com violência pelo braço, por reflexo Kakashi a agarrou pelo pescoço e a olhou no fundo dos olhos. 

Por mais "Violento" Que o toque do ninja foi, Akemi se arrepiou com o ato inesperado. 

-Não me toque assim -Disse Kakashi com uma voz firme. 

-E não me toque assim. -Ela afastou a mão dele de seu pescoço e massageou o local. 

Kakashi se aproximou dela. 

-Vamos deixar bem claro que o mascote aqui é você -Sussurrou com certa autoridade no ouvido de Akemi e logo após saiu. 

Ela não entendeu o por que ele havia ficado assim, não entendeu o por que daquelas palavras, mas de uma coisa sabia, ele com certeza tinha pegada. 

Akemi tentou esquecer o acontecimento e saiu, foi para um bar que havia achado bem legal e se sentou, ela iria se divertir, nem que fosse sozinha. 

_____________________________________________

Ao final da noite Akemi já havia feito amizade com várias pessoas ali, alguns não estavam bebendo por serem jovens demais, mas estavam acompanhando a aventura. Ela não decorou o nome de todos mas sabia o nome de alguns. 

Um era super estranho, porém era engraçado e gentil, o Guy. 

Outro era super confiante, era bonitinho e bem idiota, aquele ela fez questão de decorar o nome, Naruto. 

Uma garota loira, pareceu metida no começo, mas era bem simpática, Ino. 

A médica que a atendeu no primeiro dia, Sakura. 

E um cara estranho chamado Aoba.

Eles se divertiram muito, deram risada e comeram, Akemi por um tempo se esqueceu de seus problemas, esqueceu seus demônios interiores, e foi feliz por algumas horas. 

Quando ficou bêbada o suficiente ela se despediu e tentou ir andando até em casa, mas não conseguia dar cinco passos sem trançar as pernas, então ela se sentou em um banco e colocou as mãos no rosto enquanto ria sozinha. 

Alguém parou na frente dela e estendeu a mão. 

-Eu te levo pra casa -Disse a pessoa em que ela tanto havia pensado mas últimas horas, Kakashi. 






Notas Finais


Eu passando pano para as atitudes do Kakashi. 🤡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...