História Akira e a Primavera da Juventude (Maito Gai - Rock Lee) - Capítulo 17


Escrita por:

Visualizações 58
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Se passa nos episódios 70 ao 80 de Naruto Clássico!

Eu e minha amiga nokatakaori criamos duas personagens, Kaori e apaixonada por Kakashi e Akira apaixonada por Gai, para cada um ter seu merecido destaque, decidimos cada uma escrever a vida de nossas personagens.
Esse capitulo se passa no capitulo 28 ao 29 de "Amores Complicados de Kaori", quem quiser acompanhar a história da minha amiga, só olhar nas minhas histórias pois sou Coautora! Não leiam spoilers hahahahaha!

Capítulo 17 - Eu Consegui! Akira Surpreende!


Fanfic / Fanfiction Akira e a Primavera da Juventude (Maito Gai - Rock Lee) - Capítulo 17 - Eu Consegui! Akira Surpreende!

 -Ibiki-San!

-Akira-San? O que faz aqui? E usando o protetor de testa? - Ibiki fica surpreso.

-Estou aqui pra ajudar! Não é hora pra ficar preocupado se eu estou retornando as lutas ou não! É hora de parar essas serpentes!

Akira ajuda Ibiki e outros ninjas a atacarem as serpentes, mas alguns ninjas do Som e da Areia tentam atrapalhar os ataques!

Akira vê dois inimigos e escuta a conversa deles, um disse que descobriu onde estavam escondidas as crianças e mulheres da vila.

Nesse momento Akira desenha um tigre gigante que ataca e segura as serpentes.

-Ibiki! Preciso seguir e impedir alguns inimigos!

-Vá Akira! Depressa! - Diz Ibiki.

Akira corre em direção aos inimigos, as serpentes destroem o tigre mas em seguida Jiraiya aparece com um sapo gigante para ajudar.

-Não posso deixar eles espalharem a localização do lugar! - Akira os alcança e luta Taijutsu com eles e os derruba facilmente e vai atacando outros pela volta.

Todos os jounins estavam lutando, Akira discretamente chega ao local onde as mulheres e crianças estavam se escondendo e bem na hora que vários inimigos estavam prestes a ataca-los!

-Ninpou Choujuu Giga! - Vários leões saem do pergaminho e atacam os inimigos.

-Akira-San? - Iruka fica surpreso.

-Fique protegendo os civis, eu cuido desses aqui!

Iruka fica impressionado em como Akira tinha grandes habilidades, mas por um momento Akira se descuida e um dos inimigos lança uma kunai que crava no braço dela. Mesmo com dor Akira consegue derrota-lo.

-Você esta ferida e perdendo sangue! - Diz Iruka um pouco preocupado.

-Não tenho tempo pra isso agora! Fiquem bem escondidos, vou chamar mais reforços para ajudar! - Diz Akira.

Gai e Kakashi lutam sem parar, enquanto isso o Sandaime Hokage tentava selar Orochimaru com Shiki Fuujin, mas conseguiu apenas selar seus ninjutsus deixando-o sem mexer seus braços. Com Orochimaru impossibilitado de usar ninjutsus, ele recua com seus subordinados.

Todos vão ver onde estava o Sandaime Hokage, mas o mesmo já estava morto com o selo visível em sua barriga.

Depois de todos os inimigos irem embora, Kakashi vai atrás de Kaori e os garotos, Gai vai atrás de Akira que estava quase desmaiando devido a perda de sangue.

-Akira! - Gai e pega antes de cair no chão.

-Eu consegui! Consegui salva-los! - Diz Akira com um tom de voz fraco.

-Não fale nada agora, eu vou te levar direto ao hospital! - Gai a leva pro hospital rapidamente e lá ela recebe os cuidados necessários.

Akira fica em um quarto até receber alta e Gai fica o tempo todo com ela.

-Akira! Você quer comer alguma coisa? Beber alguma coisa?

-Não, eu estou bem! - Diz Akira.

-Está confortável? Quer que eu pegue mais alguns travesseiros?

-Estou bem confortável aqui, não precisa!

-Quer que eu busque alguma coisa para você se distrair?

-Gai, não estou precisando de nada! - Diz Akira.

-Nada mesmo?

-Digo....preciso sim, apenas de você aqui comigo! - Diz Akira o chamando para chegar mais perto dela.

-Eu fiquei bem preocupado com você Akira, mas sabia que iria conseguir! - Diz Gai orgulhoso.

Mais tarde chega Kakashi com Kaori que estava inconsciente.

...

Mais algumas horas Akira recebe alta, Gai pega algumas coisas para ficar com ela em sua casa. Ao andar pelos corredores do Hospital, Akira encontra Iruka e ambos escutam a voz de Kaori.

-Ah! A preguiçosa acordou! - diz Akira entrando no quarto com Iruka.

-O que houve com o seu braço? - pergunta Kaori ao ver o braço da amiga enfaixado.

-Isso aqui não foi nada.

-Não foi nada? Você precisava ver, Kaori! Uns ninjas do Som tentaram invadir o abrigo para onde eu havia levado as crianças, mas ela os impediu, ela tem um jutsu tão legal, faz uns desenhos e eles viram realidade. Foi incrível! - diz Iruka.

Akira fica sem jeito e tenta desconversar. Kaori entende pois sabe que a amiga não gosta de lutar e muito menos de falar sobre seu jutsu, era algo delicado para ela, trazia lembranças do tempo que ainda não era uma pacata recepcionista.

-O que importa é que todos estão bem, bom nem todos… - diz Akira.

-Como assim? O que houve? - pergunta Kaori preocupada.

-O Sandaime não resistiu. - conta Kakashi.

-Maldito Orochimaru! Eu preciso ver o Asuma. - Kaori tenta se levantar, mas uma forte dor de cabeça faz ela se sentar novamente.

-Calma aí! Você ainda precisa descansar! - diz Akira. - Deixa comigo, eu vou até lá vê-lo, depois tenho que ir para casa, Gai ficou de levar algo para comermos, já que não consigo fazer nada direito com esse braço. - ela chega perto do ouvido de Kaori e diz baixinho: - Eu estou adorando ser mimada!

-Agora que você está bem, também vou para casa. Amanhã será um longo dia. - diz Iruka. - O Kakashi disse que vai lhe fazer companhia. Cuide bem dela Kakashi-sama!

-Pode deixar! - ele responde.

Akira e Iruka saem deixando Kaori e Kakashi a sós.

-Akira-San, me desculpe pelo que eu disse, mas é verdade, você foi incrível! - Iruka se desculpa.

-Tudo bem Iruka-San! E obrigada! - Diz Akira.

Gai ja estava esperando Akira e ao sair do hospital, carrega ela nas costas.

-Gai é só um braço, eu não preciso disso tudo! - Diz Akira rindo.

-Você deve estar um pouco fraca ainda, então prefiro que não ande!

-Meu docinho, sempre me mimando! - Diz Akira.

-Você me mima mais!

-Gai, podemos visitar o Asuma-Nii?

-Claro que podemos, ele deve estar bem triste!

-Por isso preciso vê-lo!

Os dois vão até a casa de Asuma.

...

-Então você completou uma missão com sucesso Nee-Chan, bom ter você de volta! - Diz Asuma orgulhoso.

-Sim, mas eu machuquei o braço! E calma, eu não voltei a ser uma Konoichi, só ajudei por que era uma guerra!

-Como esta se sentindo Asuma-Kun? - Questiona Gai.

-Tem sido um pouco vazio, mas eu não deveria ficar triste, meu pai morreu com jeito digno de um shinobi!

-Eu sentirei muitas saudades dele! - Diz Akira.

-Se não fosse ele reconhecendo meu esforço, eu nunca teria entrado na academia quando era criança! - Diz Gai.

-Fique bem Nii-San! - Akira abraça Asuma.

-Obrigado Nee-Chan!

-Nos vemos amanhã Asuma-Kun!

-Sei que já faz isso, mas cuide bem da Nee-Chan!

-Sempre cuido! - Diz Gai fazendo pose de "Nice Guy"

-Estou muito feliz de ver vocês juntos! Não sabe o tamanho da felicidade que você trouxe a Akira!

Os dois se despedem, Gai e Akira caminham até em casa.


Notas Finais


No próximo alguém próximo de Akira retorna a vila 😱


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...