1. Spirit Fanfics >
  2. Alba Lupus >
  3. Doces Sonhos

História Alba Lupus - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Nova att deixem sua 🌟

Capítulo 2 - Doces Sonhos


달콤한. 꿈

"Eu nasci amaldiçoado, sem poder produzir usar magia própria como meus ancestrais. Mas com o poder de sugar a magia do meu lado Lobisomem."

- Park Jimin

Origens

Os Lobos-sifonadores possuem os pontos fortes e algumas das fraquezas das suas raças primárias, juntamente com atributos poderosos únicos para si próprios, devido à as espécies combinadas em seu DNA, que incluí poder se transformar em lobo sem a influência da Lua cheia, algo que lobisomens não podem com a ausência de um anel do luar e ter o condicionamento físico elevado, além da força, velocidade, agilidade e cura aprimorada.

Algo que os sifões não podem fazer sem sifonar uma grande quantidade de magia além de manter sua capacidade de sifonar a magia de outras fontes de magia ou de sua própria licantropia como fonte de energia ilimitada para seu uso na feitiçaria.

Os Lobos-sifonadores são extremamente raros, não se pode ser um Bruxo e Lobisomem a natureza abomina esse tipo de poder.

Sendo assim se uma bruxa for transformada pela magia em Lobisomem ela perde seu laço com a magia.

No entanto, uma subseção de bruxas nascidas em uma linhagem de Lobisomens que possuem a habilidade de sugar a magia conseguiu burlar essa regra.

Os Lobos-sifonadores têm em sua mordida um veneno que é extremamente letal para os Vampiros.

Enquanto um Vampiro Original não pode ser morto pelo veneno, ele não é totalmente imune aos efeitos da mordida.

Para os vampiros não originais, a mordida atua como um envenenamento do tipo que entra na corrente sanguínea e que leva a toxina por todo o corpo, produzindo desconforto e fraqueza.

Todos os Vampiros que são mordidos acabarão por desenvolver uma fome incontrolável que evolui para delírios, alucinações, raiva e demência.

Após esse ponto, os vampiros vão finalmente morrer, embora muitos são "misericordiosamente mortos" antes desse ponto.

O veneno geralmente é introduzido no organismo de um vampiro quando o mesmo é mordido por um Lobo-sifonador, mas o veneno pode ser extraído de suas presas e colocado em dardos, balas, pontas de flechas ou atado em bebidas.

AONDE TUDO COMEÇA

Descemos da carruagem mesmo contrariado com meu irmãozinho me arrastando para dentro da loja de especiarias, era tudo tão cheio de ervas e folhas e velas coisas estranhas em fiquei ali um momento paralisado olhando tudo aquilo estesiado com tanta planta.

- Olá no que posso ser útil?

- HOSEOK!! Amigo, você por aqui que coisa boa – eu abracei meu amigo alegremente ele era um raio de luz na minha vida sempre me fazia rir de suas piadas e alegrava meu dia com sua luz interior e suas frases motivadoras para mim não desistir do meu dom que eu era especial ele me entendia.

- Sou eu hyung, estou aqui para pegar uma erava que minha omma pediu e aproveitei para tirar o lobinho da caverna. – Sorri de maneira escandalosa arrancando de Jimin um sorriso.

- Que bom amigo, mais então cadê o lobinho. – Eu apontei para o meu hyung que estava parado de boca aberta olhando para uma samambaia na sua frente. – Aquele boca aberta parado bem ali. – Gargalhamos chamando atenção do pequeno lobinho branco das cavernas que ficou ainda mais em transe olhando para o meu amigo atrás do balcão.

- Olá, você que é o lobinho irmão do hoseok? Prazer em conhece-lo Park Jimin. – Estendi a mão para ele que continuou imóvel.

- Me desculpe por isso hyung é que ele nunca sai de casa e so tem contato com as pessoas da aldeia então já sabe porque do apelido de lobinho das cavernas.

- O-oi mi-min yoongi eu eu...- não sei o que aconteceu comigo mais quando me virei me deparei com um anjo ele era lindo pele bronzeada como se resplandecesse ouro com os cabelos dourados como os raios de sol aqueles olhos esverdeados lábios grossos e avermelhados como o sangue era tão perfeito que eu não conseguia parar de olhar para ele, com certeza foi esculpido por deuses.

- Oi min yoongi – Era a coisinha mais fofa que eu já tinha visto na minha vida eu saia pouco da loja mais já tinha visto muitos meninos e aquele era diferente uma pele branquinha como a neve cabelos negros como a noite olhos tão redondinhos profundos como o breu, uma boquinha pequena mais bem definida vermelhinha, há que coisinha mais linda eu queria aperta-lo e não soltar mais, portanto eu devia respeito ao meu amigo eu não queria chateá-lo esmagando o irmão dele.

- O que sua Omma vai querer Hobi? – Falei interrompendo o momento tenso que acabou de acontecer meu amigo logo respondeu.

- Ela vai querer um sache daquele de Acônito que sua omma prepara e uma dose especial de Verbena. – Meu amigo sorriu foi até os fundos da loja voltando com as embalagens.

- Parece que vai ser uma festa e tanto- meu amigo sorriu e me entregou as embalagens.

"Bem, sem feitiços, não. Mas não sou completamente inútil. Quero dizer, a fornece ervas e tal."
                                       ~ Park Jimin

- Obrigado Jimin-ssi. - lhe entrego o pagamento, sorrio saindo da loja puxando meu irmão abobado.

- YOONGI!! Tenho algo para você um presente. - Caminhei ate ele lhe entregando uma embalagem de chá de Camomila e uma Flor de Amarílis. - não sei o que está tirando seu sono mais prometo que eles irão embora aliviando o seu coração, sorri pequeno enquanto dizia as palavras em seu ouvido. - Bons sonhos pequeno Min.

Eu apenas sorri envergonhado fazendo uma referência em agradecimento ao presente então sai da loja com meu irmão fazendo brincadeiras s m graça comigo.

- Yoonnie você ganhou uma flor de admiração do jimin-ssi parece que sua   timidez lhe proporcionou algo. Tô chateado eu sou amigo dele a um tempo e nunca ganhei uma flor apesar que ele já me deu um girassol quando nós conhecemos mais foi porque eu disse que meu apelido era esperança.

- Hope que parar de graça não significa nada eu agi como um idiota eu acho que ele só teve pena de um pobre tonto como eu. - fiquei cabisbaixo fitando os pés enquanto a carruagem nos levava de volta para casa.

Eu estava estranhamente feliz por dentro apesar de parecer um tonto completo na frente do menino eu tive um sentimento diferente de paz e tranquilidade que me preencheu me acalmando tirando de mim os sentidos ruins e pensamentos sobre que logo chegaria o tão esperado dia que eu não queria passar. Aquela noite eu dormi como um anjo e sonhei com uma luz roxa que vinha ao meu encontro me tomando.

"O Lobo solitário é valente e forte, mas tem seus medos e angustias
Acuado fica agressivo, solto até tenta proximidade dos seus pares,
Mas ele até por instinto machuca quem gosta...
É instintivo, é de sua natureza vorás...
É belo e admirável, porém intocável, sempre em defesa de seu pequeno território...
Dentro de si é imensidão se sonhos e sentimentos, todos inconfessáveis e irrevelados.
Do medo de ser aprisionado vem sua força arredia, do medo da prisão sem muros vem seu uivo de dor, força e sentimentos.."
 


                      ~ Elmar Santos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...