História Alcohol and cigarettes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 10
Palavras 536
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá, pessoinhas! Então, esse é como um teste, pretendo me tornar uma autora/escritora algum dia, então essa é uma história bem aleatória que criei junto com uma amiga, não sei o tamanho da história, mas isso vai no desenrolar da coisa toda. Espero que gostem!
com amorzin ~ B

Capítulo 1 - "Olá, empregado."


Fanfic / Fanfiction Alcohol and cigarettes - Capítulo 1 - "Olá, empregado."

Tokyo, Segunda feira, 9h35 AM

Magno Duncan estava comemorando seu trigésimo aniversário nesse dia, mas, logo de manhã, sabia que era segunda feira e que tinha trabalho a fazer, e principalmente que ninguém o faria por ele. Foi uma manhã lenta, com todos os pensamentos a tona, seu celular com várias mensagens de fãs desejando feliz aniversário em suas redes sociais; mas sem um pingo de ânimo apenas deixou o celular de lado, preparando suas roupas e toalha para tomar banho. 

Tomou um banho demorado, chegando a ficar corado pela água quente correndo em seu rosto. Saiu e começou a se secar e vestir-se, olhando fixamente para seu reflexo no espelho do banheiro, seu cabelo tingido de vermelho vinho estava desbotando, não gostava muito de seu cabelo natural, mas aquela era uma das suas últimas preocupações atuais, tinha uma empresa para cuidar, funcionários para administrar, já que teve que mandar muitas pessoas embora após um tumulto de desvio de dinheiro. Indo até seu quarto, pegou uma jaqueta do armário e se olhou no espelho, o espelho era gigante, o suficiente para vê-lo da cabeça aos pés, Magno é um homem alto, com 1,90 de altura, sua pele é morena e ainda estava corada pelo banho, seus cabelos vermelhos caiam sobre seu rosto e seus olhos âmbar estavam um tanto quanto apagados. Era seu trigésimo aniversário, e não tinha se quer com quem comemorar, não adiantava dar uma festa se todos a seu redor estavam devidamente ocupados demais para isso.

Magno foi dirigindo até sua empresa, chegou rapidamente, ainda meio desanimado. Chegando lá, algumas pessoas o cumprimentaram, desejando feliz aniversário, mas nada que o deixasse com um sorriso pregado no rosto, estava muito preocupado com tudo que aconteceu nos últimos tempos com sua empresa, ela havia perdido a posição de rede de TV mais vista, estando agora em terceiro lugar. Subindo as escadas querendo apenas chegar em seu escritório o mais rápido possível, acabou esbarrando em um garoto ruivo que estava tomando café enquanto lia uns papéis. Automaticamente o garoto se virou, irritado, com o rosto vermelho como uma pimenta, dizendo:

Caramba! Não olha por onde anda? Sorte sua isso não ter caído nos papeis! Ugh...

 

O garoto logo se virou e correu para o banheiro mais próximo, sem dar chance de Magno se desculpar. Não era como se ele estivesse muito ligado também, apenas prosseguiu seu caminho, queria resolver todas as papeladas naquele mesmo dia para não ter que passar muito tempo na empresa, queria paz. 

Magno's company, 18h43 PM.

Quando Magno finalmente terminou de preencher tudo, foi até sua varanda, que era no décimo terceiro andar, sua empresa era em um lugar um pouco próximo de uma praia, as vezes ele ficava ali observando a paisagem, enquanto fumava um cigarro, um atrás do outro. Enquanto ainda estava distraindo na varanda, rolando a tela de seu celular vendo todas as mensagens de feliz aniversário, alguém bateu na porta, com tanta delicadeza que quase não ouviu, jogou seu cigarro no cinzeiro e foi atender a porta: era aquele rapaz ruivo que ele havia esbarrado trazendo uma pasta em sua mão, e agora vendo com clareza, em seu crachá estava seu nome: Brian Rusmanov.

Magno: Hmm.... Olá, empregado. 

 


Notas Finais


Bom, por enquanto é isso! Espero que gostem! Em breve postarei mais <3
Divirtam-se!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...