1. Spirit Fanfics >
  2. Álcool Gel (Jikook) >
  3. A Conversa

História Álcool Gel (Jikook) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


A imagem é só para vocês apreciarem esse casalsão mesmo, boa leitura 😜

Capítulo 4 - A Conversa


Fanfic / Fanfiction Álcool Gel (Jikook) - Capítulo 4 - A Conversa

-E aí? Qual é a novidade?-perguntou Tae esticado feito um gato preguiçoso sobre o sofá de Jimin.

-Eu estou  esperando a resposta de um cara.-respondeu Jimin abraçando uma almofada em seu colo enquanto olhava esperançosamente a sua tela de seu celular.

-È o cara do álcool gel?-perguntou Key largado no tapete só encarando o teto e comendo uva junto a Tae.

-Ele mesmo. Eu mandei uma mensagem para ele faz umas duas horas, mas... Parece que ele nunca vai ver!-reclama um pouco aborrecido e suspira.

-Vai ver ele tem alguma coisa importante para fazer como o trabalho de um emprego, por exemplo, diferente de um certo alguém que foi demitido faz três semanas e ainda não se deu ao trabalho de procurar um.-resmungou Tae com a cara enfiada numa almofada.

-Eu já disse que essa semana ainda arranjo algum emprego, poxa!-respondeu Jimin e Key ri.

-Você disse isso semana passada. Quando você vai aceitar a nossa ajuda?-perguntou Key e Jimin franze o cenho.

-Tem razão... Talvez vocês finalmente possam ser úteis.-disse desligando o celular.

-Ei!-exclamou Key com falsa indignação e atira uma uva em Jimin, este que apenas ri.

-Ahh, mas me fala mais aí sobre esse cara do álcool gel, eu juro que não vi vocês dois na plateia!-disse Tae se endireitando no sofá de uma forma em que seu corpo relaxa de um lado e sua cabeça é sustentada por sua mão.-Ele era gatinho?

-Gatinho?-soltou um riso flácido-Isso ainda é pouco. Eu passei a maior parte do encontro só me controlando para não tocar naqueles cabelos castanho escuros brilhosos... E sem falar de seus olhos grandes, redondos e negros que eram, talvez, a coisa mais intrigante que já vi, eles não só passavam um certo sentimento de confusão, mas também os deixava com um certo ar de mistério...-disse em meio a suspiros e ouviu Key rir baixo e, junto a Tae, murmurar "boiola".

-Ele é tão perfeito assim?-perguntou Tae arqueando as sobrancelhas.

-Sim! Mas também é outra coisa... não sei, era estranho.

-Estranho? Como assim?-questionou Tae.

-Não sei, ele pareceu ser muito pensativo, muito calado, muito na dele...

-E se ele fosse um agente secreto do FBI que na verdade foi para o encontro apenas para investigar um caso???-perguntou Tae animado fazendo os dois rapazes rirem.

-Disso eu já não sei, mas que ele tem alguma coisa escondida isto é um fato inegável. E eu acho que quero desvenda-lo.-disse semicerrando  os olhos e roendo a unha do polegar.

Jimin gostava de conhecer as pessoas e desvendar seus mistérios. E ele estava disposto a fazer isso, ou mais do que isso, para conseguir entender Jungkook. Que culpa ele tinha se o garoto lhe despertou sua curiosidade?

-Olha, se rolar casamento eu quero ser o padre.-disse Key risonho.

-Eu vou ser o cara das alianças e o padrinho.-disse Tae rindo um pouco.

-E eu vou ser as velas porque se casar comigo ninguém quer.-respondeu Jimin apertando a almofada.

-Não diga isso, Jimin. Certeza de que entre nós três você será o primeiro a arranjar alguém.-disse Tae sorrindo fraco.

-E quem vai ser o segundo?-perguntou Key arqueando uma sombrancelha.

-Você ainda pergunta?-soltou um riso flácido e convencido ao mesmo tempo.

Enquanto isso, Jungkook terminava de arrumar sua mesa para ir aproveitar seu horário de almoço, então, quando acabou, pegou suas luvas e saiu do edifício para comprar sua comida, afinal, ele não era como os demais que traziam a própria comida por nunca lhe sobrar tempo.

Assim que chegara num restaurante qualquer de comidas naturais, pôs suas luvas fez seu pedido.

Enquanto esperava seu frango grelhado com salada chegar em sua mesa, pegou seu celular e viu que tinha duas mensagens de um número estranho e logo ficou contente em saber que eram de Jimin, afinal, talvez pudesse pedir desculpas pelo encontro.

Jk:Ah... Eu comprei numa farmácia qualquer aqui da rua.

Respondeu a pergunta do menor e suspirou frustrado ao lembrar da noite anterior.

Jk:Eu lhe entreguei meu número apenas para lhe pedir desculpas pelo encontro... Sabe?

Jk:Eu sei, foi horrível. Não levo jeito para essas coisas então só queria te dizer isso mesmo.

Suspira um tanto triste com sua mensagem e desliga o aparelho, mas o deixa ao seu lado sobre um guardanapo para caso o garoto responda-lhe.

Enquanto isso, do outro lado da cidade, Jimin surtava feliz da vida por ter recebido uma mensagem do Jungkook.

-EU SABIA QUE ELE IA RESPONDER! ISSO!!-gritava e pulava feliz.

-Calma garoto, você nem sabe o que ele te mandou.-disse Tae que agora estava deitado no colo de Key.

-Pois é, e para de pular porque se não a vizinha do andar de baixo vai reclamar de novo.-disse Key fazendo carinho nos cabelos metade amarelo metade rosa de Tae.

Jimin para de pular e ri com os comentários, pega o celular e vê as mensagens e então logo sua alegria se esvai por água a baixo.

Jm: Não, eu gostei do encontro, sério mesmo. Não precisa pedir desculpas.

Jm:E... Eu só gostaria de te conhecer melhor...

-Você está propondo outro encontro?!?!?!-perguntou Tae junto a Key, ambos, agora, em pé atrás dele para ver a conversa.

Jungkook, por outro lado, quando ouve seu celular apitar com as mensagens de Jimin, respira fundo contendo a pouca ansiedade que lhe consumia aos poucos, e o pega para ver o que o menor lhe respondeu.

"Eu só gostaria de te conhecer melhor..."

Essa frase orbitava a mente de Jungkook, ele conseguia ouvir a voz de Jimin dizendo isso em um tom um tanto acolhedor, mas isso ainda lhe trazia um certo aperto em seu peito.

Jungkook não é muito de falar nem nada do tipo, ele é bem na dele e tem medo de se socializar com outras pessoas, pois se ele der uma crise não são todos que irão entende-lo. Ele teve sorte em conhecer Jaemin e reconhece isso.

-Você vai?-perguntou Jaemin atrás de Jungkook segurando o recosto de sua cadeira, assim, assustando Jungkook, este que quase dera outro soco no garoto se não fosse pelo mesmo ter desviado.

-Que merda, Jaemin! Vai matar sua mãe de susto, credo garoto!

-Ixi, você que é muito cheio de coisa jungkook.-disse se sentando na cadeira ao lado mas ainda mantendo uma certa distância.

-Claro, você que aparece feito o capeta e eu que sou cheio de coisa. Certíssimo.-disse revirando os olhos e Jae apenas ri fraco.

-O que você vai responder?-perguntou curioso.

-Não sei... Não sei se devo ir. Sabe que não gosto dessas coisas, sempre decepciono alguém por não ter nada além de um TOC tosco.-disse e Jae quase coloca a mão em seu ombro. Quase.

-Ah, Jungkook, você não tem culpa disso, sabe que é algo involuntário.-disse tentando reconfortar o amigo-E outra, quem sabe um pouco de romance não te ajude, hm? O garoto me parece interessado em você.-disse e Jungkook apenas suspira.-Por mim? Eu quero te ver bem. Por favor.

Jungkook não responde, apenas digita a sua resposta e coloca o celular na mesa para Jae ler.

Jk:Tudo bem então, quando podemos nos encontrar novamente?

-Feliz agora?-perguntou em tom de deboche para Jae, que apenas sorriu e fez que sim com a cabeça.

-Ele me respondeu de novo!-gritou Jimin alegre.

-Uau, vocês estão conversando. Incrível.-diz Key com ironia fazendo Tae rir, mas Jimin, por outro lado, apenas revira os olhos com a palhaçada que os amigos estavam fazendo.

-O que eu respondo? Não posso dizer que a qualquer hora eu posso, ele pode achar que não tenho nada para fazer.

-E não é verdade?-perguntou Tae recebendo uma cotovelada do menor em reposta-Ai!

-È sério, e se ele me achar atirado?

-Atirado por não ter o que fazer?-perguntou Key ainda rindo junto a Tae.

-Meu Deus.

-Ah, só fala uma hora do seu dia que considere romântica. Pode ser hoje, ou amanhã. A não ser que ele tenha um emprego, claro.-disse Tae passando o braço pelo pescoço do menor.

-Com certeza ele tem, vou sugerir no fim de semana então.-disse já digitando a resposta.

Jm:Poderia ser no Sábado?

Jungkook olhou a mensagem e pensou "Puta merda, sábado é o dia da faxina." Mas então olhou para Jae e repensou sua resposta.

Jk:Claro, mas teria problema em ser à noite?

Jk:Tenho umas coisas para resolver durante o dia.

Jm: Claro! Poderia ser na biblioteca central?

-Uma biblioteca? Vai fazer isso virar aqueles romances adolescente que eles vão na biblioteca só para "estudar"?-perguntou Key.

-Ué, da certo nos filmes por que não daria para mim?-disse e gargalha junto aos amigos.

Jk:Sem problemas. Até o sábado então.

Jm: Até.^^

-Ai, gente, eu que criei.-disse Jae fazendo Jungkook sorrir.-Vai dar tudo certo.

-Espero.-disse e começou a comer sua comida que nem reparou quando chegou, mas acabou por dividi-la com Jae.

-E lá se vai nosso sábado de filmes.-disse Key se jogando no sofá.

-Isso que acontece quando o amigo começa a namorar.-disse Tae rindo um pouco e Jimin dá um pisão de leve em seu pé.

-Pois é, as boas companhias para um filme acabaram.-disse Key e Tae lhe joga uma almofada na cara.

-Ei! Tá dizendo que eu não sou boa companhia??

-Não disse isso, mas se você levou para o lado pessoal...-disse e Jimin começa a rir.

-Idiota!-disse Tae rindo junto aos dois e iniciou uma guerra de almofadas após jogar mais uma na cara de Key, que por acaso pegou em Jimin.

-Ah, ainda teremos muito tempo para aproveitar juntos.-disse Jimin jogado no chão da sala junto aos outros que apenas suspiraram quase adormecendo.-Pelo menos eu espero...-murmura para si próprio antes de pegar no sono.




Notas Finais


//Olá gente, tudo bom?

Eu demorei um pouco para postar, eu sei, e também sei que esse cap ficou uma merda das boas, mas calma, não desiste ainda não porque vai melhorar, eu prometo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...