História Boku no Hero Academia - Além da gravidade - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Aizawa Shouta, Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Mineta Minoru, Personagens Originais, Present Mic, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Tags All Might, Boku No Hero, Deku, Echii, Hentai, Heróis, Individualidade, Kachan, Lida, Midoriya, My Hero, Plus Ultra, Romance, Sexo, Super Poderes, Uraraka, Verde, Vilões, Yaoi, Yuri
Visualizações 660
Palavras 1.418
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fanfic nova! Dessa vez de boku no hero, vamos ver como eu me saio aqui, né?

Capítulo 1 - Saindo de casa!


Fanfic / Fanfiction Boku no Hero Academia - Além da gravidade - Capítulo 1 - Saindo de casa!

- Então, eu acho que é só isso, mãe. - Midoriya arrumava suas malas no meio da sala. - Será que não estou esquecendo nada, mesmo?

- Izuku... Eu não acredito que você esta saindo de casa! 

Sua mãe chorava muito, afinal, o próximo ano letivo da UA, exigia que os alunos passassem a morar nos dormitórios do colégio, era uma despidida muito dolorosa para Midoriya e sua mãe.

- Midoriya-kun! Já estamos atrasados!

- Então é aqui que a família dele mora, é? - Uraraka perguntava, acompanhar de Lida.

- Midoriya-kun, não podemos esperar mais, se perdermos o momento em que os professores distribuírem as chaves dos, provável não conseguiremos ficar no mesmo quarto!

- Ah, como eu queria poder ficar no mesmo quarto que vocês, meninos...

- Isso seria inaceitável para a UA, Uraraka-san. - Lita mexia em seus óculos enquanto falava. - Afinal, homens e mulheres não podem habitar os mesmos alojamentos a não ser que sejam marido e mulher.

- Relaxa aí, eu já sei disso.

- Tchau, mãe! Eu voltarei pra te visitar! Vamos indo? 

- Pra que essa mochila enorme mais essas malas, Midoriya-kun? Digo, na minha pequena bolsa, já cabe tudo que irei precisar.

- Precauções da minha mãe, - Os três começam a andar em direção a estação de trem. - Sou alérgico a mais coisas do que vocês imaginam.

- Sua mãe parece ser bem preocupada com você, né Deku? - Uraraka parecia mais feliz do que o habitual.

- Ah, você bem imagina, Uraraka... Olha lá o Todoroki!

Todoroki chegava correndo com uma mochila bem grande também, parecia exausto:

- Me desculpem, não sou muito bom com horários. 

- Todoroki-kun, você esta 20 minutos atrasados e nós estamos muito decepcio.....

Uraraka dá uma cotovelada Lida e Mirodiya começa a falar:

- Relaxa cara, oque importa é que você está aqui, hehe!

- Obrigado, Midoriya. Vamos lá então, espero que consigamos ficar no mesmo quarto, seria muito bom.

Todoroki exibia um pequeno sorriso que só ele sabia fazer.

- Vocês parecem muito animados pra dormir no colégio, meninos!

- Você não esta, Uraraka-san?

- Mais ou menos, ainda fico um pouco preocupada com a loja dos meus pais, mas espero qhe eles consigam se virar bem sem mim.

- Entendo...

Mais tarde, já na UA:

Lida corria até os amigos com as chaves em mãos:

- Midoriya-kun, Todoroki-kun! Eu consegui convenser o professor Aizawa a nos deixar mesmo quarto!

- Sério? Ufa, já estava ficando preocupado com a demora.

- Será muito divertido morar com vocês. - Todoroki comenta e Uraraka aparece com um olhar csbisbaixo. - Oque foi, Uraraka? 

- Vai ficar no quarto de alguém que não gosta?

- Não é isso, é que vou ter que me separar de vocês, é tão triste, sabem?

- Mas... - Todoroki corta o clima: - Nós vamos nos ver todos os dias, seu quarto vai ficar a poucos metros no nosso.

- Para de cortar o clima! - Uraraka grita.

- Desculpe...

- Hey, Deku! - Kacchan gritava de longe. - Deixa eu ver qual o seu quarto, - Ele toma as chaves de Lida e logo as joga na mão de Todoroki. - 101? Ainda bem, se caisse no meu quarto, eu ia te surrar todo dia seu churume!

- Você não cansa de ficar me xingando, não Kacchan? 

- Não fale como se já estivesse ficando chato!!! - Bakugou gritava como sempre. - E você, cara de bolacha!

Ele aponta para Uraraka, que fica confusa com a situação:

- Preciso falar com você mais tarde, me encontre na saida do colégio, e não falte! Desgraçada... Estarei lá as 10:40 da noite.

- Que sujeito irritante, - Todoroki comentava dando as costas. - Vamos ver o nosso quarto logo!

- Tá bem, nos vemos depois, Uraraka! - Deku abraça Uraraka e vai embora.


Deku POV on:

A Uraraka realmente parecia querer ter se juntado a nós no nosso quarto, mas isso seria errado, pois..... Ah! Não posso imaginar essas coisas da Uraraka!

- Midoriya? Você por aqui? 

- Hatsume-san? Não esperava ter que te encontrar aqui. 

Era Hatsume Mei, aquela garota do zoom nos olhos e que tem ums peitos bem..... Enfim:

- Vou ficar no mesmo dormitório que vocês ao que parece, não é legal? E fiquei sabendo que mais um pessoal do mesmo departamento que eu também vem!

- Mais um pessoal? - Lida engole em seco. - Então ele.....

- Olá, pessoal. Vocês parecem bem animados, pelo que vejo aqui. - Era o Hitomi Shinsou, aquele sujeito do controle mental. - Também vão dormir aqui, é?

- Você é aquele carinha do torneio, não? - Todoroki comenta. - O que tem a individualidade de controlar a mente dos outros, né?

- Sou sim...

- Então é.... - Todoroki fica em silencio por alguns poucos segundos, se vira e dá um tapa na bunda de Lida. - Am? Oque aconteceu?

- Todoroki-kun? Que história é essa? Eu sou um homem de família e não quero que...

- Hahahahahahaha! Como eu adoro fazer isso... - O Hitomi-san chorava de rir da situação que, eu não nego ter sido hilária. - Enfim, até depois...

- Ele é assustador, né não? - Hatsume continuava sua conversa conosco. - Mas enfim, eu fiquei sabendo que meu quarto é ao lado do de vocês, parece que vamos nos ver muito!

- Fazer oque né.... - Todoroki comenta bem baixinho.

- Enfim, eu vou indo, até mais, rapazes!

Nós voltamos a andar em direção ao dormitório:

- Que pessoal mais louco, não? - Eu dizia pra quebrar o gelo.

- Todoroki-kun, não volte a repedir esses gestos obcenos, por favor.

- Não fui eu!!!

Mais tarde, já no nosso quarto:

- Uau! - Nós três ficamos muito surpreso, afinal era um quarto bem grande, com um closet, uma pequena cozinha e um banheiro!

Sem falar que tinha uma beliche e uma cama de solteiro, além de uma TV enorme (perfeita pra jogar videogame) pra poder assistir.

- Parece que já vai anoitecer, não? - Lita abria as janelas para circular o ar. - O tempo passou bem rápido hoje.

- É verdade, eu trouxe Onigiri, alguém quer? - Todoroki oferecia.

- Uau Todoroki, eu não sabia que você sabia cozinhar!

- Todoroki-kun tem cara de ser muito habilidoso com a culinária oriental e...

- Eu só sei cozinhar isso mesmo... - Eu e Lida quebramos a cara com aquela declaração. - Mas me digam vocês, ficou bom?

- Esta ótimo, meus parabéns Todoroki-kun! 

Mais tarde, ainda no quarto:

Todos nós já haviamos tomado banho, eram umas 10:30 da noite e nós estávamos ligando os cabos do PlayStone 4 do Lida na TV, já estavamos todos com as roupas casuais de dormir, de bermuda e camiseta.

- E.... Pronto, acho que já dá pra ligar.

- Vamos ver, Todoroki-kun. - Lida apertou o botão e viu a logo do vídeo game. - Funcionou! Agora só falta alguém lá comprar um refrigerante!

- Podem deixar comigo... - Todoroki se levantou e saiu do quarto.

Já no corredor, ele caminhou até a maquina de refrigerantes do dormitório, estava tudo apagado, um ambiente bem assustador. De repente, ele vê uma das portas abertas, ele aperta o botão da maquina e vai rapidinho ver pela fresta, eu entendo a curiosidade dele.

- De quem será esse quarto?

Ele olhou pela fresta da porta e viu a Hatsume tirando sua camiseta para vestir seu pijama, mostrando seu sutiã e seus peitos. Ao ver isso, Todoroki corre de volta até a maquina, pega três latinhas e corre de volta para o quarto:

- Meu Deus, Todoroki! Aconteceu alguma coisa, cara? Você parece ter visto um fantasma.

- Eu vi..... - Ele começou a fazer sinais com as mãos, mostrando formas esféricas. - Eram enormes!

- Enormes? Do que você está falando Todoroki-kun? Sente-se logo aí e vamos jogar, trouxe os refrigerantes, né?

- Trouxe, sim... - Ele nos entrega as latinhas e alguém bate na porta. - Hm? Será que ela me viu?

Todoroki indagava e Lida vai atender a porta:

- Em quê posso ajud....... Aah! - Kirishima joga um balde de água em Lida e sai correndo:

- Hahahaha! Otário!

Lida fecha a porta e em silêncio, volta a jogar, sem comentar nada, não nego que Todoroki e eu seguramos e muito as rodadas. Quando de repente, eu me lembrei do que o Kacchan havia dito:

- Ah! É mesmo, a Uraraka e o Kacchan vão se encontrar agora na saida da UA! - Corri, abri a janela e vi os dois conversando sozinhos, estavam muito longe, não conseguia ouvir oque eles diziam, mas Uraraka sai de lá chorando enquanto o Kacchan a olhava com desprezo.

- A Uraraka-san, esta chorando?

- Eu não acredito, não perdoarei o Kacchan se ele tiver ofendido ou magoado a Uraraka! - Eu dizia com raiva e determinação. - Você me paga, Kacchan!!!

- Cala a boca, aí!!! - O vizinho gritava.

- Desculpe...


Notas Finais


Gostaram do primeiro capítulo amores? Foi só uma introdução pra fic, o próximo vai ser bem mais movimentado e animado. Comentem aí suas opiniões e até amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...