1. Spirit Fanfics >
  2. Além da linha vermelha ( jeongin) stray kids >
  3. Capítulo 4

História Além da linha vermelha ( jeongin) stray kids - Capítulo 4


Escrita por: e nana_Lis


Capítulo 4 - Capítulo 4


_ Minho eu já tomei banho- a pequena garota grita de dentro do banheiro.

_ okk a sua roupa está aí em algum lugar- Minho havia tacado a roupa de s/n em um canto qualquer, pois ele havia deixado a comida no fogo, então o mesmo saiu correndo.

S/n sai do banheiro, penteia seus cabelos e vai até a cozinha, encontrando ali Minho e Felix.

_ poxa valeu Minho por ter tacado a roupa- ele olha para ela vendo que algumas partes da roupa da garota estavam molhada.

_ aí meu Deus s/n desculpa, eu estava com a panela no fogo.

_ tá, eu aceito as suas desculpas.

_ troque de roupa s/n! Você pode ficar doente- Felix diz com esperança de que fosse respondido pela irmã.

_ oppa oque você está fazendo?- ela se aproxima de Minho- o cheiro está muito bom hummmm!

-Yaa, não ponha sua mão aí, vai azedar a comida- o mais velho tirou a vasilha de comida da direção

- Tá bom oppa, mas oque é??

- bolinho de arroz- ele colocou mais um bolinho no olio quente - depois você pode levar alguns para a sra. Kim, é longe, Felix vai com você

-eu posso levar sozinha, já estou grande !- s/n cruzou os braço e bateu o pé

- tudo bem, já está na hora de aprender a andar sozinha- o mais velho cede- eu já fiz esses, vai levar já, que depois vc já almoça.

- mas oppa, estou morrendo de fome, você pode me dar alguns para eu ir comendo??hum?

- aish, okay- ele pegou uma outra vasilha, e colocou alguns bolinhos.

- obrigada oppa, tchau- s/n deu um abraço em minho

- olhe bem antes de atravessar a rua!- s/n concordou e já saiu

- Você sabe que ela está me chamando de oppa toda hora, e sendo carinhosa, para te provocar né? - Minho se direcionou a Felix, sem tirar os olhos dos bolinhos

- Sei, ela não vai me perdoar?

- De tempo ao tempo lix.


Quebra de tempo

S/n já tinha deixado os bolinhos na casa da sr kim, quando teve uma idéia.

(Ainda sobraram 5 bolinhos, e se ...
Não é perigoso!
A que se dane o perigo, estou com saudades)

S/n se esgueiro por entre os arbustos, cobertos de folhas, por conta do outono
E andentrou na imensidão de laranja, vermelho e marrom.

Ela caminhou por uns 5 minutos, quando finalmemte chegou na linha, ela se escondeu atrás de um arbusto, para ter certeza de que era seguro, e lá estava ele, vestindo a farda do exercito, fazendo a ronda

-psiuu

O menino parou tentando detectar de onde vinha o som, mas não a viu

(Sério que ele protege a fronteira??)

-psiuuuuu

desta vez s/n tacou uma pedrinha, i.n. apontou a arma, mas logo seu rosto se suavizou

-O que você está fazendo aqui de novo??
Sabe que podemos morrer né?

-deixe de chatisse oppa, eu trouxe algo pra você.- a menor mostrou o pote em suas mãos

- primeiro: eu não sou seu oppa
Segundo: é bolinho de arroz? Aa, eu estou morrendo de fome - o menino suspirou sentindo o cheiro que o pote recem aberto emanava

-Você conhece bolinho de arroz? - a menina perguntou curiosa

-Yaa, eu não sou nenhum animal!

-OKAY, esperimenta

-certeza que não está envenenado? - o menino cheirou o bolinho

-Aish, você é muito chato, se não quer me devolva - s/n foi para pegar da mão do mesmo, porém i.n. foi mais rapido enfiou ele na boca - está gostoso? - perguntou, observando o mais velho comer

-está uma delicia, foi você quem fez?

-nâo... mas quando eu for mais velha, vou fazer um monte para você!

- Não, isso é errado, não podemos ser amigos! - o garoto tentou não parecer triste

- vamos dar um jeito nisso depois! Pode ficar com os bolinho, tchau oppa!

A menina entregou o pote na mão do menino, lhe deu um beijo na buchecha , e sumiu por entre as árvores antes que ele pudesse lhe responder algo.

_ aishhh ela sempre acha uma maneira para voltar.

Chegando em casa, s/n vai até a cozinha onde se encontrava minho lavando a louça, e Felix secando-a para guarda- lá.

_ oppa eu já levei os bolinhos para Sr Kim.

_ ah! Porque demorou?.- Minho pergunta

_ o caminho na ida estava muito encantador, então fui em passos lentos para admirar a beleza.

_ algum malandro sem ter oque fazer mexeu com você?

_ não, e quem ousaria mexer comigo, sabendo que tenho um irmão muito forte que pode acabar com qualquer um.

_ não é bem assim pequena, não me meta em encrenca, se alguém mexer com você corra, ou taque uma pedra no malfeitor e... corra.

_ mas você não iria bater nele?.

_ eu iria até tentar, mas o Felix é mais forte que eu, então como você não está conversando com ele, seu irmãozinho aqui iria apanhar feio.

_ prefiro não sair de casa mesmo- a mesma diz se virando para ir em seu quarto.

_ YAA! s/a!- Felix a chama.

_ calma irmão ela só está triste com você, logo logo vocês voltam a conversar.

_ eu fui muito idiota hyung,eu entendo ela- Felix diz triste.

No quarto de s/n, a garota estava sentada perto de sua janela admirando a paisagem, tendo como foco principal a linha da divisão, ela pensava como seria bom se ela e jeongin pudessem ser amigos de verdade, s/n estava muito triste com sua mãe e seu irmão, algumas lágrimas percorriam no rosto da garota com esses pensamentos, a mesma olha para sua cama vendo a blusa de i.n a qual ele havia emprestado a ela na noite anterior, ela vai até sua cama se deitando e abraçando a blusa do garoto e assim dormindo com o cheiro suave de flores silvestres que dá blusa emitia...

TINUA....💖


Notas Finais


Autoras @yaya_stay @nana_Lis

Espero que tenham gostado até a próxima ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...