História Além da magia - Harry Potter - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Andromeda Tonks, Arabella Figg, Arthur Weasley, Augusta Longbottom, Barão Sangrento, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Cedrico Diggory, Charlus Potter, Cho Chang, Colin Creevey, Córmaco Mclaggen, Cornélio Fudge, Dama Cinzenta, Daphne Greengrass, Dino Thomas, Dobby, Dolores Umbridge, Dorcas Meadowes, Dorea Black, Draco Malfoy, Duda Dursley, Emmeline Vance, Euphemia Potter, Fleamont Potter, Fleur Delacour, Franco Longbottom, Fred Weasley, Gina Weasley, Glenda Chittock, Godric Gryffindor, Gregory Goyle, Gui Weasley, Harry Potter, Helena Ravenclaw, Helga Hufflepuff, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Jorge Weasley, Katie Bell, Lilá Brown, Lílian Evans, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Marlene Mckinnon, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Murta Que Geme, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Nick Quase Sem-Cabeça, Nymphadora Tonks, Olívio Wood, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Pedro Pettigrew, Penélope Clearwater, Percy Weasley, Personagens Originais, Petunia Dursley, Pirraça, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Quirinus Quirrell, Rabastan Lestrange, Regulus Black, Remo Lupin, Rita Skeeter, Rodolfo Lestrange, Rolf Scamander, Ronald Weasley, Rowena Ravenclaw, Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Severo Snape, Sibila Trelawney, Simas Finnigan, Sirius Black, Theodore Nott, Tiago Potter, Tom Riddle Jr., Valter Dursley, Viktor Krum, Vincent Crabbe, Walburga Black, Zacharias Smith
Tags Amizade, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lucy Hale, Rony Weasley
Visualizações 18
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


Verão de 1987

- Para Lucy, já chega!

Os dois irmãos estavam de frente um para o outro com os seus rostos vermelhos de raivas e as mãos na cintura, quase não dava para perceber a diferença de idade, mas ela estava bem presente ali nos pequenos jovens que discutiam entre si.

- Eu já disse, não vai blinca com os wesley sem mim. - A menor gritou chamando a atenção da mãe que estava preparando o jantar. - Eu quelo vel a Gina.

- É Weasley, Lucy! E não, você não vai comigo. - O garoto com a armação redonda disse para a irmã. - Além do mais, o Draco vai está lá e eu não quero você perto dele.

- Acha que aquele blunda mole vai me batal? Eu dei um sloco nele. - Diz com o nariz empinado. - Non tenhu mledo dele.

- Lucy, você é pequena demais. - Harry diz cansado, era difícil controlar a irmã quando o mesmo ainda era uma criança. - Prometo que amanhã levo você.

- Plomete?

- Prometo. - Ele sorriu e a mesma abraçou ele. - Eu juro solenemente.

Verão de 1990

A garota de dez anos descia as escadas correndo para o café da manhã naquela manhã, ela sabia que em questão de poucas horas às famílias amigas da sua chegariam para o almoço anual de comemoração ao fim da 1° guerra, ela amava quando seus amigos vinham, amava mais ainda quando tinha uma chance de ficar conversando com o menino Malfoy, ela viu que ele não era mesquinho como achou que seria e por causa disso acabou criando uma amizade com o rapaz.

Ela ver os cabelos ruivos de sua mãe assim que entra na cozinha da casa, a mãe olha para filha com um sorriso no rosto, os olhos verdes brilhavam sempre que via um de seus filhos, é isso era algo que acontecia normalmente.

- Mãe, que horas eles vão chegar? - A pequena pergunta olhando para a mãe que sorri colocando o pote de geleia na mesa. - Harry já acordou? E papai, já foi no mercado atrás do meu achocolatado?

- Calma águia, uma pergunta de cada vez, ok? - Lilian Potter diz rindo da forma elétrica da filha. - Eles vão chegar meio dia para o almoço, seu irmão está no banho e sim, seu pai foi no mercado atrás do seu achocolatado, só espero que ele não se perca dessa vez.

- O dia que o papai não se perder no mundo trouxa, eu vejo o Harry usando roupa de mulher.

- Porque sempre me coloca nos seus exemplos? - Harry pergunta descendo as escadas passando as mãos nos cabelos. - Parece que sou um objeto.

- E você é, é o meu objeto. - A pequena Potter sorri pro irmão que parece tremer.

- Para disso, me dá medo, mãe, olha a Lucy!

- Lucy, já chega querida. - Lilian pedi a filha enquanto coloca o café do filho na mesa. - Terminem e vão se arrumar.

Os dois obedeceram a mãe e terminaram o café da manhã, os irmãos Potter eram assim, unidos, mas também implicante um com o outro, e ninguém podia negar o amor que existia entre eles. Lucy foi a primeira a terminar o seu café, beijou o rosto da mãe e bagunçou os cabelos do irmão enquanto saia da cozinha, a morena subiu as escadas, mas parou no caminho quando a campainha da casa tocou, quando a mesma correu para abrir acabou revelando a família de ruivos que arrancava suspiro da menor, Molly Weasley foi a primeira a se manifestar puxando a jovem Lucy para um abraço apertado.

- Menina, olha como você cresceu. - A matriarca da família Weasley diz beijando a bochecha da morena. - Cadê sua mãe?

- Lá dentro senhora Weasley, pode entrar.

Molly entrou na casa sendo seguida pela família, Lucy sorriu para os filhos mais novos dos Weasley, Rony e Gina, essa por último abraçou a morena de maneira apertada, em questão de minutos todos já estavam ali, Hermione que tinha vindo com Remo que foi buscá-la em sua casa em um bairro trouxa, os Malfoys chegaram logo em seguida, o jovem Draco foi para junto das outras crianças estavam sentadas no jardim da casa.

Lucy foi a primeira a ver o loiro e de início fez cara feia, mas logo parou quando o irmão bateu em seu ombro, Draco sentou ao lado de Harry que ofereço um feijãozinho de todos os sabores para o loiro que pegou um provando, os seis ficaram ali, conversando como se em poucos meses não fossem ser separados por causa da escola, como se não existisse a rivalidade das casas que logo estariam entre eles.

- Sabe, eu queria falar uma coisa. - Os cincos olharam para a pequena Potter que olhava para a grama. - Vamos fazer um pacto, um pacto de que seremos amigos para sempre não importa o que aconteça, não importa para que casa vamos, não importa o sangue que corre em nossas veias, por que nada disso é mais importante que a amizade que temos.

- Para uma garota de nove anos, você fala muito bem Potter. - Draco comenta sorrindo.

- Para um verme é bem impressionante você saber falar, Malfoy. - Ela sorri de lado olhando para ele. - Podemos fazer o pacto?

- Por mim tudo bem, eu não quero ficar longe de vocês mesmo. - A castanha respondeu risonha.

- Então vamos fazer direito. - Harry se levantou colocando a mão esquerda no peito e respirou fundo. - Eu juro solenemente que nunca vou deixar nada atrapalhar nossa amizade...

- Nem fazer eu sentir raiva de vocês.... - Gina completou se colocando ao lado do moreno.

- Nem levantar falso testemunho... - Rony diz com respeito.

- Malfeito, feito! - Os seis falaram juntos se abraçando em seguida.

Era difícil dizer que não podia se sentir a magia que tinha em volta deles, era algo puro e verdadeiro, algo que chamou a atenção dos pais que os olhavam atentamente, Lilian Potter sorriu para o marido que respondeu com outro sorriso, eles eram felizes, isso não podiam negar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...