História Além das cores - Clizzy - Capítulo 54


Escrita por:

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood
Tags Clace, Clizzy, Lesbicas, Malec, Netflix, Revelaçoes, Romance, Series, Shadowhunters, Shape
Visualizações 71
Palavras 1.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Mistério, Orange, Romance e Novela, Suspense, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


BOA LEITURA!!!!!!

Capítulo 54 - Só você!


P.O.V. Izzy 

Acordo com o Sol invadindo o quarto, que droga por que não fechei a janela ontem? Em pleno domingo eu acordando cedo por pura ressaca. Olho no meu celular e vejoque não é tão cedo assim, são onze e meia da manhã. 

Não aguentando mais ficar ali deitada, me levanto e vou até o banheiro para fazer minha higiene matinal e tomar um banho frio. Após ter terminado, desço as escadas lentamente sem fazer nenhum barulho, pois sabia que todos estavam dormindo ainda. Alec e Magnus vieram para cá depois da festa, Jace e Maia também... então provavelmente está todo mundo cansado, até porque ficaram mais que eu.

Eu já ia entrar na cozinha quando olho para a sala e vejo Simon jogado no sofá do canto dormindo plenamente, o que ele está fazendo aqui? Eu entenderia se fosse a Camille, mas o Simon? 

Resolvo ignorar e ir para a cozinha preparar um café bem forte, enquanto o café passa pego um comprimido e encho um copo de água do filtro da geladeira, ponho o comprimido na boca e engulo junto com a água. 

Após dar a última golada da minha água, ouço a campanhinha tocar. Quem será? Ouço os resmungos de Simon e logo em seguida ele abrindo a porta. Fico olhando atrás da coluna para ver quem era, mas infelizmente só dava pra ver o Simon. 

- Oi... garota? - Simon cumprimenta coçando os olhos. 

- Cadê a Isabelle? - a voz conhecida pergunta. 

- Deve estar dormindo ainda - Simon boceja com a mão na boca - quem gostaria?

- Heidi! - franzo a testa, o que essa garota quer? - Quando ela acordar, tem como avisar que eu estive aqui e que se possível, pra ela comparecer na minha empresa amanhã? 

- Ãhn...claro! - Simon responde sorrindo. 

- Okay obrigado! - Simon sorri novamente e fecha a porta vindo em direção a cozinha - O que tá fazendo aí? 

- Nada - respondo rápido - só queria saber quem tinha tocado a campainha. 

- Ah então você ouviu tudo né? - Simon pega o café e põe na garrafa apropriada - Tipo, eu não preciso dar nenhum recado?

- Sim - sorrio - obrigado! 

- Escuta... - Simon chama - todos os quartos estão ocupados e eu to morrendo de sono, posso ir dormir no seu?

- Pode sim! - respondo enquanto ponho café na xícara pra mim.

- Vou tomar um banho e vestir só uma bermuda - Simon fala saindo do cômodo - calor infernal.

Realmente está fazendo um calor de derreter os cabelos hoje, e além do mais é domingo... vou curtir a piscina. 

Subo as escadas e vejo que Simon ainda está no banho, ouço o barulho do chuveiro. Adentro meu closet e pego meu biquíni preto, visto o mesmo e saio do quarto. Acabo dando de cara com Simon no corredor, só de toalha... tentador né?

- Vai pra piscina? - ele pergunta jogando seu cabelo pra trás enquanto as gotículas de água escorrem pelo seu corpo.

- S-sim - respondo sem jeito - vai vir?

- Ah não - Simon sorri - vou voltar a dormir mesmo!

- Tudo bem então. - saio dali e vou para a piscina. 

Me sento numa cadeira e começo passar protetor pelo braço, depois pernas, barriga, peito e rosto. Fico deitada ali de olhos fechados enquanto o Sol queima pelo meu corpo.

P.O.V. Clary 

Enquanto tomo meu café sentada na mesma varanda de sempre, fico pensando na minha situação com Izzy. Eu não queria ter beijado a Heidi, na verdade eu queria...mas não, é como se algo nela tivesse me puxado pra fazer aquilo. Eu fui fraca, e agora minha situação com minha namorada está pior do que tava antes.

Resolvo deixar a xícara de lado e ir até a casa de Izzy, é uma caminhada até lá. Então enquanto chamo o uber, entro para guardar a xícara e então ouço o barulho da buzina. Saio trancando a porta e logo em seguida entro no carro, cumprimentei o motorista e logo ele deu partida. 

Assim que ele me deixou em frente a casa de Izzy, paguei e sai do carro. Antes de pensar eu já entrei dentro da casa, por sorte a porta estava aberta.

Subi as escadas e fui direto pro quarto dela, assim que abro a porta vejo Simon jogado na cama, deitado e... sem camisa?!

- EI... - bato na perna do mesmo para que ele acordasse - ACORDA! 

- Clary? - Simon fica sentado - O que tá fazendo aqui?

- Eu que te pergunto - cruzo meus braços - e por que está na cama da minha namorada? 

- Eu só vim aqui dormir um pouco, estava cansado da festa. - Simon responde coçando a cabeça e fazendo uma careta de dor.

- Você dormiu aqui? 

- Dormi! - Simon responde - Mas não necessariamente aqui... - arqueio uma sobrancelha - agora que eu vim aqui pro quarto dela.

- E cadê ela? - pergunto. 

- Na piscina!

Dou as costas e saio daquele quarto batendo a porta, sem me importar com quem estava ou não dormindo. Desço as escadas e vou direto para a área da piscina, vejo Izzy se levantando de um mergulho e saindo da piscina. Aquele corpo cheio de gotinhas de água escorrendo por ele, enquanto ela faz força pra sair da piscina seus braços acaba mostrando as curvas dos músculos. Eu me sinto hipnotizada nesse momento, até ela vim até mim...

- Oi Clary? 

- O-oi... - engulo seco a vendo parada tão próxima de mim daquele jeito. 

- Tá fazendo o que aqui? - Izzy põe as mãos na cintura, céus que mulher maravilhosa. 

- É que - coço minha nuca - vim pra te ver mas...

- Sério? - um sorriso brota em seu rosto mas logo se desfaz - Por quê? 

- Vim pra gente se acertar - Izzy vai até uma cadeira e se senta e eu faço o mesmo - mas quando cheguei fui direto pro seu quarto e...

- E aí você viu o Simon dormindo lá? - Izzy pergunta enquanto põe uma toalha em suas pernas. Apenas assinto - Ele foi pra lá hoje de manhã, dormiu na sala e estava cansado da festa, então deixei que fosse se deitar lá um pouco. 

- Então vocês não...

- Quê? Não - Izzy faz uma careta - quero você...só você! Já você por outro lado...

- Eu também quero só você, Izzy! - interrompo - Você é tudo de bom que eu tenho na minha vida.

- Não sei... - Izzy abaixa a cabeça - pareceu tão intenso aquele seu beijo com a Heidi. 

- Intenso foi - seguro em sua mão - mas não senti nada, porque é você que eu amo! 

- Ela esteve aqui hoje. 

- O que ela queria? - pergunto separando nossas mãos.

- Quer que eu vá lá amanhã! - Izzy responde se deitando na cadeira. 

- Que estranho.

- Passa o dia comigo? - Izzy faz um biquinho - Agora a gente já tá de bem! 

- Tá bom - sorrio - mas eu não trouxe nenhum biquíni. 

- Fica de sutiã e short mesmo - Izzy aproxima a boca do meu ouvido pra sussurrar - ou fica nua mesmo.

- Boa ideia ficar de short e sutiã! 

- Que droga. - Izzy bufa frustrada. 


Notas Finais


Bom dia Clizzy shippers, to com fome


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...