História Além de Primos - Neagle - Capítulo 45


Escrita por:

Postado
Categorias Neagle
Personagens Gabriel "Neox" Soares, Victor "Eagle" Trindade
Tags Eagle, Neagle, Neox
Visualizações 244
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Saga, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee minha gente, cap novo pra vcs espero que todos gostem, desculpem se não esta tão bom, mais vou tentar me esforçar.

Capítulo 45 - Calmante


Fanfic / Fanfiction Além de Primos - Neagle - Capítulo 45 - Calmante

POV. Eagle

Logo quando eu fui expulso do meu quarto sem saber de nada que estava acontecendo, eu gritei e supliquei, pra que ele abrisse a porta, mas de nada valia, só dava pra ouvir seus choros perturbadores, eu estava realmente de mãos atadas, de uma coisa eu sabia "Ele está escondendo alguma coisa",  mas agora o que ele taria escondendo de mim? Tava tão confuso que nem chorar eu conseguia mais.

Eu o amo tanto, do mesmo que machuca ele, isso também me machuca... Fico refletindo do que pode estar acontecendo, até que sou interrompido.

 

Filipe:- Desculpa...

Eagle:- Pelo qu... Puts foi mals.

Eu corei na hora em que o Filipe me viu pelado, eu tinha acabado esquecendo de que sai do quarto pelado. Então corri para o banheiro, peguei uma toalha e envolvi, no meu corpo.

 

Eagle:- Pera não vai embora! Eu preciso da sua ajuda.

Filipe:- Acho que sim, me explica o que ta acontecendo?

Eagle:- Eu e o Neox tava-mos... Er como posso dizer...

Filipe:- Transando.

Eagle:- Sim, ai do nada ele ficou estranho e alterado, e mandou eu sair do quarto, simplismente não sei o motivo de tudo isso, tenho medo do que pode ta acontecendo com ele.

Filipe:- Calma, que tem coisa ai tem, mais da um tempo pra ele, de uma coisa eu te garanto, ele te ama, então o problema não é com você, e sim algo psicológico, da um tempo pra ele colocar as ideias no lugar.

Eagle:- Você tem razão, muito obrigado pelo conselho.

 

(...)

 

POV. Neox

Eu estava confuso, tava com medo, eu não conseguia enxergar mais nada que tinha na minha frente, eu estava cego, cego de medo, com minhas mãos puxando meu cabelo, minha cabeça entre as pernas, e chorando de soluçar, eu estava ficando doido, palavras me insultando ecoova pela minha cabeça, flashbacks daquela noite se passava através dos meu olhos, parecia que eu estava vendo a alma do George no canto escuro do quarto, me observando. Tinha algo de dentro de mim que queria sair, algo que estava me rasgando por dentro, eu estava suando frio, minha garganta estava seca, eu queria poder rasgar meu peito pra tirar aquele negócio de dentro de mim. Eu estava enlouquecendo, queria ajuda, precisava de ajuda.

Porque tudo isso acontece comigo? Porque eu fui sequestrado? Porque eu fui estuprado? Porque eu? Porque?

Eu queria me matar naquela hora, da minha vida não adiantava nada, eu queria morrer, quem sabe tudo isso passaria, mas tinha uma coisa, uma única coisa, que me travava e não deixava eu me matar, uma coisa que no fundo do túnel estava me chamando, parecia ser uma coisa que travava meus braços pra que eu não me enforca-se e acabasse com minha vida, essa coisa se chamava Eagle.

Parecia que tinha algo de dentro de mim que estava brigando com meu consciente, estava tendo uma batalha, uma bipolaridade dentro de mim, um lado queria ver meu bem, o outro queria ver sangue, ver meu corpo morto.

 

Neox:-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

Neox:- SAAAAAAAAAIIIIIIIIIIII!!!

Neox:- MEEEE AJUDAAAAAA. por favor.

 

POV. Eagle

Ouço gritos de dentro do quarto, então vou correndo, até lá, estava preocupado, e com medo do que poderia acontecer. Sem pensar duas vezes eu arrombo a porta, e vejo o Neox em um estado deplorável, ele estava com olheiras, suado, e chorando muito, aquele não era o mesmo menino sorridente que conheci, aquele era outro, outra pessoa totalmente diferente, você olhava pra ele, e parecia que toda alegria do mundo tivesse acabado ali.

Eu o via se contorcendo, parecia que estava com dor, puxava os cabelos com força, eu não podia chegar perto se não machucaria ele mais ainda.

 

Eagle:- FILIPEEE!!! TRAZ O CALMANTE QUE TA NO BANHEIROOOOO.

 

Em menos de segundo pude ver ele vindo correndo até mim com os remédios, então os peguei ligeiramente, fui até o lado do Neox, e contra sua força, eu o fiz engolir os remédios, e em dois minutos, vejo sua cabeça se repousar sobre meu colo, sua expressão de medo foi embora, seus olhos se fecharam, seus cabelos estavam molhados de suor, então fiquei ali com ele fazendo carinho nele, pra ver se ele se acalmava. Em fim pude ver seus batimentos desacelerarem, e enfim, ele "dormir".

 

Continua...

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...