1. Spirit Fanfics >
  2. Além Do Amor >
  3. "Sonho estranho"

História Além Do Amor - Capítulo 41


Escrita por:


Notas do Autor


Oieeeeeeee...

Boa leitura!

Capítulo 41 - "Sonho estranho"


Fanfic / Fanfiction Além Do Amor - Capítulo 41 - "Sonho estranho"

Quando o Sasuke passa pela porta, eu olho para o Yang, querendo mata-lo. Se meus olhos fossem lança chamas, ele já estaria queimado até os ossos.

- Você ein!! – Falo e o meu cãozinho abaixa as orelhas, assustado.

Suspiros pesadamente, olhando para o teto um tanto quanto chateada.

Essa noite foi uma loucura só. Eu sinto minha energia completamente drenada... Foram muitas emoções para uma noite só.

Eu olho meu celular. Tem varias mensagens da Ino perguntando se estou bem. Pelo jeito ela chegou a avisar a policia enquanto o Sasuke cuidava de mim.

Não sei se ela distribuiu as funções sem pensar, mas, de qualquer forma, eu tenho dois amigos de ouro.

Eu lhe mando uma mensagem para que ela não fique preocupada antes de ir deitar. Está noite poderia ter sido um pesadelo, mas, eu fico feliz de ter aprendido a me defender.

Eu deixo meu celular de lado para me jogar na cama. Fecho os meus olhos e desenho em minha cabeça o caminho feito pelas mãos do meu lindo moreno pelo meu corpo, e também a sensação deliciosa do seu beijo.

Esse beijo foi tão diferente do anterior. Eu nunca senti algo tão forte, foi tão... intenso! E eu tive mesmo a impressão de que o Sasuke estava no mesmo estado que eu.

Eu estou tão frustrada que ele tenha parado... Eu ainda preciso de seus braços, eu preciso que ele continue a tomar a frente. Eu quero muito deixar rolar, ao menos uma vez. Eu quero me perder em seu corpo até nós nos fundirmos em um só.

Suspiro pesadamente, eu me sinto tão cansada que não tenho disposição nem para pegar meu pijama e me troca, e ainda menos para levantar e tirar a maquiagem. Eu só consigo puxar o cobertor sobre mim e abraçar o meu travesseiro.

Eu toco devagar o curativo do Sasuke em meu rosto. Eu não sinto nada, o corte é realmente superficial. Eu me sai bem.

Eu apago rapidamente a imagem daquele imundo que aparece em minha cabeça. É uma coisa que aprendi a fazer, depois de muita prática. Colocar os pensamentos obscuros ou os momentos difíceis em uma caixa, e depois enterrá-la bem longe da minha lembrança esperando que ela não volte nunca mais para me incomodar.

Pouco a pouco, minha respiração se acalma, ficando mais profunda e o sono vence.

...

De repente vejo o Sasuke em minha frente.

- Eu tinha tanta vontade de fazer isso Sakura... Desde o primeiro dia em que te vi. – Ele fala me olhando carinhosamente.

- Por que você sempre me dá sinais contrários? Por que você sempre parece querer distância entre nós? – Pergunto.

De repente o Sasuke não é mais o Sasuke e sim o Itachi.

- Você tem a impressão que eu me distancio? Eu posso ficar mais perto de você... Ainda mais perto. – O Itachi fala se aproximando de mim.

- Itachi..., mas, o que?!

- Meu irmão não sabe o que quer, mas, eu posso te dar tudo o que você deseja... Tudo o que você não ousa nem admitir. – Ele fala em uma voz provocante.

- Não Itachi... Eu quero o Sasuke. – Falo ficando furiosa com sua insinuação.

- Sasuke? – Ele me olha sarcástico. – Ou talvez você queira a nós dois.

- Como é? – Isso só pode ser brincadeira. – É claro que é o Sasuke e se alguma vez eu dei a entender ao contrario eu devia estar maluca.

Vejo o Itachi me olhar surpresa e o Sasuke me olhar de forma apaixonada.

Quando vou me aproximar do Sasuke, tudo muda.

Eu estou completamente encharcada.

- Não deveria ter aceitado o desafio de te jogar na piscina, princesa! – O Sasuke surge diante de mim.

O que? O que está acontecendo?

...

Eu acordo suada em minha cama. Olho para o relógio e vejo que já são 10:15hrs.

Eu respiro bem fundo olhando para o teto... O que foi esse sonho?!

...

Passei a manhã toda arrumando o apartamento. Eu gosto que as coisas estejam arrumadas e limpas. Especialmente quando está uma bagunça na minha cabeça.

Eu preciso ser honesta comigo mesma, eu me sinto tão culpada do sonho que tive está noite, tenho a sensação de que seja algo que venha de mim. Eu até procurei na internet como interpretar esse sonho, mas, eu logo caí em sites totalmente tendenciosos ou coisas completamente sem sentido.

A ideia de falar tudo para a Ino até veio na minha cabeça, mas eu ainda nem terminei de me julgar eu mesma. Então, desde que acorde, estou sozinha com um inconsciente que estou tentando racionalizar... Ou esquecer de vez.

Mas, eu paro com isso imediatamente. Eu sei, é algo muito estúpido! É com o Sasuke que quero ficar e não com o Itachi.

O Yang se aproxima de mim com o rabinho entre as pernas. Pelo jeito que estou agindo hoje, ele deve pensar que fez alguma besteira.

- Sabe de uma coisa? Acho que um passeio vai fazer bem para nós dois! Tanto para você quanto para sua dona!

Eu deixo nos planos meu projeto de limpeza, prendo meus cabelos, coloco um jeans e meu moleton preferido para ir ao parque.

O Yang puxa sua coleira para ir cheirar os bons odores de sua espécie. Às vezes eu adoraria que minha vida fosse tão simples! Só que a imagem de mim de quatro cheirando tudo por aí, não é exatamente uma linda vida. Suspiro pesadamente e me sinto extremamente cansada.

Enquanto andamos na direção do Central Park, meu celular toca.

É o Itachi!

Após longos segundo eu descido atender.

- Oi Itachi. – Falo com um suspiro.

- Oi, tudo bem? – Ele pergunta e percebo que o mesmo está rindo.

- Por que você está me ligando Itachi? – Pergunto de forma agressiva.

- Eu conversei com o Sasuke e ele me contou o que aconteceu ontem à noite. Eu queria ter noticias suas. – Ele fala ignorando meu tom.

O Sasuke deve ter ficado bem abalado para ter dito ao seu irmão.

- Ah!

- Sim. Como você está? O Sasuke falou que aquele canalha te machucou.

“Machucou” é exagero né. O corte foi tão superficial que eu tirei o curativo do Sasuke hoje de manhã.

 A imagem dos lábios do Sasuke se aproximando dos meus volta a minha cabeça. Depois o Itachi em meus sonhos... E olha eu me sentindo culpada de novo!

- Tudo bem... Não foi nada. Um arranhão só... Eu me sai bem... Obrigada por ter ligado. – Falo tentando encerrar a conversa.

- É... o que vai fazer hoje à tarde? Gostaria de bater um papo? – Ele me pergunta com seu tom sacana.

- Ah... Eu... Eu vou ficar de boa em casa. – Falo a primeira coisa que vem em minha cabeça.

- Ok! Olha, se mudar de ideia me ligue ein.

- É... OK. Obrigada Itachi. – Falo já com o dedo na tecla de desligar.

- De nada princesa. - Eu escuto vozes em volta do Itachi. – Tenho que ir nessa! Até mais, se cuide.

Ouço suas últimas palavras e desligo com um suspiro pesado. Eu preciso esquecer o Itachi urgentemente.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Até amanhã meus amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...