História Além do meu controle - Camren - Original Fanfic - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui
Visualizações 753
Palavras 1.805
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


hello

Capítulo 13 - 13


Fanfic / Fanfiction Além do meu controle - Camren - Original Fanfic - Capítulo 13 - 13

Pov Ivana

Lauren acabou dormindo primeiro que eu,me senti mal pela forma que ela tratou Vanessa. Levantei da cama e fui tomar uma água,a lua estava clareando a noite,resolvi ir ao jardim e para a minha surpresa minha dama de companhia estava lá.

— sem sono também?

— é,e estava com calor,aqui fora está mais fresco

— depois pedirei pra colocarem um ar condicionado no seu quarto

— não precisa senhora,não quero que sua mulher volte a falar comigo da forma que falou hoje,eu preciso do emprego e gosto muito de ser sua dama,mas não sei aturar humilhações

— ela não vai fazer isso de novo,não sei o que deu na Lauren,talvez tenha sido apenas um ataque besta de ciúmes,acontece. desculpa,tivemos uma noite incrível eu me diverti muito,não queria que tivesse acabado daquela forma. Lauren vive muito estressada por causa do trabalho

— ela deveria dar mais atenção a você,deve sentir falta dela

— é,eu sinto,antes as coisas eram diferentes,quando nos casamos ela não estava tão a frente dos negócios,mas depois que começou eu tenho sido segundo plano sempre

— não sei como ela consegue preferir o trabalho do que uma mulher incrível como a senhora

— para de me chamar assim,só Ivana,me sinto uma velha de 80 anos quando me chama de senhora

— perdão,é o costume. ela não vai gostar de acordar e não te ver na cama

— Lauren tem um sono pesado,e ela dormiu chateada

— espero não ter sido o motivo

— neguei sexo a ela,Lauren odeia quando algo lhe é negado,ela sempre foi muito mimada,teve tudo que quis nas mãos,ai cresceu e ficou assim,autoritária,egoísta. Ela tem suas qualidades,mas também tem esses defeitos difíceis de lidar

— você a ama mesmo

— acho que mais do que deveria,às vezes queria amar menos

— porque?

— não sei explicar,mas... eu sinto,é como se ela não me amasse da mesma forma,enquanto eu sou louca por ela

— pode ser apenas a forma dela demonstrar que é diferente

— ela acha que eu não sei que quando nos casamos foi mais por gratidão,nossos pais eram muito amigos e torcia bastante por nós duas. mas de alguma forma eu sempre tive a esperança de que depois do casamento ela mudasse

— mas ela te ama,dá pra notar,mesmo que da maneira dela

— não da forma que eu gostaria,queria ser amada incondicionalmente sabe? queria olhar nos olhos dela e sentir... ah,deixa pra lá,estou te enchendo

— claro que não,pode falar o quanto quiser,eu gosto de te ouvir. e se acha que a senhora Jauregui não te ama da mesma forma,porque ainda está casada com ela?

— porque tenho esperanças,e porque sou incapaz de deixa-la. Lauren e eu temos uma imagem a zelar,a sociedade pesa,sairia em todos os jornais

— me sinto feliz em ser apenas uma simples dama de companhia,não sou do tipo que vive pra agradar os outros,eu não conseguiria

— tenho certeza que não,você é sempre muito... muito você mesma,natural. tenho esperanças do meu casamento melhorar Vanessa,dela me olhar com mais ternura entende?

— se ela for uma mulher esperta,ela vai olhar

Sorriu e arrancou uma das flores do jardim me entregando.

— eu não deveria arrancar,eu cuido delas,mas acho que uma não fará falta

— obrigada,irei guardar

— de nada

— e eu agradeci não só pela flor,mas por me ouvir e me aconselhar quando preciso. sabe que não é só uma dama pra mim,você é uma amiga maravilhosa. agora preciso ir,boa noite

— boa noite

Pov Vanessa

Ela me deu um beijo no rosto e se retirou,deixando-me ali de volta a solidão e a brisa fria. "Amiga maravilhosa" é só assim que ela consegue me enxergar,é como se não conseguisse perceber os meus olhares,a forma que suspiro quando estou perto dela ou a minha inquietação,porque meu coração fica tão disparado que não me contenho. Ela é tão ingênua que nem desconfia de que Lauren a traia,não que eu tenha provas ou algo do tipo,mas as desculpas que ela inventa pra chegar em casa mais tarde só consegue convencer a Ivana mesmo,os empregados da casa não se metem,então fico de bico fechado,até porque seria em vão eu ao menos tentar sugerir isso,acho que seria colocada para o olho da rua. Resolvi ir dormir também,o ambiente com o cheiro de Ivana que ficou,estava me deixando um pouco desorientada.

***

Lauren acordou sentindo um peso em sua barriga,bocejou e viu que era sua esposa,ela estava agarrada a suas pernas e com a cabeça em sua barriga,posição estranha de dormir,mas as vezes Ivana tinha dessas coisas. Por mais que ela tivesse tentado se mexer o mínimo possível,acordou ela.

— ainda é cedo,fica na cama,ser milionária tem que ter seu lado bom,e qual seria ele se nem dormir até mais tarde você pode? é dona de várias empresas,tenho dinheiro de sobra,a empresa não vai falir se a toda poderosa resolver dormir mais

— com todo esse discurso se eu falar que não é capaz de você me bater

Ivana sorriu e a abraçou.

— desculpa por ontem,não devia ter descontado meu estresse na Vanessa

— tudo bem,pedi desculpas a ela por você

— quando?

— ontem a noite,fui tomar água e ela estava no jardim

— hum,entendi. agora é saidinha pra parque,encontros noturnos

— não seja boba amor,ela é minha dama de companhia e nada mais

— ela é gostosa,isso eu não tenho como negar,e se disser que nunca reparou nisso eu te chamo de mentirosa

— ok,mas e daí que ela é gostosa?

— corro o risco de você sentir vontade de provar?

— não acredito que está me fazendo essa pergunta,eu sou casada com você e te respeito

— tá,desculpa,vou usar minha boca pra algo melhor,já vi que falando não tô indo bem

Deu beijos na região do pescoço dela.

***

Pov Lauren

Depois de passar a manhã quase inteira na cama,ainda bem que ao menos teve um sexo matinal,eu fui tomar um banho logo depois e tomei um lanche. Avisei a Ivana que ia falar com a Vanessa antes de sair e fui. bati na porta do quarto e logo ela abriu,ainda de camisola e com um belo par de coxas a mostra,ah e de seios também,que decote.

— me atrasei um pouco hoje,mas sua esposa não me informou que ia sair ou algo assim,quando ela não marca nada sou autorizada a dormir até tarde

— não vim pra isso,quero pedir desculpa por ter sido grossa

— tudo bem

— fez bronzeamento artificial?

Perguntei levando meu dedo indicador até seu torso e ela me olhou interrogativa.

— não,mas sua esposa fez,não reparou?

Passei a mão em meus cabelos.

— ah claro,reparei,o que eu não tinha reparado direito antes era no quanto você é bonita Vanessa,com todo respeito

— obrigada,e com todo respeito também senhora,eu tenho que entrar,vou tomar banho e ficar pronta caso a senhora Ivana precise de mim

— oh claro

Então me retirei indo pro carro,ia direito pra empresa,Allyson me enviou um torpedo dizendo que queria me apresentar sua nova namoradinha,isso que dá colocar a amiga pra trabalhar em seu negócio,ela está toda relaxada agora,onde já se viu? trazer a garota em horário de trabalho.

Pov Allyson

Eu tenho vivido em uma montanha russa de emoções,primeiro eram apenas transas quentes com minha patroa e amiga,agora estou completamente encantada por uma mulher só,não que eu seja do tipo Lauren Jauregui pegadora,mas eu naturalmente não me importaria de transar com a Lauren e ficar com outras,mas com Keana as coisas são diferentes. havíamos combinado de nos conhecer melhor e irmos devagar,mas o plano foi por água a baixo,ela me pediu em namoro e eu aceitei,na verdade fiquei tão feliz que nem precisei gritar um sim,apenas a beijei,Lauren vai surtar quando souber,ela não é muito fã de pessoas apaixonadas,o que é no mínimo estranho,ela é casada,e mesmo que tenha seus rolos,ainda assim deveria ser apaixonada pela Ivana ,afinal ela é uma mulher incrível.

— eu escolhi um frapuccino de brigadeiro pra você

— como sabe que é meu favorito?

— você mencionou na primeira vez que saímos juntas

— oh é verdade

Que fofa,ela lembrou,eu na primeira vez que saímos estava pensado em formas de tirar as roupas dela,eu assumo.

— está feliz?

— muito,não imaginei que iria namorar alguém nem tão cedo,não depois de ter sido noiva do Troy,um grande imbecil

— oh,Ally Brooke já foi hétero?

— eu não chamaria assim,eu me apaixonei por um rapaz,mas não deu certo,e ainda bem,eu prefiro mil vezes você. Ah — me aproximei do ouvido dela — e prefiro boceta com certeza. a sua claro

Keana ficou vermelha,ela é adorável.

— me deixou vermelha

— percebi,fica ainda mais linda quando está com vergonha

Segurei delicadamente no queixo dela e a beijei por um longo tempo. Depois fomos direto para a empresa,entrei de mãos dadas com Keana e entrei sem bater na sala de Lauren,ela me lançou um olhar de repreensão quando praticamente saltou pra longe de uma loira muito elegante,se não me engano já havia visto aquele rostinho de boneca antes.

— força do hábito entrar sem bater,desculpe

— uh,essa é Serena van der woodsen

— a filha do senador?

Keana perguntou ao se aproximar pra cumprimenta-la. Sabia que já tinha visto aquele rostinho,mas foi no jornal.

— isso mesmo,apenas vim resolver umas coisas á trabalho,meu pai é um homem muito ocupado

— sei,ai ele deixa de mandar os funcionários pra mandar sua bela filha,compreendo. vocês já terminaram os negócios? — fiz aspas com os dedos

— sim,estou de saída,me acompanha Lauren?

— claro

Só observei a cara de pau da Lauren levando a loira até a porta. A Jauregui tem bom gosto,não posso negar.

— Ke,finge que não viu nada disso

— claro,não precisa se preocupar comigo,não sei de nada

— que foi aquilo Ally?

— você poderia ter marcado de ir ao motel depois, foder com Serena Van Der Woodsen em sua sala seria um escândalo enorme,ou devia ao menos ser cuidadosa e trancar a porta

— você nunca se preocupou com isso

Piscou pra mim e eu quis mata-la.

— uh,isso foi um erro que cometi,eu e a Lauren somos só amigas

— mas já tiveram uma relação colorida?

— era só sexo,com você é diferente

— vai por mim,a baixinha está falando a verdade,ela até me dispensou,acho que está mesmo na sua. desculpa o inconveniente,sou Lauren Jauregui,estava ansiosa pra saber quem era a garota que Ally não para de falar

— prazer senhora Jauregui

— bom,pra me redimir deixarei a Brooke tirar o dia de folga,vocês porém passar juntas o que acha?

— mas e os compromissos?

— relaxa Allycat,é pra isso que tenho vários funcionários. vou sair também, quero resolver aquele pequeno probleminha

— você acabou de foder com Serena e vai atrás da Camila?

— eu não presto mesmo

— ainda que sabe,e talvez se arrependa depois,essa moça não parece ser como as outras,vai acabar perdendo ela,e perdendo Ivana

— não tenho o que perder com Camila,até porque não temos nada,apenas um rolo

— devia parar de mentir

— não fique jogando pragas ou eu mudo de ideia sobre sua folga

— depois não diga que não avisei

Segurei na mão de Keana e sai,Lauren realmente não tem jeito,e se tiver,sinto que Camila terá participação grande nessa mudança,mas isso não pode acontecer se ela não abrir os olhos e ver que está indo longe demais com isso,que é mulher demais na jogada.


Notas Finais


gostando ou não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...