História Além do olhar... - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Hello peoples, espero que tenham uma ótima leitura! S2

Capítulo 14 - Viagem


Me sentia ansiosa de certa forma, o que Hades queria comigo? Muita coisa se passava pela minha cabeça naquele momento, muitas perguntas sobre tudo... Edward e meu irmão estavam certos, eu me sentia diferente de certa forma... mas não sabia explicar o por quê...

Observei o pôr do sol no horizonte, logo estaríamos em Rottenland... eu não entendi ao certo o motivo de estarmos fugindo de Poseidon ou de termos que sair daquele lugar estranho... Edward não me daria as respostas, os fantasmas também não...

- Senhorita Ana?- Ngozi me chamou

Me virei surpresa, eles saíram cedo naquela noite

- S...sim.

- Venha comigo, preciso que experimente a roupa que fiz.

- Roupa?

- Isso! Me siga.

Ele desceu as escadarias Até chegarmos em uma porta que levava a uma cabine cheia de tecidos e coisas do gênero.

- O que é isso?!

- Eu era alfaiate antes do acidente- ele disse com certa tristeza- quando o capitão descobriu resolveu me dar esse cargo! Edward parece mau e arrogante, mas pensa no bem de todos.

- Achei que ele só pensasse nele mesmo...- eu disse analisando uma seda finíssima.

- Não mesmo! Ele se preocupa com a senhorita, se não ele nao teria...

- Ngozi!- Fletch nos observava através da sua órbita ocular- não precisa entrar em detalhes!

- Desculpe!- Ngozi baixou a cabeça

- veio ver a roupa Ana?

- roupa?

- O capitão disse que não consegue se mecher direito com aqueles vestidos, pediu um modelo diferente, acho que Ngozi merecia ser um alfaiate do futuro! Seu trabalho ficou incrível!

- Me sinto lisonjeado Fletch- Ngozi sorriu.

- Vá se trocar para vermos!

Ngozi me entregou uma muda de roupas e saiu fechando a porta, elas couberam perfeitamente, uma calça de um tecido muito confortável, a camiseta de gola branca era leve  e o colete vermelho dava um toque extra, a bota era baixa e perfeita para correr, acho que eu não tropeçararia com aquela roupa.

Abri a porta com um pouco de vergonha.

- Coube perfeitamente!- Ngozi abriu um sorriso- já fique com isso! Tem que colocar uma bainha nesse cinto, o capitão pode lhe dar depois!

- Obrigada...- eu disse um pouco corada

- Não é nada de mais!- Martha surgiu atrás de mim- por que a roupa dela e do capitão são parecidas?

- Pare de encrencar Martha!- Maria surgiu do seu lado.- Ficou incrível querida!

- Muito!- Slavya surgiu do lado de Ngozi- meu irmão sempre soube fazer essas coisas.

- Não teria ficado perfeito sem seus sapatos irmã!

- Imagina!- ela riu- o que faz as roupas é a modelo no fim das contas!

Ouvi um ranger de passos na escadaria e Edward apareceu nos primeiros degraus.

- Está pronta?

- Já?!

- Sim... temos que ir de uma vez.

O navio balançou um pouco e ouvi um grito do lado de fora.

- Não podemos chegar mais perto!Já é hora capitão!

- vamos...- ele disse baixinho.

O segui em silêncio, nunca havia visto todos os fantasmas do navio parados em um só lugar, era assustador... alguns não tinham membros ou pele em certas partes do corpo, eu senti um arrepio.

- Eles querem se despedir de você Ana- Edward disse sem olhar para trás.

Antes de entrar no bote me virei para eles e me curvei

- Obrigada por tudo o que fizeram por mim...- então entrei no bote

Eu nunca soube agradecer as pessoas, me sentia um pouco mal por conta disso...

O bote foi solto e atingiu a água com força, Edward novamente evitava encostar na água.

- Você tem tanto medo assim da água?

- Isso não é do seu interesse Anabeatrice...

- grosso...

Ele jogou o pano para tampar o rosto, eu tive um pouco de dificuldade por conta do meu cabelo... não estava conseguindo prender.

- vire que eu te ajudo!- ele disse a contragosto

- Não precisa! Eu consigo...

- É óbvio que não consegue!Se vire logo!-Torci o nariz e me virei- Você deveria cortar o cabelo, não acha que está muito comprido?

- Minha mãe gostava dele assim...- ele terminou de amarrar o lenço e eu voltei ao meu lugar- ela dizia que os cabelos compridos me deixavam mais bela...nunca os cortei!

- Que idiota...

- O que?!

- nada... você ficou bem nessa roupa...

- O.. .oque?Isso é o talento de Ngozi! Nada de mais!

- se você diz...- ele me olhou com desdém e voltou sua atenção ao porto.- logo vamos desembarcar Ana, lembre-se, não se separe de mim sob nenhuma circunstância!

- virou meu chefe agora?- cruzei os braços brava.

- Sou o cara que tá arriscando a vida para te ajudar!- ele revirou os olhos- inclusive pegue essa espada!- ele me estendeu a bainha- tome cuidado!

Ele estava certo sobre me ajudar... tive que ficar calada e admitir derrota naquele momento... segurei espada e prendi em meu cinto, voltei a minha atenção para Edward que estava distraído, os olhos dele me intrigavam de uma forma...

- O que está olhando?- ele se virou para mim e nossos olhares se encontraram.

- estou me perguntando por que são assim...

- O que?

- Seus olhos... eles são diferentes...

- Minha maldição- ele olhou para o outro lado- não gosto disso... e pare de pensar nisso!

- mas...

-Chegamos- ele disse se levantando e me estendendo a mão me ajudando a subir nas docas do Porto de Rottenland, aquele lugar parecia pior que antes!

- cuidado onde pisa, as tábuas da doca estão soltas.

- ok...

O segui até a taverna de Bleer, ao entrarmos um sininho tocou e o velho apareceu atrás do balcão.

-Bah! Olha quem voltou! Acredito que não chegaram ás novas terras hihi- ele agora tinha um olho de vidro assustador

- tivemos que mudar a rota... Poseidon está aqui!

- hihi! Eu bem que disse!- ele me encarou com seu olho bom- não usou a madame?

- Bleer, não vamos falar disso agora! Me dê uma cerveja!

O velho riu e se virou para encher o copo de Edward.

- Ei..- eu disse baixinho no ouvido de Edward- Fletch disse que o neto dele que nos ajudaria, ele trabalha Aqui?

Edward apenas riu e não me deu resposta alguma.

- BLEER!- uma voz feminina veio de dentro da cozinha

- Eita... a patroa me chama Capitão Slyren!- Ele entregou a cerveja para Edward e entrou na cozina- Oi meu docinho de Coco...

- ESTAMOS FECHADOS E FICA RECEBENDO ESSES FRACASSADOS?! ESTÁ PENSANDO O QUE?!

- Amorzinho... é o...

- NÃO ME IMPORTA QUEM É! VOU EXPULSAR ESSE FILHO DA...

Ela saiu de dentro da cozinha irritada, isso talvez tenha causado a vermelhidão no rosto, fora isso era uma mulher de meia idade com olhos verdes e cabelos loiros presos numa trança, ela era... digamos, o dobro do tamanho de Fletch...

- Ed... Capitão slyren?!- ela parecia chocada com a figura de Edward

- Tudo bem Madalena?- ele sorriu e acenou para ela- vim pedir a ajuda de vocês...

- Meu Deus! Voce tá vivo!- ela ainda parecia em choque.

- Eu falei xuxuzinho! Mas você não acredita!- Bleer resmungou

- Você está bêbado a maior parte do tempo! Como iria acreditar?!

- bah, Não precisa ser grossa!- Ele se virou para mim e Edward- entrem na cozinha e vamos nos sentar.

Entramos em silêncio e sentamos juntos em uma mesa redonda enorme.

- Qual é o lugar slyren?- Madalena o encarou séria

- América, não podemos ir pelo mar, vou sair hoje mesmo.

- E quem é essa garota?- ela me analisou dos pés á cabeça

- É aquela estranha que ficou me encarando hihi!- Bleer foi abraçado por Madalena com essa afirmação.

- Quer meu xuxu garota?!- ela me encarou com repúdio- ele não gostaria de alguém seca e sem graça

igual você!

- Ei!

- calma Madalena!- Edward segurou minha mão para que eu não falasse nada- Ela faz parte da entrega, preciso leva-la até o submundo a pedido de Hades...

- Por quê?!

- Imagino que possa ver algo...

- Um pouco na verdade...mas, isso é impossível!- Madalena pareceu pálida

- O que?

- Bah, Ela vê a essência de Hades aí! Onde encontrou essa menina Slyren?!- Bleer interveio- a hora de vocês já acabou hihi- ele se levantou e nos puxou- o passarinho daqui a pouco chega! Até mais!

Ele nos empurrou para uma escadaria escura e fechou a porta atrás de nós.

- Vamos...

- mas está escuro e...

- Não precisa ter medo...- ele me encarou e seus olhos brilhavam no escuro novamente de uma forma sobrenatural.

Então começamos a subir os degraus

- Você não é um pirata normal né?

- Alguma coisa sobre mim até agora foi normal para você?- ele disse com certa ironia

Eu ri- de fato Edward Slyren esconde muitos segredos, e isso me deixa curiosa!

- Nem pensa em tentar descobrir coisas sobre mim- ele se virou para mim de novo- vamos ser profissionais, não quero saber só de sua vida pessoal e você não deve querer saber da minha

- Tudo bem...

- Agora vamos subir em silêncio!

'Grosso' pensei comigo mesma, agora só ouvia o estalar da madeira e aos poucos conseguia ver uma luz cada vez mais nítida, era a saida! Assim que saímos demos de cara com o grifo, ele estava imponente com uma postura perfeita, aquela fera era incrível!

- Vamos montar nisso?

- Sim, é rápido e eficiente- Edward se aproximou da criatura e acariciou a cabeça de águia 

- Isso, isso é extraordinário!- eu ia me aproximar quando alguém me segurou por trás é colocou uma faca em meu pescoço.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, já estou trabalhando no novo cap kkkk, até amanhã S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...