História Além dos Portais - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Ezarel, Personagens Originais
Tags Eldarya, Ezarel, Magia, Mistério, Romance
Visualizações 86
Palavras 3.310
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Escrevi esse capítulo para comemorar o dia dos namorados.
É um capítulo extra, avulso, simples e muito engraçado.
Espero que se divirtam lendo tanto quanto eu me diverti escrevendo!

Capítulo 13 - Capítulo Especial Dia dos Namorados


Ykhar estava animadíssima conversando com Ewelein.

-Vamos pedir à Miiko? Tenho certeza de que ela vai deixar!

-Não sei Ykhar, uma festa assim, em meio aos dias de trabalho, surgindo do nada…

-Mas é dia dos namorados! E precisamos fazer um baile. E além do mais, não temos feriados, nunca paramos de trabalhar!

-Mas nós não temos namorados! Bem… não oficiais… Aliás… Aqui ninguém tem. Temos tanto trabalho que não sobra tempo para romance…

-Sei! Vou pedir a opinião do Hans sobre isso…

Ewelein riu.

-Certo, você venceu. Vamos pedir à Miiko para darmos uma festinha, mas lembre-se Ykhar: é uma “festinha”. Não é um baile da corte. Não é o casamento da Cinderela…

-Está bem, está bem. Uma reuniãozinha só para nos animar… Vamos formar pares, arrumar um lanche legal e vamos dançar. Está bem assim?

Ewelein não pôde deixar de rir, ao ver Ykhar tão animada e feliz. O que ela estaria planejando com uma festinha assim, do nada?

-Formar pares? Está falando sério? Não vai me dizer que está querendo convencer os “homens das cavernas” daqui a levar algumas damas para a pista e dançar, não é? O Jamon é mais educado e cavalheiro do que alguns aqui.

Ykhar coçou as orelhinhas de coelho.

-Tem razão… eles precisam de aulas de dança…

Ewe imaginou divertida os chefes da guarda tendo aulas com o Jamon.

-Boa sorte então com isso. Vou convencer a Miiko. Você convence os rapazes… Melhor pedir ajuda à Jow.

Ykhar saiu dali saltitando de alegria. Foi procurar Jow na enfermaria. Ela estava se preparando para ir à cidade com alguns enfermeiros e recrutas de Ewe, onde tinha ocorrido um incêndio em uma casa, e havia vários queimados precisando de tratamento.

-Puxa, Ykhar, não vou poder ajudar agora… Preciso ir tratar dos feridos… Mas quando voltar eu te ajudo, prometo.

-Está bem. Quando passar pela cidade, vá ao mercado e procure a loja dos Purrekos. Deve haver lá algum vestido de festa para você…

-Peraí! Vestido? Ykhar, nem pensar! Não uso vestidos!

-Como assim não usa? É um baile, tem que usar. Está pensando que vai à festa assim de uniforme?

Jow olhou para suas roupas e depois de novo para Ykhar.

-O que há de errado com o meu uniforme? Acho ele lindo!

-Jow! Não pode ir ao baile com o uniforme da Absinto! Que coisa horrorosa! Deixa comigo. Eu mesma vou lhe arranjar um vestido, sapatos, ornamentos…

Jow se encolheu, imaginando-se igual a uma árvore de Natal, cheia de penduricalhos e adereços. Depois pensaria nisso… tinha muito trabalho pela frente…

Reuniu os recrutas e foi para a cidade.

Ykhar continuou com os preparativos, animada. Conseguiu do Karuto a promessa de um jantar especial para o dia dos namorados. E dos demais guardiões, ajuda para arrumar o salão principal. Quanto ao Nevra, o sedutor da QG, não teria problemas. O mais difícil seria convencer Valkyon e Ezarel a participarem do baile…

Na escadaria, encontrou com Leiftan e Keroshane.

-Estão sabendo da festa?

-Estamos sim - disse leiftan, já fomos avisados por Ewelein. E vamos praparar a música, pode nos emprestar aquele tablet que Jow deixou com você para fazermos a seleção? Já mandamos ligar os geradores…

-Pego para vocês jájá. Podem arrumar os alto-falantes?

-Claro, nos falamos depois.

Entrou na forja e lá estava Valkyon, com seus guardiões, polindo armaduras.

-Valk! Nós vamos dar uma festa!

-Sério? Que bom! Nós? Nós quem?

Ykhar revirou os olhos.

-Nós todos, Valkyon. O QG de Eel…

-Ah… - disse desanimado.- Certo. Boa sorte então.

-Como assim? Você vai!

-Vou? Por que deveria ir?

-Puxa, Valkyon, é dia dos namorados. Quero dar uma festa com bebidas e dança.

-Um baile?

-Sim!!! Um baile.

-Então não vou mesmo. Não sei dançar. Se fosse só para beber e comer…

-Ahhh! Nada disso, vai sim! Não precisa dançar se não quiser então, apenas vá beber com a gente.

-E os outros vão?

-Quem seriam... Os outros?

-Nevra e Ezarel, Leiftan, Keroshane…

-Mas Claro! Com certeza.

-Ah, ok… Nevra eu tinha certeza… Mas duvido você convencer Ezarel a dançar… Vestindo roupa de gala… Hahaha!

O olhar de Ykhar se iluminou.

-Duvida? Está me propondo uma aposta?

- Sim, pode ser… Se você conseguir arrastar Ezarel para a pista de dança…  Eu até danço também, com você!  Mas se você perder… Vai polir armaduras pra mim a semana inteira!

-Fechado! E você me deu uma ótima idéia para facilitar a vida dos rapazes: Podem usar o Uniforme de Gala das Guardas!

-Realmente, é bem mais fácil assim.

E saiu dali feliz da vida, deixando Valkyon rindo. Estava imaginando Ezarel dançando… Hilário! Impossível! A aposta estava no papo...

O próximo passo seria convencer Ezarel a ir. Seria o mais fácil, pensava ela. Já tinha uma estratégia, depois da conversa com o Valkyon.

Encontrou-o no laboratório. Também se preparava para sair em missão. Iria à floresta profunda coletar ervas medicinais das quais necessitava para curativos nos queimados da vila.

-Festa, Ykhar? Hoje? Não vai dar não. Vou sair em missão.

-Mas vai voltar, não vai?

-Não antes do anoitecer.

-Ótimo, a festa será à noite! Pode ir então. Todos estão animados!

-Todos? Quem? Você só né, Ykhar?

Ykhar fez cara de zangada.

-Ezarel! Todos estão animados sim! Você vai, ouviu? - E usando sua idéia... - Além disso, precisa estar por perto, pois vou enfiar a Jow em um vestido de festa… E vou fazê-la dançar… E estão todos animadíssimos para vê-la assim...

Ezarel arregalou os olhos.

-Vai vestir um vestido nela? De festa? Hahahaha! Essa eu preciso ver… E vai dançar? Duvido! Mas gostaria de estar por perto para rir, imagino ela dançando como um… Rinoceronte louco, hahaha! Toda desengonçada! Aposto que vai de uniforme, você jamais vai conseguir colocar um vestido nela!

-Quer apostar? Se eu ganhar você também dança!

-E se você perder, vai me dar sua sobremesa por uma semana!

-Fechado!

-Hahaha! Foi a aposta mais fácil que eu já ganhei, Ykhar, é até covardia! Jow de vestido, hahaha! Essa eu quero ver! Dançando, ainda por cima? Hahahaha!

Ykhar deixou Ezarel ali rindo, mas saiu sentindo-se vitoriosa… Sabia agora que seu maior desafio seria enfiar Jow num vestido, a todo custo! Se conseguisse, Ezarel dançaria, e consequentemente, Valkyon também!

E foi direto para a cidade procurar um vestido de festa para ela, e sapatos de salto que servissem naqueles pés enormes!

****

-Ewelein! - Dizia Miiko! - Quem inventou isso de festa?

-Foi a Ykhar... Coitada, Miiko, ela nunca nos pede nada. Vamos fazer uma festinha para ela. Ela está tão animada!

-Animada pra dançar com o Valkyon, né?

-Pelo que eu soube… Ela fez uma aposta com o Ezarel...

-Coitada, apostar com o Ezarel é sinônimo de se dar mal… Ele nunca perde uma aposta! Que tipo de aposta foi?

-Apostou que Jow iria vestir um vestido de festa e dançar.

-Ahhh! Essa eu preciso ver! Quero dobrar a aposta! Aposto que ela vai de uniforme!

-É o que todos estão dizendo… E é o que eu acho também… Vamos ver se ela consegue.

-Certo. Têm minha permissão. Façam a festinha. Mas sem exageros… Até eu quero ver isso.

Jamon se manifestou do seu canto.

-Jamon também quer ir!

-Claro que vai! - Disse Miiko!

-Jamon dançar muito bem, e dançar com todas as garotas de Eel.

Miiko riu.

-Jamon é o melhor dançarino de Eldarya, Ewelein. Quero dançar com você, Jamon!

-Eu também - disse Ewe.

-Jamon um só. Dançar com uma de cada vez…

As duas sorriram.  Miiko acrescentou:

-Jamon, prepare sua farda de Gala da Guarda Reluzente. Você vai ficar maravilhoso com ela.

-Jamon preparar agora mesmo. - E saiu dali para sua missão…

As duas se entreolharam...

Com certeza a festinha prometia…

****

Ykhar voltou do mercado com as compras. Achou para Jow um lindo vestido preto, muito colado no corpo, de frente única que deixava as costas nuas e tinha uma fenda lateral. Queria ver era se conseguiria convencê-la a vestir aquilo… Achou também sapatos pretos de salto alto, ornamentos para os cabelos e uma gargantilha… “Será que ela deixaria eu maquiá-la?” Pensava divertida.

Pensando nisso, foi preparar a própria roupa para a festa. Ficaria muito bem de Verde! Um longo vestido verde!

****

A noite chegou. O salão principal estava todo enfeitado e as mesas arrumadas ao redor, deixando o meio livre para a pista de dança. Ykhar deixou o tablet de Jow com os rapazes. Pequenos alto-falantes foram colocados nos cantos do salão ( tecnologia humana) onde havia energia proveniente dos geradores do porão.

Estava tudo pronto. Karuto caprichou no jantar e estava ali, todo arrumadinho, pronto para se divertir. Diziam por aí que os faunos adoram festa… E são ótimos dançarinos.

Ponches e coquetéis de frutas tinham sido preparados com carinho e aguardavam os convidados.

Os guardiões e guardiãs foram chegando com seus pares e estavam todos animados.

Jamon cumpriu a promessa, e vestindo sua farda branca e dourada da guarda Reluzente, dançava mesmo muito bem. Dançou com Miiko, Ewe… Todas as mulheres do QG queriam dançar com ele.

Até Ezarel voltara de sua missão, morto de cansado, a tempo de preparar todos os medicamentos para os queimados e ainda levar à cidade, tomar banho e se arrumar para a festa, com a farda da Absinto. Não podia perder a diversão… Ver Jow num vestido de festa… Duvidava muito. Aposta fácil.

Nevra, e Leiftan, rodeados de garotas, estavam como Sheiks no harém.

Keroshane, todo orgulhoso de sua farda da Reluzente, estava cercado de garotas, envergonhado demais para dançar…

E Valkyon, também com sua farda de líder, cobrava de Ykhar a aposta.

-Então, Ykhar… Cadê Ezarel dançando? Já te disse, que se ele não dançar, eu não danço!

Ykhar estava deslumbrante no vestido longo verde água, com sapatos de salto da mesma cor. Parecia uma princesa com a tiara brilhante nos cabelos.

Mas estava aflita, porque Jow não tinha voltado ainda da cidade. Ela não podia fazer aquilo com ela! A festa começou e ela não chegava!

-Hans… - disse Ykhar para o guardião, que estava dançando com Ewe.- Cadê a Jow? Você não estava com ela na cidade?

-Ela já deve ter voltado, Ykhar. Mas provavelmente entrou pelos fundos para fugir da festa…

-COMO ASSIM????? Vou agora mesmo buscá-la!

E correu para os quartos.

****

Jow já tinha tomado banho. Estava exausta da missão. Colocou um pijama e já estava enfiada na cama, quando Ykhar bateu à sua porta.

-Jow! Abre agora mesmo!

-Ahh, Ykhar! Estou pregada! Morta de cansada. Vou dormir, não vou à festa não, tá?

-Vai sim! Não pode me deixar na mão…

Jow abriu a porta e lá estava ela, com os embrulhos na mão.

-O que é isso, Ykhar?

-Sua roupa.

-Como assim? Eu… Não quero ir não, tá?

-Vai sim. Você é minha amiga e não vai fazer essa desfeita comigo.

Jow suspirou… Não podia com ela… Voltou-se para o armário a fim de trocar de roupas.

-Onde pensa que vai?

-Pegar uma roupa, ué…

-Eu trouxe a roupa pra você.- Disse ela, fechando a porta atrás de si. Despejou os itens da sacola em cima da cama de Jow.

Ykhar sentou-se na cama dela e começou a desembrulhar as roupas… Reparou numa caixinha redonda prateada, com tampa, em cima da mesa de cabeceira dela, com um papel de presente dobrado ao lado. E tinha um cartão.

-Jow! Ganhou um presente de dia dos namorados?

-É - Disse ela revirando os olhos - Quase isso.

-De quem?

-Do Ezarel.

-Como assim? Um presente do Ezarel? Ele então... É seu namorado?

-Hahaha! Claro que não, Ykhar! Abra a caixinha e leia o cartão…

Ykhar, curiosíssima, estendeu a mão e pegou a pequena caixinha prateada. Abriu a tampa e viu que lá dentro havia um sapinho de cristal. Ela pegou o cartão e leu…

“Para minha melhor amiga, Princesa Sapo, não achar que está sozinha no dia dos namorados. Se sentir saudades do idiota, já sabe… Beije o sapo, e ele vai virar um Príncipe.”

-Jow, que bonitinho! Nunca vi nada tão fofo do Ezarel.

-Fofo? Achei mais para… Seu sapo! Beije o sapo, e seja feliz para sempre! Vou é dar nele um sopapo!

-Hehehe, deixa pra lá, não vou comentar isso… Você parece que não entendeu o cartão, ô, burrinha! Tá! Olha o vestido!

Jow arregalou os olhos azuis ao ver as roupas que Ykhar escolheu para ela…

-Ahhhhh! Eu não vou vestir isso não! Imagina se vou colocar essas minhas pernas finas de fora, num vestido assim, todo... Pelado, colado! Com as costas de fora! Ykhar! Ficou maluca?

-Você vai ficar linda nele, Jow!

-Nunca vou ficar linda, Ykhar, nem nele nem em vestido algum! Imagina um sapo de vestido! Meu traseiro vai ficar enorme! Se eu for, vou de uniforme!

-Nem pensar. Além disso… Preciso que me ajude a ganhar uma aposta…

-Como assim, Ykhar? Apostou o quê e com quem?

-Apostei com o Ezarel que você ia vestir um vestido. Ele apostou que não.

-Hahaha! Você perdeu! Pode ir embora então.

-Nada disso! Ainda não perdi a aposta. Ele disse que se você vestir um vestido, ele até dança lá na pista! Além do que, Jow… Não gostaria de provocar uma… Reação diferente nele?

-No Ezarel? Hahahaha! Vou morrer esturricada antes de provocar nele uma… “reação diferente” por causa de um vestido… Mais fácil jogar enxofre naquele capeta maldito pra ver se provoco uma… reação alérgica! Hahaha! Eu duvido ver o Ezarel dançando.

Ykhar arriscou.

-Quer apostar? Sua parte da aposta será impressioná-lo e fazê-lo dançar com você. Se conseguir, eu faço seus relatórios por uma semana! Não… Por um mês!

Os olhos de Jow brilharam… Odiava os relatórios.

-E se eu não conseguir?

-Aí vai entregar todos os meus pergaminhos por uma semana…

Ela sacudiu a cabeça desanimada.

-Por que a parte mais difícil vai ficar comigo, Ykhar?  Não é justo!

-Está falando de vestir o vestido? Ou de convencer o Ezarel?

-As duas coisas! Você já ganhou a aposta por antecedência. Isso foi trapaça.

-Você nem vai se esforçar para tentar vencer?

-O que posso fazer, né? - Disse ela vencida.

-Ótimo. Temos um acordo?

-Temos. Me dá logo essa bagaça aí que vou tentar entrar nisso… Mas vou logo avisando… Vou ficar muito ridícula nele. Se alguém rir de mim, você me paga, Ykhar...

Jow retirou o pijama e enfiou o vestido pela cabeça. Entrou perfeitamente. E não ficou… tão... ridículo assim.

Ykhar ajeitou os cabelos dela, os ornamentos da cabeça, delicadas pérolas pretas, brincos e uma gargantilha igual. Bem simples.

-Agora a maquiagem.

-Ah, Ykhar. Tá exagerando… Maquiagem não faz parte do acordo...

-Cala essa boca. É uma aposta. E ainda estou me esforçando para que você vença… Nem estou tentando ganhar.

-Certo, você é quem sabe… Vai ganhar mesmo. E se rirem de mim, volto pra cá na hora!

Ykhar maquiou Jow rapidamente de uma forma bem leve, apenas para realçar seus olhos e sua boca.

-Perfeita. Calce os sapatos.

-Vou cair deles, to avisando!

-Calça logo e cala essa boca enorme, Jow!

Jow obedeceu. Ensaiou uns passos bambos com os saltos. Ykhar estava satisfeita.

-Não quer se olhar no espelho?

-Não.

Jow estava com medo de se ver. Não queria nem olhar. Ykhar insistiu.

-Só uma espiadinha… vai…

Ela virou-se lentamente e olhou. Seu rosto era puro receio. Ela olhou-se de cima a baixo.

-Essa... Não sou eu. Você usou magia de ilusão, Ykhar. Um sapo nunca ficaria bem num vestido… com… essas pernas finas.

-Hahaha! Jow, você tem as pernas tão finas quanto as minhas são curtas… Agora vou buscar Jamon. Você vai entrar com ele.

Ykhar saiu dali deixando Jow sozinha, e se tivesse demorado mais um minuto, ela teria arrancado o vestido e colocado o uniforme.

Mas chegou com Jamon, todo lindo na sua farda.

-Jow muito bonita! Todos com inveja de Jamon.

-Obrigada, Jamon. Você é muito gentil.

-Jamon não gentil. Jamon enxerga bem. Jow muito boba.

-Ahhhh! Que lindos! Vocês estão parecendo o desenho da “Bela e a Fera”!!

Jamon fez cara feia.

-Ykhar não chamar Jow de Fera! Assim ela ficar triste!

Jow ficou vermelha, mordeu a língua para evitar uma risada, Ykhar fez o mesmo.

Estavam prontos.

****

Ykhar sabia que a grande diversão da festa seria Jow, porque ninguém esperava vê-la vestida assim. E ela estava orgulhosa do seu trabalho, porque tinha ficado ótimo! Se perdesse todas as apostas que fizera, estaria ferrada por muito tempo… E não dançaria com Valkyon.

Silenciosamente, Jow entrou séria no salão, de braços dados com Jamon…

Foi um silêncio completo. Apenas a música no fundo.

Todos olharam para eles. Jow fez menção de sair correndo, mas Jamon não permitiu.

Ignorando todos ali, ele a levou para o centro do salão, onde os guardiões dançavam aos pares, e começou a dançar com ela.

Jow estava sem graça e extremamente constrangida…

-Jamon - implorou ela - Eu não sei dançar… Por favor, não me deixa cair desses sapatos…

-Jow ficar calma. Jamon faz tudo, Jow só acompanha. Jamon nunca deixar Jow cair.

Após alguns tropeços no salto, ela conseguiu se equilibrar e dançou com ele bem direitinho.

Jamon estava orgulhoso, era um excelente professor. Ele a rodava e ela ria, ria dela mesma.

Ewe agarrou o braço de Hans e o arrastou para o centro da pista.

Ezarel mantinha o olhar fixo em Jamon e no seu par. Não tinha obtido resposta do seu... Presente. Ainda cobraria uma depois. Nunca imaginou vê-la vestida daquela forma, como uma… Garota.

Contrário a todas as apostas que rolavam no salão contra ele… Não demorou muito a ir até lá e tirá-la dos braços de Jamon.

-Chega, Jamon. Já monopolizou demais a “minha” recruta. Agora é a minha vez.

-Jow Médica do QG. Não recruta de Ezarel! Mas Jamon deixar Ezarel dançar UMA vez com ela. Só uma vez.

-Você quer dançar comigo, Ezarel? Sério?

-Sim. Mas se você pisar no meu pé, eu te derrubo no chão.

-Maldito. Se você me derrubar, eu te furo com meu salto.

-Você está… é… bem.. bonita. - Disse bem baixo esperando que ela não ouvisse.

-Obrigada. - Ela ouviu.- Você também está.

Valkyon olhou para Ykhar, espantado.

-Perdi. Vamos dançar. Não acredito no que vejo…

Ykhar estava radiante! Ganhou quase todas as apostas!

“E ainda vou ver um romance aqui hoje… Tenho certeza… Depois daquele presente, daquele cartão… ”

A festa rolou até tarde da noite. Os casais conversavam às mesas, alguns namoravam junto à cerejeira.

O salão foi esvaziando aos poucos.

Ykhar e Valkyon foram passear no jardim.

Jow e Ezarel não se desgrudaram um do outro a festa toda…

Depois foram se sentar num canto, isolados de todos… para… ouvir música.

Ykhar estava curiosa… Teria ela finalmente formado o casal mais engraçado dali? O casal de rinocerontes loucos? Ou o casal de… sapos?

Chegou com Valkyon sorrateiramente para observá-los no salão. Agora, à meia luz, eles estavam sozinhos ali. Estariam aos beijos? Ou algo parecido?

E ao chegarem perto, se depararam com... Aquela cena!

Ezarel dormia na cadeira, com os braços cruzados e as pernas em cima da mesa. Jow dormia na outra cadeira, também com os braços cruzados, já sem os sapatos, com o vestido enrolado para cima dos joelhos e as pernas em cima da barriga de Ezarel. Os dois dormindo, exaustos e roncando!

-Ora essa - Reclamou Ykhar - Uma festa dessas, uma data dessas, tudo a favor do amor… E os dois aí… Dois rinocerontes mesmo, Valkyon… Um casal de sapos!

-Liga não, Ykhar… Isso para esses dois é mais do que se podia esperar… Pelo menos, você tentou… Não valeu a pena? - E deu um lindo sorriso para ela.

-Valeu sim! Ganhei quase  todas as apostas…

-Todas? Apostou mais alguma coisa com alguém?

Ela piscou para Valkyon, sorriu e, agarrando-se ao braço dele, foram felizes para o jardim.

*** FELIZ DIA DOS NAMORADOS!!!!***

 

 


Notas Finais


Esse capítulo foi escrito durante o evento do Eldarya.

Foi de zoa, pra nos divertir, e ficou bem engraçado.

Achei legal postar aqui também... Porque o que está por vir na história original... Vai ser osso!

Beijos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...