1. Spirit Fanfics >
  2. Alert Troop: Renaissance >
  3. Até Um Outro Dia, Guardiões!

História Alert Troop: Renaissance - Capítulo 34


Escrita por:


Notas do Autor


Anteriormente: Lancer volta para Frusanos, mas consegue se reunir com o time na Praça Central, onde todos aparentam luto e tristeza por sua morte e uma alegria imensa ao vê-lo outra vez.

Capítulo 34 - Até Um Outro Dia, Guardiões!


Fanfic / Fanfiction Alert Troop: Renaissance - Capítulo 34 - Até Um Outro Dia, Guardiões!

Reino de Frusanos,

13:02 do dia 29/08/2028,

Lancer:

Todos nós chegamos em Frusanos e logo, os empregados se alegraram com a nossa chegada. O Rei Mathias correu para a cozinha e então, pediu para que todos os cozinheiros adiantassem o banquete em minha homenagem.

Enquanto os empregados preparavam tudo, os espadachins ficaram comemorando entre si no jardim e Elisa me levou para a frente do caminho secreto da floresta onde tivemos a nossa relação. Logo, ela me olhou e falou:

Elisa: _Lembra daqui, Amor?!

Lancer: _E como eu iria esquecer? A floresta onde eu conheci a sua intimidade.

Elisa: _Que bom que você não esquece!

Logo, Elisa puxou um teste de gravidez de sua roupa íntima e me mostrou, dizendo:

Elisa: _Vou fazer uma semana de gestação!

Lancer: _SÉRIO???

Elisa: _Sim! Não é maravilhoso?

Desmaiei de tanta felicidade em saber que eu vou ser pai, depois de "tanto" tempo. Acordei um tempinho depois, no quarto, onde recebi alguns cuidados de Gin.

Gin: _Lancer? Está melhor?

Lancer: _Gin! Finalmente aconteceu!

Gin: _Aconteceu o que?

Lancer: _Eu... Eu... EU...

Gin: _Fala logo, caramba!

Lancer: _EU VOU SER PAI!!!

Gin: _O que?

Lancer: _Sim! Eu vou ser pai!!! A Elisa está esperando um filho meu!

Gin: _Uau! Meus... Parabéns, Lancer!

Logo, abracei Gin e corri por todos os lugares do Castelo, gritando a notícia:

Lancer: _EU VOU SER PAI!!!

Balthazar se assustou e virou-se rapidamente para mim e sorriu. Vincent e Nero riram enquanto me viam correndo. Vanessa virou-se rapidamente e também riu daquela situação.

Parei de correr no terraço do Castelo e me ajoelhei, agradecendo ao Criador pelo milagre. Levantei minhas mãos, fechei os meus olhos e disse:

Lancer: _Pai! Muito obrigado! Pelo milagre que o Senhor rompeu!!!

Logo, a pequena Sarinha subiu até lá, chegou-se até mim, ajoelhou-se e falou:

Sara: _Pinchipe Lancer!

Lancer: _Não precisa se ajoelhar para falar comigo, Sara.

Sara: _É que meu papai me enshinô a respeitar o shinhô.

Lancer: _Pois diga a ele que não é necessário, pequena! O que foi?

Sara: _É que a Pinchesa Elisa  te chamando.

Lancer: _Diga a ela que eu estou descendo.

Sara: _Tá bem.

Logo, Sara desceu do terraço e eu fiquei um tempinho orando lá em cima. Após esse tempo de oração, desci até os portões do Castelo e lá estava Elisa, além dos guardiões.

Elisa: _Lancer, os guardiões vieram falar com você.

Lancer: _Ok. Estou aqui!

Blue: _Lancer, nós só viemos aqui pra te agradecer.

Lancer: _Pelo que?

Blue: _Por tudo o que você fez por nós.

Hiroshi: _Você nos uniu outra vez, Lancer.

Rose: _Você me mostrou o verdadeiro propósito de vida. Deixei de seguir os princípios do Príncipe das Trevas.

Sakaru: _Se não fosse por você, eu estaria na Floresta de Ufrasor criando um exército de demonesas, o que me afastaria de enxergar a verdade do Criador.

Gold: _Nós só temos a lhe agradecer, Lancer. Porque você nos mostrou a realidade do Criador, e eu só queria te dizer... Que o Criador te abençoe sempre!

Garosh: _Lancer, você também me mostrou o quão importante que eu sou, mesmo sendo um mutante. 

Blue: _E por isso, em nome da Tropa da Liberdade...

E então, Blue e os guardiões se ajoelharam e se curvaram aos meus pés, dizendo:

Guardiões: _Obrigado, Lancer! Que o Criador te abençoe grandemente!

Lancer: _Disponha. 

Logo, todos os guardiões se levantaram e, então, abracei Blue, que me correspondeu no mesmo instante, onde pude sentir um amor paterno me envolver. Elisa, emocionada, apenas chorava enquanto via aquela cena.

No momento em que o soltei, ele me olhou nos olhos e falou:

Blue: _Preciso ir agora.

Lancer: _Vai em paz, Yanoshi.

Todos os guardiões deram as mãos e fecharam seus olhos, logo, a aura do anjo dourado começou a brilhar em seus corpos e então, todos começaram a voar em união para a Base da Liberdade.

E então, num piscar de olhos, o brilho aumentou e todos sumiram. Olhei para a direção em que eles estavam e falei:

Lancer: _Até um outro dia, guardiões.

Naquele mesmo momento, vi uma pena dourada cair sobre a minha cabeça, onde estava escrito:

"Nos vemos em breve!" 

Elisa então, me abraçou e me beijou no rosto, logo, virei-me para ela e então, nos beijamos e ficamos abraçados por um tempo ali.

Após este tempo abraçados, Allocen chegou e nos chamou para o banquete real que o Rei Mathias ordenou que preparassem. Enquanto entrávamos, senti o meu peito arder de alegria e não hesitei em dizer outra vez...











































Até um outro dia, Blue!


Notas Finais


Salmos 67:3
Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...