1. Spirit Fanfics >
  2. Alfa em Apuros >
  3. OO1 - Estaca zero?

História Alfa em Apuros - Capítulo 2


Escrita por: e Sunset_Wolf


Notas do Autor


Devo avisar que aqui, tudo vai acontecer um pouco mais rápido? KKK
enfim, boa leitura 👉🏻👈🏻💘

Capítulo 2 - OO1 - Estaca zero?


Fanfic / Fanfiction Alfa em Apuros - Capítulo 2 - OO1 - Estaca zero?

OO1 - Estaca zero?

— Jimin… — Jeon o chamou da forma mais manhosa e o moreno logo o olhou. — Me ajude, alfa...

BANG

Esse foi o gatilho para que o restante da sanidade do Park fosse pro ralo a baixo.

Com certa rapidez e agressividade, Jimin puxou o acastanhado pela cintura e o prensou na parede ali presente.

— Tem certeza disso, Jungkook? — Perguntou já com o rosto próximo do outro.

— S-só.. me alivie, alfa.. — sussurrou Jungkook com a voz falha e as pernas bambas, se agarrando mais ainda aos braços do moreno.

Rapidamente, Jimin agarrou as coxas de Jungkook e o pegou no colo, levando-o para o quarto, onde o deitou delicadamente na cama, ficando por cima do mesmo em seguida.

Jimin por um momento parou, analisando a feição do outro. Na sua visão, Jungkook parecia um anjo, mas, ao mesmo tempo, o próprio pecado. Seu cabelo levemente bagunçado e úmido por causa do suor o fazia ficar com um ar totalmente sexy, juntamente com sua face corada e seus lábios vermelhos entreabertos.

Ah.. aqueles lábios.. aquilo sim era um dos seus maiores desejos. Quantas vezes já se pegou imaginando beijando aquela boca e ficando excitado apenas com isso.

Então, avançou com rapidez os lábios alheios, começando um beijo sedento e intenso, onde suas línguas lutavam em busca de espaço. Gemeu quase imediatamente quando Jungkook agarrou sua nuca e o puxou mais para si.

Jimin logo se afastou um pouco, começando a degustar aquele pescoço branquinho. Começou a distribuir beijos ali, juntamente com mordidas e chupões, deixando a carne inteira marcada. Não nega que aquilo o deixou mais excitado ainda.

Jungkook, por sua vez, gemia e se remexia em baixo do alfa, logo pegando a barra da camisa do Park e tentando a todo custo retirá-la.

Jimin então retirou a peça, deixando seu abdômen fodidamente defino à mostra. O acastanhado abaixo de si estava com o olhar preso em seu corpo, analisando cada detalhe que o mais velho podia oferecer.

Park fez o mesmo com o outro alfa, o deixando sem a camisa e se deliciando com seu abdômen. Lambeu desde o umbigo até um dos mamilos, onde chupou e mordeu, logo partindo para o outro.

— Ji-Jimin.. — Jungkook chamou arrastado — p-por favor.. eu quero sentir você. 

Sem nem pensar duas vezes, Jimin se livrou de suas próprias roupas e das de Jungkook, ficando ambos nus.

Céus, Jimin praticamente rosnou apenas por ver aquele corpo. Como era possível alguém ser tão gostoso? Jungkook era um pecado e ninguém podia negar. Suas coxas eram grossas e bem malhadas, juntamente do abdômen e seus bíceps. Foi então que desceu seu olhar para o membro alheio. Ficou encarando por alguns segundos, mas pareciam séculos. Ficou até embasbacado com a visão. O pênis do outro estava coberto de pré-gozo, e estava vermelho e com a glande inchada; simplesmente salivou ao imaginar o que podia fazer com o alfa.

Rapidamente se afastou e abriu as pernas do acastanhado, encaixando a cabeça rente ao membro alheio, abocanhando todo seu comprimento logo em seguida.

O mais novo deu um grito alto e agudo, só despertando mais ainda a chama do Park. Sentiu a língua do outro brincando com sua cabecinha, e seus dentes raspando levemente a extensão do seu pau.

— Alfa! — gemeu — porra.. — fechou os olhos e começou a gemer descontroladamente, rebolando na boca do Park — E-eu..

Nem conseguiu terminar a frase, pois gozou fortemente na boca do outro, que logo engoliu toda sua porra. Relaxou seu corpo, aliviado — ou pelo menos por enquanto —.

Jimin retirou o membro alheio da boca, começando uma lenta masturbação em seu próprio pau, apenas esperando Jungkook se recuperar e, é claro, sua febre do cio. O que não durou muito, já que Jungkook começara a  ficar febril e excitado novamente.

Sem esperar mais, Jimin logo posicionou seu membro na entrada completamente melecada do outro, invadindo-o aos poucos.

Jimin tinha sim fantasias pervertidos com o garoto, mas jamais pensara que fosse delicioso de tal modo. Quase gozou só por senti-lo se contrair em seu membro.

— Aah.. J-Jungkook.. é tão quente.. — começou a se movimentar no interior dele, delirando com seus gemidos e com aquela sensação dos deuses.

Aumentou a velocidade, fazendo que seus corpos se chocassem agressivamente, enquanto ouvia-se seus gemidos misturados com o do Jeon.

Continuou com os movimentos até começar a sentir seu pé da barriga formigar, juntamente com a entrada de Jungkook se contrair, esmagando seu pau por completo.

Jungkook gozou primeiro, soltando um gemido estridente, não demorando muito para o Park se desmanchar logo atrás.

O moreno se retirou de dentro do Jeon e caiu exausto na cama, tentando recuperar o fôlego antes que a febre voltasse novamente.

— Jimin — Jungkook chamou, antes que ambos acabassem adormecendo — obrigado.

Jungkook deu um pequeno sorriso, antes de se entregar completamente para o sono, igualmente a Jimin.

[...]

O sono de Jungkook não foi demorado como Jimin achou que fosse, logo os dois estavam fodendo loucamente no quarto. Park estava acabado com o desejo insaciável de Jungkook, tudo bem que ele sabia que o cio de um ômega era mais demorado que o seu.

Porém o moreno não poderia deixar o garoto na mão, não queria ver o outro sofrer com a dor agonizante, ou até mesmo dopado. Céus, era horrível e a dor vinha com mais força que o normal.

Suspirou fortemente quando sentiu a entrada do outro se contrair ao redor de seu pau. Era um experiência única estar dentro de Jungkook; Park estava adorando de todas as formas aquilo.

— A-ah...— Jeon segurou na cabeceira da cama. Jimin logo começou a estocar o outro com força e rapidez, gemendo de forma alta.

Talvez algum vizinho perto de si reclamaria, mas quem estava se importando naquele momento?

Logo o acastanhado o puxou para um beijo desajeitado, deixando as testas que escorriam suor totalmente juntas, enquanto os gemidos eram abafados. A mão livre do moreno foi guiada até o membro, até então, esquecido de Jungkook.

— Porra, Jungkook! — As presas de Jimin saíram e rasparam levemente o ombro do Jeon, que choramingou ao chegar em seu ápice, perdendo as contas de quantas vezes já havia gozado somente naquele dia. Jimin derramou seu líquido na entrada maltratada do alfa de cabelos castanhos, ficando dentro de Jungkook por longos minutos, até que a sua respiração descompassada voltasse ao normal por completo.

Logo todo o desejo que havia dentro de Jungkook voltava com rapidez. Tinham alguns minutos de descanso e logo depois voltavam a ativa.

Aquilo se resumiu em uma semana, Jimin ajudou Jungkook em seu cio, quase não se alimentaram por conta disso. Quando acabou por completo o heat do alfa, Park o ajudou a se levantar por causa das dores no quadril e passou pomada por todo o corpo do garoto.

Jungkook se sentiu bem, se sentiu cuidado, mesmo que ainda morresse de vergonha por estar ali. O menino achou melhor voltar para sua casa e o moreno mesmo que contra a sua própria vontade, concordou com a ideia.

Porém havia uma dúvida na cabecinha do mais novo: ele e Jimin voltariam à estaca zero?


Notas Finais


Sigam 👺❣️ @kootherapy @Sunset_wolf


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...