História Alfa Lúpus ( Min Yoongi ) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Yoongi
Visualizações 479
Palavras 1.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fala galerinha!

Tudo bom com vocês!?♡♡♡♡
Me desculpem a demora,tá!? Beijão.

Ainda não fiz a correção.

Obs: Yoongi é um alfa lúpus,possessivo até de mais..então Não estranhem! Por favor!

Capítulo 2 - Poder


Fanfic / Fanfiction Alfa Lúpus ( Min Yoongi ) - Capítulo 2 - Poder

(S/N)

O festival em si estava incrível, mas era estranho, as pessoas que caminhavam por ali parecia esconder algo,seus olhares misteriosos,me deixava curiosa.

Vi Helena de longe e resolvir ir até a mesma,mas o homem pálido de cabelos pretos pareceu não gostar nem um pouco da minha aproximação,pela sua expressão vi que ele estava tenso,pegou a menina nos braços e voltou pelo mesmo caminho que veio.

- Que mal educado! -Disse para minha amiga,que riu da minha irritação. 

- Ele é assim mesmo. - Disse simples bebendo seu suco. 

- Oras. - Bufo. - Eu odeio isso,não precisava ter arrastado à menina da quele jeito, oque eu fiz..?! - Disse indignada.

- Não sei,e nem procure saber...ele é muito ignorante. - Sinto alguém me abraçar por trás e vejo MinJe sorrir vendo que era.

- Jungkook! - Ela disse.

- Não pensei que viria...-Ele Sussurou em meu ouvido. 

- É,acabei vindo. Por ela! - Falei,e ouço ele soltar um sorriso nasal. 

- E você oque faz aqui..? - MinJe franziu o cenho, esse era um festival apenas para as pessoas dessa comunidade,pelo oque me informaram.

- Me divertir. - Disse. - Estão me expulsando..? - Ele disse,me afasta do mesmo quando seu toque pareceu ser possessivo.

JungKook e eu ja tivemos um caso,que não durou,claro. Ele me escondia muitas coisas, e também gostava de ficar com outras. Então resolvir que era melhor continuarmos sendo "amigos"

- Oque faz aqui jeon..? - Uma voz grossa e rouca,ecooa atrás de nós. 

- O grande yoongi...-jungkook disse meio debochado,mas ainda sim,se curvou pra ele. 

Quem é esse cara..Que todos prestam reverência? - Penso - 

- Vá embora...-Sua posse no falar me assustou,ele parecia não gostar de ve-lo ali.

- Ah,não me diga...-Jungkook Me olhou.

- Eu não vou falar de novo..-Suspirou pasciente.

 Mas do que eles estavam falando?

- Conversamos depois,chefia. - Jungkook deu ênfase no "chefia" antes de ir embora sem antes mesmo se despedir.

O pálido continuou ali,parado,apenas me olhando,me senti encomadada encontrada grossamente falei:

- Porque está me olhando? - Ele nada disse. - Você é mudo agora!? 

- Não. - Me arrepiei em ouvir sua voz novamente. 

- Porque faz aquilo!? - Digo alterada. 

- Fiz oque tinha que ser feito. - Disse simples,como se fosse algo normal. 

- Sério isso..? - Disse debochada.

- Va embora, é mais seguro ficar em casa. - Ele me fitou. - Vai chover.

- Você tá me expulsando!? - Disse indignada. - É muita grosseria pra uma pessoa só...-Pego meu copo de suco,e jogo no rosto do mesmo. - Passar bem! Idiota..-Murmúrio irritada enquanto vou até o carro. 

                          XxX

- Quem ele pensa que é!? - Digo tentando ligar o carro. - Ah,não. - Me lamento. - Vamos meu bebê..Não é hora de parar agora..-Tento ligar o carro novamente,mas nem sinal o mesmo deu. Já esperava por isso, meu carro esta aos pedaços. - Inferno!! 

Saiu do carro pisando duro, e noto que quase todas as pessoas foram embora, a lua ainda estava linda e brilhante, pena que as nuvens carregadas tiraram seu brilho. 

Droga

Mas que inferno

Vai chover...

- Mas era so oque me faltava..-Urro irritada,além de presa proxima a floresta, estou molhada. 

Não tinha como voltar,optei por buscar ajuda,a Vila não ficava muito longe,então contínuo a caminhar. Logo chego e avisto poucas casas com as luzes acessas. 

- Pode me ajudar p-por..-Me calo ao ver o senhor ignorância. 

- Eu avisei que era melhor ter ido mais cedo..-Ele diz irônico. 

- Va pro inferno! - Sem paciência dou as costas mais sou supreendida. O mesmo segurou meu braço,me colando junto a si.

- Entre,não vou deixar você por ai..esta chovendo,e seu carro não tá pegando. - Arqueio a sobrancelha.

- Como você sabe!? - Digo supresa.

- Notícias correm por aqui. - Sinto seu olhar na minha camisa que estava completamente enxarcada. 

- Sua mulher..-Gaguejo. - Não vai achar ruim?

- Eu não tenho mulher..-Diz rápido. - Agora entra e cala a boca. 

Irei baixinho e engulo seco,so pode ser brincadeira,estou na casa do seu ignorante precisando da sua ajuda e sua comida. O universo so pode estar conspirando contra mim! 

- Está falando sozinha? - Ouço sua voz debochada atrás de mim. 

- N-não.. -Resmungo. - Não estou falando! 

- Tá sim..-Ele repeti firme,sinto o calor de sua presença atrás de mim, porque ele é tão quente..? 

Balanço minha cabeça negando meus pensamentos,e continuo com os bracos cruzados tapando meus seios. 

- Vista isso! - Jogou-me algo parecido com um moletom,grande e quentinho. 

- Pode sair!? - Digo. E ele me olha feio. 

- A casa é minha! - Ele diz possesso. 

- Mas como vou me vestir com você aqui!? - Murmuro. 

- Não me importo! - Ele diz,e faço uma cara feia. - O banheiro..-Diz arrastado. - No segundo corredor,na última porta. 

Sem contestar,vou em passos lentos, algo aqui me deixa retraida. Mas talvez fosse besteira, ou não. 

              [Minutos depois]

Saiu do banheiro completamente vermelha de vergonha, o moletom não cobria minhas pernas totalmente, a todo momento ficava puxando tentando cobrir o máximo possível. 

Ao chegar na sala,vejo yoongi conversando com Helena,uma das minhas alunas, o mesmo me ver e para seu olhar no meu corpo me olhando d'baixo pra cima. 

Mas que tarado! 

Pervertido! 

Idiota!

E..lindo!

Minha raiva momentânea não me deixo ver o quanto esse ser branco e ignorante é lindo,meu deus...como não notei isso antes?

- No que está pensando? - Ele surgi na minha frente. 

- E-em nada! - Digo firme,o fitando. 

- Tia!! - Helena grita,e vem até nos pulos. - Você é minha nova mamãe!? - Sua empolgação me deixou assustada. Como assim..Nova mamãe? 

- É..e-eu? - Gaguejo. - H-Helena..e-eu..

- Futura filha...-Arregalos os olhos ouvindo tal coisa do mais velho. 

Fico sem reação por ver tamanha felicidade dela. 

- Mamãe...-Meu coração para. - Você Vai ficar aqui? - Helena junta as mãos. - Por favorzinho...

- E-eu...-Olho pro mais velho que me encarava esperançoso. - Vou! - Digo rápido. 

- Eba!! Nós vamos comer e depois ver filmes...eba! Eba! - Ela diz eufórica. - Nos podemos brincar de casinha...-Eu sou a filhinha e você minha mamãe...-Ela para confusa. - Mas,você vai ser minha mamãe quando paramos de brincar? 

- H-Helena...-Ofego tristonha. 

- Não tire a alegria dela. - O mesmo sussura no meu ouvido. 

- Sim!,eu vou ser sua mamãe! - Sinto o peso sair das minhas costas. So seu o quanto é ruim não ter uma. 

- Papai! Vamos vamos! Precisamos cuidar..mamãe,está com fome!? - Helena me olha esperançosa.  

                         -[...]-

Tudo está confuso,mas yoongi me esclareceu depois de tanto pedir, ja era tarde da noite quando começamos a conversar sobre a pequena, ele me contou algo que me ta mudar de ideia, não seria tão ruim ser uma "falsa" mãe pra mesma..a conheço e sei o quanto Helena gosta de um carinho. 

- Espero que entenda...-Ele diz. - Sei que ainda está confusa e assustada...Mas,faça isso por ela. - Sinto seu olhar em mim. 

- Eu farei..-Confesso.

- Você é tão gentil...-Sussurou. - E..tão linda! - O mesmo se aproxima de mim,e em nenhum momento penso em sair de perto. Algo nele me atrai. 

- E-Eu..-Desvio do meu futuro beijo. - Porque agiu de forma tão rude comigo,mas cedo!?

- Sobre isso...-Ele sorriu. - Eu ainda não posso contar, mas quero que saiba que,eu te desejei ali,e não queria outro por perto...-Minha respiração ficou pesada. 

- Você é igual a Helena,sempre reto! - Digo,e engulo seco. - Eu não gostei!

- Eu sei...-Disse. - Também não gostei da sua aproximação com jeon!

- Mas você não tem que gostar,não temos nada! - Digo sentido uma leve irritação...Ele é realemnte assim?,tão,possessivo. 

- Ainda! - Sua certeza me deixou confusa. 

-Autoconfiança é tudo! - Debocho. 

- Sobre você..-Ele sorriu,e que sorriso. - Tenho toda certeza do mundo! 

- Porque você é assim!? - O afasto. 

- Assim como..?- Ele se aproximou ainda mais. Seu alito quente estava me deixando louca. 

- Prepotente! 

- Sou apenas realista! 

- Não é não..-Tento,mas minha voz falha pela aproximação. 

- Você..tá,me,deixando louco,______! - Ele diz pausadamente. - Eu quero tanto te beijar...- Sussurou.

- Querer não é poder...-Murmuro.

- Isso não funciona muito comigo... Eu preciso provar dos seus lábios,ou então me considere um homem louco. 


Notas Finais


@viih-tae sigam me! ♡

Hm...ta rolando um clima ai em!
*-* *-*

Querem mais?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...